3 de setembro de 2012

Com o PSDB, ficou fácil denunciar a “homofobia” no Estado de São Paulo


Com o PSDB, ficou fácil denunciar a “homofobia” no Estado de São Paulo

Julio Severo
O PSDB do Estado de São Paulo está dando um show de bola no PT no que se refere aos chamados “crimes” de homofobia. Disponibilizando a opção de fazer boletins de ocorrência (BO) de “ofensas homofóbicas” pela internet, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) já recebeu 408 boletins de ocorrência neste ano, contra 176 no ano passado inteiro.
Agindo na surdina, para não despertar resistências da população, especialmente de católicos e evangélicos, há cinco meses a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) passou a oferecer a opção de denúncia de crimes de injúria, calúnia, difamação e ameaça pelo boletim eletrônico na internet.
Na motivação, além de homofobia e raça, o governo deixa ao denunciante a liberdade até de escolher ciúme e inveja.
Polícia de São Paulo: atenta às denúncias de “homofobia”
Na questão da raça inclui-se qualquer palavra que adeptos das religiões afro-brasileiras interpretem como “ofensa”, tais como citar passagens bíblicas contrárias à comunicação com mortos e despachos.
No caso específico de São Paulo, onde o PSDB está avançando políticas pró-homossexualismo sem causar alarde, o mesmo governo que está elevando opiniões sobre o homossexualismo ao nível de crime de ofensa está, aparentemente, abaixando reais crimes homossexuais ao nível de quase indiferença.
No Estado de São Paulo, os ativistas gays estão com tudo:
* Homossexuais dançaram de calcinha na Assembleia Legislativa de São Paulo em 2007, sem nenhum impedimento.
* Um pastor foi preso no centro de São Paulo, após pregar contra as práticas homossexuais.
* O Estado de São Paulo lidera o ranking de incitação de denúncias por “homofobia”.
* Um bêbado foi multado em quase 15 mil reais por chamar um homossexual de “veado”.
* Uma  igreja evangélica teve seus outodoors com versículos bíblicos violentamente removidos pela “justiça” de São Paulo.
No Estado de São Paulo, “nóis tamo com tudo!”
Com a novidade de boletins de ocorrência pela internet no Estado de São Paulo, os ativistas gays estão fazendo farra com os presentes dados pelo PSDB. Desde 31 de março, o Decradi já recebeu 298 BOs eletrônicos pela internet — 157 deles referentes à capital.
De acordo com dados da Decradi, 53% dos casos registrados na delegacia em 2011 foram de “injúria”.
“Muitas pessoas que já foram vítimas de homofobia — até dos próprios policiais — agora podem prestar queixa pela internet”, afirma Fernando Quaeresma,  presidente da Associação da Parada Gay de São Paulo. 
Toda vez que virem alguém ou algum blog pregando contra o homossexualismo, os ativistas gays de São Paulo já sabem o que fazer: BO.
Com informações do Estadão e do site gay A Capa.

20 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

O alerta que o irmão Júlio Severo está dando aqui neste artigo sobre o PSDB não pode (e não deve) ser ignorado. É um partido que diz ser oposição ao PT, mas, quando está no poder, age igual ao PT (ou pior).

Só para que todos daqui tenham uma idéia disso, foi o mesmo PSDB que aprovou uma lei (Lei 10.948, de 5 de novembro de 2001) que permite que travestis usem banheiros femininos. Esta mesma lei foi sancionada, na época, por Geraldo Alckmin (então governador de São Paulo em 2001), contando com o auxílio da fiel escudeira dos homossexuais: Marta Suplicy (que era prefeita de São Paulo em 2001).

Eu ainda diria mais: TODO E QUALQUER POLÍTICO PODE ATÉ TROCAR DE PARTIDO, MAS NUNCA VAI TROCAR DE CARÁTER. Em outras palavras: MUDAM AS SIGLAS, MAS OS INTERESSES (OU MELHOR, AS AGENDAS POLÍTICAS) PERMANECEM RIGOROSAMENTE IGUAIS!

Quase todos os políticos (inclusive os da bancada evangélica) são uns oportunistas: só ficam onde for conveniente (ou onde forem beneficiados ou favorecidos de algum modo). O que esperar de bom de quem age assim (somente visando os seus próprios interesses, ou os interesses de certos grupos)? E onde fica o compromisso com a obediência à Palavra de Deus (e com o Reino de Deus) ao final das contas?

Paulo Teixeira disse...

Lideranças cristãs demonizam o PT para tentarem salvar a pele do PSDB e não esclarecem PROPOSITADAMENTE o povo cristão que o PT ainda tem muito a "aprender" com o PSDB, no que tange à agenda gay.

De acordo com o núcleo gay do PSDB, denominado 'diversidade tucana', Serra teve grande participação para o avanço da agenda gay em São Paulo. Abaixo alguns tópicos extraídos do site do grupo:

No município de São Paulo, José Serra, homem de visão, instituiu o primeiro órgão de administração pública brasileira voltado à diversidade sexual. Em seu segundo mês de governo frente à prefeitura de São Paulo, em 2005, criou a Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual.

Ainda em 2005, Serra decretou a criação do Conselho Municipal em Atenção à Diversidade Sexual, espaço de interlocução entre o poder público e a sociedade civil, bem como o Centro de Referência e Combate à Homofobia.

Como governador, Serra criou a Coordenação de Políticas Públicas para a Diversidade Sexual, no âmbito da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania; instituiu o Comitê Intersecretarial de Defesa da Diversidade Sexual e o Conselho Estadual de Defesa da Diversidade Sexual e realizou a I Conferencia Estadual LGBT de São Paulo.

Em relação às garantias legais para a população LGBT, Serra regulamentou a Lei 10.948, e publicou decreto acerta do uso do nome social na administração pública. Para travestis e transexuais, Serra criou o Ambulatória de Saúde Integral.

Em 2007, Serra foi revolucionário ao reformular o Sistema Previdenciário do Estado de São Paulo, instituindo o direito à pensão ao(à) parceiro(a) e fundou o Núcleo de Combate à Discriminação, Racismo e Preconceito, no âmbito de Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Geraldo Alckmin também "avançou" nessa área.

Anônimo disse...

Né possível que até esse partido é pró- homossexualismo dando cobertura a eles a para "denunciar crimes de ódio" tá igual o PT vixe nunca mais vou votar em niguém desse partido era só que faltava.

Julio severo, tem mais uma bomba que eu descobri agorinha uma notícia que saiu hoje não sei se verdade ou mentira se eu fosse você sentaria numa cadeira para não cair vou te mandar e-mail fica no aguardo.
Ester!!!!!!

ÉLQUISSON disse...

Amada irmã Ester,

Tudo o que o presbítero Valdomiro e o irmão Paulo Teixeira disseram acima resume tudo: o PSDB é igual ou pior que o PT.

E o presbítero Valdomiro ainda disse uma coisa muito certa: mudam as siglas, mas os interesses (ou melhor, as agendas políticas) permanecem rigorosamente iguais! Do jeito que só tem podridão na nossa política, não dá pra confiar em nenhum político (seja de que partido for).

O pior disso tudo é que nem mesmo os políticos da bancada evangélica (que deveriam dar o bom exemplo, ou melhor, que deveriam ser a luz no meio das trevas dessa nossa política) não são dignos de confiança (e, muito menos, merecedores do nosso voto). Não foi sem razão que o apóstolo Paulo disse:

"Seja Deus verdadeiro e todo homem (principalmente político) mentiroso" (Romanos 3:4, o parêntese é meu).

Eu pergunto: onde está o compromisso com a obediência à Palavra de Deus (e com o Reino de Deus)?

Com a palavra, os políticos da bancada evangélica do Congresso Nacional.

Anônimo disse...

Amigo Júlio, boa noite e Deus esteja com todos nos!

Alguém pode me exclarecer: dizem que LEI ESTADUAL não tem poder para condenar e nem prender ninguém, e que só quem pode fazer isso, é a Lei constante do Código Penal, isto é verdade? Por este texto, vejo que estou muito enganado. Como no Brasil distorcem até mesmo a Constituição para aprovar o que nela não existe, como a União estável entre gays. Tenho essa dúvida.
Voltando ao texto. Agora fiquei muito decepcionado com o PSDB. Eu sei que nenhum pardido político do Brasil é confiável, mas não sabia que o PSDB - com relação ao homossexualismo - era assim pior do que o PT. Aliás, eu pensava que nada era pior que o PT.
Então estamos perdidos! Eu pergunto a todos vocês: em quem votar? E ao mesmo tempo eu sei que o povo pode mudar tudo isso, mas o voto pela "barriga" não deixa.
Se eu tivesse condiçõe financeira boa, e o idioma não fosse tão difíl, me mudaria para a RUSSIA.

Abraços do baiano,
Lúcio

www.aguapotavel.wordpress.com disse...

PSDB está endossando - disfarçadamente - o KIT GAY e o PNDH3 do PT. Este patrulhamento gay é vergonhoso, só falta obrigarem a todos gostar de gay. A lei obriga a respeitar, não gostar é direito de todos. Quero crer que escolher amigos, companhias e ambientes que achar adequado é direito de qualquer um, se bem que torcer o nariz já virou crime. Precisamos lutar pelo direito de também poder fazer um B.O quando vemos em plena praça pública dois marmanjos enfiando a mão um na bunda do outro e se esfregando até quase chegarem ao orgasmo e as autoridades fazendo de conta que não é nada...É, SIM isto é crime e tem nome: isto chama-se ATO LIBIDINOSO ADVERSO DA CONJUNÇÃO CARNAL, pois se é crime imputado a um casal, por que não se aplicaria a dois marmanjos(a)?


Parabéns pela abordagem corajosa
Juca Rasco.

Trindade disse...

Ola Júlio;
O PSDB e o PT são as duas faces da mesma moeda, ou seja fazem parte de um complô da esquerda e se junta aos outros partidos de esquerda para um projeto de poder. Para quem duvida é só lembrar na eleição presidencial de 2010 quando foi exposta à opinião publica que a candidata Dilma Rousef era abortista e o candidato José Serra não disse uma palavra, e por isso o candidato a vice Indio da Costa (DEM) quase brigou com ele por não aproveitar politicamente daquela situação. O PT nesse particular é "mais honesto", pois as idéias abortistas e homossexualistas estão nos programas de governo e no estatuto do partido.

Linux Family disse...

PT, PSDB, é tudo farinha do mesmo saco! Pesquisem sobre socialismo fabianista, e entenderão que fazem parte da mesma esquerda revolucionária!

Esther Kochav disse...

Isso só traz mais maldição para o Estado de São Paulo.
Se não fossem os servos de Deus existirem, ai desse povo, acredito que a Terra já estaria toda queimada.

Salmos 33:12
Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança.

Isaías 55:6
Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

Lino disse...

Faço das palavras do Élquisson as minhas: do jeito que só tem podridão na nossa política, não dá pra confiar em nenhum político (seja de que partido for).

E o Élquisson tem toda razão ao dizer que nem mesmo os políticos da bancada evangélica não merecem o nosso voto. Ao invés de combater a sujeira do governo corrupto de Dilma, essa mesma bancada prefere "negociar" certas questões (ao invés de manter uma postura firme em defesa da família e dos bons princípios).

Um bom exemplo disso é o senador Magno Malta. Ele foi um dos que ajudou a eleger Lula (e fez campanha para Dilma). Como pode um homem se dizer cristão e, ao mesmo tempo, fazer campanha para ímpios a serviço do diabo?

Eu ainda perguntaria ao nobre senador: será que ele já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Talvez o senador Magno Malta tenha esquecido do que a Palavra de Deus ensina sobre a postura de um verdadeiro cristão:

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o Maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14–16)

"Seja, porém, a vossa palavra: Sim, sim; não, não; porque o que passar disso é de procedência maligna" (Mateus 5:37)

Será que muitos que se dizem cristãos (como o senador Magno Malta) ainda estão lembrados disso?

Juca disse...

Amada irmã Esther Kochav,

A maldição que o PSDB, o PT e demais partidos trazem não é somente para o Estado de São Paulo: é para o Brasil como um todo.

A própria Dilma, quando ainda era ministra da Casa Civil, propôs legalizar os terreiros de macumba e candomblé a nível nacional. Eis aqui o link de uma reportagem que confirma isso:

http://www.namilitancia.com.br/dilma-adia-legalizacao-de-terreiros-de-umbanda-para-evitar-crise-com-evangelicos-2.html

Moro aqui na Bahia e posso falar com conhecimento de causa: o nosso estado é amaldiçoado por causa das atividades demoníacas desses mesmos terreiros.

O governador daqui da Bahia (Jacques Wagner) é do mesmo partido de Dilma (PT). Logo, essa proposta dela certamente seria aprovada imediatamente (sem nenhum tipo de ressalva ou restrição).

Temos mais é que orar para barrar essas e outras idéias anti–cristãs do PT, PSDB e demais partidos comprometidos com o diabo!

Arthur disse...

Como bem disse o Élquisson, não dá pra confiar em nenhum político. Pode ser do PSDB, do PT, de qualquer outro partido, enfim, é tudo farinha do mesmo saco.

E o que Dilma quis fazer na época em que era ministra era isso mesmo: legalizar os terreiros de macumba, umbanda e candomblé. Só faltava ela determinar que Satanás seria o deus do Brasil!

Aliás, de um governo corrupto a serviço do diabo não se pode esperar nada de bom!

Temos que nos mobilizar para preservar a família e os bons costumes antes que a nossa nação seja levada ao inferno!

Esther Kochav disse...

Amado irmão Juca
Sim, com certeza. Concordo com você.
Eu me referi assim ao Estado de São Paulo, porque a reportagem era sobre ele. Mas realmente o que você diz é verdade. Tenho consciência de que esse tipo de coisa atinge todo o Brasil e o mundo.
Vamos continuar orando irmão!

Anônimo disse...

Infelizmente, o problema é que o povo vota mais com a barriga do que com a cabeça em toda eleição. E o resultado não pode ser outro: políticos corruptos no comando da nação. E, com isso, temos os desmandos de modo geral.

Marivaldo disse...

Não sei se seria exagero da minha parte, mas eu penso o seguinte: se o nosso Brasil, desde o descobrimento, tivesse sido obediente ao Senhor Jesus e à Sua Palavra, com certeza nós seríamos uma nação grandiosa (e, quem sabe, até servir de referência para o mundo inteiro).

Mas, infelizmente, a nossa colonização foi muito mal feita (principalmente no sentido espiritual). Trouxemos heranças dos escravos africanos e suas "entidades" (que são, na verdade, demônios), as quais causam todo tipo de maldição ao nosso país.

Aliado a isso, temos o agravante de que 90% da classe política faz parte da Maçonaria, sem contar os casos de políticos que estão envolvidos com a magia negra, umbanda, bruxaria, quimbanda, vodu, candomblé, espiritismo e até mesmo o satanismo!

Sinceramente, eu fico temeroso pelo futuro da nossa nação. Que herança deixaremos para nossos filhos e netos (e para as gerações futuras)?

Anônimo disse...

PSDB - PARTIDO DOS SODOMITAS DEMOCRÁTICO BRASILEIRO

Anônimo disse...

Não adianta julio .. Cristãos continuarão votantando em PSDB E PT

Anônimo disse...

Quem se preocupa com valores no brasil não chega a 1% ..

Anônimo disse...

http://defesa-hetero.blogspot.com.br/2014/07/confirmado-candidato-do-psdb-e.html#.VYOyB6C5dJ-

Anônimo disse...

http://mixbrasil.xpg.uol.com.br/pride/eu-sou-a-favor-do-casamento-gay-afirma-geraldo-alckmin-ao-mix.html