22 de agosto de 2012

Muçulmano gay estupra adolescente em banheiro de shopping center da Inglaterra

Muçulmano gay estupra adolescente em banheiro de shopping center da Inglaterra

Julio Severo
A polícia da Inglaterra está procurando dois homens, um deles “asiático”, que agarraram um adolescente de 14 anos no lavatório de um shopping center em Manchester. O “asiático”, termo usado pela polícia, estuprou o adolescente.
A polícia está agora disponibilizando a foto dos agressores homossexuais, obtida da câmara do shopping, a fim de que o público ajude na identificação dos criminosos.
Foto, obtida de câmara de shopping, do estuprador “asiático” e seu parceiro
O ataque ocorreu mais que dois meses atrás, em 2 de junho, mas os detetives só agora divulgaram detalhes, pois o adolescente está sofrendo um trauma muito grande com o ataque.
É uma vergonha para a sociedade inglesa politicamente correta que um menino não possa ir ao banheiro de um shopping sem ser estuprado por homossexuais.
Não muito diferente da Inglaterra, no Brasil os banheiros de shoppings e outros lugares viraram pontos de sexo homossexual. Homossexuais adoram sexo em banheiros, provavelmente porque banheiro lembre de “ânus” — e também excremento, que é semelhante ao estilo de vida deles.
Banheiros de shopping centers e outros lugares do Brasil constam em guias internacionais de roteiro turístico para atrair os turistas gays, no melhor estilo supliciano de “Relaxa e Goza”.
É igualmente vergonhoso que os jornais ingleses, em sua ânsia de serem politicamente corretos, se recusem a mencionar que os criminosos são homossexuais e utilizem o termo “asiático”, um eufemismo para muçulmano.
No que se refere à homossexualidade, o islamismo não tem nada de politicamente correto nem eufemismo. Entreguem pois o tal “asiático” para os líderes islâmicos, para que eles apliquem a lei islâmica, pois o estupro do adolescente foi uma violência homossexual, e a homossexualidade nunca escapa de punição sob a lei islâmica.
Com informações do Telegraph da Inglaterra.

3 comentários:

Vânia Santacatarina disse...

É triste ver as atrocidades homossexuais sendo protegidas a ferro e fogo, ver as banalidades de uns concupiscentes a quererem levar as indefesas crianças para o abismo(alias estão conseguindo fazer muitas vítimas, pois estão sendo apoiados e protegidos).
É muito triste isso, não aguento ver tantas maldades e ficar sem poder fazer nada! :``(

Anônimo disse...

Olha, eles não serão culpados pelo estrupo entre os muçulmanos não! Foi contra infiel, e contra infiel pode tudo... Como disse um dos "santos lideres" deles esta semana, ou semana passada: "Pode sim violência contra os infiéis", e isto fora contra os alawitas(se o nome estiver certo) da síria. Imagine agora contra um "porco infiel" inglês..

Anônimo disse...

A Europa está a beber e vai tragar mto mais do próprio veneno islâmico, que tentam impor a Israel. Israel ao menos sabe mto bem como tratar essa raça de víboras.