24 de agosto de 2012

120 líderes pró-família revoltados depois que embaixador dos EUA participa de parada gay na República Checa


120 líderes pró-família revoltados depois que embaixador dos EUA participa de parada gay na República Checa

Thaddeus Baklinski
PRAGA, República Checa, 22 de agosto de 2012 (LifeSiteNews.com) — Líderes pró-família do mundo inteiro condenaram o apoio que o embaixador dos EUA na República Checa deu a um festival homossexual checo realizado no final de semana.
O Congresso Mundial de Famílias (CMF) lançou uma carta aberta (a edição em inglês está aqui, e a edição em português está aqui) assinada por mais de 120 líderes pró-família e pró-vida de 11 países, depois que Norman Eisen, embaixador dos EUA na República Checa, deu palestra na abertura do Festival de Orgulho de Praga em 13 de agosto.
“Sinto-me verdadeiramente honrado de estar aqui hoje representando os Estados Unidos e o presidente Obama na campanha para garantir os direitos da população LGBT no mundo inteiro”, disse Eisen, acrescentando que ele falou no nome de embaixadores da Bélgica, Inglaterra, Canadá, Finlândia, Irlanda, Noruega, Suécia e Suíça, e dos agentes diplomáticos das embaixadas dinamarquesa e holandesa, que assinaram uma carta de apoio ao evento homossexual.
Norman Eisen
Assinantes da carta do CMF incluem Alveda King, sobrinha de Martin Luther King; Mike Huckabee, ex-governador do Arkansas; Tom DeLay, ex-presidente da Câmara dos Deputados dos EUA; o rabino Yehuda Levin, que representa mais de 1.200 rabinos ortodoxos; e representantes de dezenas de organizações pró-família nos EUA, Europa e América Latina*.
Os signatários da carta do CMF comentam que o governo de Obama tem feito da promoção de “direitos” homossexuais — inclusive “casamento” de mesmo sexo — uma política externa prioritária. Contudo, eles dizem: “O povo americano na sua maioria esmagadora rejeita o ‘casamento’ de mesmo sexo adotado pelo governo de Obama”.
A carta também argumenta que é irônico que aqueles que se queixam de “imperialismo cultural” estejam tentando forçar as cosmovisões da esquerda americana nas sociedades que têm valores tradicionais.
“A ONU nunca confirmou casamento ou direitos homossexuais”, enquanto a Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU especificamente diz que “Homens e mulheres… têm o direito de se casar e constituir uma família”, diz a carta.
A carta conclui com uma menção honrosa a Michal Semin, presidente de Akce DOST, e outros líderes pró-vida e pró-família checos por sua defesa inflexível da família natural.
Akce DOST, que organizou comícios pró-vida e pró-família na mesma data do festival gay “Orgulho de Praga 2012”, entregou uma carta de protesto ao prefeito de Praga e à embaixada dos EUA declarando: “Em grande parte, o festival representa uma farra de uma semana de homoerorismo e da indústria pornográfica”.
Descrições e fotos do comício do Akce DOST em Praga estão disponíveis no site da organização (em checo) aqui.
O texto completo da “Carta de Líderes Pró-Família do Mundo Inteiro em Protesto contra a Participação da Embaixada dos EUA em Praga na Parada do ‘Orgulho Gay’” está disponível em inglês aqui e em português aqui.
Para fazer seu protesto à embaixada americana na República Checa:
Norman L. Eisen
Ambassador of the United States to the Czech Republic
Tržiště 15
118 01 Praha 1 - Malá Strana
Czech Republic
Phone: (+420) 257 022 000
Fax: (+420) 257 022 809
Email: linhartovaa@state.gov
* Nota: Julio Severo consta como um dos signatários.
Nota de Julio Severo: Sou não somente um dos signatários da carta pró-vida, mas também acabei de enviar a seguinte mensagem ao embaixador dos EUA:
To Mr. Norman L. Eisen (linhartovaa@state.gov)
Dear Mr. Eisen
Recently, Billy Graham said, “If God doesn’t punish America, He’ll have to apologize to Sodom and Gomorrah.”
He is right, not only because he is a prominent minister, but also because the Founder Fathers, if they saw America today, would have most surely agreed with him.
Are you sure that they would have wanted sodomy to be a cause for pride in the US government and society?
Are you sure that they would have tolerated it?
Are you sure that they had envisioned a Republic that would impose it on other nations?
The Bible, the most revered book in the American history and read by the most prominent US presidents, says, “Do not be deceived: God is not mocked, for whatever one sows, that will he also reap.” (Galatians 6:7 ESV)
Julio Severo

Tradução:

Para o Sr. Norman L. Eisen (linhartovaa@state.gov)
Dear Mr. Eisen
Prezado Sr. Eisen
Recentemente, Billy Graham disse: “Se Deus não castigar os Estados Unidos, Ele terá de se desculpar com Sodoma e Gomorra”.
Ele está certo, não apenas porque é um proeminente pastor, mas também porque os fundadores dos EUA, se vissem os EUA hoje, teriam com certeza concordado com ele.
Você tem certeza de que eles teriam querido que a sodomia fosse motivo de orgulho no governo e na sociedade dos EUA?
Você tem certeza de que eles a teriam tolerado?
Você tem certeza de que eles tinham previsto uma República americana que a imporia em outras nações?
A Bíblia, o livro mais reverenciado na história americana e lido pelos presidentes mais proeminentes dos EUA, diz: “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.” (Gálatas 6:7 ACF)
Julio Severo

7 comentários :

Anônimo disse...

Alguem duvida que esse embaixador também é gay? O mundo tá virando uma Sodoma e a fiel igreja é como se fosse Lo.

Anônimo disse...

Ele fala como se fosse em nome dos Estados Unidos, mas claramente a maioria é contra esses intentos malignos.
Realmente é uma falta de respeito. Não se importam. É como se passassem por cima de todos.
Foi bom Julio Severo ter enviado aquele e-mail para ele. É a verdade, está certo.
Será que podemos mandar em português mesmo? Vai ajudar?

Fabiano disse...

Eu morro e não vejo tudo.
Cara... Fiquei de boca eberta.
Me isncrevi numa conta do yahoo respostas, aonde alguém com dúvida lança a pergunta, e outros "tentam te ajudar".
Meu amigo, eu ainda não tinha noção do quanto a gayzarada e os pseudos-ateus são raivosos, revoltados etc...
É uma coisa de louco. Eles denunciam ao site qualquer um que contráriá-los, mas não poupam palavras para criticar os cristãos ( em especial os evangélicos ).
Se não fosse trágico, seria até cômico ver a ira dessa gente.
Eles tem um ódio muito grande ao cristianismo.
E isto, Julio, tende a se tornar cada vez mais popular, pois a mídia assim quer.
Um guri de 13 anos perguntou como fazer um "pênis de borracha" artezanal, pois tinha assistido no youtube que é possível.
Uma mãe disse que a filha dela completaria 13 anos, e estava pensando em dar de presente... ADIVINHA?
.
Um "vibrador" pra guria.
Isto não é falta de Deus no coração?
Cara, a minha mãe presenteava as minhas irmãs com livros, bonecas etc... Uma criatura dessas não poderia ser chamada de mãe.
Eu fico revoltado com as atitudes insanas que o ser humano vem praticando.
Quer ser gay, que seja... O governo te apoia e Deus te dá o livre arbítrio. Quer ser bêbado? Idem. Quer ser ladrão, assassino, mentiroso, traidor conjugal, blasfemo, pedófilo etc... Que seja! Mas tenha, pelo menos, um pingo de vergonha e respeito por quem discorda dessas sodomias descaradas.
Tu sai na rua, é veado nas esquinas, nas lojas, nos mercados... Tá lotado. Tu fica em casa, tem que "fiscalizar" o canal de tevê, pois estão igual formiga no açucareiro, invadem teu lar sem dó nem piedade!
Agora inventaram mais uma... Pasmem: a moda agora é fazer tatuagem "lá"... Isto, lá mesmo, no ânus.
Se isto não for doença, louco deve ter diploma de arquiteto.
Eu já não sei mais o que fazer pra fugir dessa gente.

José Aldo disse...

Eu não sabia que fazia parte das funções de um embaixador participar de desfiles gays. Talvez até purpurina o tal embaixador tenha passado nos cabelos para ir a tão importante evento diplomático.

A administração Obama me surpreende todos os dias.

Fabiano disse...

Pra tu ver, Aldo.
Aqui no Brasil o povo "banca" certos políticos para apoiar a parada gay. São tão caras de pau, que apoiam com verbas pomposas, mas em época de eleição eles disfarçam que estão "viajando" para não participar da tal "parada", pois sabem que a maioria desaprova tal ato.
Ou tu acha que os paulistas, em sua maioria, orgulham-se em ser tachado de "A MAIOR PARADA GAY DO MUNDO"? É lógico que não.
Meia dúzia de gato pingado só mia alto nas telinhas de nossa tv.
Não é só lá fora não, meu amigo. Nós estamos financiando esta gente, discretamente.
OU TOMAMOS UMA ATITUDE URGENTE, OU O FUTURO DE NOSSOS FILHOS E NETOS ESTARÁ COMPROMETIDO COM AS FAÇANHAS DO DIABO!

Vânia Santacatarina disse...

Concordo plenamente com o primeiro comentário do Fabiano e concordo com o segundo também...
Bom... Os programas de tv estão cada vez mais, apoiando e trazendo gays para as telas das famílias brasileiras. Existe um programa chamado casos de família(Se não puder citar nomes aqui, desculpem), que virou bagunça, praticamente em todos os assuntos tem que ter o pernicioso homossexualismo no meio. Chego a pensar que a audiência desse programa deve estar explodindo, nunca gostei do programa e agora com essa explosão piorou. Realmente tem que ser feito algo, para que não consigam contaminar as crianças com tamanhã praga espalhada.

José Aldo disse...

Fabiano, já que você e a Vânia falaram em TV, eu quero dizer o seguinte: a TV brasileira é uma droga, de cabo a rabo. E eu estou incluindo nessa droga os telejornais, todos eles.

Quanto aos programas de "entretenimento" (para idiotas, diga-se), esses eu nem comento.