23 de julho de 2012

Por vingança, autor do Lanterna Verde gay dará namorado brasileiro ao herói


Por vingança, autor do Lanterna Verde gay dará namorado brasileiro ao herói

Julio Severo
O quadrinista James Robinson declarou que recebeu várias críticas por ter gayzificado o Lanterna Verde original, Alan Scott, que agora é obrigado a ser homossexual. A oposição mais forte, diz o roteirista inconformado, veio do Brasil.
James Robinson: vingança contra fãs brasileiros do Lanterna Verde
“As críticas mais hostis que eu recebi vieram em tweets do Brasil. Eu tinha saído na noite anterior e na manhã seguinte tuitei, ‘meu fígado está me matando’ e alguém veio com uma resposta tipo: ‘seu fígado está se vingando pelo que você fez com o Lanterna Verde’”, contou Robinson segundo relato do site CBR.
“Então, só de vingança, quando Alan Scott puder ter um novo homem na vida, ele vai ser brasileiro”, sentenciou o escritor, que não aceita a oposição do público brasileiro.
Embora os jornais não tenham especificado nenhum nome brasileiro das muitas críticas que o roteirista americano recebeu, o blog Julio Severo, em sua edição em português e inglês, lançou um artigo tão logo saiu a notícia badalada pelos ativistas gays de que a DC Comics está sucumbindo às suas exigências birrentas. Os artigos contra a gayzificação do herói são estes:
Se o público brasileiro continuar enchendo a paciência do americano, ele acabará criando para o herói gayzificado um harém de frutas estragadas do Brasil (com informações de O Omelete).

14 comentários :

lucas disse...

O pior que essa escolha de fazer o Alan Scott ser homossexual faz todo sentido. Eu me lembro de uma história do LV de uns tempos atrás onde o Kyle Rayner discute com o Alan Scott sobre os seus poderes, então o Kyle convida o Alan para ir na festa de aniversário de um amigo, que era gay, depois de várias páginas de discussão politicamente correto, as história volta para o ponto principal, os poderes do lanterna.

Anônimo disse...

Vamos ver se o bonitão vai manter a pose quando as vendas do lanterna verde despencarem e ele for parar na sarjeta!
Vamos ver se ai ele poderá controlar ou decidir alguma coisa.

Eliseu Antonio Gomes disse...

James Robinson é livre para escrever o que quiser. Mas não pode esquecer que o sucesso do produto dele depende de vendas. E acho que quem não gostou não acompanha a criação dele. Está fadado ao fracasso. Acho que luz do Lanterna Verde está se apagando e a carreira do quadrinista está por um fio... Fato

Anônimo disse...

Bom dia! irmão Severo sabe que essa melhor notícia de todos os tempos que o nosso país o BRASIL que a "verdade" continua que a grande maioria da população deu naquele enquete da globo é contra ao "casamento gay" a prática homossexual 99,9999% porcento digo mais todas pessoas que eu conheço cristãos ou de outras religiões não acha normal o homossexualismo pergunta só para qualquer "pai e mãe" se ficaria feliz de o filho(a) dizer que gosta do mesmo sexo??? Todo mundo sabe a resposta até mesmo quem tá nessa vida homossexual eles sabem aff.
Ainda tem gente que diz que Brasil já sucumbi com o "movimento homossexual" em aceitar o pecado e normalizá-lo MENTIRA.
Mostrou aí agora protestos no twitter foi de fãs bra diretamente para o criador americano do personagem em quadrinhos lanterna verde não é bem assim que banda tá tocando aqui nãooooooo.
VIVA O BRASIL QUE REAGIU PROTESTOU CONTRA GYAZIFICAÇÃO DE UM PERSONAGEM LENDÁRIO DOS QUADRINHOS ERA TÃO QUERIDO E AMADO PARA AMANTES DA ARTE EM QUADRINHOS PELO MUNDO.

Ester!!!!!!

Anônimo disse...

Julio Severo vou dá uma pequena informação:Aqui no Brasil o Internet Explorer(Browser)estar travando no seu blog tudo indica propositalmente.Estou rezando por ti,que Jesus o Salvador ti guarde e o amor de Maria santíssima de Proteja.Uma dica para os leitores; no Site do padre Paulo Ricardo tem cursos muito bons como por exemplo Marxismo Cultural entre outro como Historia da Igreja.Deus seja louvado,adorado,exaltado,amém,aleluia.SITE (www.padrepauloricardo.org)

Anônimo disse...

Olha, se eu não compro revista em quadrinho onde o herói é homem, quanto mais onde o "herói" vai desmunhecar.

Esse quadrinista é um babaca.

Jorge Washimi disse...

I think the green torch would not lit green for too much time.... it´s weaking and becoming pink!

Anônimo disse...

Eu leio quadrinhos desde a infância e resolvi parar de vez por conta com o que fizeram com o Alan Scott... Jurei para mim mesmo nunca mais ler uma hq da DC ou da Marvel por conta desse absurdo... Também detestei o fato desse autor ter dado apoio a perseguição que a ONG cristã "One Million Mothers" recebeu após se manisfestar contra a Marvel e a DC por causa de hqs que incentivam o homossexualismo...
Porém, acho que devemos ser justos... Não é culpa desse cara o fato do Lanterna Verde ter se tornado gay... Isso foi uma ordem superior dentro da própria DC e se o cara se recusasse, seria demitido e substituído por alguém disposto a cooperar...
Portanto os culpados pela ruína de Alan Scott são os diretores e o editor Dan Didio, que promoveram essa loucura...

Fora isso, só mais uma observação: Dentro do Universo DC existem vários Lanternas Verdes (porque a Tropa dos Lanternas Verdes funciona como uma força policial intergaláctica)... O personagem estragado, Alan Scott, apesar de ter sido, até este episódio, um personagem bacana, é um dos menos importantes... O principal Lanterna Verde, que se chama Hal Jordan, e outros mais importantes, como Guy Gardner e Kyle Rayner, continuam sendo seres humanos normais...
Pelo menos por enquanto a loucura da DC não chegou ao ponto de avacalhar desta forma seus personagens de primeira linha, como o Superman, o Batman, a Mulher Maravilha e o próprio Lanterna...

Sandro

IMPORT disse...

Esse pessoal desse gibeleco são idiotas.Nunca vi gay, pelo menos os assumidos e principalmente os afeminados, gostarem de ler esses gibis. Portanto, a arrogância do nosso amigo vai ralo abaixo quando as vendas das historietas despencarem e isso for devido ao lanterna verde gay.

HENRIQUESPACESUB1 disse...

O papel aceita tudo. Principalmente absurdos como este. Muito mais importante do que isso , em m inha opinião , foi o lançamento da BÍBLIA EM AÇÃO , uma quadrinização fantástica , de altíssimo nível , de nossa BÍBLIA SAGRADA pela editora GEOGRÁFICA , em 2011. Comprei a 2º edição , lançada em 2012, e estou satisfeiticíssimo ! Lá não tem "herói gay" , mas sim Heróis da Fé. Também sou fã de heróis como capitão américa , batman , homem-aranha, etc... No entanto não devemos nos dobrar ao mundo , e sim percebelo com sobriedade , para que possamos vencê-lo. Como nosso REI , JESUS CRISTO , demonstrou. júlio , um grande abraço para vc e sua família e que DEUS os abençoe!!!

Anônimo disse...

Julio, essa historia do Lanterna Verde não é novidade... Já faz tempo que o movimento homossexual voltou suas atenções para os quadrinhos, provavelmente com a intenção de alcançar um público jovem e influenciável... Aqui vão alguns exemplos:

_ O grupo de super herois Authority, que fez um imenso sucesso na década passada, tinha um "casal" de homossexuais, chamdos Apolo e Meia Noite, que eram anácromos do Superman e do Batman (por este motivo, eu nunca li esta hq).

_ Também na década passada a Marvel Comics (detentora de direitos de personagens como Hulk e Homem Aranha) lançou uma versão modernizada de seus quadrinhos Xmen chamados Ultimate Xmen. Nesta versão dos herois mutantes, o personagem Colossus foi transformado em homossexual (muito semelhante com o que foi feito com o Lanterna Verde Alan Scott).

_Na revista Young Avengers, que trazia uma versão juvenil dos personagens Vingadores, os garotos que eram os anacromos do Thor e do Hulk tinham um caso (detalhe: Ambos aparentavam ser menores de idade)...

_ No ano 2000 chegou aos cinemas o filme Xmen, dirigido pelo militante homossexual Brian Synger. Neste filme e em sua continuação de 2002, o principal triunfo para os gays foi a completa destruição de um dos relacionamentos mais estáveis e bonitos das hqs, o dos personagens Ciclope e Garota Marvel... Tempos depois Synger assumiu a direção do filme Superman Returns (de 2006) e tentou fazer o mesmo com o relacionamento de Clark Kent e Lois Lane(inventando um marido para Lois Lane, um absurdo que não tem o menor respaldo nos mais de 70 anos de hqs do personagem), mas fracassou...

_ Em Xmen - O filme, Synger escalou para viver o vilão Magneto, o ator homossexual Ian MCclean e apagou por completo da origem do personagem sua esposa Magda (que era uma das motivações do personagem)... Ano passado chegou cinemas o filme Xmen First Class, que conta uma historia que se passa quando Magneto e o Professor Xavier ("patriarca" dos Xmen) ainda são jovens... A historia de Magda também foi limada... Em Superman Returns, Synger escolheu para viver o vilão Lex Luthor o também homossexual Kevin Spacey...

_ Na atual versão dos quadrinhos "Novos Titãs" há um homossexual (Eu não sei o nome porque não li a hq)...

_ No atual universo do Batman, a personagem Batwoman é lésbica...

Continua...

Anônimo disse...

Continuação

_ Em "The Walking Dead", hq de terror da Image comics que faz imenso sucesso devido a uma recente série de tv, já apareceram um "casal" de gays e outro de lésbicas... É claro que os tais são retratados como as melhores pessoas do mundo (mais ou menos como fazem as repulsivas novelas da Globo)

_ Após o fim da série de tv Buff - a caça vampiros, a personagem estrelou uma revista que continuaria sua saga... Em um determinado número da revista, ela aparece tendo relações sexuais com outra garota...

_ Mês passado a Malvel comics promoveu um "casamento" gay de seu personagem Estrela Polar, também nas páginas de Xmen...

_ Nos quadrinhos da editora Archie Comics foi promovido um "casamento" gay... Foi o sucesso comercial dessa iniciativa que incentivou a Marvel com a historia do Estrela Polar e a DC a destruir Alan Scott...

_ Nos quadrinhos Irredeemable, da Boom Comics, o personagem Modeus é homossexual... No spin off destes quadrinhos, denominado Incorruptible, há uma personagem que é lésbica...

_ Aqui no Brasil, nas hqs da personagem Tina, do grupo Mauricio de Sousa (criador da turma da Mônica), também deram as caras um "casal" de gays...

Estes são apenas alguns exemplos... Agora eu pergunto: O que está gente pretende ??? É sabido que o publico de hqs é composto, em sua grande maioria, por adolescentes (eu mesmo comecei a ler hqs com 11 ou 12 anos)... Se considerarmos as hqs do grupo Mauricio de Sousa, nem adolescentes são... É composto por crianças mesmo... Essa é uma fase da vida do ser humano em que ele é extremamente influenciável...Voces podem imaginar quantos adolescente vão ler esse lixo hoje e daqui a dez anos vão estar praticando homossexualismo ou defendendo com unhas e dentes os "direitos inalienáveis" da sodomia ???

A organização não governamental cristã "One Million Mothers" enxergou este perigo e fez uma reclamação pública contra a Marvel e a DC por causa dos horrores publicados na linha Xmen e Lanterna Verde... Segundo o site "omelete", já começaram a receber ameaças e vandalismos de grupos gays e simpatizantes... James Robinson, o autor de Lanterna Verde, aplaudiu de pé essa atitude dessa gente em sua participação na Comic Con deste ano...

Sandro

Anônimo disse...

Os brasileiros incomodando? ótimo! significa que os brasileiros estão tomando consciência e opondo-se a esses abusos gayzistas.

Laterna Verde estragando a infância de milhares..

Pode criar um namorado brasileiro, pois sei que isso é dor de cotovelo porque a maciça maioria dos brasileiros não aprova a conduta homossexual.

Vamos substituir os heróis gayzificados da DC comics pelos heróis da fé brasileiros:

Capitão Severo e Super Malafaia! rsrs

Um abraço.

Anônimo disse...

No meu trabalho me disseram que ele sempre foi gay porque a força dele sempre esteve no anel.
Rsrsrs