7 de maio de 2012

Silas Malafaia, Avon e a esquerda gayzista


Silas Malafaia, Avon e a esquerda gayzista

Revista esquerdista Carta Capital dá vez e voz para apologeta gayzista atacar Malafaia

Julio Severo
Silas Malafaia ganhou a antipatia dos setores mais gayzistas e esquerdistas da sociedade. Não importa que ele tenha apoiado Lula em duas eleições presidenciais: Os esquerdistas nunca aceitarão a postura dele contra a agenda política e legal gayzista. Não importa que ele tenha deixado claro, milhares de vezes, que não é contra as pessoas, mas contra atos depravados específicos, como homossexualismo: os ativistas gays nunca aceitarão o que ele fala sobre Bíblia e homossexualismo.
E agora, esquerdistas e gayzistas unidos nunca aceitarão que a empresa Avon venda os livros de Malafaia. 
A revista ultraesquerdista Carta Capital, em sua mais recente edição online, conta a estorinha de um gay coitado que, ao folhear inocentemente a revista da Avon, fica horrorizado ao ver o nome de Malafaia. Carta Capital diz:
O professor [Sergio Viula] conta que a gota d’água foi a inclusão do livro A Estratégia entre os títulos comercializados pela empresa. A obra, escrita pelo pastor americano Louis Sheldon, também é distribuída pela Editora Central Gospel – cujo dono é Silas Malafaia. Diante da situação, Viula resolveu se manifestar.
Primeiro, Viula se queixou para seus amigos gays. Depois, para a Avon. A resposta da Avon disse que a “variedade de títulos comercializados contempla a diversidade de estilos de vida, religião e filosofia presentes em nosso País”.
Grupos gays também entraram em contato com AllOut, milionária entidade gayzista americana que faz campanhas no mundo inteiro para promover o homossexualismo e derrubar toda oposição à agenda gay. No ano passado, AllOut lançou uma campanha para pressionar o PayPal a encerrar a conta de dez grupos cristãos, inclusive do meu blog. Tiveram sucesso, no meu caso, pois não sou tão poderoso e endinheirado quanto os promotores da agenda gay.
Por queixa de Sergio Viula, AllOut, multimilionário grupo gay americano, definiu Malafaia como 'extremista anti-gay'
Contudo, AllOut quebrou a cara quando lançou uma campanha para derrubar a lei anti-sodomia da cidade russa de São Petersburgo. A lei proíbe promoção pública da agenda gay. Mesmo sob intensa pressão de AllOut e do governo dos EUA, os russos não cederam.
Agora, por causa da queixa de Viula, a AllOut está de olho em Malafaia.
Viula tem um passado complicado: era homossexual. Depois, diz que se converteu. Então, virou pastor batista. Em seguida, virou “apologeta” (tendo como seu hobby preferido, para variar, atacar igrejas neopentecostais). Depois, desvirou tudo! Agora, voltou ao que era, ou, em termos bíblicos, voltou ao vômito.
E não é um vômito pequeno. Num artigo sobre a Páscoa, em 27 de março de 2005, Viula diz:
[Quando menino] Jesus, a figura-mor da páscoa cristã, cresce, entra na puberdade com todas as tensões e tesões que ela abarca, mas não pode tocar em mulher e nem em homem, porque a doutrina da castidade e do celibato exigem que se pinte um cristo que tem pau mas não come, tem língua mas não lambe, tem boca mas não chupa, tem mãos mas não masturba, etc. Parece o salmo 115 (na Bíblia protestante) que fala dos ídolos mudos. Ele é sexualmente como um daqueles ídolos, ou seja, nada pode fazer.
Milagres lhe são atribuídos como prova de sua filiação divina. Ele faz aquilo que o povo sempre quer: pão e circo. Multiplica pães e arma o maior barraco no pátio do templo expulsando os camelôs da época. É o primeiro rapa da história registrada. Se fosse hoje teria saído no Ratinho. Detalhe: todos os milagres supostamente feitos num tempo e entre pessoas que jamais poderiam ser conferidos posteriormente. Hoje, que a gente pode conferir, os milagres só acontecem com a ajuda de remédios, terapias e médicos especializados. Mas o crédito fica sempre por conta do mito e não da ciência que desenvolveu tais procedimentos terapêuticos. Afinal, sem esse deus engravidador de virgens, a medicina não poderia coisa alguma.
Ele morre. Mas um herói não pode morrer no final e ficar por isso mesmo. O filme tem que ter continuação. Afinal, promete ser um sucesso de bilheteria no circuito histórico universal. Então, a classe sacerdotal dribla o suposto fato histórico de sua morte (apesar de não se ter certeza de que ele sequer tenha existido de fato). O drible é a invenção do milagre da ressurreição.
Trata-se simplesmente da retomada do mito egípcio de Osíris, sua morte e ressurreição, só que desta vez com ares de “fato histórico” — o que constitui o verdadeiro problema, pois uma coisa é conhecer um mito sabendo que é apenas um mito, outra coisa é afirmar que a narração mítica é histórica e ser capaz de matar e morrer por esse engodo.
O engraçado é que ele ressuscita, mas se esconde num suposto céu…
Quem disse que ateu não adora nada? Eu adoro os homens!
“Dessa maneira, confirma-se neles o quanto é verdadeiro o provérbio que diz: ‘O cão volta ao seu vômito’ e mais: ‘A porca lavada volta a revolver-se no lamaçal’”. (2 Pedro 2:22 KJA)
É claro que Viula não é, em termos bíblicos, a única porca lavada voltando ao vômito e ao lamaçal. Lanna Holder era lésbica, virou pastora, desvirou tudo e hoje é pastora lésbica. Ela prefere o pastorado porco!
Já Viula prefere o ateísmo porco. Com sua experiência passada de apologeta debochador de neopentecostais, hoje ele mira o próprio Jesus Cristo.
O problema então de Viula e inúmeros outros ativistas gays não é só Malafaia, Julio Severo e outros cristãos. O problema é Jesus Cristo! A rebelião deles é contra o Criador dos homens e da sexualidade.
“Esses rebeldes dizem: ‘Vamos nos livrar do domínio deles; acabemos com o poder que eles têm sobre nós.’ Do seu trono lá no céu o Senhor ri e zomba deles.” (Salmos 2:3-4 BLH)
Deus pouco se importa com a conduta porca desses debochadores. Aliás, ele ri deles. Nesse aspecto, Silas Malafaia tem tido uma reação exemplar.
De acordo com a Carta Capital, Malafaia deu de ombros para a apologética gayzista de Viula. Em nota divulgada em seu site, Malafaia declarou: “Esses gays estão dando um ‘tiro no pé’, estão me promovendo com uma tamanha grandeza que nunca pensei de ser tão citado e até defendido por jornalistas como, por exemplo, Reinaldo Azevedo”.
Ele afirmou ainda que essas perseguições lhe dão mais força para lutar contra o PLC 122. “Se antes de ter leis que dão a eles privilégios, já se acham no direito de perseguir e intimidar os que são contra seus ideais, imaginem se a lei for aprovada”, disse ele.
Diante do comunicado de Malafaia, Viula afirmou: “Malafaia é um extremista. Inclusive, outros pastores não concordam com as atitudes dele”.
Esquerdistas e gayzistas são grandes debochadores dos cristãos. Por isso, Carta Capital escolheu Viula para expressar seus sentimentos com relação a Malafaia e aos cristãos. Tal preconceito não é de admirar: Luis Nassif, um dos figurões da Carta Capital, já me atacou por denunciar a nomeação de um professor pró-aborto para a Pontifícia Academia de Ciências.
Viula pode ser hoje um grande apologeta gayzista e debochador de Jesus Cristo, mas se o Genizah e outros apologetas debochadores precisarem de ajuda para lançar mais ataques a Malafaia, tenho certeza de que Viula seria capaz de mostrar um generoso espírito de colaboração. Porcaria é com ele mesmo.

13 comentários:

jurandir alves disse...

Caro julio

Concordo com seus textos, pondo-me ao seu lado e contra esta sodomizacao compulsiva. Continue.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

De acordo com o pensamento politicamente correto do governo (e dos homossexuais), ser homofóbico é:

– ser contra o homossexualismo;

– obedecer somente à Palavra de Deus;

- pregar contra o homossexualismo;

– não aceitar a agenda gay (nem a doutrinação gay para as nossas crianças);

– não tolerar o pecado.

Se ser homofóbico significa ser tudo isto, então eu posso dizer com todas as letras (e com muito orgulho): eu sou homofóbico (com "H" maiúsculo).

Podem fazer qualquer lei ímpia que obrigue a todos (até mesmo com ameaças de morte) a aceitarem o homossexualismo, mas, ainda assim, eu JAMAIS IREI ME CURVAR AOS DESEJOS DO DIABO E DOS HOMOSSEXUAIS. Eu, como cristão, sempre prego (e sempre continuarei a pregar) contra o pecado. Nunca vou deixar de dizer que o homossexualismo é pecado (não estou nem aí para o que os homossexuais vão pensar de mim). Eles podem me prender, me perseguir, e fazer o que quiserem (eu não me importo). Mas eu tenho meus princípios morais e cristãos com os quais eu fui criado, e desses mesmos princípios eu NUNCA vou abrir mão. Adoto comigo o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Faço como disse o apóstolo Pedro:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

A lei de Deus é soberana, eterna e imutável. Para Deus, pecado (seja qual for, inclusive o homossexualismo) é pecado sempre (e ponto final). A lei de Deus nunca irá se sujeitar (ou "se adaptar") aos tempos modernos ou ao "politicamente correto" do governo, dos homossexuais, dos abortistas, dos falsos profetas, e dos falsos evangelhos. A lei de Deus não foi feita para agradar aos homens (e nunca irá se sujeitar a homem nenhum). A respeito da lei de Deus, Jesus foi taxativo:

"Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, mas para cumprir. Pois em verdade Eu vos digo que, até que passem os Céus e a Terra, nenhum i ou til jamais passará da lei, sem que tudo se cumpra" (Mateus 5:17–18)

De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus voltará um dia para julgar a todos (inclusive os homossexuais e seus cúmplices). O próprio Jesus garantiu:

"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16)

Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos me xingaram de homofóbico (e de outros nomes feios que eu nem vou publicar aqui, por uma questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.

Só sei de uma coisa: eu já fiz a minha parte (que é pregar contra o pecado). Estou com a minha consciência tranquila (até porque eu já cumpri com o meu dever de cristão). Se esses homossexuais não quiserem se converter, é problema única e exclusivamente deles. No dia do juízo final, será cada um por si diante de Deus na hora de prestar contas. É como alertou o apóstolo Paulo:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Se os homossexuais e seus cúmplices quiserem ver para crer, depois não vai ter desculpa de falta de aviso!

Paulo Teixeira disse...

Julio, faz muito tempo que não dou credibilidade à Revista Carta Capital. Tem se mostrado um "jornalismo" ativista com matérias tendenciosas, onde cristãos são seus 'inimigos' preferidos.

Está mais para tablóide sensacionalista de quinta categoria do que um veículo sério de informação.

ÉLQUISSON disse...

Do jeito que a imoralidade e o pecado já contaminaram o mundo inteiro (e do jeito que o homossexualismo está sendo escancaradamente divulgado), estamos inevitavelmente caminhando a passos largos para o mesmo destino final de Sodoma e Gomorra.

Pode ser que eu esteja enganado (me corrijam se eu estiver errado), mas, de acordo com as profecias da Palavra de Deus, o cálice da iniqüidade humana está ficando mais cheio a cada dia que passa. E vai chegar um momento em que esse mesmo cálice fatalmente vai transbordar. E quando isso acontecer, aí não vai ter mais jeito: a paciência de Deus vai chegar ao fim e Ele, inevitavelmente, vai entrar em ação para dar um basta na maldade humana!

Neste mesmo dia, Jesus voltará. E desta vez Ele virá não mais como o frágil cordeiro a ser oferecido em sacrifício pelos nossos pecados, mas agora como o Soberano Juiz para julgar a tudo e a todos!

E uma coisa é certa: os homossexuais e os seus cúmplices que não se arrependerem agora de suas nojeiras vão conhecer (e também sentir) todo o rigor da lei de Deus contra o pecado quando estiverem diante de Jesus!

Será que esses homossexuais querem ver para crer? Ou eles estão duvidando da justiça de Deus?

Se, mesmo depois deste aviso, eles não quiserem se arrepender, então que eles mesmos encham o cálice da sua própria iniqüidade! Que bebam da ira do Senhor (e estejam prontos para sofrerem as conseqüências)!

"Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso ele também ceifará" (Gálatas 6:7)

Alguém concorda comigo?

Netto disse...

Esse Viula é nojento, isso, sim... confesso que tive um mal estar ao ler as poucas palavras publicadas aí... jamais deixaria meu filho ler um lixo nojento desse... esse povo não tem jeito, Deus os entregou aos seus desejos carnais, deixemos que eles morram pelas suas próprias iniquidades, já que já conhecem a verdade.

Trindade disse...

A Carta Capital é de propriedade do ex jornalista e apoiador do regime militar e atual neoesquerdista a soldo do governo federal Mino Carta, agora esse exapologeta eu não conhecia, mas depois de tudo que eu li no texto sobre vejo que não estava perdendo nada em não conhece-lo.
Mas uma coisa é certa muitos Ministros do evangelho vão pagar um preço alto por ficar ungindo pastores apressadamente, como diz na Biblia para não impor a mão apressadamente sobre ninguém; O obreiro deve ser testado e depois de testado ainda deveria ser colocado sob observação de todo o ministério e só ai ser ungido, mas vejo que tem liderança evangélica hoje que é uma verdadeira dinastia, de pai para filho e depois avô para neto; Deus esta nisso?

Peruibense rebelde disse...

Não tem jeito, Malafaia !!!

Entra para a oposição !!!

ELISEU disse...

Esse tal de Sérgio Viula está se achando poderoso para blasfemar contra o Senhor Jesus, não é verdade? Então, que ele aproveite ao máximo a sua própria devassidão!

Eu só quero ver se, após a morte, esse sujeito ainda vai ser corajoso o suficiente para continuar a blasfemar contra Jesus! Aí sim, e quero ver se, no fogo eterno em que ele vai estar queimando (primeiramente no inferno, depois no lago de fogo), ele ainda será tão debochado e tão devasso como está sendo aqui!

Finalizo esta minha mensagem com 3 versículos para reflexão:

"Aos homens está ordenado morrerem uma única vez, vindo, após isso, o juízo" (Hebreus 9:27)

"Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso ele também ceifará" (Gálatas 6:7)

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Will Filho disse...

Fico pensando na alienação social de muitas igrejas no momento. Enquanto fatos absurdos acontecem por debaixo dos panos, muitos líderes não se preocupam em denunciar o erro político, cultural e até mesmo doutrinário da teologia dita "cristã" dos falsos "pastores", "profetas" e outros mais autoproclamados... estão mais "ocupados" em descobrir se no céu haverá ruas de ouro e se no inferno as almas ficarão ao lado dos demônios, do que em tratar de um cristianismo ativo, atuante em todos os aspectos do humano e consequentemente da sociedade, não só no "sobrehumano" como no humanamente palpável...

O evangelho meus queridos não é teórico, é pratico! Não se conforma com este século, mas transforma com a renovação de nosso entendimento! Isso se faz com ações.

Amados, devemos cada um fazer a nossa parte, não esperar que líderes se levantem e falem para multidões. Individualmente, se nos mobilizarmos, no trabalho, na família e em nossas igrejas; alertando, exortando, com amor, paciência, divulgando a Verdade do evangelho convertido na cultura, no comportamento, na política, nos valores, poderemos "acordar" a muitos que dormem na ignorância...

Não me preocupa o barulho que eles fazem, muito menos suas intenções, mas sim a passividade intelectual, cultural e política das pessoas como um todo, não apenas os cristãos.

Parte dessa perseguição e passividade é responsabilidade nossa, qundo deixamos de exercer influência em nossas próprias familias. Um pai ou mãe, não tem, por exemplo, "mais" autoridade para orientar sua família a não assistir programações inúteis da TV, como as novelas da globo, por exemplo, como então exigir mudanças de nossa cultura, se você mesmo não as impõe dentro do seu lar?

Esta luta começa em nossas casas, em nossos relacionamentos, "...sejamos praticantes, e não apenas ouvintes"

Abraço e paz.

http://vitrine2009.blogspot.com
http://pelocristo.blogspot.com

Lino disse...

Meu Deus, que horror! Ao ler o lixo que foi publicado aqui por esse tal de Sérgio Viula, eu pensei, num primeiro momento, que era uma mensagem escrita pelo próprio diabo! Imagino o quanto o diabo deve estar agora gargalhando de satisfação com toda essa blasfêmia!

Esse cara que colocou essa blasfêmia aqui já fedendo a enxofre! Ele nem imagina o que está preparado para ele após a morte se não se arrepender enquanto ainda tem tempo!

Como disse muito bem o Eliseu, eu quero ver se esse sujeito, quando estiver no inferno (e depois no lago de fogo), será tão debochado e tão devasso como está sendo aqui!

Se ele conseguir passar por cima de Jesus, eu deixo de ser cristão e volto para a sujeira do mundo!

Será que ele aceita este desafio?

Idevam disse...

E a Gaystapo Gayzistas como do Livro o Segredo de Hitler

Rodrigo disse...

Morrer sem salvação é a pior coisa que pode acontecer ao homem. No caso do homossexual que morre assim, é o resultado de uma escolha deliberada (ou seja, é uma escolha que foi feita por vontade própria)! Quando isso acontece, simplesmente é a confirmação de que o homem preferiu ser ímpio durante toda a sua vida aqui na Terra. O que significa ser ímpio? Ímpio é aquele que vive somente na prática do pecado e não quer se arrepender.

Não quero ser grosseiro, mas eu diria que muitos homossexuais (90% deles) são (ou querem ser) ímpios. Muitos não se importam em morrer de AIDS, contanto que façam o que querem enquanto ainda estão vivos (ou seja, querem viver eternamente na prática do pecado)! Infelizmente, eles não têm a mínima idéia do que os espera após a morte se não se arrependerem enquanto ainda há tempo! Eles ignoram esta seríssima advertência da Bíblia:

"Coisa horrível é cair nas mãos do Deus vivo" (Hebreus 10:31).

E o livro dos Salmos ainda diz:

"Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as pessoas que se esquecem de Deus" (Salmo 9:17).

Não sei se seria exagero eu dizer isso, mas eu acho que muitos homossexuais só se converteriam se tivessem uma visão espiritual. Explicando: se eles pudessem ver o mundo espiritual com os olhos carnais, talvez eles ficassem horrorizados quando vissem milhões de homossexuais ímpios queimando agora no inferno, chorando e suplicando por misericórdia da parte de Deus! Só talvez assim eles se convertessem!

Só que muitos deles são como Tomé: só acreditam se verem com os próprios olhos. Enquanto isso não acontecer, ou melhor, enquanto eles não tiverem essa visão que eu citei anteriormente, eles nunca se converterão (esta é que é verdade)!

Me corta o coração em pensar que, no juízo final, muitos homossexuais irão ouvir Jesus dizer: "Apartai-vos de Mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos" (Mateus 25:41).

Se os homossexuais quiserem pagar pra ver, depois eles não vão poder dizer que não foram avisados!

Anônimo disse...

Que absurdo pra mim simplismente mídias por aí que diz que é Cristã e desce a lenha uns dizem por pura "inveja" sentimento é maligno já estão pecando de cara.
Há esses "pastores midiáticos" e dá apoio para promover pessoas ímpias estão no pecado para atacar seus irmãos em Cristo é mais infiel é pior que um incrédulo tem o mesmo espírito são os verdadeiros judas escariotes, fariseus, escribas,religiosos da atualidade muito lamentável se esse povo não se arrepender e não nascer de novo o fim deles nós já sabemos aff. Ester!!!!!