19 de maio de 2012

Apesar da ameaça dos eurocratas, prefeitura de Moscou de novo proíbe parada gay


Apesar da ameaça dos eurocratas, prefeitura de Moscou de novo proíbe parada gay

Matthew Cullinan Hoffman
18 de maio de 2012 (LifeSiteNews.com) — A prefeitura de Moscou recusou dar uma licença para a parada do orgulho gay pelo sétimo ano consecutivo, desafiando uma decisão do Tribunal Europeu de Direitos Humanos contra a cidade em 2010 que resultou em dezenas de milhares de dólares em multas.
Prometendo que “recorreria no tribunal na segunda-feira”, o ativista homossexual Nikolai Alexeyev acrescentou que “realizaremos a parada de qualquer jeito”.
Em anos anteriores ativistas gays buscaram desafiar a proibição às suas paradas, mas a polícia rapidamente os prendeu ou dispersou.
O site homossexualista Rússia Gay informa que a prefeitura de Moscou respondeu à petição deste ano declarando que tal parada provocaria “uma reação negativa na sociedade”.
“Na opinião dos cidadãos, atividades associadas ao debate de relações sexuais, abertas em áreas públicas, é uma provocação, causando danos morais às crianças e adolescentes”, declarou a prefeitura, acrescentando que tais paradas “insultam o senso religioso e moral” dos cidadãos e mostram “condições abjetas e desumanizadoras”.
O local proposto para a parada, comentou a prefeitura, está “no centro histórico de Moscou, que é um lugar favorito para crianças e famílias de moscovitas e visitantes. Nesse aspecto, a realização de eventos públicos pode provocar ações ilegais contra os indivíduos que não compartilham suas opiniões”. A prefeitura avisou que se a parada gay for em frente conforme está planejado, os participantes “poderão ser levados a juízo do jeito prescrito”.
Os organizadores da parada prometeram excluir palavras obscenas e nudez, mas não conseguiram convencer as autoridades a permitir o evento. As paradas de orgulho gay no mundo inteiro são muitas vezes cenários de nudez, gestos e sinais obscenos, zombaria aos símbolos religiosos e atos simulados e até mesmo reais de sodomia, à vista de todo o público.
Tanto o atual prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, quanto seu antecessor, Yury Luzhkov, são conhecidos por sua firme oposição às paradas gays desde que os ativistas gays propuseram pela primeira vez tais paradas há sete anos, e Luzhkov de modo particular chamou-as de “satânicas”.
Uma oposição semelhante foi expressa pelos líderes de todos os grandes grupos religiosos da Rússia, inclusive do patriarca ortodoxo russo Alexis II, o rabino-mor da Rússia Berl Lazar e o mufti Talgat Tajuddin, cabeça da Junta Muçulmana Espiritual Central.
Oposição à propaganda homossexual na Rússia é uma posição que a vasta maioria dos cidadãos tem, de acordo com pesquisas de opinião pública.
Uma pesquisa de opinião pública deste ano conduzida pela agência estatal de pesquisa de opinião pública VTsIOM mostrou que 86 por cento dos 1.600 entrevistados na Rússia inteira disseram que apoiam leis proibindo a promoção das relações homossexuais. Uma pesquisa de opinião pública de 2010 revelou que 74 por cento dos russos disseram que os homossexuais são “moralmente depravados ou aleijados” e acreditam que a homossexualidade é “uma perversão mental amoral”.

12 comentários :

Fabiano disse...

Não adianta.
Essa raça é igual mosca rodeando nosso prato de comida... A gente abana, espanta, mas ela volta... Não tem um pingo de vergonha na cara. Só um inseticida para resolver a situação!
Tem mais é que enjaular uma meia-dúzia desses depravados, só para servirem de exemplo aos demais teimosos.
Querem fazer suas sodomias diabólicas (sei que é redundância), que façam... Mas deixem a sociedade livre desta baixaria humana, desta imoralidade que agride e compromete o futuro de nossos filhos.
2 x 0 pros Russos.
Pelo visto vai ser goleada!!!

Fabiano disse...

O bom mesmo seria dar uma passagem SÓ DE IDA lá pra Moscou, para uma galera aqui do Brasil. Como, por exemplo, Maria do Rosário, Marta Suplicy, Toni Reis, Luiz Mott e, o mais perigoso de todos, Jean Wyllys... O mais perigoso, porque é um deputado, e como tal, pode criar projetos de leis, que nós sabemos muito bem qual é um dos principais alvos dele: o CRISTÃO!

ÉLQUISSON disse...

Pode ser que a Rússia não seja um país 100% cristão, mas, por enquanto, ela está sendo firme nas suas convicções a favor da família (e também sendo implacável contra o homossexualismo).

Na resolução de São Petersburgo, os russos destacaram a importância da família na educação e na formação das pessoas (principalmente crianças). Na mesma resolução, há 2 pontos fundamentais que merecem destaque:

– "O lugar da família na história e na vida de todas as sociedades humanas é absolutamente única, e nenhuma outra forma de relacionamento doméstico jamais poderá ser vista como de igual valor e status. Qualquer tentativa de prever igualdade de status para qualquer outra forma de relacionamento doméstico (em especial as uniões entre pessoas do mesmo sexo) é socialmente destrutiva".

– "Estamos convencidos de que a família tradicional, o casamento, a geração e a educação dos filhos são elementos inseparáveis uns dos outros".

Vejam que ironia: a Rússia, até alguns anos atrás, era odiada por ser comunista. Os Estados Unidos se auto–denominava como país exemplo, se gabava de ser o melhor país do mundo (e era considerado o país mais cristão do mundo).

Hoje, está tudo ao contrário: a Rússia abandonou o comunismo e está dando uma verdadeira lição de moral nos países que se dizem cristãos (inclusive Estados Unidos e Brasil). Já os Estados Unidos vem decaindo moralmente, e já está contaminado pelo homossexualismo, bruxaria, satanismo, ensinamentos da Nova Era e outras coisas anti–cristãs (sem contar a atual tolerância ao islamismo).

Aqui no Brasil, o quadro não chega a ser muito diferente dos Estados Unidos: temos um governo totalmente pró–homossexualismo, pró–aborto, anti–família e anti–cristão. Que futuro o nosso país terá com um governo corrupto e demoníaco desses no poder? Isso sem contar que o STF, recentemente, se manifestou favorável ao aborto!

Está faltando alguém que tenha coragem o suficiente para romper de uma vez por todas com esse governo podre e imoral, está faltando alguém que possa colocar a Palavra de Deus como diretriz para a nossa nação, enfim, está faltando alguém que possa tirar o Brasil do caminho do inferno que o PT colocou (juntamente com outros partidos que pensam e agem igual)!

Alguém concorda comigo?

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Enquanto os russos têm leis para proibir a divulgação do homossexualismo, aqui no Brasil querem fazer exatamente o contrário: querem criar uma lei (no caso, o PLC 122) para calar a voz dos cristãos e das demais pessoas que são contra o homossexualismo! Isso sem contar as nojentas e indecentes "Paradas Gays" que são promovidas com a cumplicidade deste nosso governo corrupto!

Sinceramente, acho que eu vou começar a guardar um dinheiro pra me mudar de vez para a Rússia. Pelo menos lá eu tenho certeza de que meus filhos e netos não serão contaminados pela sujeira do homossexualismo!

Parabéns aos russos pela sua corajosa atitude, e pela sua postura firme em dizer um "NÃO" bem sonoro ao homossexualismo.

ELISEU disse...

Fabiano,

Sua idéia (da passagem só de ida) foi excelente. Aí sim, eu queria ver se esses que você citou (Toni Reis, Luiz Mott, Marta Suplicy, Maria do Rosário, Jean Wyllys, e outros iguais a eles) seriam tão ousados (ou tão corajosos) para desafiar o governo russo!

Mas eu acho que seria melhor dar essa mesma passagem só de ida para um pais islâmico (como a Turquia, o Irã, o Afeganistão e outros semelhantes). Nesses mesmos países, a lei é taxativa: tolerância zero ao homossexualismo!

Quero ver se alguém da galera citada acima vai conseguir voltar vivo de lá pra cá!

Que tal a minha sugestão?

Anônimo disse...

Esse país está dando um exemplo "Rússia" Deus está com as mãos sobre vcs é isso tudo espero no meu país chamado Brasil. Ester!!!!

Trindade disse...

Ola Julio;
Li alguns comentários sobre dar passagem só de ida para os homossexualistas e não posso ficar calado, pois após chegarem lá vamos supor que não voltem mais, o que é um erro, pois o governo russo os deportaria no outro dia; a SOLUÇÃO DEFINITIVA PARA ESSA QUESTÃO É NÃO VOTAR NA ESQUERDA E PRONTO, mas os cristãos brasileiros não conseguem viver sem a esquerda, então temos que aguantar a Matra Suplicy & cia.até o dia que o Criador quizer e Deus não fara nada porque ele sabe que se a Marta e Cia. sair os cristãos brasileiros elegem outras e outros homossexualistas para lhes atazanar a vida, os critãos são a prova mais completa de que existem mazoquistas hoje, porque bastaria que eles votassem em candidatos de direita e pronto, porque roubar todos roubam mesmo (vide mensalão e a CPMI atual), mas pelo menos os politicos da direita deixam os valores cristãos em paz.

ÉLQUISSON disse...

Respondendo ao Trindade,

A idéia que você propôs é ótima: não votar na esquerda. Isso vale tanto para o PT, como também para os demais partidos que possuem a mesma agenda política: PC do B, PSOL, PV, PSTU, PCO (e outros).

Este ano (2012) é ano de eleição para prefeito e vereador. A hora da mudança (no sentido de tentar apagar parte dessa imagem negativa que temos da nossa política) é agora. É hora de sabermos usar a arma que temos: o voto. Só depende de nós mesmos.

Por que eu digo isso? Porque existem coisas que somos nós que resolvemos (não é Deus). No caso, trata-se de saber votar. Não podemos pedir a Deus para resolver um problema (como este do voto) que nós mesmos podemos resolver.

Por que a questão do voto não pode ser resolvida por Deus? Por uma razão muito simples: um anjo não possui título eleitoral. Um anjo não vai descer do Céu para escolher o nosso candidato. Somos nós mesmos que vamos fazer isso.

Uma coisa é certa: temos que assumir as conseqüências das escolhas que fizermos. Se votarmos errado, nós mesmos seremos culpados. Depois, ninguém venha querer fazer campanha de oração para que Deus tire do poder um político corrupto que nós mesmos elegemos!

Aproveito para dar mais algumas sugestões:

- O povo tem que ser suficientemente esclarecido através dos verdadeiros servos de Deus para não se deixar manipular por nenhum órgão informativo "oficial" (leia-se Rede Globo);

- Orar a Deus, pedindo discernimento na hora de votar (para não ser enganado pelos muitos lobos em pele de cordeiro que sempre aparecem em todas as campanhas eleitorais);

- Cobrar de quem for eleito que cumpra as promessas feitas durante a campanha;

- Mobilizar o povo para protestar todas as vezes que for necessário.

Não estou dizendo que isso vai acabar de uma vez com a sujeira da nossa política, mas já é o primeiro passo para uma conscientização política do povo em geral. Isso para que o governo saiba que nem todo mundo pode ser facilmente manipulado.

Espero que estas sugestões sejam analisadas por pessoas de bom senso, para termos um povo esclarecido o suficiente em termos de conscientização política.

P.S: Se alguém quiser se manifestar, esteja à vontade.

Trindade disse...

O ÉLQUISSON, é isso mesmo, mas não se esqueça do PSDB, pois esse partido esta se passando por direita ou centro direita, mas na verdade em questões de combater os valores cristãos o PSDB é tão nocivo ou mais que o PT, e esse partido "faz a outra lâmina da tesoura", pois aparentemente faz oposição ao PT, mas uma vez no poder age como o PT, tanto faz quem esteja no poder pois na verdade eles tem é uma AGENDA e a seguirá até que esteja completa. Diante disso restam poucos partidos que podem dizer que não tem por objetivo o combate aos valores cristãos, mas ainda temos alguns partidos, mas sem o apoio das lideranças cristãs dificilmente teremos um candidato forte o suficiente para em 2014 enfrentar a esquerda na eleição presidencial.
Eu ja fiz um propósito, se o DEM que é o maior partido que se aproxima da direita atualmente não lançar um nome capaz de enfrentar a esquerda eu votarei nulo, pois o Pr. Silas Malafaia jogou um balde de água fria nos cristãos que não são analfabetos político quando disse que votaria no PT se fosse preciso, porque ele vota em pessoas e não em partido e com isso confessou que não entende nada de politica partidária e os planos da esquerda mundial ou é um tremendo mal intencionado e esta só protegendo seus interesses.
Mas eu creio que Deus irá intervir assim como fez com Abraão quando intercedeu por Ló em (Genesis 18:16-33), pois seremos mais do que cincoenta justo a pedir um candidato que deixara os nossos valores em paz, pois só precisaremos disso: que deixem os valores judaico/cristão em paz e intocáveis, porque o verdadeiro cristão não pode ficar dependo de governo, pois ele vive pela fé, uma prova disso é o ÚNICO CRISTÃO EXILADO BRASILEIRO Júlio Severo, que está abandonado pela liderança cristã brasileira, mas fé é o sustento dele e de sua família.
PS. Júlio ao citar você eu senti meu coração ferver num propósito: Escreva um livro sobre sua experiencia no exilio e quando estiver pronta nos avise que iremos encher de e-mail as editoras cristãs para que publique o livro, ore sobre esse assunto, pois não sou um cristão emotivo, sou racional até demais, mas senti realmente que você deve narrar suas experiencias.

Fabiano disse...

Enquanto isto, nos estados unidos, o mau exemplo vem de cima: m.terra.com.br/noticia?n=5784552&a=home&s=1&c=noticiaportadabr&e=especiais_capa_br

Lino disse...

O alerta que o Trindade deu sobre o PSDB não pode ser ignorado. O PSDB, na verdade, é apenas mais uma extensão do PT. Aliás, eu diria o seguinte: mudam as siglas, mas os interesses (ou melhor, as agendas políticas) permanecem rigorosamente iguais.

Ninguém se engane a respeito do PSDB. Só para que todos daqui tenham uma idéia disso, foi o mesmo PSDB que aprovou uma lei (Lei 10.948, de 5 de novembro de 2001) que permite que travestis usem banheiros femininos. Esta mesma lei foi sancionada, na época, por Geraldo Alckmin (então governador de São Paulo em 2001), contando com o auxílio da fiel escudeira dos homossexuais: Marta Suplicy (que era prefeita de São Paulo em 2001).

Qualquer político pode até trocar de partido, mas NUNCA vai trocar de caráter. A maioria dos políticos é tudo oportunista: só fica onde lhe for conveniente (ou onde for beneficiado ou favorecido de algum modo). O que esperar de bom de alguém que age assim (somente visando os seus próprios interesses)?

Que Deus possa dar discernimento para muitas pessoas na hora de votar!

Anônimo disse...

Essa atitude dos russos é de se admirar, eles não se dobram a essa onda "boiolau" que toma conta do mundo ocidental.