6 de abril de 2012

Silas Malafaia tem 72 horas para se defender de acusações de incitar ódio aos gays

Silas Malafaia tem 72 horas para se defender de acusações de incitar ódio aos gays

Segundo divulgado na coluna Radar On Line, da revista Veja, divulgada nesta quinta-feira, 5 de abril, o pastor Silas Malafaia tem 72 horas para defender-se das acusações contra ele, de incitar a violência contra homossexuais em seus programas na TV.
O pastor é réu em processo que corre na 24ª Vara Federal de São Paulo, movido pela ABGLT. O Ministério Público Federal exige que o pastor Malafaia peça  desculpas no ar.
Devemos orar pelo pastor Silas Malafaia para que Deus lhe dê direção diante desta questão.
Essa perseguição a Malafaia serve de alerta à igreja brasileira. Se dormirmos, logo estaremos acuados e até trechos bíblicos, considerados pelos ativistas como ‘homofóbicos’, terão que ser evitados.

Ano de 2002 — o ano em que o PT foi ‘des-satanizado’

Diante dessa perseguição, fica aí uma grande lição. O pastor Silas Malafaia colhe hoje o que ajudou a plantar em 2002. Naquele  ano ele foi para o horário eleitoral gratuito pedir votos para o candidato do PT à Presidência da República, Lula da Silva. Na ocasião chegou a dizer que Lula não perseguiria igreja alguma, como andavam dizendo por aí.
O PT era muito mal visto pelos evangélicos, por defender bandeiras que ferem os princípios cristãos, principalmente o aborto e a agenda LGBT, além de outras questões. Às vésperas das eleições vários, pastores tradicionais, pentecostais e neopentecostais se uniram e fizeram um grande esforço para ‘des-demonizar’ o PT perante a igreja evangélica. Segundo o cristão Julio Severo, um documento foi assinado, naquela ocasião,  pelos principais líderes evangélicos brasileiros, onde se comprometiam a ajudar Lula a chegar ao poder. Com as bandeiras petistas jogadas para debaixo do tapete, conseguiram o objetivo. Lula foi eleito e durante os oito anos em que governou o país, o movimento gay brasileiro ganhou uma força fenomenal (como nunca antes na história deste país) devido ao amplo apoio dado pelo Presidente da República ao movimento.
Hoje, sem dúvida,  o movimento gay está bem mais fortalecido do que antes da chegada de Lula ao poder e alguns frutos começam a ser colhidos.
Abaixo a lista com os nomes de alguns líderes evangélicos citados por Severo:
NILSON FANINI
Pastor da Igreja Batista, ex-presidente da Aliança Batista Mundial e presidente da Convenção Batista Brasileira
SILAS MALAFAIA
Pastor da Igreja Assembléia de Deus do CIMEB (Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil)
ROBSON RODOVALHO
Bispo fundador e presidente da Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra
JABES ALENCAR
Pastor Igreja Assembléia de Deus no Bom Retiro, Presidente do CPESP (Conselho de Pastores do Estado de São Paulo)
ESTEVAM HERNANDES
Apóstolo fundador e presidente da Igreja Renascer em Cristo
GUILHERMINO CUNHA
Pastor presidente da Sociedade Bíblica do Brasil e vice-presidente do Supremo Concílio Presbiteriano
Deus diz na Bíblia: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará”. (Gálatas 6:7)
Adaptado de: Holofote
Divulgação: www.juliosevero.com
Julio Severo defende Malafaia de críticas de um pastor assembleiano

16 comentários :

Anônimo disse...

Está claro que uma combinação de comunismo e nazismo tomou conta do país.
Pessoas são acusadas falsamente (até não cristãos quanto contrário ao gaysismo e outros instrumentos de degradação governamental), a mídia e o governo sustenta a falsificação que produz.
Cristãos(católico ou evangélico que professe a Verdade) são claramente perseguidos no país, cristianismo se tornou crime.
Cristãos já são perseguidos e mortos em alguns países a muito mas a perseguição está se instalando até em países de maioria cristã (Brasil, EUA etc).
Os perversos estão liderando o mundo. Lamentável.

Temos, sim, que orar por Silas para que Deus lhe dê sabedoria e discernimento nesta questão.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Sinceramente, não dá para entender a posição do pastor Silas Malafaia. Lembro que ele, certa vez, disse que vota em pessoas (e não em partidos). Quem me garante que a pessoa pertencente a um determinado partido vai pensar diferente do que esse mesmo partido estabelece em suas diretrizes, estatutos ou resoluções? Só aí já vemos a primeira incoerência.

Silas Malafaia pode até ser um excelente defensor dos valores da família; mas, politicamente falando, é mais ignorante do que o pior analfabeto: se deixa enganar pelas aparências, ou melhor, é facilmente influenciado (como muitos outros). Infelizmente, muitos que se dizem servos de Deus estão agindo da mesma forma.

Silas Malafaia agora está sofrendo na pele as conseqüência de ter "dessatanizado" Lula e o PT. E não só ele, como outros (como Magno Malta) que também participaram desse mesmo processo.

Eu diria mais: o que realmente está faltando no meio do povo evangélico é pessoas que tenham um verdadeiro compromisso com a Palavra de Deus, e que tenham a mesma coragem de um Elias ou um João Batista para falar, em alto e bom som, as verdades que o povo (e também muitos políticos) estão precisando ouvir!

Se Silas Malafaia seguisse à risca o que ele mesmo diz (que vota em pessoas e não em partidos), ele teria que ter uma postura bem firme para dizer: "Não vou apoiar pessoas que defendem o aborto. Não vou fazer campanha para pessoas que agem contra a Palavra de Deus. Não vou votar em pessoas que são a favor do homossexualismo. Não vou ser cúmplice do pecado. Não me importo de perder o meu programa de televisão. É melhor eu ficar em paz com a minha consciência do que pecar contra Deus". Eu pergunto: quantos, que se dizem servos de Deus, teriam coragem para agir assim?

Se Elias e João Batista estivessem vivos, com certeza eles estariam com vergonha da atuação dos servos de Deus nos dias de hoje! E eu não quero nem imaginar o que o apóstolo Paulo (e principalmente Jesus) estão sentindo diante disso tudo!

Muitos que estão sendo cúmplices do pecado precisam se lembrar deste aviso:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Será que muitos que se dizem servos de Deus estão cientes disso?

Deixo esta pergunta no ar para alguém responder na primeira oportunidade!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Sinceramente, não dá para entender a posição do pastor Silas Malafaia. Lembro que ele, certa vez, disse que vota em pessoas (e não em partidos). Quem me garante que a pessoa pertencente a um determinado partido vai pensar diferente do que esse mesmo partido estabelece em suas diretrizes, estatutos ou resoluções? Só aí já vemos a primeira incoerência.

Silas Malafaia pode até ser um excelente defensor dos valores da família; mas, politicamente falando, é mais ignorante do que o pior analfabeto: se deixa enganar pelas aparências, ou melhor, é facilmente influenciado (como muitos outros). Infelizmente, muitos que se dizem servos de Deus estão agindo da mesma forma.

Silas Malafaia agora está sofrendo na pele as conseqüência de ter "dessatanizado" Lula e o PT. E não só ele, como outros (como Magno Malta) que também participaram desse mesmo processo.

Eu diria mais: o que realmente está faltando no meio do povo evangélico é pessoas que tenham um verdadeiro compromisso com a Palavra de Deus, e que tenham a mesma coragem de um Elias ou um João Batista para falar, em alto e bom som, as verdades que o povo (e também muitos políticos) estão precisando ouvir!

Se Silas Malafaia seguisse à risca o que ele mesmo diz (que vota em pessoas e não em partidos), ele teria que ter uma postura bem firme para dizer: "Não vou apoiar pessoas que defendem o aborto. Não vou fazer campanha para pessoas que agem contra a Palavra de Deus. Não vou votar em pessoas que são a favor do homossexualismo. Não vou ser cúmplice do pecado. Não me importo de perder o meu programa de televisão. É melhor eu ficar em paz com a minha consciência do que pecar contra Deus". Eu pergunto: quantos, que se dizem servos de Deus, teriam coragem para agir assim?

Se Elias e João Batista estivessem vivos, com certeza eles estariam com vergonha da atuação dos servos de Deus nos dias de hoje! E eu não quero nem imaginar o que o apóstolo Paulo (e principalmente Jesus) estão sentindo diante disso tudo!

Muitos que estão sendo cúmplices do pecado precisam se lembrar deste aviso:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Será que muitos que se dizem servos de Deus estão cientes disso?

Deixo esta pergunta no ar para alguém responder na primeira oportunidade!

Anônimo disse...

Presbítero Valdomiro sai da WEB e entra na vida, nunca ouvi falar de vc, quem é vc? Defensor da família? da igreja? nunca ouvi falar de vc, senão quer contribuir na ajuda a esse homem que apesar dos seus erros está lutando pelo direito de todos os cristãos inclusive o seu, e o que vc já fez por ele ou por mim? fico cansado com essa raça de critico no cristianismo Julio, Valdomiro cadê os tradicionais, cade os VIVA REFORMA, aqueles que vivem de atacar pentecostais em vez de atacar os verdadeiros inimigos que hoje querem nos prender mais amanhã do jeito que as coisas andam vão proclamar um novo holocausto cristão, sr. Valdomiro seja útil ao cristianismo vá as ruas, proteste em favor da familia, dos perseguidos como o Severo por exemplo, ai sim ouvirei suas palavras e elas farão sentido, num momento como esse precisamos de união, e não de divisores, abraços Julio.

Jonix Lamarke

Idevam disse...

Silas cometeu um grande erro ao apoiar o PT sem dúvida agora ele deve ter consciência do erro que cometeu e que levou muitos a cometerem mas estou apoiando o no que for possível nesse hora essa perseguição que ele está sofrendo e a mesma que aguarda todos os cristãos do brasil caso ele tenha sua voz sufocada vai ser uma grande vitória dos grupos gays que verão niso um sinal de que está liberado a caça a os cristãos e o próximo alvo se o programa show da fé e asim so continuara na tv os que não representam nenhuma oposição a os planos satânicos do PT depois de eliminar a oposição na tv chega a hora de eliminala nas igrejas e individualmente

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Sr. Jonix Lamarke,

Se você me permite, eu gostaria de lhe dizer algumas coisas:

Primeiro: eu não preciso me apresentar a você. Quem me conhece é Deus. Por que eu deveria lhe dar satisfação da minha vida?

Segundo: eu vim aqui apenas para registrar minha indignação contra a posição do STF em relação ao aborto. Você veio me criticar aqui com que intuito? Sinceramente, não vi razão pra isso.

Terceiro: eu sou um cristão temente a Deus (e também sou obediente à Sua Palavra). Não preciso que ninguém venha me dizer o que eu devo fazer ou não. Sei perfeitamente quais são as minhas responsabilidades de cristão e de pai de família.

Quarto: eu faço a minha parte como cristão. Estive pessoalmente no protesto contra o PLC 122 em Brasília, na "Marcha para Jesus" (em São Paulo) e em vários protestos contra esse governo corrupto. Detalhe: moro em Recife (e tive que pagar essas viagens do meu próprio bolso). Não fico somente parado em frente de um computador.

Quinto: você, pelo tom de sua crítica, parece ser 100% perfeito (ou nunca errou). Eu sou pecador e reconheço minhas limitações. Não julgo ninguém, até porque eu não tenho esse direito (só quem pode julgar é Deus). Se você é cristão, você, antes de falar de mim (ou de qualquer outra pessoa), deveria se lembrar do que Jesus disse: "Não julgueis para que não sejais julgados" (Mateus 7:1)

Sexto: eu não fico me vangloriando do que eu faço em favor do Reino de Deus (não gosto de aparecer). "Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita" (Mateus 6:3). Deus é quem me recompensa (até porque Ele sabe como eu tenho agido).

Sétimo (e último): a minha contribuição pode ser pouca, mas já alguma coisa. Pior do que ser um cristão fraco (sem forças) é ser covarde (desistir de lutar). Eu jamais vou me render ao diabo e aos demônios. Se eu morrer agora, eu sei para onde eu vou. E você, você tem certeza de que estará salvo?

Portanto, Sr. Jonix Lamarke, procure ser mais civilizado no seu trato com pessoas que você não conhece. Sinceramente, vou orar para que você seja mais humilde.

Lembre-se do que Jesus disse:

"Porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado" (Lucas 18:14)

Anônimo disse...

Depois dessa reposta do presbítero Valdomiro, eu, se fosse o Jonix Lamarke, baixaria a cabeça e pediria desculpas...

Anônimo disse...

É uma pena que o Malafaia, um homem de coragem e com uma "conta corrente farta", tenha duas caras.
Acredito eu que ele tenha se voltado contra o PT, só por ver que o concorrente (Edir Macedo) foi benificiado pelo partido neocomunista.
Fabiano Santos

Lino disse...

Fabiano,

Eu concordo com parte com você. Pode ser que Silas Malafaia não tenha sido beneficiado como o Edir Macedo.

Mas (aí é onde eu discordo) eu acho que só agora o Silas está vendo o quanto ele está arrependido por ter se deixado levar levar pelo "canto da sereia" do PT.

Tomara que este episódio sirva de lição não só para ele, como também para outros líderes de igrejas que fizeram campanha para Lula e Dilma.

George disse...

Vendo esse "arrependimento tardio" do pastor Silas Malafaia ao ter feito campanha para Lula e o PT, só lembrei da música "Vou festejar" (da Beth Carvalho):

Chora!
Não vou ligar (não vou ligar),
Chegou a hora:
Vais me pagar!
Pode chorar,
Pode chorar,

(Mas chora!)

(repete início)

É, o teu castigo
Brigou comigo,
Sem ter porquê
Vou festejar,
Vou festejar
O teu sofrer,
O teu penar,
Você pagou com traição
A quem sempre
Lhe deu a mão

Se fizermos uma "tradução" desta música, veremos quem está cantando:

Chora (não só Silas Malafaia, como outros que apoiaram Lula e o PT),

Não vou ligar (é como se Lula e o PT dissessem: "Não estou nem aí para vocês, evangélicos, que votaram em mim!")

Chegou a hora (é o PT dizendo: "Chegou a hora de eu mostrar a minha verdadeira face, a que eu escondi dos evangélicos durante a campanha eleitoral")

Vais me pagar (é a esquerda falando: "Você, evangélico, que foi um empecilho para que eu fosse eleito, agora vai sentir o meu poder contra você!")

Pode chorar (é o governo eleito se vangloriando: "Pode chorar por ter votado em mim, mas agora você vai ser obrigado a me engolir durante 4 anos ou mais")

É, o teu castigo brigou comigo sem ter porquê (são os pastores se lamentando: "É, o castigo que queríamos para eles do PT, para que eles não fossem eleitos, agora veio para nós!"),

Vou festejar o teu sofrer (é o governo corrupto comemorando: "Vou festejar o teu sofrer, evangélico ingênuo, por ter acreditado nas minhas mentiras!"),

O teu penar (é o povo penando com 8 anos de governo Lula e 4 de Dilma)

Você pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão (você, PT, traiu a confiança do povo evangélico que fez campanha pra você)

A "tradução" dessa música não é exatamente o retrato do momento em que vivemos?

Idevam disse...

Na Mosca !

Anônimo disse...

Julio conheço pessoalmente o Pb. Valdomiro, e quanto ao orar por mim agradeço pois vi que fui útil a vc Val, fiz vc orar, isso com certeza vai abençoar sua vida, pois a oração vai transformar seu coração em um coração humilde coisa que vc não é.

Sr. Jonix Lamarke - Gostei do Sr. vou adotar.

Peruibense rebelde disse...

Silas, você não tem outra escolha:

SE HUMILHE PUBLICAMENTE, E DEPOIS SE TORNE OPOSITOR, FIQUE CONTRA O TOTALITARISMO PETISTA.

Henrique disse...

O George disse tudo. Essa música da Beth Carvalho é a imagem do momento que vivemos. E é exatamente o pensamento do governo do PT após ter sido eleito.

Parabéns ao George por ter mostrado o que o governo realmente pensa dos servos de Deus!

Fabiano disse...

VOCÊS DEVEM CRER QUE DEUS MUDA A HISTÓRIA... TROCAR FARPAS ENTRE NÓS MESMOS, SÓ FORTALECE O INIMIGO.

apda fatima disse...

nao sei porq tanta condenaçao.tem gente q.fala e faz coisa bem pior e fica impune.eu so peço q.DEUS esteja ao lado do pastor silas.porq ELE E ACIMA DE TDS AUTORIDADE DO MUNDO,NAO JULGUES PRA NAO SER JULGADO...EU SEI Q,O PODER MAIOR VEM LA DE CIMA. ATE JESUS FOI JULGADO E CONDENADO A MORTE SEI Q.O PASTOR SILAS E UM HOMEM DE deus o resto e resto...ele pode pedir desculpa.e tudo fica bem.q.jesus assuma essa causa e tudo acabe bem..