24 de abril de 2012

Médicos brasileiros: bebês em gestação deficientes serão despedaçados com aspirador


Médicos brasileiros: bebês em gestação deficientes serão despedaçados com aspirador

20 de abril de 2012 (LifeSiteNews.com) — Depois de uma decisão do Supremo Tribunal Federal do Brasil determinando que bebês que sofrem do defeito de nascença conhecido como anencefalia não são “legalmente” vivos e, portanto, podem ser abortados com total liberdade, médicos brasileiros estão explicando para os meios de comunicação como tais bebês realmente serão mortos sob o novo regime legal.
Numa recente entrevista para Veja, a revista noticiosa mais popular do Brasil, o vice-presidente do Conselho Federal de Medicina, Dr. Carlos Vital, explicou que os médicos terão duas escolhas: “curetagem” ou “aspiração”.
Abortos de bebês anencefálicos serão realizados no segundo ou terceiro trimestre.
Um aborto de curetagem usa uma faca especial para cortar a criança em pedaços, e então raspar seu corpo e placenta da parede uterina. Um aborto de aspiração usa forte sucção para despedaçar a criança, e de modo semelhante a separa de sua mãe.
Aborto por curetagem
De acordo com os médicos, se esses métodos são inadequados em abortos de gravidez mais avançada, o método de dilatação e evacuação seria exigido, envolvendo uma pinça que é usada para despedaçar o corpo maior do bebê. O Dr. Vital disse para Veja que abortos em crianças anencefálicas poderiam ser realizados até o nono mês de gravidez.
O Dr. Vital acrescentou que tais abortos exigirão um comitê de médicos para apurar os “critérios adequados para diagnóstico” de anencefalia, um problema físico cuja definição exata não tem o consenso dos médicos.
Os bebês anencefálicos não desenvolvem a parte superior da cabeça, inclusive o crânio e a parte de superior do cérebro. A maioria morre no útero ou logo após o nascimento, embora alguns tenham vivido alguns dias, meses e até anos com o problema.
Ainda que os profissionais médicos muitas vezes afirmem que tais crianças não estão conscientes de seu ambiente e sejam incapazes de sofrer, pais de bebês anencefálicos relatam que seus filhos mostram sinais de consciência e parecem reagir de modo muito específico a seu ambiente. Alguns médicos utilizam a teoria de que o tronco cerebral de tais bebês tem a capacidade de se adaptar às necessidades de consciência rudimentar, um fenômeno conhecido como “neuroplasticidade”.
Nos Estados Unidos, um número aproximado de 95 por cento dos bebês anencefálicos são mortos dentro do útero de suas mães.
Numa declaração pública sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal, o ativista pró-vida brasileiro Pe. Luis Lodi da Cruz chamou o veredicto de “monstruoso” e comentou que, de acordo com o ministro do STF que presidiu o caso, o aborto de uma criança anencefálica “É um procedimento semelhante à remoção de um cadáver”.
“Paradoxalmente, Marco Aurélio admite que o anencéfalo morre depois de um período pequeno de tempo. Ora, como ele pode morrer se já está morto?” perguntou o Pe. Lodi.

6 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Quando foi que os ministros do STF já ouviram o povo? Ou melhor, quando foi que eles já consultaram o povo antes de tomar alguma decisão (ou decidiram a favor do povo)?

A resposta é uma só: NUNCA!

Quanto ao aborto, eu digo com todas as letras (e em alto e bom som para quem quiser ouvir): O ABORTO É UM CRIME! É UM ASSASSINATO A SANGUE FRIO CONTRA UMA VIDA INOCENTE E INDEFESA! É UMA VERDADEIRA MONSTRUOSIDADE!

A Bíblia é taxativa: "Não matarás" (Êxodo 20:13). A vida humana (seja ela qual for) pertence somente a Deus. Mas, pelo jeito, parece que o governo e o STF ignoram este mandamento. E agora, tem mais um cúmplice nessa história: o Conselho Federal de Medicina, que, na verdade, deveria se chamar Cláusula Federal de Morte.

Quanto à decisão do STF de ser favorável ao aborto, isso nem me espantou. Considerando que o STF está totalmente a serviço deste governo corrupto do PT (e de outros partidos que agem igual ao PT), não poderíamos esperar nada de bom vindo desse mesmo tribunal.

E por que o STF agiria diferente, se os seus ministros foram indicados por Lula e Dilma? E não só o STF, como também o STJ, Ministério Público Federal, Polícia Federal e outras instituições. Ao invés de defenderem a vida, a família, a moral e os bons costumes, essas mesmas instituições preferem atender aos ditames e aos caprichos do movimento homossexual e dos ativistas pró–aborto. Mas há uma razão muito simples pra isso: em todas elas, prevalece o corporativismo (defesa dos interesses de quem os empregou). É óbvio: por que os dirigentes dessas mesmas instituições votariam contra os seus "chefes" (Lula e Dilma)?

Acreditar que o STF, o Congresso Nacional e as demais instituições (todas elas totalmente podres) irão decidir qualquer causa em favor da vida, do povo, das famílias e dos princípios cristãos é o mesmo que acreditar que o diabo se converteu a Jesus!

Eu quero ver o que esses abortistas dirão quando estiverem diante de Jesus!

Edigar Caires disse...

Assustador os rumos que as coisas estão tomando, cada vez mais se torna difícil conviver com as idéias demoníacas da sociedade sem Deus.

Júlio, peço licença para expor dois trechos de um artigo que retrata um pouco esta realidade, o primeiro é uma ‘ simulação ‘ o segundo é uma ‘ comparação ‘ :

1º- .... Imagine você dormindo em um quarto no qual só tem um acesso e de repente você fosse acordado por objetos cortantes e pontiagudos os quais fossem usados para destroçar e arrancar suas pernas, seus braços, esmagar seus ossos, você sangrando em uma agonia profunda, uma dor indescritível e ter os pedaços de seu corpo arrancados de forma cruel e desumana aos poucos e sem poder se defender, gritando desesperado de dor e não tendo ninguém para te socorrer. Ou está neste mesmo quarto e ter de o ver sendo inundado por alguma substancia mortal da qual você não pudesse fugir, este liquido adentrando seus pulmões e te sufocando e você se afogar sem pode escapar ate morrer lentamente e com dores tremendas e insuportáveis.

Conseguiu imaginar, deu um frio na espinha, acha que é fácil pra mim esta escrevendo isso...? Mas é exatamente esta a real situação dos fetos abortados por mães e médicos assassinos e sem escrúpulos, que pensam que a vaidade e o dinheiro têm mais valor que a vida humana....

2º- Ao lado temos a fotos de dois cidadões, com algumas semelhanças e diferenças, primeiro temos o homem que invadiu uma escola pública e matou várias crianças inocentes e indefesas atirando contra suas cabeças. Segundo temos outro homem que igualmente matou crianças, mas as ferramentas usadas por ele não foi um revólver, mas bisturis e outros instrumentos cirúrgicos.

O primeiro não tinha como formação profissional salvar vidas nem assassinou as crianças por dinheiro, já o segundo além de ser médico, profissão voltada para a manutenção da vida, cometeu friamente seus crimes para obter lucros financeiros.

Em resumo: Uma pessoa que recebe o conhecimento e a oportunidade para salvar vidas e as usa para assassinar crianças indefesas, que é o caso dos médicos que executam abortos, é pior do que os piores dos assassinos, e para estes, Deus em pessoa manda um recado através de sua palavra:

Maldito aquele que receber peita para matar uma pessoa inocente.
Deuteronômio 27:24

Se julgar útil favor manter o link do artigo:

http://www.edigarcaires.com.br/assassinato_de_criancas.php

Que Deus o abençoe e te fortaleça em sua luta pela vida.
Edigar caíres

AnaMaria disse...

Depois a nazista sou eu, que condena o aborto, o homossexualismo, o socialismo... Se você condena o aborto, principalmente de crianças com deficiência, você é nazista por não pensar no 'direito' da mulher em matar seu próprio filho, assim de 'aliviar seu sofrimento'. Logo, você é contra os direitos da mulher, provavelmente machista e enfim, contra os direitos humanos.

Direitos humanos esses que defendem a cultura da morte, a cultura do mal... Que se alimenta do sangue dos inocentes! Depois dizem que isso não tem nada a ver com o capeta, que deve estar feito e pra lá de feliz com essa loucura toda.

Defender uma vida inocente e não defender a irresponsabilidade, a prostituição e o direito da danada mulher de matar seu filho em prol de seu 'alivio' é nazismo. Se isso é nazismo, ENTÃO O QUE DIABOS ACONTECEU DURANTE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL?


O eixo do mal (ateístas, feministas, socialistas, homossexuais...) tem um sério problema de concordância com suas próprias filosofias... Se danaram antes, ainda estão se danando e vão se danar de novo (pois vão morrer e vão pro inferno).

Está claro de que isso é só uma forma desses ateuzinhos e desses frouxos que se entitulam de agnósticos se sentirem melhores consigo mesmos, de descontarem sua raivinha e desilusões, mesmo que em inocentes. É tudo uma questão de auto-afirmação e aceitação, de procurar superioridade -- eliminando, abusando e aniquilando os "mais fracos".

E ENTÃO, ATEUS! É ISSO QUE É SER SUPERIOR? OU MELHOR, É ASSIM QUE VOCÊS ENCONTRAM SUPERIORIDADE? PRATICANDO DARWINISMO AO PÉ DA LETRA?? DE FATO, VOCÊS SÃO REALMENTE UM BANDO DE ANIMAIS!

Vocês (chegados do capeta, mesmo se dizendo descrentes) são o atual tumor maligno da humanidade. Se querem algum progresso na humanidade, que tal se abortarem, ou seja, se matarem? Por favor, será a atitude mais inteligênte de vossa parte. Já que vocês não querem se converter e não acreditam em nada mesmo, a existência de vocês então, de acordo com a própria lógica, é inútil, ou pior, é fútil!

Que o Senhor nos guarde e guie. Amém!

Idevam disse...

o homem sem Deus e um monstro imoral e asqueroso e uma besta infernal !!!

Fabiano disse...

Fiquei impressionado com o que a Ana Maria escreveu.
Aplaudo e tiro o chapéu para cada palavra, cada acento do teu texto, Ana.
Parabéns por expor o teu - que também é meu - sentimento.
Fiquei até sem saber como opinar sobre a noticia, depois do teu desabafo lógico!

ÉLQUISSON disse...

Além de parabenizar a Ana Maria por tudo que ela disse aqui, eu ainda acrescentaria o seguinte: este nosso governo é um verdadeiro representante do inferno.

Pode ser que eu esteja enganado (me corrijam se eu estiver errado), mas, de acordo com as profecias da Palavra de Deus, o cálice da iniqüidade humana está ficando mais cheio a cada dia que passa. E vai chegar um momento em que esse mesmo cálice fatalmente vai transbordar. E quando isso acontecer, aí não vai ter mais jeito: a paciência de Deus vai chegar ao fim e Ele, inevitavelmente, vai entrar em ação para dar um basta na maldade humana.

Neste mesmo dia, Jesus voltará. E desta vez Ele virá não mais como o frágil cordeiro a ser oferecido em sacrifício pelos nossos pecados, mas agora como o Soberano Juiz para julgar a tudo e a todos!

E uma coisa é certa: esses abortistas e seus cúmplices que não se arrependerem agora de suas monstruosidades vão conhecer (e também sentir) todo o rigor da lei de Deus contra o pecado quando estiverem diante de Jesus!

Será que eles querem ver para crer? Ou eles estão duvidando da justiça de Deus?

Se, mesmo depois deste aviso, eles não quiserem se arrepender, então que eles mesmos encham o cálice da sua própria iniqüidade! Que bebam da ira do Senhor (e estejam prontos para sofrerem as conseqüências)!

"Não erreis: Deus não Se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso ele também ceifará" (Gálatas 6:7)