14 de março de 2012

Senado considera projeto de descriminalização do aborto e redução de penas para o infanticídio

Senado considera projeto de descriminalização do aborto e redução de penas para o infanticídio

14 de março de 2012 (LifeSiteNews.com) — Um comitê de juristas criado pelo Senado do Brasil propôs um novo Código Penal que eliminaria penas para o aborto até as primeiras 12 semanas de gravidez se um psicólogo atestar que a mulher não tem condições psicológicas “para arcar com a maternidade”.
A lei também descriminalizaria a matança de crianças em gestação que sofrem de deformidades, e em casos de inseminação artificial involuntária. A lei também reduz as penas para o infanticídio e para os abortos em geral, e abaixa a idade de consentimento sexual de 14 para 12.
Se o projeto for aprovado pelo Congresso Nacional, dominado por socialistas, reduzirá as penas criminais para o infanticídio pós-nascimento de 2 a 6 anos para de 1 a 4 anos, e para abortos criminalizados de 1 a 3 anos para 6 meses a 2 anos.
A lei brasileira atualmente suspende as penas para o aborto somente em casos de estupro, ou perigo de vida para a mãe. O povo do Brasil está entre os mais pró-vida do mundo, com um número de cerca de 70% rejeitando sua descriminalização em recentes pesquisas de opinião pública, e cerca de 80% rejeitando a eliminação do aborto como crime.
O deputado federal Marcos Feliciano, pastor e membro da poderosa bancada evangélica do Congresso Nacional, imediatamente expressou sua rejeição ao projeto.
Feliciano, numa mensagem de Tweeter, disse que “Lutaremos, obstruiremos, faremos manifestação e o que for preciso e possível” para impedir a aprovação do projeto.
“Usam a bandeira dos Direitos das mulheres para legitimar o aborto, e o direito do nascituro? E o bebê que não pode se defender? Que culpa tem ele?” Feliciano disse.
“Estamos diante de uma cultura que quer legalizar o aborto a qualquer custo”, disse afirma Dóris Hipólito, da Associação Nacional Mulheres para a Vida.
“É fácil encontrar profissionais que recomendam o aborto mesmo sem qualquer justificativa”, disse Dóris, acrescentando que “As avaliações sobre a condição psicológica são ainda mais subjetivas”.
“Atendemos dezenas de gestantes em situação vulnerável. Falo por experiência: abortar não soluciona nenhum problema. Só torna o drama ainda pior. Vi jovens que, ao receberem o apoio adequado, reconstruíram suas vidas quando se tornaram mães”.
Traduzido por Julio Severo do artigo de LifeSiteNews: “Brazilian Senate considers bill to depenalize abortion, reduce penalties for infanticide

5 comentários :

jORGE bAY disse...

HOMICIDAS COVARDES ESTÃO NO PODER. QUE VOLTEM OS MILITARES. NÃO SOU A FAVOR DOS EXCESSOS QUE COMETERAM, MAS PELO MENOS IMPEDIRAM O COMUNISMO DE DOMINAR A AMÉRICA LATINA. OS MILITARES DEVERIAM VOLTAR E COLOCAR ESSES CORRUPTOS DO PT ATRÁS DAS GRADES.

ÉLQUISSON disse...

Jorge,

Eu concordo em gênero, número e grau com o que você disse. E eu ainda acrescentaria o seguinte: o PT é versão brasileira da Al Qaeda. Talvez a única diferença entre ambos é que a Al Qaeda é um grupo terrorista que não tem (por enquanto) o poder político nas mãos, mas que, mesmo assim, ainda faz atentados terroristas em vários lugares do mundo (como foi o caso do 11 de setembro).

No caso do PT, ele chega a ser igual ou pior que a Al Qaeda (até porque tem poder para fazer tudo). Todas as políticas promovidas pelo PT são típicas de grupos terroristas (só o fato de ser pró–aborto já diz tudo).

Da mesma forma que você, eu também não vejo a hora de extirparmos esse câncer maligno chamado PT do nosso governo. Aliás, a própria sigla (PT) já diz o que ele realmente é:

PT = Partido Terrorista

E mais: não basta tirar somente o PT do poder. Embora o PT seja o carro–chefe de toda essa sujeira, tem que tirar também o PSOL (do deputado homossexual Jean Wyllys), PV (do deputado pró–homossexualismo Fernando Gabeira), PC do B, enfim, todos os demais partidos que possuem a mesma agenda do PT.

Da mesma forma que Jesus expulsou os vendilhões do templo (João 2:14–16), está na hora de expulsarmos esses terroristas do nosso governo!

NÃO VAMOS ENTREGAR O NOSSO PAÍS A SATANÁS E AOS DEMÔNIOS! O BRASIL É DO SENHOR JESUS CRISTO, REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES PARA TODO O SEMPRE!

Alguém concorda comigo?

Anônimo disse...

O Brasil começou a afundar quando surgiram grupos de militâncias pelos "direitos" das minorias.

O feminismo, LGBT e secretaria de igualdade racial são os piores e os mais intolerantes do país, todos estes amparados pelos ateus ativistas do Brasil, formando com essa mistura um grande "bolo" recheado de maldade mascarada de "justiça".

Marisa disse...

Direto do site de Dom Luiz Bergonzini (o bispo q foi "censurado" em 2010):CPI da VERDADE sobre o ABORTO, JÁ!
Vai haver uma concentração na Pça. da Sé e manifestações pelo twitteer.Trancrevo o texto do site"CONVOCAÇÃO. Convoco as crianças, os jovens, os adultos, os idosos, os CRISTÃOS, de todas as denominações, os NÃO-CRISTÃOS, todos DEFENSORES DA VIDA para, HOJE, dia 21.03.2012, comparecerem na CONCENTRAÇÃO, a partir das 11:00 horas, na escadaria da Catedral da Sé, em São Paulo, para, em seguida, a partir das 12:30 h, participarem da MANIFESTAÇÃO – CPI DA VERDADE SOBRE O ABORTO, JÁ!, em frente ao FORUM JOÃO MENDES, na Praça João Mendes, Centro de São Paulo".http://www.domluizbergonzini.com.br/2012/03/convocacao-cpi-da-verdade-sobre-o.html

Abs

Anônimo disse...

Isso verdadeira VERGONHA na política brasileira agora querer fazer leis proteja gente que cometer seus homícidos lê-se mentes psicopáticas:leve, moderado, grave.
Só Senhor Jesus Cristo na nossa causa e barrar essa gente. Ester!!!!!