23 de março de 2012

Madonna poderá ser multada se promover a agenda homossexual em show na Rússia

Madonna poderá ser multada se promover a agenda homossexual em show na Rússia

22 de março de 2012 (LifeSiteNews.com) — A recente promessa da cantora pop Madonna Ciccone de “defender” a “comunidade” gay de São Petersburgo, Rússia, num show que ela fará ali, foi recebida por um representante da cidade que diz que ela será multada se violar a lei municipal contra a propaganda homossexual visando menores de idade.
Madonna
A cantora, cujos shows atrevidos e hipersexualizados são apoiados por uma grande base de fãs homossexuais, fez a promessa depois que uma ativista lésbica russo-americana lhe pediu que cancelasse seu concerto em São Petersburgo em protesto contra a lei, que foi recentemente instituída pelo governo da cidade.
Contudo, chamando a si mesma de “lutadora da liberdade” que não “foge da adversidade”, a cantora anunciou que “irá a São Petersburgo para defender a comunidade gay, para apoiar a comunidade gay e para dar força e inspiração para todos os que estão ou se sentem oprimidos”.
“Falarei durante meu show sobre essa atrocidade ridícula”, acrescentou ela.
O deputado Vitaly Milonov, que é o autor da lei, disse que pretende estar presente no evento e está prometendo que “se Madonna ou um dos organizadores do concerto quebrar a lei municipal, serão punidos”. Milonov disse que a multa de 170 dólares aplicáveis a indivíduos seria usada contra ela, uma quantia que provavelmente não deterá a cantora.
No entanto, a promessa de Madonna de usar sua presença para promover a agenda gay em São Petersburgo não tranquilizou os ativistas homossexuais locais, que dizem que ela deveria ter cancelado o evento. Eles estão prometendo boicotar o concerto dela e protestarem contra ele.
O ativista homossexual Yury Gavrikov disse para a Agência France Press que o movimento gay da Rússia “protestará contra a hipocrisia das estrelas populares” que “têm ganhos fantásticos, e isso lhes permite esquecer os problemas de direitos humanos”.
“Se pessoas como Madonna boicotam seus concertos principalmente em São Petersburgo, isso poderia ter consequências econômicas, e isso é importante, enquanto declarações de apoio aos direitos gays em concertos não significam nada”, disse ele.
Peter LaBarbera do grupo pró-família Americanos pela Verdade da Homossexualidade (AVH) disse para LifeSiteNews que ele considera a lei de São Petersburgo uma reação à conduta do movimento homossexual em outros países, a qual está se tornando cada vez mais ofensiva e abusiva com toda vitória legal.
Os russos estão “tentando aprender com o ativismo homossexual que está fora de controle dos EUA e com o fato de que a estrutura legal de família dos EUA está sendo mudada para se adaptar à perversão, e a liberdade de expressão cristã está agora sofrendo nas mãos do ativismo homossexual que não para de crescer”, disse LaBarbera. “E quem poderia culpar os russos por tentarem aprender com os EUA?”
“Temos um monstro homossexual em nosso meio que continua a fazer reivindicações nas alturas e que aparentemente não tem nenhuma preocupação com a liberdade religiosa e com os valores tradicionais”, disse LaBarbera.
“Quem poderia culpar esses povos não só na Rússia, mas também no mundo inteiro por olharem para os EUA, olharem para o Ocidente e dizerem ‘como é que podemos impedir isso?’ E meu conselho para eles seria: não deixe o gênio sair da lâmpada, pois outra lição do Ocidente é que logo que você concede os tão chamados ‘direitos’ homossexuais, é quase impossível removê-los”.

4 comentários :

Anônimo disse...

Viram como os ativistas gays sao histericos e sem nocao? Agora tb eh culpa das estrelas populares que por ganharem, nao se engajam na luta pelos "direitos humanos" dos homossexuais! Fogueira pras estrelas milionarias e insensiveis!!!! Hahahha
onde estao os direitos humamos dos cristaos? E os direitos humanos dos gordinhos? E das loiras? E os direitos humanos dos vendedores de hot dog? Ah e os direitos himanos das vacas, coelhos e tartarugas? Mais importante: E OS DIREITOS DOSFETOS E RECEM NASCIDOS?

Saulo

ÉLQUISSON disse...

Uma multa de apenas 170 dólares é uma ninharia perto dos muitos milhões de dólares que Madonna ganha não só com os shows, mas também com a venda de seus CDs e DVDs (e outras fontes de renda). Isso sem contar o patrimônio pessoal dela (ouvi dizer que ela tem uma luxuosa mansão na Califórnia).

Eu faria diferente: daria uma multa de 100 milhões de dólares. E se ela insistisse em desobedecer à lei, eu mandaria prendê-la (sem direito a responder em liberdade). Após isso, ela seria deportada para de volta para os Estados Unidos e estaria permanentemente proibida de entrar na Rússia!

Queria ver se Madonna teria essa mesma ousadia num país islâmico!

Se fizessem isso com qualquer artista que promovesse o homossexualismo, eu garanto que ninguém jamais iria se arriscar a desafiar qualquer autoridade! Quem gostaria de ser preso (ou deportado) por desobediência a uma ordem imposta?

Enquanto lá na Rússia existe a lei contra o homossexualismo, aqui no Brasil querem criar uma lei (o PLC 122) para favorecer o homossexualismo!

Por que os políticos da nossa bancada evangélica não seguem o mesmo exemplo da Rússia (para combater a propagação do homossexualismo aqui no Brasil)?

Quero ver se algum desses mesmos políticos vai ter coragem de responder a esta pergunta!

Anônimo disse...

Impossível ela fazer uma propaganda pedófila. Seria loucura. Já defesa de direitos homossexuais é outra história, e isso ela faz com certeza e pra ganhar dinheiro. Afinal, homossexuais são boa parte dos seus fãs e ela perde dinheiro se não fizer.

Idevam disse...

Este Sim e um Político Pro Família um Exemplo ele Tem toda Razão os EUA sob o Governo Obama e um Exemplo de Como um Governo pode Enfraquecer em Todos os aspectos uma Nação principalmente no aspecto Moral onde a Moralidade e desprezada a Ruina e Certa