1 de fevereiro de 2012

Pr. Enoque Lima pede afastamento de Bispo Manoel Ferreira da presidência da segunda maior denominação assembleiana do Brasil

Pr. Enoque Lima pede afastamento de Bispo Manoel Ferreira da presidência da segunda maior denominação assembleiana do Brasil

Comentário de Julio Severo: Abaixo, comunicado legal do Pr. Enoque Lima à direção da CONAMAD sobre o grave caso do Bispo Manoel Ferreira. Para mais informações sobre o caso, leia os artigos no final deste texto:
À MESA DIRETORA E A COMISSÃO DE DOUTRINA DA CONVENÇÃO NACIONAL DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NO BRASIL – MINISTÉRIO DE MADUREIRA
                                    Enoque Vieira Lima, brasileiro, casado, residente e domiciliado na rua 06 quadra 05 lote 05 Vila Xavier – Fama, Goiânia- Goias membro da CONAMAD (Convenção das Assembléias de Deus Madureira), ministro do evangelho desde 9 de Outubro de 1994. CONAMAD - MATRICULA 10924, Goiás, Campo 09-015-001 FAMA - SEDE (FAMA é o nome do bairro), congregação 09-015-001 - FAMA - SEDE sob a presidência do pastor Abigail Carlos de Almeida, vem por intermédio do seu advogado, infra-assinado, exigir no prazo de 72 horas posicionamento da CONAMAD sobre o conteúdo do presente  documento com resposta encaminhada ao endereço infra relacionado.
            Presumindo-se que a não apresentação de resposta formal no referido prazo dar-se-á por entendido que a CONAMAD APOIA a aliança do Bispo Manuel Ferreira com o auto intitulado MESSIAS REV. MOON. Bastando o presente documento como prova para as demais medidas legais a serem tomadas.
DOS FATOS:
            A descrição fática do presente documento será feita in verbis pelo pastor Enoque Vieira Lima e encerrada com as assinaturas do próprio pastor e de seu advogado Dr. Matheus Diniz Sathler Garcia.
            “Primeiramente, desejo esclarecer as eventuais duvidas, explicar o uso de minhas atribuições como ministro do evangelho no comentado “Caso Moon Ferreira” na internet e exigir o afastamento do Bispo Manoel Ferreira da presidência da CONAMAD por ter profanado o nome de Jesus e sua santa igreja.
            Realizei uma profunda pesquisa sobre o denominado “Caso Moon Ferreira”, encontrei fatos estranhos que de imediato nos mostra apostasia e heresia do Bispo Manoel Ferreira.
            Em evento que aconteceu na igreja sede da Assembléia de Deus de Brasília-DF (igreja da baleia) dia 11 de outubro de 2011 com a realização do Festival Global da Paz por pastores do reverendo Moon pregando uma mensagem de falsa paz do reverendo Moon “que todos os caminhos levam a Deus (YAWEH)”. Eles usaram as dependências de nosso templo (prédio da igreja) e profanaram o altar do nosso Deus vivo, atitude condenada pela Palavra de Deus e pelo nosso Estatuto.
            O Reverendo Moon, líder da seita "Igreja da Unificação", afirma que Jesus Cristo falhou em sua missão de salvação do seu povo dos seus pecados e que ele (Rev. Moon) é o verdadeiro messias, e sua missão é congregar todas as famílias da terra em torno dele. Para os adeptos da seita, a única possibilidade de redenção e salvação é a afiliação à família Moon e não o arrependimento dos pecados pessoais e a fé no nome do Senhor Jesus Cristo.
            É conhecido o louvável zelo da CONAMAD com relação a associação ecumênica com outras entidades religiosas. Entretanto, se fizermos uma analise bíblica levando em consideração provas obtidas em vídeos e testemunhos pessoais podemos constatar que o bispo MANOEL FERREIRA, maior líder da nossa igreja, profanou o LOCAL de reunião de nossa igreja em Brasília com a anuência de diversos pastores, entre eles o PASTOR E DEPUTADO FEDERAL RONALDO FONSECA, que estavam no púlpito no dia do evento ecumênico do GLOBAL DA PAZ sem QUALQUER reação contrária ao que foi pregado.
            Se não bastasse a presença de tantos líderes, na nossa igreja no dia do evento, trago no presente documento um resumo de tudo o que já é sabido pela nossa convenção mas que é tratado com silêncio sepulcral!
            O “Caso Moon Ferreira” que por mim foi exposto na Internet (youtube), se refere a vídeos com a pessoa do bispo Manoel Ferreira e seu envolvimento com a seita da Unificação do Reverendo Moon.
            Os vídeos do “Caso Moon Ferreira são as provas da associação entre o líder principal da Assembléia de Deus Ministério Madureira e presidente da CONAMAD, bispo Manoel Ferreira, e o reverendo Moon, líder da seita “Igreja da Unificação”, da Coréia do Sul. Os vídeos foram editados e postados por mim, pastor Enoque Lima, da AD Madureira Goiás. Os quais tenho para eventual verificação da veracidade com mais de 30 gigas de tamanho.
            A associação do bispo Manoel Ferreira com o reverendo Moon é injustificável perante a Palavra de Deus e o estatuto da Convenção a que pertencemos. “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos?” [2 Coríntios 6:14-18].
O ESTATUTO DA CONAMAD não deixa duvidas quanto a esse assunto, no CAPÍTULO IV, Subseção II, DOS DEVERES DO MEMBRO.
Dos deveres do membro da CONAMAD:
Art. 12[...]
Parágrafo XIII. Rejeitar movimentos ecumênicos discrepantes […]
Na subseção III DAS VEDAÇÕES DO MEMBRO
É vedado ao membro da CONAMAD:
Art. 13[...]
Parágrafo III. Vincular-se a qualquer tipo de sociedade secreta;
Parágrafo IV. Vincular-se a movimento de cunho ecumênico[…]
            Não podemos descumprir as normas estatutárias que deixam claro ao membro: “não participar de movimento de cunho ecumênico, devendo rejeitá-lo”.
            As menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, fiz a respeito da doutrina, das crenças da igreja da Unificação, do bispo Manoel Ferreia, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da “argumentação”, ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias.
            Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para ideias, doutrinas e posturas.
            Na proteção legal de meu oficio ministerial é importante esclarecer que em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercito-me das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
            Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato” (inciso IV) e “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença” (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de meu oficio ministerial também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que “é inviolável a liberdade de consciência e de crença”.
            O “Caso Moon Ferreira” não trata de mero denuncismo, mas de provas cabais de que o bispo Manoel Ferreira apostatou da fé e está dando ouvidos à doutrinas de demônios.
            Assim sendo, penso que não resta outra opção a nós pastores da Assembléia de Deus - Ministério Madureira, ministros do evangelho e membros da CONAMAD – a não ser a oposição aberta ao bispo Manoel Ferreira e suas doutrinas de demônios como também a sua exclusão da convenção por apostasia. Omitirmos em uma situação como esta significa ser conivente com sua apostasia, a qual vem manchando não só a integridade do bispo, mas da nossa querida denominação.
            Apesar de todas as evidencias com provas irrefutáveis (vídeos “Caso Moon Ferreira”), até o presente momento não houve nem uma manifestação publica da CONAMAD que deveria, no mínimo, apresentar uma nota de repudio e esclarecimento, providenciando o afastamento cautelar do bispo da presidência nacional da Convenção Nacional (CONAMAD).
            É sabido, que o Bispo Manoel Ferreira não mantém o monopólio da AD Madureira, apesar de usar seu nome e sua estrutura nos eventos do rev. Moon. Teríamos que ser surdos, mudos e cegos para não saber que qualquer evento patrocinado pelo rev. Moon envolve influência satânica e a presença do sistema da Nova Ordem Mundial. O que não tememos mas antes a denunciamos abertamente.
            Não posso calar-me. O alinhamento da igreja a que pertenço através de seu líder, é infernal e altamente preocupante, pois esta ocorrendo uma transformação de atitudes e valores cristãos em nossa base doutrinaria, e em nosso credo.
            O bispo Manoel Ferreira e o rev. Moon estão se tornando parceiros na atual experiência de salvação e na visão de mundo para a criação de uma sociedade global unificada. Não podemos nos conformar com o sistema da unificação e da paz global sem Jesus Cristo nascido da virgem Maria através do Espirito Santo de Deus.
            Nem podemos usar as teologias satânicas do rev. Moon que falam que Jesus nasceu de um ato sexual de Maria com o sacerdote Zacarias. Como também, outras tantas doutrinas que disfarçadas de luz e de termos e frases bíblicas deturpam a Palavra de Deus e nos fazem voltar as costas para Jesus Cristo, nossa única fonte verdadeira de unidade, salvação e de verdadeira paz. A qual não é e jamais será a que o mundo nos dá!
 “Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.” [1 Coríntios 3:11].
“Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe… aparta-te dos tais.” [1 Timóteo 6:3, 5]
DO PEDIDO:
            Por tudo exposto no presente documento requer que seja(m):
1. que o bispo Manoel Ferreira seja afastando preventivamente da presidência da CONAMAD, até que os fatos constantes no presente documento sejam investigados e devidamente comprovados.
2. o presente documento seja analisado no prazo improrrogável de 72 horas, como posto no início do documento. Presumindo-se que a não apresentação de resposta formal no referido prazo dar-se-á por entendido que a CONAMAD APOIA a aliança do Bispo Manuel Ferreira com o auto intitulado MESSIAS REV. MOON. Bastando o presente documento como prova para as demais medidas legais a serem tomadas.
3. notificado TODOS os pastores e líderes da CONAMAD presentes no evento ecumênico do GLOBAL DA PAZ no dia 11 de outubro de 2011, inclusive o deputado Distrital e pastor Benedito Domingos, para apresentarem justificativa do porque não interromperam a pregação satânica do enviado do reverendo Moon ao falar que “todos os caminhos levam a Deus (YAWEH)”
4. enviado notificação à CGADB e CEADDIF bem como ao deputado Federal e Pastor Ronaldo Fonseca solicitando esclarecimentos sobre sua participação no evento GLOBAL DA PAZ como também se o mesmo se deu com o apoio das respectivas convenções.
Nestes termos pede deferimento
Brasília-DF, 30 de janeiro de 2011
_____________________________       _____________________________
Pr. Enoque Lima                              Matheus Diniz Sathler Garcia
                                                            OAB/DF 26.813

6 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

O Senhor Jesus, na Sua Palavra, disse com todas as letras:

"É impossível o escândalo não vir ao homem, mas ai do homem por quem o escândalo vem" (Lucas 17:1)

Escândalo. Não existe palavra melhor do que esta para definir, de forma precisa, o que está acontecendo com muitas igrejas (inclusive as que se dizem cristãs). É graças a esse tipo de coisa que a maioria delas fica sem ter qualquer tipo de moral para pregar contra o pecado.

No caso do bispo Manoel Ferreira, isso (o escândalo) está mais do que evidente no episódio dessa "amizade" ou aliança com o "Reverendo" Moon. Onde já se viu alguém que se diz cristão estar ao lado de um escravo do diabo?

Eu ainda perguntaria ao bispo Manoel Ferreira: será que ele já viu, em alguma página da Bíblia, Jesus e Satanás sendo amigos (ou Jesus fazendo acordo com Satanás)?

Talvez o bispo Manoel Ferreira esteja esquecido de qual deve ser a postura de um verdadeiro cristão:

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o Maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14-16)

"E vereis a diferença entre o justo e o ímpio, entre aquele que serve a Deus e aquele que não O serve" (Malaquias 3:8)

Diante disso que a Palavra de Deus diz, não há o que discutir: ou você é a favor de Deus, ou você é contra Deus. Em outras palavras: ou você serve a Deus, ou você serve ao diabo (não existe meio-termo)!

E o bispo Manoel Ferreira precisa estar ciente de que o julgamento de Deus vai começar dentro da igreja:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17-18)

Eu pergunto:

- Por que muitos líderes e pregadores, que deveriam dar o bom exemplo, são os que mais se envolvem em escândalos (fazendo com que a igreja do Senhor fique com a imagem denegrida perante a opinião pública)?

Quando Jesus voltar, a Sua igreja terá que se apresentar a Ele com as vestes limpas (isto é, sem a mancha do pecado). É como disse o apóstolo Paulo:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela Palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Efésios 5:26-27)

Para o bispo Manoel Ferreira (e para outros que estão envolvendo a igreja do Senhor em escândalos, e também tolerando muitas outras coisas erradas do mundo), Jesus dá uma advertência muito direta e muito séria (gostaria que todos lessem atentamente):

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade do Meu Pai que está nos Céus. Muitos, naquele dia, hão de Me dizer: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos confessarei: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21-23)

Só sei de uma coisa: quando Jesus voltar, toda essa sujeira vai ter fim! E muito pastores e dirigentes de igreja que estão agindo errado (como o bispo Manoel Ferreira) vão ter que prestar conta a Jesus! Eu não quero estar na pele deles neste mesmo dia!

Para finalizar minha mensagem, deixo este versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

Anônimo disse...

É presbiteriana casando gay, e em passeata de macubeiro, é assembelanos com o novo cristo cosmico, aonde a igreja vai parar, faliu, pronto a igreja faliu, falo das instituições, são tudo farinha do mesmo saco, hoje em dia quando ouço falar de titulos como pastor, presbitero, apostolo e etc, sinto a mesma nausea que sinto dos politicos, pois as duas classes são identicas hoje, raça de viboras! Vamos ver agora o nivel de apostasia que chegou a madureira através da resposta que vão dá a essa petição do Enoque, desculpem não citar o pr, pois sinto nausa de todos em geral que levam esses titulos pois são apenas comedores de lã das pobres ovelhas, trabalho em hospital e não vejo nemhum deles lá cosolando os doentes, mas sabe porque presbiteros e nem pastores não vão lá? Porque a direção do hospital proibiria eles arrecadarem dizimos e ofertas dos doentes, então por isso eles não vão lá, pois se fossem teriam de doar, coisa que eles não sabem fazer apenas sabem receber, raça de viboras Jesus chamou sabiamente os lideres da religião e eu discipula dele reforço a chamada, RAÇA DA VIBORAS! Julio amo vc muito, e oro por sua vida e de sua familia, vc pode não ser pastor mas para mim e minhas amigas vc é um homem de Deus! Não desista nunca, Deus é contigo e tem recompensas muito grandes para vc aqui na terra e muito mais em sião!

Laura Lucena

ÉLQUISSON disse...

Eu concordo em gênero, número e grau com a colocação da Laura Lucena, e ainda diria mais: devido a tantos escândalos (como o presbítero Valdomiro citou no comentário dele) e tantas outras coisas erradas que vemos em muitas igrejas (inclusive nas que se dizem cristãs), está sendo muito difícil encontrar uma igreja 100% santa nos dias de hoje (diríamos que isso hoje é uma verdadeira "Missão Impossível").

Ao lermos o livro de Apocalipse, vemos que Jesus, nos capítulos 2 e 3, manda o apóstolo João escrever 7 cartas para 7 igrejas diferentes (Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia). De todas elas, somente 2 foram 100% elogiadas (ou seja, não sofreram nenhuma crítica de Jesus): Esmirna e Filadélfia. Em 4 delas (Éfeso, Pérgamo, Tiatira e Sardes), há elogios e críticas. Na última delas (Laodicéia), só há críticas (não há nenhum elogio).

Considerando que quase todas as igrejas hoje estão mais cheias de erros do que de virtudes, vejamos o que Jesus mostra de errado em 5 das 7 igrejas de Apocalipse (e como estes mesmos erros estão em evidência nas igrejas de hoje):

- Éfeso: "Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor" (Apocalipse 2:4)

- Pérgamo: "Tenho algumas coisas contra ti: tens aí os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, para que comessem dos sacrifícios da idolatria e se prostituíssem. Assim, tens também aqueles que seguem a doutrina dos nicolaítas, o que Eu odeio" (Apocalipse 2:14–15)

- Tiatira: "Tenho contra ti que toleras que Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensine e engane os Meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria. E Eu dei a ela bastante tempo para que se arrependesse da sua prostituição; mas ela não quis se arrepender" (Apocalipse 2:20–21)

- Sardes: "Tens nome de que vives e estás morto... não tenho achado as tuas obras perfeitas diante de Deus" (Apocalipse 3:1;2)

- Laodicéia: "Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, estou a te vomitar da Minha boca. Porque dizes: Sou rico e não tenho falta de nada; mas não sabes que és um desgraçado, miserável, pobre, cego, e nu" (Apocalipse 3:16–17)

Agora, façamos a comparação entre estas igrejas de Apocalipse e as igrejas de hoje:

- Éfeso (e hoje): Quantas igrejas hoje já não têm mais o primeiro amor (como nos tempos de novo convertido)?

- Pérgamo (e hoje): Quantas igrejas hoje estão permitindo a infiltração de heresias e falsas doutrinas (e deturpando a Palavra de Deus)?

- Tiatira (e hoje): Quantas igrejas hoje dão ouvidos aos falsos profetas, às doutrinas de demônios, e toleram os "modernismos mundanos" no seu interior?

- Sardes (e hoje): Quantas igrejas novas surgem a cada dia em cada esquina, sem a unção do Espírito Santo (e com dirigentes sem uma vida consagrada no altar)?

- Laodicéia (e hoje): Quantas igrejas hoje pregam as bênçãos material e financeira (e esquecem de anunciar que o Reino de Deus deve ser a prioridade das nossas vidas)?

A resposta comum para todas estas perguntas acima é uma só: quase todas as igrejas (inclusive muitas que se dizem cristãs)

Será que esta minha análise das igrejas está certa? Quem quiser se manifestar, esteja à vontade.

Uma Voz para Transformar disse...

Ainda hoje eu ouvi a música do Fernandinho "Sede de Justiça" e eu acredito firmemente que apartir de agora, digo desses tempos, veremos absurdos semelhantes. É o que acontece conosco quando deixamos que a soberba a posição de destaque nos absorva, então nos esquecemos de Deus, a quem pertence todo louvor, e o trazemos para nós mesmos. Meu marido sempre gosta de lembrar do texto em que Deus diz que Sua glória Ele não a dá a ninguém. Nós somos muito vulneráveis. E ninguém está isento de ser enganado pelo inimigo. Tiago 1: 14 nos diz que somos enganados naquilo que queremos. É muito fácil porque o inimigo nos conhece muito e sabe nos pegar naquilo que lá no nosso íntimo desejamos. E quando aceitamos a salvação do Senhor Jesus e não a desenvolvemos, somos como um bebê a mercê de qualquer um.
Cabe a nós que consideramos "mais cristãos" vigiarmos para não sermos também enganados pelo diabo e suas astúcias, orarmos para que não sejamos alvo fácil do inimigo e não confiarmos em nós mesmos, no nosso conhecimento ou sabedoria.
"Deus resiste aos soberbos mas dá graça aos humildes." Tiago 4:6

Anônimo disse...

Fala sério, como isso tá se arrastando para 2012 já era para esse "bispo Manoel Ferreira" ser afastado o Pastor Enoque, tomare consiga isso aconteça não sou dessa denominação mais tenho familiares são da AD.
Negócio que importa a igreja de Cristo não e de homens e nem placa denominacional precisa fazer a limpeza necessário o altar de Deus tem que ter "homens de Deus" com vida e de acordo com a palavra de Deus o que tá errado ser retirado espero isso se resolva mais rápido possível. Ester!!!!!

Leandro Matias Deon disse...

Eu imaginava que a AD-Madureira (igreja sólida, com tradição iniciada com P L Macalão) não iria ficar incólume à evidência de junção da liderança de Manoel Ferreira com os interesses da seita Moon.

Sabe de quando isso vem?
De 1990, quando a Moon convidou milhares de pastores para uma convenção no Uruguai.

A maioria percebeu na hora, mas Ferreira seguiu por esse caminho, embora a AD-Madureira seja uma das igrejas de teologia mais fechada do Brasil.

De prático, o moonismo de Ferreira nunca mudou nada na AD-Madureira.

Mas... um dia a máscara ia cair.

Está nascendo uma nova Assembleia de Deus.
Mais uma...