8 de fevereiro de 2012

Bebês em gestação e ovos de tartaruga

Bebês em gestação e ovos de tartaruga

Reinaldo Azevedo
Tartarugas são animais protegidos, como sabemos. Eu aposto que há mais ONGs empenhadas em salvá-las do que entidades dedicadas ao combate ao aborto. Mas não são apenas as tartarugas nascidas que estão sob tutela. Não! Não só é proibido comer a carne do bicho como também é proibido se alimentar de seus ovos, hábitos de várias comunidades no Brasil que foram postos na ilegalidade.
Se alguém argumentar que um ovo de tartaruga ainda não é uma tartaruga, será tomado por idiota ou cínico. Porque é certo, salvo algum evento da natureza, que, lá vem um quase-poema concreto, no ovo está o novo que renova o velho.
Por alguma estranha razão que ainda não foi suficientemente explicada — e não há um só abortista que tenha conseguido fazê-lo — há quem considere que o “ovo” humano não contém o humano.
Dona Eleonora comparou um aborto a uma infecção, ao vírus da AIDS, ao crack. A imoralidade dessa gente me obriga a animalizar o humano para protegê-lo de certos humanos. Que o feto da nossa espécie ganhe o status de um ovo de tartaruga!
Que o Ibama cuide dos fetos do Homem, já que os humanistas de Dilma o consideram um vírus a ser combatido por políticas públicas!
Divulgação: www.juliosevero.com

8 comentários :

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Júlio,

Este artigo foi simplesmente de lavar a alma! Perfeito! Disse tudo! Merece nota 10!

Eu, particularmente, nunca vi nenhuma ONG (e nenhuma outra entidade) protestar publicamente contra o aborto. Por que não se tem, contra o aborto, o mesmo empenho que se tem para defender as tartarugas?

Aproveito para perguntar: onde estão os políticos da bancada evangélica do Congresso Nacional para se manifestarem contra o aborto? O que eles têm realmente feito a favor da família (e da obediência à Palavra de Deus)?

Não podemos esperar nada de bom vindo de um governo totalmente pró-aborto, pró-homossexualismo, anti-família, anti-vida e anti-cristão!

Como alguém já disse uma vez, este nosso governo é comandado por terroristas: Dilma, toda a corja do PT e de outros partidos que pensam ou agem igual (estão sendo iguais ou piores que o pessoal da Al Qaeda)!

Tomara que Jesus volte logo para acabar com todo este mal!

MARIA disse...

Muito bom mesmo o artigo!!! Quero ver esses terroristas do Governo terem algum argumento que contradiga tão eloquente exposição da insanidade desse pessoal.

Adilon Pontes disse...

Excelente artigo!!!
Da pra ver que o IBAMA está cuidando melhor dos animais do que os humanistas do governo estão cuidando dos seres humanos. Recomendo inclusive que todas as pessoas quebrem o seu CPF e dirijam-se ao veterinário mais próximo e façam a sua carteirinha. No país louco em que estamos vivendo, com os valores invertidos, certamente é mais vantajoso declararmo-nos animais do que seres humanos. Ao menos para os animais os fetos tem o direito à vida garantido por lei!!!

Trindade disse...

Ola Julio.
Artigo simplesmente perfeito, pois retrata uma verdade inconteste e coloca por terra a defesa que as “feministas” tem feito sobre o assunto, pois para elas um feto em formação no útero de uma mulher não passa de uma “coisa ou doença”, mas a verdade é que as feministas nessa argumentação só provam que “coisa ou doença” são os argumentos vazios delas e que uma mulher com o mínimo de feminibilidade sente que um feto em formação no seu útero é na verdade a maior expressão da presença do Deus criador em um ser vivente aqui na terra, portanto é algo jubilante para a mulher e não motivo de repulsa como quer fazer crer essas feministas recalcadas, que assim se tornaram porque dedicaram anos a fio contrariando a natureza e hoje já velhas e perturbadas pela suas consciências e memórias de inúmeros assassinatos de inocentes seres humanos em formação que promoveram e por isso tentam de todas as formas oficializarem suas deturpadas idéias, mas tentam para na verdade conseguirem um pouco de paz de espírito, pois verdadeiramente uma mulher que praticou um aborto consciente e se orgulhou desse ato ao ponto de fazer disso uma razão de vida esta no mínimo perturbada mental e desprovida de qualquer aspecto natural de emoção verdadeira.
Em suma essas velhas feministas na verdade querem é que suas irresponsáveis escolhas sejam hoje acolhidas por jovens moças, para a partir daí justificarem-se dizendo: “Estão vendo nossa idéia atende aos clamores íntimos da natureza feminina” e com isso aliviarem um pouco a culpa que carregam; Mas tenho uma péssima notícia para essas velhas senhoras, mesmo que todas as jovens mulheres de hoje concordarem com elas a dor na consciência delas irão continuar e com o passar dos anos só ira aumentar e por fim serão julgadas pelo DONO DA VIDA que perguntaras a elas: TENTAVAS ME DESTRUIR QUANDO MATAVAM UM DESSES MEUS FILHOS EM DESENVOLVIMENTO NO ÚTERO DE SUAS MÃES?

Anônimo disse...

Uma nova conquista refere-se à punição partidária de um vereador de Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte. Jadson do Bonsucesso Rodrigues, conhecido como Pardal (PDT-MG), declarou no ano passado que pessoas favoráveis ao apoio de vereadores à 1ª Parada Gay da cidade precisavam de tratamento.

A declaração ocorreu em junho de 2010 e despertou a revolta de movimentos sociais, que postaram o áudio no YouTube. "Com todo respeito à homofobia, não estou aqui para fazer críticas. Nós estamos aqui com várias pessoas querendo fazer parada gay, mas você tá vendo que o cara tá precisando de tratamento, pô", disparou o vereador em reunião na Câmara de Vereadores de Caeté.

Pouco tempo depois, o mesmo vereador esteve na parada gay da cidade, em novembro passado, e teria feito gestos obscenos, em represália aos participantes. Cerca de 2 mil pessoas participaram do evento.

O que Pardal talvez não esperava é que sua própria legenda, o PDT, que possui uma secretaria especial a favor da diversidade, o suspenderia por 90 dias de suas atividades partidárias. O partido espera que o vereador peça desculpas, publicamente, pela atitude.

Procurado pelo iG, o vereador informou, por meio de assessoria de imprensa, que não vai se manifestar sobre o caso enquanto não for notificado. A assessoria de imprensa da Câmara Municipal de Caeté informou que nesta semana foi encaminhado um pedido de investigação por quebra de decoro à corregedoria da Casa Legislativa.

Além dos direitos partidários suspensos, Pardal corre o risco de ser expulso do PDT, legenda que trabalha pelos direitos LGBT, informou o presidente estadual da sigla, Mário Heringer. Conforme o dirigente, o partido é a favor da tolerância e contra o preconceito.

Líder do movimento LGBT em Caeté, Antônio Carlos Chagas também organizou a 1ª Parada Gay na cidade. Ele conta que por causa das declarações do vereador, fez um boletim de ocorrência na Polícia Civil mineira, que vai apurar a situação. Ele estava na Câmara no dia das declarações do vereador, buscando apoio para a parada gay.

Chagas contou ao iG que, no mês de dezembro do ano passado, recebeu um telefonema ameaçador, o que gerou outra ocorrência policial. Ele disse que a voz no telefonema era de um homem, mas que ele não pode identificar quem era.

“Me ligaram ameaçando de morte. Falaram assim: 'Se não parar com pouca vergonha de parada gay, vou fuzilar você e sua família. E não é o Pardal quem está falando'. Mesmo com toda esta situação, trabalho pela 2ª parada em Caeté. Com ameaça ou sem ameaça, teremos a parada. Eu carrego esta bandeira e sou homossexual assumido”, afirmou Chagas.

Líder do Movimento da Diversidade e Cidadania LGBT de Minas Gerais, Ramon Calixto disse que deu todo apoio para Chagas e que levou à Frente Parlamentar LGBT da Assembleia a denúncia envolvendo vereador. A frente irá avaliar qual medida tomar diante do caso.

O governador Antonio Anastasia (PSDB) tem realizado diversas medidas a favor da comunidade LGBT. Walkiria La Roche é coordenadora especial de Políticas de Diversidade Sexual e a primeira transexual com cargo público em Minas Gerais, nomeada pelo tucano no início de 2011.

Além disso, Minas vem se destacando como um dos Estados com maior número de paradas gays, tendo incentivo oficial do governo para promover turismo gay.

Portal iG

Anônimo disse...

Esses últimos artigos irmão Júlio do Senhor Reinaldo Azevedo tá, DETONANDO geral a esse contra ataque político brasileiro diabólico pró-aborto legalizar assassinatos.
A defender a vida humana que o "FETO" é mais importante não há o que se comprar com animais o Feto, é um SER HUMANO EM DESENVOLVIMENTO ELE COMO NÓS TEM BOCA, CORAÇÃO, OUVE, SENTE TEM TUDO SÓ ESTÁ A ESPERA DOS 9 MESES PARA SUA CHEGADA E VIR A ESSE MUNDO.
Nosso Deus vivo ele fez o Homem & Mulher nós somos a imagem e a semelhança do altíssimo Deus Supremo!!!!!!!
Ester

João do Rio disse...

O Reinaldo fez uma síntese magistral da imoralidade hipócrita dessa "gente" abortista.

Que vagabunda essa Eleonora Menicucci!

João do Rio disse...

Leiam o que essa vagabunda da Eleonora Menicucci disse em uma entrevista à Revista TPM: “me relaciono com homens e mulheres“. Na entrevista, ela também disse sobre seu orgulho por sua filha que é gay.

Só sendo muito idiota pra se orgulhar de praticar abortos e ir pra cama com outras mulheres. Esse mulher é completamente imbecil e lunática.

http://holofote.net/me-relaciono-com-homens-e-mulheres-disse-em-2007-ministra-recem-empossada-que-tambem-defende-o-aborto/