11 de janeiro de 2012

Muçulmanos são os líderes mundiais em perseguição aos cristãos

Muçulmanos são os líderes mundiais em perseguição aos cristãos

9 dos 10 piores agressores seguem leis islâmicas

Michael Carl
Nove das 10 nações que mais perseguem cristãos seguem principalmente a lei islâmica, e a “Primavera Árabe” que percorre partes do norte da África gerou um surto de repressão, de acordo com relatório publicado pela organização Open Doors (Portas Abertas).
O país restante da lista dos 10 é a Coréia do Norte, liderada por um regime comunista fanático que considerava os seus dois antigos líderes como deuses.
Os 10 classificados pelo relatório este ano são, na ordem, Coréia do Norte, Afeganistão, Arábia Saudita, Somália, Irã, Maldivas, Uzbequistão, Iêmen, Iraque e Paquistão.
Segundo o relatório, chamado World Watch List, os maiores avanços na perseguição de cristãos vieram de dois países africanos no calor da “Primavera Árabe”. O Sudão subiu da posição 35 para 16, e a Nigéria subiu de 23 para o 13.
Os resultados do relatório, de acordo com o presidente do escritório americano da Open Doors, Carl Moeller, podem ser atribuídos ao extremismo islâmico.
Moeller afirma que: “De acordo com nossa pesquisa, a tendência está na Nigéria, no Sudão, por toda aquela região da África, onde o extremismo do norte pretende pressionar os cristãos e animistas do sul. Estamos vendo muita violência, e a Nigéria é um grande exemplo disso. O sul do país é praticamente todo cristão, evangélico, pentecostal, bastante vigorosos no seu cristianismo”.
Moeller diz ainda que o norte do país é completamente diferente.
“O norte é dominado politica e religiosamente por elementos extremistas caracterizados pelo grupo radical Boko haram”.
Esse nome, que vem de uma região da Nigéria que viu aumentar a violência anticristã, significa "a educação ocidental é um pecado”.
A rejeição ao Ocidente parece total para os membros desse grupo, segundo Moeller.
“O Boko Haram, em pleno Natal, bombardeou cinco igrejas na Nigéria, e há poucos dias explodiu bombas na cidade de Kano, onde diversas áreas estão em estado de emergência”, acrescenta.
Moeller acredita que a maioria dos muçulmanos não aspira à violência.
“Há um grande debate dentro do próprio islã. Ainda há vários estudos abrangentes que indicam que a grande maioria dos muçulmanos não possuem perspectivas violentas. Isso ocorre no Ocidente e em todos os outros lugares. Milhões de muçulmanos são capazes de viver em paz com seus vizinhos de outras religiões pelo mundo” observa Moeller.
No entanto, o problema é quem parece estar guiando o movimento.
“A forma como as ideias muçulmanas são propagadas pelo mundo está em sua maioria nas mãos dos extremistas. São eles que clamam fidelidade aos ensinamentos de Maomé e do Corão. Ao fazer isso, eles se posicionam como verdadeiros crentes do islã, e isso é um forte argumento para aqueles que querem ser fieis à sua herança religiosa”, afirma Moeller.
O extremismo está crescendo como uma proporção do islã mundial.
“Estamos vendo a natureza dos atos de violência se tornando mais extremos e mais difundidos. Há uma ou duas décadas atrás, ela era bastante limitada a homens-bomba no centro do Oriente Médio, da Palestina e alguns outros lugares. Hoje estamos vendo ataques de homens-bomba na Ásia, na Indonésia, na África, na Nigéria, por todo o mundo, e isso é preocupante para todos os cristãos que vivem nesses países”, afirma Moeller.
Embora concorde com os números da perseguição, a editora do site Atlas Shrugs questiona a questão do extremismo.
“O que o Dr. Moeller chama, na melhor das intenções, de ‘extremismo’ é na verdade o comportamento islâmico predominante”, afirma Geller.
“Ele é sancionado, e mesmo estimulado pelo Corão e por Maomé. Os ‘extremistas’ são na verdade os muçulmanos que ousam ser pacíficos”, afirma.
Moeller diz que há uma tendência visível que se segue a um aumento da população muçulmana de qualquer país.
“Vemos claramente que em lugares onde a educação islâmica é dominante, o extremismo tende a ser mais popular. Podemos ver as revoluções que aconteceram no ano passado como um exemplo disso. Derrubar um ditador é maravilhoso, e como americanos na nossa liberdade, ecoamos isso. A grande questão no momento é pelo que esses ditadores estão sendo substituídos, pois parece que o islamismo radical está saindo na vantagem em todas as eleições e em todas as novas formações de governo que estão acontecendo no norte da África. O Egito, por exemplo, pode em breve estar sob controle da Irmandade Islâmica, uma organização cujo propósito é criar um califado mundial, uma sociedade muçulmana. Em 2012, talvez vejamos uma transição para o extremismo apoiado pelo governo, e isso também é preocupante”, afirma Moeller.
Jonathan Racho, do International Christian Concern, uma organização cristã de direitos humanos, diz que concorda com as conclusões do relatório sobre o aumento da perseguição.
“Como se pode ver no relatório, a perseguição de cristãos acontece em sua maioria nos países islâmicos”, afirma. “A perseguição de cristãos está piorando, e o mundo precisa estar atento a esse problema”.
Os países de 11 a 20 na classificação são Eritréia, Laos, Nigéria, Mauritânia, Egito, Sudão, Butão, Turcomenistão, Vietnã e Chechênia, também dominados por interesses muçulmanos.
Os “aliados” dos EUA que estão entre os 50 países que mais perseguem cristãos são China, Kuwait, Turquia e Índia.
O relatório aponta que na Coréia do Norte, a população cristã entre 200.000 e 400.000 continua na completa clandestinidade, enquanto que outros 50.000 a 70.000 estão em “terríveis campos de trabalhos forçados”.
Segundo Moeller, “Como a morte de Kim Jong-il no mês passado e a sucessão do seu filho Kim Jong-Un irão afetar a condição dos cristãos na Coréia do Norte é difícil de determinar ainda tão cedo. Certamente a situação para os crentes continua perigosa.
Ser um cristão árabe ou praticar o cristianismo secretamente em um país dominado pelo islamismo é um desafio enorme. Os cristãos geralmente são perseguidos por extremistas, pelo governo, pela comunidade e até pelas próprias famílias. Como reflete o relatório World Watch List publicado este ano, a perseguição de cristãos nesses países muçulmanos continua a crescer. Embora muitos tivessem achado que a Primavera Árabe traria mais liberdade, incluindo a liberdade religiosa para as minorias, é certo que isso ainda não foi o caso”.
O relatório afirma que mais de 300 cristãos foram mortos por sua fé na Nigéria no ano passado, embora se acredite que o número real seja o dobro ou o triplo disso.
Ele afirma ainda que a China possui a maior igreja perseguida, com 80 milhões de membros, mas sua posição caiu dos principais 20 este ano para a posição 21. No ano passado o país estava em 16. Isso se deve em grande parte ao fato de os pastores de igrejas domésticas terem aprendido a brincar de “gato e rato” com o governo.
A lista é baseada em um questionário desenvolvido pela Open Doors para medir o grau de perseguição em mais de 60 países. Os questionários são preenchidos pela equipe da Open Doors atuando nos países, e então cruzados com a ajuda de especialistas independentes para chegar a uma pontuação numérica por país. Os países então são classificados de acordo com a pontuação.
Tradução: Luis Gustavo Gentil
Fonte em português: www.juliosevero.com

7 comentários :

O KOIOTE disse...

Odeiam cristão, odeiam judeus, odeiam mulheres, odeiam o ocidente... Esta maldita religião está baseada no ódio. Quem não vê isso é cego!

Salviano Adão disse...

A paz querido Julio Severo, meu nome é Salviano Adão do blog; A única verdade em sua própria bíblia. O motivo do meu contato é porque gostaria de fazer uma parceria em nome de Jesus, já postei o blog do querido em minha lista de blog, passa lá depois para dar uma conferida, e gostaria que você também postasse o meu blog em seu blog, mas essa parceria é só se quiser.
Que Deus abençoe e aguardo o seu contato.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

O apóstolo Paulo escreveu:

"Todos aqueles que querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos" (2 Timóteo 3:12)

É exatamente isto que está acontecendo com os nossos irmaõs em Cristo nos países islâmicos e muçulmanos. Eles estão sendo impiedosamente perseguidos. Alguns são presos, outros são mortos, enfim, os servos de Jesus estão sofrendo pelo amor à Palavra de Deus (e pelo amor às almas que se encontram cegas pelos enganos de Satanás).

O mais irônico disso tudo é que ainda tem muito homossexual que tem a cara de pau de dizer que os cristãos não são perseguidos!

Jesus também já havia alertado a todos sobre a perseguição que aconteceria aos Seus servos:

"Então vos entregarão para serdes atormentados, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do Meu nome" (Mateus 24:9)

O mundo certamente odiará os cristãos (como odiou a Jesus). Mas, independente das perseguições (ou de qualquer outra coisa), todos têm que obedecer à ordem dada por Jesus: "Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura" (Marcos 16:15)

O verdadeiro cristão não tem medo da morte, porque confia na promessa de Jesus: "Sê fiel até à morte e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10)

Aos irmãos em Cristo que se encontram nestes países, eu só quero deixar uma mensagem de esperança: ainda que as provações sejam grandes (e ainda que venham as perseguições), o Senhor Jesus jamais os abandonará. Ele mesmo disse: "No mundo tereis aflições; mas tende bom ânimo, porque Eu venci o mundo" (João 16:33)

Deixo estes versículos para os meus irmãos em Cristo que estão em outros países refletirem:

"Portanto, amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho no Senhor não é em vão" (1 Coríntios 15:58)

"Aquele que tiver perseverado até o fim é que será salvo" (Mateus 24:13)

Anônimo disse...

Júlio ! Você aqui falando de tudo isto que está acontecendo. De todo mal que fazem os muçulmanos aos cristãos.

Mas ! No Brasil numca vi nenhum sermão de algum pastor falando dos mulçumanos. Só ouvi sobre mulçumanos conversando com um missionário americano e na pregação de um irmão americano.

Creio que a grande maioria dos pastores brasileiros sabe quase nada ou nada mesmo sobre Islamismo.

Você ! Teve saber, o brasileiro sabe bulhufas do que acontece no mundo.
Como diz o ditado: "Brasileiro dá opinião sobre tudo sem estudar coisa nenhuma".

Por isto sugiro que você divulgue o Site RAFIKRESPONDE "http://rafik-rafikresponde.blogspot.com/

Um brasileiro que vive entre os mulçumanos e conhece muito os mulçumanos,Maomé,O Alcorão e a cultura e histôria árabé.

Os evangélicos brasileiros vasta maioria é completamente ignorante sobre Islamismo, tanto que o ditador do Irã veio ao Brasil e foi muito bem recebido.

E ainda tem espalhado bases de apoio a terrorristas mulçumanos na América Latina.

È preciso dar um grito. ""A ignorância dos cristãos sobre o Islamismo tem que acabar""".

Por isto quanto acontece umas coisas muito esquisitas,chocantes,inesperadas, os cristãos ficam como "barata tonta".

Muitos com o editor da Entidade Portas Abertas só sabem atenuar as coisas e apaziguar á situação.

Graças a Deus. Existem pessoas que conhece muito bem o Islamismo e podem mostrar uma direção.

Segundo SUNTZU,(general chinês do secúlo V AC) “Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória obtida sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo perderá todas as batalhas”.

Nil Soares.

Anônimo disse...

Nós, resta só é orar para essas almas religiosos "mulçumanos" para Deus vivo abra os olhos da verdade do Evangelho de Cristo,não parará por eles e por nenhuma religião desse mundo. Ester!!!!!

Anônimo disse...

ENTREVISTA com Paul Johnson(Historiador e jornalista inglês)
(Revista Veja:26/09/2001)
JOHNSON: “Quando falamos de fundamentalismo islâmico, na verdade estamos usando uma expressão enganosa. Todo o Islã é fundamentalista na essência. É uma característica congênita.”...“Sim, há ensinamentos de paz no islamismo, mas eles não compõem o coração da doutrina. A palavra “Islã” não significa paz, mas “submissão”. Basta ler o Corão. A sura 9, versículo 5, decreta: “Matai os idólatras onde quer que os encontreis, e capturai-os, e cercai-os e usai de emboscadas contra eles”. E mais adiante o livro insiste que nações, não importa quão poderosas, deverão ser combatidas “até que abracem o Islã”. Essa é a vertente central, ortodoxa do islamismo. Paz não é uma palavra que se possa encaixar facilmente nessa forma de pensamento. Estamos falando de uma religião imperialista, que parte da premissa de que deve espalhar-se pela força, se necessário.”

Antonio Carlos disse...

Aus Leitores de Julio , venho colocar uma situação muitissimo grave em toda a situação atual ! Os comentarios de Dilma , é de -se esperar muito mais , pois tenho alertado as Igrejas a muitos anos que no Pais havera mudanças radicais comtra as Igrejas Cristã no setor de liberdade para as comdições em todos os sentidos , como? Assim : PROGRANAS E PREGAÇÕES , NOS ESTADIOS E NOS CLUBES ALUGADOS,NATV , OS LIMITES JÁ DEREM INICIO , POR LADOS QUE DIMINUI O TEMPO DE PROGRAMAÇÃO ! POR CADA PROGRAMADOR DE SUA IGREJAS , OS LIMITES DE CULTOS POR SEMANA , TAMBÉM SERA UMA DAS MUITAS MUDANÇAS POR LEI , QUE HA DE SER UM DESACORDO NO SENTIDO DA POLITICA , EM QUE OS PARTIDOS EVANGELICOS HA DE ESCOLHER , POLITICA OU IGREJAS!SENDO QUE OS ATOS DE CADA CIDADÃO, SERA INDIVIDUAL,NA FÉ EM QUE VIVE E PRATICA ! AS DIRIGENTES QUE VIVE DO DIZIMO E OFERTAS SOFRERA UMA TORCIDA DE MUDANÇAS INESPERADAS POIS MUITOS DEPUTADOS JÁ QUEREM ISTO A ANOS ; E NÃO ESTA SENDO COMSSIDERADOS , NÃO SÓ UM ESTADO DE CARATER MULSUMANO DENTRO DO BRASIL COMO UM GOLPE NOS CRISTÃOS EVANGELICOS DE TODO O COMTIMENTE DA AMERICA DO SUL , POIS O TEMPO DA IGREJA DE CRISTO NA TERRA ESTA PERTO DE CHEGAR O FIM ! PROXIMO DA REDENÇÃO .
Estas e outras forma de mudanças estara nocentro das persseguições comtra o sistema de formação , iminigos da verdade de Cristom e do evagelio ! Pois esta escrito !: E todo a quele que Guardar o testenunho de Jesus Cristo e do seu evagelio sera persseguido pela antiga serpente que destrói os Santos Sobre a Terra , e os perssegue entre as nações !

Ha o que se fazer como igreja , percevera ate o fim .

Os assuntos Estado Em que Barak Obama vem sendo catastrofico no modo de agrupar formas de faser com que as igrejas e Pastore Americanos seja forssados a engolir a máscara do diabólico apoio a homosexsuais , e converter os comgressista do Cenado um pronto formato de destruição social e politica moralista dentro de uma familia que esta , bem vista nos olhres mundiais , a Familia Obama ! O condissionamento de um possivel estado de funciomalidade de decretar para o povo a inoralidade nos setores aida ha força de alguns que Deus os conserva para testemunho da santificação e Honra de santos de Deus na terra.

As politicas de Dilma e o comentário que o estado Palestino deve ser um -só estado com a participação de Jerusalem vir a ser capital palestina ; é Um Vedadeiro Armajedom com mtodas as forças que já esta proximo ! Dilma esta acelerando um comflito Historico profetizado a céculos e céculos !! Eu plho para as formas de um campo de funciomalismo , de macna de triturar pessoas no discursso de Dilma Russef , pois ele n ão conhesse o fundamento de uma Liderança de uma Nação , como os Teologos em tende e sabe o que quer dezer o pronumciamento de 25 de julho . No meu intendimento Tanto Dilma , como o Senhor Barak Obama , tem seguido os sentidos das professias que vem dar o Poder o ant-Cristo e sua forma de coajir Cristãos de todo o mundo .

O pastor Silas Malafaia vem sendo a atenção a favor do evangelio e da igreja ! Esse pode setornar o Primaero Martir dos pastores evagelicos do Brasil ; sendo assim eu aprovo Amigo Julio seus escritos e seja Deus com sua vida ...