13 de janeiro de 2012

EUA estão monitorando blogs e sites

EUA estão monitorando blogs e sites

Julio Severo
De acordo com a agência noticiosa Reuters, o governo dos Estados Unidos começou, em junho de 2011, a monitorar sites, blogs e até mesmo redes sociais como Facebook e Twitter.
Essa notícia, que é preocupante, só virou manchete agora, mas no final de julho de 2011, apenas um mês após o governo americano começar sua monitoração, WND, o site conservador mais importante dos EUA, denunciou que meu blog em inglês estava sob monitoração do governo dos EUA.
A matéria da Reuters explica que blogs contrários ao islamismo também estão na lista negra do governo dos EUA. A vigilância está sendo feita principalmente pelo Ministério de Segurança Nacional dos EUA, chamado pela Globo de Departamento de Segurança Interna.
Não há, porém, nenhuma informação de que o governo dos EUA esteja monitorando blogs e sites que defendem o homossexualismo e o islamismo.
Essa é uma monitoração muito interessante: defenda o islamismo e o homossexualismo, e o governo americano deixa você em paz. Critique-os, e o Big Brother estatal fica de olho em você. Sei disso por experiência. Afinal, meu blog foi um dos primeiros a entrar na lista negra dos EUA.
A matéria abaixo, da Globo, só traduziu metade da matéria da Reuters. Quem lê inglês pode encontrar a matéria completa aqui. Eis o artigo da Globo:
EUA vigiam conteúdo de blogs, redes sociais e até sites de notícias
Desde junho de 2010, centro de operações monitora também Facebook e Twitter
WASHINGTON - O Departamento de Segurança Interna (DSI) dos Estados Unidos monitora rotineiramente dezenas de sites populares, entre os quais Facebook, Twitter, Hulu, WikiLeaks e sites de notícias e fofocas como o Huffington Post e o Drudge Report, de acordo com um documento do governo americano.
Uma "revisão de normas de privacidade" divulgada pelo DSI em novembro informa que, pelo menos desde junho de 2010, seu centro de operações nacionais vem operando uma "capacidade de mídia/redes sociais", que envolve monitoração regular de "fóruns on-line abertos ao público, blogs, sites públicos e listas de discussão abertas".
O propósito da monitoração, de acordo com o documento do governo, é "recolher informações usadas para formar um quadro de situação e estabelecer um panorama operacional comum".
O documento acrescenta, usando terminologia mais clara, que essa monitoração ajudou o DSI e as diversas agências a ele subordinadas, entre as quais o Serviço Secreto e a Agência Federal de Administração de Emergências, a administrar a reação do governo a eventos como o terremoto de 2010 no Haiti e suas consequências, e controles de segurança e fronteira relacionados à Olimpíada de Inverno de 2010, em Vancouver, Colúmbia Britânica.
Um funcionário do DSI que conhece bem o programa de monitoração afirma que sua intenção é apenas a de permitir que o pessoal do centro de comando acompanhe as diversas mídias da era da Internet para que esteja ciente de acontecimentos em curso aos quais o departamento ou suas agências podem ter de responder.
O documento que delineia o programa de monitoração informa que todos os sites monitorados pelo centro de comando são "abertos ao público e... todo o uso de dados publicados via sites de mídia social se destina apenas a oferecer um conhecimento de situação mais preciso, um panorama operacional mais completo, e informação mais oportuna às autoridades decisórias".
O funcionário disse que, sob as regras do programa, o departamento não mantém normas permanentes do tráfego monitorado. Mas os documentos que revelam os contornos do programa afirmam que o centro de operação "reterá dados por não mais de cinco anos".
O esquema de monitoração envolve também uma lista de cinco páginas, que consta como anexo do documento de revisão, sobre sites que o centro de comando do DSI planeja monitorar.
Fonte: O Globo
Versão em inglês deste artigo: US surveillance on blogs and websites
Divulgação: www.juliosevero.com

2 comentários :

♥♥ஐEli§@n§elaﻬ♥ disse...

é realmente estamos muito próximo esta tudo se cumprindo!! vigiemos oremos sejamos sóbrios e prudentes pois em breve virá o nosso Senhor!

Chamelly Sobreira disse...

Julio, hoje eu li essa matéria também no jornal ''Metro'' que o governo do Obama está monitorando perfis de twitter e Facebook também.