15 de dezembro de 2011

Por falha da bancada evangélica, pais podem perder direito de educar filhos

Por falha da bancada evangélica, pais podem perder direito de educar filhos

Julio Severo
Por mais estranho que pareça, a bancada evangélica ajudou o governo a aprovar um projeto que interfere diretamente na educação que os pais dão aos seus filhos. A relatora do projeto deixou claro que “A palmada é a primeira forma de violência, é o que faz com que a agressão possa aumentar dentro de casa”.
A meta foi proibir a palmada, e conseguiram. Mas e quanto aos cristãos que seguem a Deus, não ao governo? O governo quer doutrinação homossexual nas escolas, e temos de obedecer? O governo quer aborto, e temos de obedecer?
E quanto aos cristãos que creem que o instrumento de correção física é a vara, não a palmada? Deus diz:
“Aquele que poupa sua vara [de disciplina] odeia seu filho, mas aquele que o ama o disciplina com diligência e o castiga desde cedo”. (Provérbios 13:24 Bíblia Ampliada)
“Os castigos curam a maldade da gente e melhoram o nosso caráter.” (Provérbios 20:30 NTLH)
“Não evite disciplinar a criança; se você bater nela e castigá-la com a vara [fina], ela não morrerá. Você a surrará com a vara e livrará a alma dela do Sheol (Hades, o lugar dos mortos)”. (Provérbios 23:13-14 Bíblia Ampliada)
“A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe”. (Provérbios 29:15 RA)
Para um estudo maior da Bíblia sobre o uso da vara da disciplina, clique aqui.
Com as palmadas agora sob proibição, o que será de quem atende à orientação bíblica de corrigir com a vara?
De acordo com o Jornal Nacional, entre 9.616 pessoas consultadas, 85% disseram que são contra a chamada Lei da Palmada. Mas quem levou a melhor foi a minoria de 15% que são a favor e tiveram seus desejos atendidos pela Câmara dos Deputados, que aprovou em 14 de dezembro o projeto de lei que proíbe pais de aplicarem castigos físicos nos filhos. A comissão especial criada para analisar o Projeto de Lei 7672/10, de autoria do governo, aprovou, em votação simbólica, o relatório apresentado pela deputada Teresa Surita (PMDB-RR). A matéria segue agora para o Senado.
O projeto estatal proíbe a aplicação de castigos físicos em crianças e adolescentes. Os pais que aplicarem castigos em seus filhos, pelo que foi alegado, serão encaminhados à programa oficial de “proteção à família” e a cursos de orientação, tratamento psicológico ou psiquiátrico, além de receberem advertência. A criança disciplinada será encaminhada a tratamento especializado, e a família ficará sob “acompanhamento” e monitoração do Conselho Tutelar.
O projeto de lei também determina que profissionais públicos, médicos e professores que lidem diretamente com crianças devem denunciar casos de castigo físico quando souberem. Caso não denunciem as famílias que disciplinam, esses profissionais poderão pagar multa de três a 20 salários mínimos. A denúncia pode ser feita ao Conselho Tutelar ou a outra autoridade competente, como delegado, Ministério Público ou juiz.
O texto institui que crianças e adolescentes “têm o direito de serem educados e cuidados sem o uso de castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante, como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer outro pretexto, pelos pais, pelos integrantes da família ampliada, pelos responsáveis, pelos agentes públicos executores de medidas socioeducativas ou por qualquer pessoa encarregada de cuidar, tratar, educar ou proteger”.
A palmada é a primeira forma de violência, é o que faz com que a agressão possa aumentar dentro de casa. Queremos ensinar aos pais que eles podem educar sem machucar seus filhos. Se já existem métodos de adestramento que prescindem de violência, por que não educar com diálogo”, afirmou Teresa após a leitura de seu parecer na Comissão Especial.
Para a presidente da comissão, deputada Érika Kokay (PT-DF), o castigo corporal não é um mecanismo eficiente de convencimento, “porque não muda a conduta de quem é agredido”. Kokay, que ocupa posição de liderança nesse projeto, aparece neste vídeo juntamente com ativistas gays zombando dos cristãos: http://www.youtube.com/watch?v=FOOFg_aG9Rw
Embora evangélicos e católicos de todo o Brasil tivessem feito oposição ao projeto, a bancada evangélica ignorou completamente a opinião da maioria das pessoas. A Frente Parlamentar Evangélica preferiu atender ao governo.
Quando informado de que mais de 80% das pessoas são contra o projeto, o deputado evangélico Eduardo Cunha declarou, no seu Twitter, que as crianças é que deveriam ser consultadas.
O deputado Pastor Marcos Feliciano, representante da bancada evangélica, chamou, em seu Twitter, de xiitas e fanáticos os cristãos que se opuseram ao projeto.

Envie seu protesto ao Congresso Nacional:

Telefone ou escreva agora mesmo ao deputado federal do seu estado. Consulte este link para ter o email e telefone: http://www2.camara.gov.br/deputados/pesquisa
Telefone imediatamente para a Frente Parlamentar Evangélica: (61) 3215-5315
Faça contato com todos os membros da Comissão Especial que quer aprovar o projeto do governo clicando aqui.
Com informações do esquerdista Congresso em Foco

16 comentários :

Anônimo disse...

Esses são os nossos 'HERÓIS'. Em época de eleições, quando candidatos, prometem milhões de coisas para defender a família. Quando eleitos, se lixam. Querem mais agradar a César do que Deus.

Roberto disse...

Valeu Júlio, os brasileiros decentes têm que fazer marcação em cima desse projeto! Agora vai pro Senado, é fazer pressão nesses senadores... que também não sei se adiantará. Querem punir os pais decentes pelos excessos dos pais desequilibrados!! Já tem o Estatuto da Criança e Adolescente, já têm as leis penais, agora querem proibir os pais de educarem os filhos (eu escrevi educar, não surrar!), palmadinha não é "espancamento" senhores.
É o agigantamento do estado, devagarinho ou rápido, quer se meter cada vez mais na vida privada dos cidadãos e das famílias!
Qual será a próxima ingerência do Leviatã moderno?

Igor Gitirana disse...

Bem feito para os nossos "irmaos" protestantes amantes da ignorância que idolatram esses canalhas do meio gospel, completamente vendidos ao sistema, pelo dinheiro e nada mais...

Sou protestante e já não suporto mais a estupidez e acomodação de meus "irmãos", falar com eles é pior que falar com uma porta, nunca buscam conhecimento e acham um estorvo quem tenta debate sério para convencê-los, sabe o que é engraçado? Estes que elegeram e apoiam o Marco Feliciano e Cia, estarão reclamando e falando pelos cotovelos daqui a pouco tempo por que não podem dar umas palmadas nos filhos rebeldes, exatamente por que hoje não enxergam um palmo na frente do nariz...

Anônimo disse...

Esses da bancada ou CAMBADA evangélica só mostram uma coisa, eles não tem competência para avaliar um projeto, deixaram passar ou não quiseram enxergar, as capciosidade do projeto, em vários não um nem dois, mais vários parágrafos!

Se toda hora tivermos que contar com a incompetência deles para avaliar um projeto, estaremos ferrados, não sei se eles vão realmente revogar esse projeto, porque pelo parecer do Marcos Infeliciano, parece mesmo que esses apostatas e maçons travestidos de evangélicos, estão é querendo dar um jeitinho de deixar passar bonito sem parecer que foi proposital

Que Deus queira que esses apostatas vetem isso por medo e pressão, de perderem votos na próxima eleição, de qualquer jeito já perderam o meu

Ronie Peterson

Anônimo disse...

Igor você ta certo infelizmente

Anônimo disse...

Júlio ! O problema da bancada evangélica é que ela é constituida por pessoas esquerdistas.

Essas pessoas amam a ideiologia esquerdista, do qual admiram,concordão,gostão ,se orgulhão.
È o mesmo que você chamar por exemplo um corintiano muito amigo seu para torcer para Cruzeiro ou o Botafogo.
O sujeito tenta , mas o que sempre prevalece é torcer para o time do coração, no caso o Corinthias.
Essa bancada evangélica esquerdista tenta fazer alguma coisa pelo Time Cristão, mas não resiste a tentação de agir em pró do esquerdismo.

Por isto nos surpreendemos com o deputado Jair Bolsonaro na sua combatividade contra o Kit gay.
Pois este age com o forte desejo de coração e da sua mente.

O tempo tem dito uma verdade que muitos evangélicos não aceitão. Os direitistas é que estão certos.

Na mente de muitos evangélicos, direitistas são só mais outro grupo politico, tentando ganhar apoio e voto deles.

Mas ! Tem que haver uma explicação ? Por que os esquerdistas apoião aborto,homossexualismo,são contra os país disciplinar os filhos,são contra a moral cristã,apoião paises comunistas onde cristãos são perseguidos. São a favor da camisinha,sexo livre,altos impostos,estado gigante, livre,etc,etc?

Agora tem que ter uma explicação porque direitas,principalmente Conservadores são contra o Aborto,aceitação do homossexualísmo,são defensores da Moral Cristã,são a favor dos país disciplinarem seus filhos até com vara,como a biblía recomenda,defendem menos impostos,um estado menor e mais liberdade para o cidadão,etc,etc?

Se os evangélicos não encontrarem á explicação do porque a bancada evangélica age desta forma ou de outra maneira ?

Vai sempre ocorrer situações em que a bancada evangélica vai marcar "gol contra", aí os evangélicos indignados vão só revoltar,protestar,chiar e se entristecer.
Mas ! O problema jamais será resolvido.
Aprendão á lição, corintiano torce para o Corinthias. Palmeirense para o Palmeiras. Cruzerence prá o Cruzeiro. Flamenguista para o Flamengo.

Bancada evangélica pra ..... aí é incerto. Reino de Cristo, mas pendendo muitas vezes para o esquerdismo ! O Governo,Lula, Dilma !!!

Nil Soares

Fabiano disse...

É lamentável/assustador/insano quando o espectador/usuário de um bem/produto se acha melhor capacitado para definir como se deve funcionar/usar um bem/produto, desconsiderando e até mesmo desrespeitando o manual do fabricante/criador.

Olha o que diz O MANUAL (Sagrada Escritura) de como disciplinar a criança.

Provérbios 13:24. O QUE NÃO FAZ USO DA VARA ODEIA SEU FILHO, MAS O QUE O AMA, DESDE CEDO O CASTIGA.
Comentário: Quem ama corrige e faz uso da VARA, se for necessário, por outro lado, quem ODEIA seu filho,não o castiga/corrige/disciplina com vara desde cedo(ainda criança).

Prov. 22:15. A ESTULTÍCIA ESTÁ LIGADA AO CORAÇÃO DA CRIANÇA, MAS A VARA DA CORREÇÃO A AFUGENTARÁ DELA.
Comentário: A vara(fina) corrige a criança do mal(estultícia) que já existe nela, tornando-o(mal) menos eficaz e danoso para a própria criança.

Prov. 23: 13. NÃO RETIRES A DISCIPLINA DA CRIANÇA; POIS SE A FUSTIGARES COM A VARA, NEM POR ISSO MORRERÁ.
Comentário: Esse versículo ensina que a criança DEVE ser DISCIPLINADA (não retires a disciplina), afirmando ainda que, se fustigar (castigar) a criança com VARA(fina), ela não morrerá, ou seja, um corretivo físico MODERADO é benéfico para DISCIPLINAR a criança.

Prov. 23: 14. TU A FUSTIGARÁS COM A VARA, E LIVRARÁS A SUA ALMA DO INFERNO.
Comentário: Aquele que quer LIVRAR a criança do inferno(morte, má educação, maldade, loucura) fará uso da VARA(fina- corretivo físico moderado).

Prov. 29:15. A VARA e a REPREENSÃO dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe.
Comentário: a VARA somente NÃO É suficiente para disciplinar a criança, assim como só a REPREENSÃO (orientação/disciplina verbal) sem o uso da vara, mas a VARA e a REPREENSÃO é que dão SABEDORIA, mas a criança entregue a si mesma, ou seja, vivendo sem o CORRETIVO da vara e da repreensão vai ENVERGONHAR a sua mãe,pois não conheceu/conhecerá educação, limite, boas maneiras, respeito, haja vista que a ESTULTÍCIA(maldade), como já disse, habita no CORAÇÃO da criança.

Assim sendo, razão assiste à Sagrada Escritura quando diz que a sabedoria deste mundo É LOUCURA diante de DEUS(( I Cor. 3:19), pois essa “LEI DA PALMADA” só vem para fazer com que as crianças perpetuem e agravem em si mesmas a MALDADE, IMORALIDADE, LOUCURA, MALIGNIDADE, REBELDIA, DESRESPEITO ÀS BOAS MANEIRAS.

Esses políticos, que aprovaram/concordam com essa lei MALIGNA na sua essência, entre os quais se inclui esse tal de “pastor” Marco Feliciano, é que são os verdadeiros xiitas e fanáticos, haja vista que se inspiram/inspiraram EM SI MESMOS, nas suas próprias convicções, orientações, “sabedoria”, fazendo a si mesmos como DEUS e se orientando pelas suas próprias BÍBLIAS, escritas e ditadas por suas próprias inspirações/convicções.

Essa “LEI DA PALMADA” só vem trazer mais FEDOR e PODRIDÃO para uma sociedade que já se encontra podre/morta em delitos e pecados.

Lamentável “lei da palmada”, Insana “lei da palmada”, maligna “lei da palmada”, etc...

Fabiano - Itapecerica da Serra/SP

Anônimo disse...

Julio não alivie para esse filhos da perdição não, madame satã, maria do Rosário até disse: o acordo com os evangélicos foi importantíssimo: “Com essa aprovação por unanimidade"

Esses filhos do cão não se importaram nem um pouco, foram todos unanimes, acharam que mudar uma regrinha ali e a colá iria fazer uma grande diferença, não fez nenhuma, agora olhem o que conseguiram

Ronie Peterson

Anônimo disse...

Eis o link falando dessa atrocidade

http://noticias.gospelmais.com.br/lei-palmada-aprovada-camara-alteracoes-28378.html

Ronie Peterson

marcia disse...

Quem ama educa!
Crianças sem limites saudáveis, serão o que na vida adulta?
discipline seu filho equanto pequeno ou a polícia o fará!
Gente criaremos pequenos monstros??????? com o aval dos corruptos??????

Anônimo disse...

Lista completa e formada pelos deputados que votaram nessa porcaria, usem e divulguem

dep.alessandromolon@camara.gov.br
dep.erikakokay@camara.gov.br
dep.luizcouto@camara.gov.br
dep.reginaldolopes@camara.gov.br
dep.fatimapelaes@camara.gov.br
dep.osmarterra@camara.gov.br
dep.teresasurita@camara.gov.br
dep.andreiazito@camara.gov.br
dep.eduardobarbosa@camara.gov.br
dep.jorginhomello@camara.gov.br
dep.alinecorrea@camara.gov.br
dep.cidaborghetti@camara.gov.br
dep.efraimfilho@camara.gov.br
dep.professoradorinhaseabrarezende@camara.gov.br
dep.paulofreire@camara.gov.br
dep.romario@camara.gov.br
dep.sandrarosado@camara.gov.br
dep.suelividigal@camara.gov.br
dep.carmenzanotto@camara.gov.br
dep.josuebengtson@camara.gov.br
dep.pastormarcofeliciano@camara.gov.br
dep.aliceportugal@camara.gov.br
dep.vitorpaulo@camara.gov.br
dep.rosinhadaadefal@camara.gov.br
dep.liliamsa@camara.gov.br
dep.emilianojose@camara.gov.br
dep.fatimabezerra@camara.gov.br
dep.marinasantanna@camara.gov.br
dep.iracemaportella@camara.gov.br
dep.rebeccagarcia@camara.gov.br
dep.domingosneto@camara.gov.br
dep.josestedile@camara.gov.br
dep.flaviamorais@camara.gov.br
dep.antonioroberto@camara.gov.br
dep.celiarocha@camara.gov.br

Chamelly Sobreira disse...

Julio, infelizmente estamos de mãos atadas, não podemos fazer nada. A lambança já foi feita.
Bancada evangélica, não, ela não existe.

Não adianta ligar, escrever emails, abaixo-assinados pra eles. Eu queria muito acreditar na integridade de quem ''defende'' os interesses cristãos lá no Congresso e no Senado , mas eu não consigo mais. Não tenho mais estômago pra isso. E olha que tenho só 21 anos.

Acho que tudo isso está acontecendo por um só motivo: se cumprir a Palavra do nosso Senhor.

Os jovens nas igrejas parecem que vivem em outro mundo. É só festa, encontros, cultos disso, cultos daquilo. Chega. Precisamos nos reunir para falar sim do que anda acontecendo no mundo, do que vai acontecer, da perseguição, dos PLCs que tramitam lá em Brasília. PARECE QUE AS IGREJAS E AS PESSOAS TEM MEDO DE GENTE CONHECIDA, IMPRENSA, POLÍCIA, DOS POLÍTICOS, DO PAPA, DO PASTOR, NÃO CONSEGUEM OPINAR SOBRE NADA. Temos que ter tremos e temor do que Deus pensa de nós, não do que os outros pensam de nós. Acho que por isso que a Bíblia fala que muitos crentes negarão a Jesus para não serem presos. Ô medinho satânico esse. Nessa parte eu concordo com os que estão no 'mundo': tem muitos cristãos alienados, medrosos, que não enxergam os males que os cercam.

Julio, será que eu estou ficando muito estranha ou esse nó no estômago tem alguma coerência?

Clodoaldo Brunet disse...

É lamentável que esse pessoal nos represente, pois, eles nem lêem a Bíblia. No Brasil ser evangélico infelizmente significa ser alienado e ignorante, principalmente das doutrinas do cristianismo. Nesse ponto lembro as palavras de Jesus: "Nem todo que me diz Senhor, Senhor entrará no reino do céu, mas, aquele que faz a vontade de meu Pai" Mt 7.21. Quando nos apartamos da pureza e simplicidade do evangelho de Cristo, não conseguimos outra coisa se não descermos a ladeira junto com a sociedade.

Filipe Augusto disse...

O que ninguem parece perceber é que isso NADA TEM A VER com "educar" crianças!!! ESQUEÇAM isto. É ENGODO, DESCULPA, DESVIO DE FOCO!!!

Pais mandados para "tratamentos psiquiátricos" GOVERNAMENTAIS, famílias "acompanhadas" por TUTORES GOVERNAMENTAIS é o que os PAISES COMUNISTAS USAM para "AMANSAR" seus cidadãos "menos conformados" com o REGIME TOTALITÁRIO vigente!!! E o que isto tem a ver com "educar crianças"?? NADA, absolutamente NADA!!!

Começa com proibir "castigos violentos", daqui a pouco será mandado para "orientação especializada" quem falar contra o homossexualismo, depois -e NÃO VAI DEMORAR MUITO- quem discordar da PEDOFILIA, e logo após, qualquer um que se ATREVER a DISCORDAR do GOVERNO será mandado para "centros de correção". Duvidam??? Alguém então não sabe dos planos para CENSURAR A IMPRENSA???

Alguém sabe quem foi Aleksandr Solzhenitsyn??? Pois agora quem é pai tem OBRIGAÇÃO de saber, ou então será melhor por um preço no seu filho, porque ao menos não vai entregá-lo de graça.

Será que ninguém viu como foi IMPLANTADO o que acontece em CUBA, na CHINA, na ex-URSS e em TODOS os PAISES COMUNISTAS???

Isso se chama "ENGENHARIA SOCIAL". O ASSASSINO CANALHA Mao Tsé Tung -que matou por ordem própria TRINTA MILHÕES DE PESSOAS- era um dos ESPECIALISTAS nisso. E o Brasil está caminhando para um REGIME TOTALITARIO MAIOÍSTA. Ou alguém aqui não sabe o que é isto??? E ficam preocupados com "uso da vara"??? É O DIREITO À LIBERDADE que está sendo aos poucos MUTILADO, tirado da população. Até a supressão TOTAL dele. NUNCA, NEM NA DITADURA MILITAR, o povo brasileiro esteve tão DOMINADO por um Governo. Se o Senado deixar passar esta lei ABSURDA então eles não serão mais precisos. Nem eles, nem o Pode Judiciario. Deixemos o País aos Ditadores, logo de uma vez.

Julio Severo disse...

Aqui estão os emails da liderança da Frente Parlamentar Evangélica:

elias.castilho@gmail.com, dep.joaocampos@camara.gov.br, damares.alves@camara.gov.br, agmarjunior@hotmail.com, marcos.villar@camara.gov.br, prwiltonacosta@hotmail.com, sonia.barbosa@camara.gov.br, capelaoparlamentar@gmail.com, dep.ronaldofonseca@camara.gov.br

Nice disse...

Irmãos, se temos percebido isso precisamos buscar mais orientação de Deus a respeito desses assuntos, e do que fazer como igreja e como familia mesmo.Precisamos estar em oração por isso, ee studando o que a palavra nos orienta. O cenario ficará cada vez mais desfavoravel aos cristaos no planalto até que o povo comece a apoia-los, sendo esse povo cristão ou não. Um parlamentar nao se sustenta só, a igreja precisa tomar consciencia de que é cidadã dos céus, mas está aqui na terra, estamos em um país com leis, governo... O Estado sempre teve a responsabilidade de ser a estancia superior que dá ordem, não podemos esperar que ele se curve diante de Deus. Mas as pessoas sim. Podemos esperar a conversão de pessoas, ou que Deus toque no coração do povo para que vá ás ruas lutar pelo que é certo, que vai muito alem do direito de bater no filho. Está na hora de acordar.