13 de dezembro de 2011

Mobilização de cristãos de todo o Brasil adia votação de projeto que criminaliza pais que disciplinam filhos

Mobilização de cristãos de todo o Brasil adia votação de projeto que criminaliza pais que disciplinam filhos

Contudo, a votação agora ocorrerá amanhã, dando-nos algum tempo para mais mobilização.

Comentário de Julio Severo: Com sua colaboração, o projeto de lei que o governo e seus aliados tinham como certo uma aprovação hoje foi adiado para amanhã. Portanto, continuemos a pressão.
O que você pode fazer
Telefone ou escreva agora mesmo ao deputado federal do seu estado. Consulte este link para ter o email e telefone: http://www2.camara.gov.br/deputados/pesquisa
Telefone imediatamente para a Frente Parlamentar Evangélica: (61) 3215-5315
A seguir, o texto da Agência de Notícias da Câmara dos Deputados:

Impasse com bancada evangélica adia votação da Lei da Palmada

A votação prevista para esta terça-feira da proposta (PL 7672/10, do Executivo) que proíbe o uso de castigos corporais em crianças e adolescentes foi adiada para amanhã (14), após divergências dos defensores do texto com a bancada evangélica. A matéria, que tramita em caráter conclusivo na comissão especial criada para analisar o assunto, seguirá direto para o Senado se for aprovada.
Parlamentares da bancada evangélica, no entanto, ameaçaram recorrer para que a proposta tivesse de ser votada também no Plenário da Câmara. Os deputados defendem a substituição, no projeto, da expressão “castigo corporal” por “agressão física”. O objetivo seria evitar a ideia de que a lei proibiria qualquer tipo de punição ou limites a meninos e meninas.
A relatora, deputada Teresa Surita (PMDB-RR), em novo substitutivo sobre a matéria, acatou a sugestão dos evangélicos, o que surpreendeu a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e os movimentos sociais que apoiam o texto original.
A reunião da comissão especial será realizada às 14h30, em Plenário a definir.
Divulgação: www.juliosevero.com
Artigos relacionados sobre disciplina física:
As Palmadas e a Ditadura dos “Direitos Humanos”

Um comentário :

Equipe eyeLegal - Rede Global de Direitos Civis disse...

Eles estão querendo aprovar essa matéria agora às pressas porque o ano que vem é ano eleitoral. Pretendem alguma manobra para fazer o mesmo com o PLC 122/2006, talvez ainda este ano.
Está na hora de mobilizar todo o Brasil, usando como trunfo a corrida eleitoral de 2012, porque ela será a base da sucessão presidencial em 2014.
Fazendo novos prefeitos e vereadores pró-vida e pró-família comprometidos com a derrota do aborto e do homossexualismo, a sociedade brasileira deverá instalar vigorosos fóruns para censurar publicamente a TV Globo, denunciar a propaganda homossexual do governo, ordenar ao Judiciário o fim da família gay e promover o impeachment de Dilma Rousseff.
O Brasil está destinado a resistir e a repreender o mal. Nossa sociedade não pode permitir a instalação de um estado totalitário com o controle de nossas famílias.
Este é o momento apropriado de um gigantesco levante social pela preservação dos valores mais importantes da nossa sociedade, independentemente de qual seja a sua religião. O governo só engana aos petistas e aos Lulistas.
Quando Jesus disse “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, isso para nós também significa - conhecereis a mentira e não serás escravizado por ela:
“Vejam, eu enviarei a vocês o profeta Elias antes do grande e temível dia do SENHOR. Ele fará com que os corações dos pais se voltem para seus filhos, e os corações dos filhos para seus pais; do contrário, eu virei e castigarei a terra com maldição.” (Malaquias 4.5,6)