17 de novembro de 2011

Globo omite homossexualidade e nome de “ex-conselheiro tutelar” estuprador de adolescentes

Globo omite homossexualidade e nome de “ex-conselheiro tutelar” estuprador de adolescentes

Comentário de Julio Severo
A Globo tem o hábito incorrigível de relatar crimes homossexuais citando nomes e escondendo a homossexualidade do autor dos crimes. Dessa vez, o ocultamento foi muito maior: O G1 não citou nem o nome nem a óbvia homossexualidade do estuprador de adolescentes que a Globo se limitou a chamar de “ex-conselheiro tutelar”.

Estuprador de adolescentes: homossexualidade e nome protegidos pela mídia esquerdista
Afinal, o que a Globo quer esconder? Quer ocultar o fato de que a agência estatal de intromissão nas famílias é passível de abrigar maus elementos, que “corrigem” os problemas das famílias impondo abusos estatais e até sexuais em crianças e adolescentes?
Os conselhos tutelares são uma grande ameaça, pois representam diretamente a interferência e arbitrariedade do Estado em milhares de famílias que não se enquadram em situação criminal. Basta uma denúncia anônima — bem ao estilo ditatorial comunista e nazista —, e o conselho tutelar intervém em famílias cristãs que educam os filhos em casa, ou disciplinam os filhos fisicamente, ou não vacinam os filhos com vacinas com DNA de bebês abortados ou com o veneno do mercúrio.
A notícia abaixo, com toda a sua omissão para proteger a reputação do homossexualismo e dos conselhos tutelares, é de autoria do G1 da Globo.

Ex-conselheiro tutelar é suspeito de aplicar golpe ‘Boa Noite Cinderela”

Ele foi preso após denúncia de um jovem de 18 anos, em Pato Branco (PR). Após a prisão, dois adolescentes o denunciaram pelo mesmo crime.
Está preso desde o início do mês de novembro em Pato Branco, Sudoeste do Paraná, um ex-conselheiro tutelar suspeito de aplicar o golpe chamado “Boa Noite Cinderela” em jovens da região. Ele foi preso após denúncia de um jovem de 18 anos, que relatou à polícia ter ingerido refrigerante com medicamentos no carro do suspeito e ter dormido logo em seguida.
O jovem afirmou que aceitou a carona do suspeito em uma boate, e que só voltou à consciência na manhã seguinte, quando foi deixado a uma quadra de casa. Ele não se recorda de nada que aconteceu durante o período em que esteve medicado. De acordo com a delegada Franciele Biava, que investiga o caso, 10 horas depois do fato o jovem ainda se encontrava sob efeito dos remédios.
“Ele não tinha condições sequer de conversar”, disse Biava, que contou que um laudo de lesões corporais comprovou que a vítima apresentava sinais de mordida nas costas. O resultado de outro exame para apurar se houve violência sexual é aguardado pela investigação.
Após a prisão do suspeito, dois adolescentes de 17 anos procuraram a polícia para denunciar o mesmo suspeito, pelo mesmo crime.
Boa Noite Cinderela
O golpe costuma ser aplicado em boates e bares, quando as vítimas se descuidam do seu copo, ou aceitam bebidas de estranhos. Normalmente são misturados ao líquido diversos tipos de medicação, com objetivo de sedar o alvo. De acordo com o neurologista Frederico Rodrigues, o tipo de remédio varia.
“Tem aquelas que são utilizadas até para anestesia, ou seja, o paciente desmaia, perde a consciência total, e existem outras drogas que são chamadas hipnóticas, em que o paciente não perde a consciência no sentido de desmaiar, mas perde a noção do que está fazendo, não consegue ter uma memória daquele período que se passa sob efeito da medicação”, explicou.
Divulgação: www.juliosevero.com

5 comentários :

ROBERVAL disse...

Se um homossexual fosse agredido, com toda certeza a Globo não perderia tempo: iria bombardear impiedosamente os cristãos (chamando-os de homofóbicos e outros adjetivos nada agradáveis), culpando-os pela agressão a um ser "indefeso".

Mas quando um homossexual comete qualquer crime (inclusive o abuso sexual que foi mencionado neste artigo), é como se nada tivesse acontecido. Em outras palavras: a Globo vê isso como a coisa mais natural do mundo. Para uma emissora que é declaradamente pró-homossexualismo, não poderia ser diferente (ainda mais tendo o governo como cúmplice).

Apesar da Globo ser a principal aliada do governo e dos homossexuais, ninguém pense que as outras emissoras são algum modelo de santidade (ou merecedoras da nossa confiança). Um bom exemplo disso é a Record. E quem é o homem forte da Record? Ninguém mais ninguém menos do que Edir Macedo, o poderoso chefão pró-aborto da Igreja Universal (cá entre nós: até hoje, a compra da Record pela Universal é uma história que, a meu ver, ainda está está muito mal contada). A programação da Record (e também do SBT, da Band, e de outras emissoras) é a mesmíssima da Globo: não muda rigorosamente nada!

Graças a Deus que este blog do nosso amado irmão Júlio Severo tem sido um canal abençoado para informar a todos o que a mídia corrupta NUNCA mostra!

Júlio, continue sendo esse corajoso porta-voz do Senhor Jesus que não se cala diante do pecado! E que Ele continue abençoando a você e a sua família. No que depender de mim, você tem todo meu apoio (e também o apoio dos irmãos da igreja onde eu congrego).

Fique na paz do Senhor,

Roberval (Igreja Batista Nova Jerusalém)

Anônimo disse...

Como disse em um comentário passado Julio, o SBT e aqueles jornalistas de meia tigela,raquel sherezade e Joseval peixoto, quando na reportagem passou um homossexual, um travesti que junto com o amante fizeram 17 assaltos na capital eles se calaram não falaram um "A" o SBT do fariseu Silvio santos já foi motivo de polemica quando na novela fabula
"amor e revolução" permitiram o primeiro beijo lésbico da televisão brasileira.

a subserviência das emissoras já não é novidade, a rede globo é uma verdadeira filial de satanás na terra, deveria se chamar "Global devil" isso sim, a record tem seu líder como o amigo acima citou o porco e pró aborto edic macedo, um energúmeno que se diz Cristão e apoia a maior campanha de morte da historia da humanidade, faz o holocausto parecer fichinha.

lamentável não existe emissora decente, alias se existi-se decência não existiria emissoras

Ronie Peterson

Paulo disse...

É prática normal dessa mídia podre e comprometida com a apologia ao homossexualismo.

Meses atrás um travesti foi morto em São Paulo. Segundo o irmão da vítima, o homossexual foi morto a tiros por um cliente, depois que não teve troco para dar pelo valor pago pelo programa.

Nesse trágico episódio, se o irmão do travesti não tivesse dado a declaração sobre o motivo da morte, certamente seria um prato cheio para a imprensa e ativistas gays que explorariam o caso, por longos dias, a fim de tentarem pressionar a opinião pública e aumentar a estatística do número de gays mortos pela tal 'homofobia'.

Outro caso absurdo foi a atitude dessa mídia nitidamente pró-gay que praticamente abafou uma tragédia ocorrida em Manaus quando um gay matou sua família por esta discordar de seu estado sexual.

O comprometimento com a agenda gay é nítido.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Essas 3 primeiras opiniões (do Roberval, do Ronie e do Paulo) foram perfeitas. Eles, de certa forma, disseram tudo a respeito da sujeira das nossas emissoras de televisão.

Aproveito a oportunidade de que disponho para fazer alguns comentários sobre essas mesmas opiniões.

O primeiro a se manifestar foi o Roberval. E ele disse precisamente isto:

"Apesar da Globo ser a principal aliada do governo e dos homossexuais, ninguém pense que as outras emissoras são algum modelo de santidade (ou merecedoras da nossa confiança). Um bom exemplo disso é a Record. E quem é o homem forte da Record? Ninguém mais ninguém menos do que Edir Macedo, o poderoso chefão pró-aborto da Igreja Universal..."

Realmente, Roberval, você está certíssimo. A Globo é, declaradamente, a emissora oficial dos homossexuais (e também deste governo corrupto de Dilma e seus aliados). Só que, como você bem colocou, isso não significa que as outras emissoras sejam algum modelo de santidade.

E o exemplo que você citou da Record foi perfeito. Certa vez, eu soube que Edir Macedo disse (numa entrevista) que o objetivo da Record era combater o lixo da Globo. Em outras palavras: a Record, por ter sido fundada por um representante de Deus (segundo palavras do próprio Edir Macedo), teria a finalidade de se opor à programação satânica da Globo (Edir Macedo disse, certa vez, que a Globo é a TV do diabo). Neste ponto, até que ele tem uma certa razão.

A pergunta que eu faria a Edir Macedo seria a seguinte: "Como alguém que se diz cristão (como o senhor) dá apoio a uma monstruosidade (não vejo outra palavra mais adequada do que esta) que é o aborto?"

Talvez ele, que se diz cristão, não esteja lembrado desta advertência de Jesus:

"Nem todo aquele que diz: 'Senhor! Senhor!' entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade de Meu Pai que está nos Céus. Muitos dirão naquele dia: 'Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome?' Porém, Eu vos direi: 'Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade'" (Mateus 7:21–23)

Eu perguntaria a Edir Macedo: será que o aborto não é uma iniqüidade aos olhos de Deus?

O Ronie também disse uma coisa muito certa:

"...lamentável, não existe emissora decente, aliás, se existisse decência, não existiria emissoras."

Ronie, você está coberto de razão. O problema é justamente este: não existe decência, ou melhor, não existe imparcialidade. Todas as emissoras de televisão do Brasil (tanto a Globo quanto as demais que foram citadas aqui) quase sempre estão a serviço dos interesses de certos grupos (no caso, o governo e os homossexuais). E é justamente por falar a verdade (que a mídia podre insiste em ocultar) que o nosso amado irmão Júlio Severo está sendo injustamente perseguido!

O Paulo também disse o que pensa:

"O comprometimento com a agenda gay é nítido"

Paulo, o que você falou é a mais pura verdade. A agenda gay possui uma grande aliada (que é a mídia), além do apoio do governo. Nós, cristãos, infelizmente não dispomos de nenhum órgão oficial de comunicação a nosso favor. No momento, o único veículo informativo que temos é este blog do irmão Júlio Severo (que ele mantém com grande sacrifício).

De uma coisa eu tenho certeza: a cada dia que passa, a volta de Jesus está ficando cada vez mais próxima. O cerco está se fechando, e fatalmente vai chegar o dia em que muitos que se dizem cristãos serão postos à prova para saber quem realmente é cristão de verdade (e não só de boca)! E quantos estarão preparados para este dia?

Para finalizar minha mensagem, deixo este versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

silvio disse...

Duas apologias que a Rede Globo faz cotidianamente, principalmente nos seus jornais e novelas: aborto e homossexualismo.

Tenho a consciência tranquila em poder dizer que eu não assisto TV - primeiro porque não sou nenhum imbecil, segundo porque não compactuo com essa delinquência.

(nem Globo, nem SBT, nem Record, nem Bandeirantes... tudo uma merda só).