28 de outubro de 2011

Universidade católica é anfitriã de simpósio de defesa ao direito à “homoafetividade”

Universidade católica é anfitriã de simpósio de defesa ao direito à “homoafetividade”

27 de outubro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Uma universidade católica localizada no Brasil recentemente foi anfitriã de um simpósio sobre “direito homoafetivo” que deu aos promotores da agenda homossexual uma plataforma para promover sua ideologia.
O simpósio provocou indignação entre católicos fiéis, que protestaram contra o evento numa carta assinada que foi entregue pessoalmente horas antes do evento para o superior eclesiástico local, o arcebispo Fernando Saburido, que teria respondido que era tarde demais para cancelá-lo.
De acordo com o site gayzista MixBrasil, o simpósio incluiu como palestrantes o Pe. Luís Correa Lima, fundador do grupo “Diversidade Católica”, que publicamente busca normalizar e legitimar o estilo de vida homossexual e a “identidade gay”. Um dos mais importantes palestrantes foi Jean Wyllys, deputado federal e radical militante gay.
Outros palestrantes incluíram o Dr. Clicerio Bezerra, o juiz que realizou o primeiro “casamento” homossexual no estado de Pernambuco, Manoela Alves e Rhemo Guedes, presidente e advogado, respectivamente, do “Movimento Gay Leões do Norte” e várias autoridades públicas envolvidas na implementação de políticas governamentais gayzistas.
Os debates de mesa incluíram “Vulnerabilidade Social LGBT em foco e Criminalização da Homofobia”, “A Laicidade do Estado e o Direito à Livre Orientação afetivo-sexual”, “Políticas públicas e o enfrentamento da homofobia” e “O reconhecimento da união homoafetiva como entidade familiar no Direito brasileiro”.
O evento ocorreu na Arquidiocese de Olinda e Recife, que outrora ficou famosa pela liderança pró-vida do Arcebispo José Cardoso Sobrinho, que foi aposentado em 2009.
Os leigos católicos da arquidiocese teriam entregado pessoalmente uma carta ao novo arcebispo, Fernando Saburido, suplicando “que a universidade católica impedisse a realização de tal simpósio, pois fere e ataca nossa fé e desobedece às ordens de Jesus Cristo na pessoa de São Paulo, do próprio Papa Bento 16… suplicamos-lhe que não permita essa blasfêmia numa instituição católica!”
De acordo com Jorge Ferraz do blog Deus Lo Vult e residente da mesma arquidiocese, o arcebispo “recebeu atenciosamente a comitiva; mas deu a entender que, a esta altura (o simpósio se iniciaria à tarde), nada podia fazer para impedir o evento”.
Informações de contato:
Arcebispo Fernando Saburido
Rua Bispo Coutinho, s/n – Alto da Sé
53120-130 Olinda – PE
Tel.:  (55) (81) 3493-1201
E-mail: aor@hotlink.com.br
Artigos sobre o atual arcebispo de Olinda e Recife:
Artigos sobre o arcebispo anterior de Olinda e Recife:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
Artigos relacionados no Blog Julio Severo:

6 comentários :

Solange Frota disse...

E agoara José? Cabe resposta! Aguardaremos...

Anônimo disse...

Homem (homossexual)autuado após abusar sexualmente de um idoso de 65 anos. VAMOS DIVULGAR ESTE ESTUPRO HOMOSSEXUAL JULIO.


Um caso inusitado foi registrado no plantão da Delegacia de Prazeres, na noite de anteontem. Alexandre França de Lima, de 33 anos, foi preso em flagrante suspeito de estupro. De acordo com a polícia, Flor, como gosta de ser chamado, abusou sexualmente de um aposentado, de 65 anos. O caso aconteceu na rua Vila Palmares, na Muribeca, Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (RMR). Segundo informações de vizinhos, a vítima estava embriagada e foi levada para dentro de casa pelo suspeito. O aposentado reagiu e ficou ferido no braço mesmo assim, Alexandre praticou sexo oral no idoso. Crianças e adolescentes presenciaram o ato sexual e um vídeo foi parar nas mãos da polícia, que foi acionada por uma vizinha.

Ainda de acordo com testemunhas, o vídeo foi feito por um adolescente que estava na hora. O idoso estava bebendo em um terreno em frente à casa onde mora. “Eu tomei umas e outras e ele me levou para dentro de casa. Começou a me beijar e tirou minha roupa. Eu empurrei ele e acabei ferindo meu braço”, contou ainda com sintomas de embriaguez, a vítima. “Ele estava completamente bêbado e foi levado nos braços e colocado no sofá. Tinha muitas crianças e uma delas filmou tudo. Isso é uma barbaridade. Os vizinhos estão revoltados. Se a polícia não chegasse, ele (suspeito) iria ser linchado” desabafou uma vizinha que preferiu não ser identificada.

Na delegacia o suspeito assumiu o ato e disse que estava arrependido do que fez. “Eu estava bêbado e ele também. Dei uns beijos e fiz sexo oral nele. Me chamo Alexandre, mas prefiro ser chamado de Flor. A pessoa bêbada faz cada coisa. Ele me deu uns tapas. Estou muito arrependido. Sou trabalhador, ajudante de eletricista e pedreiro”, defendeu-se o suspeito. Alexandre França de Lima, Flor. Ele prestou esclarecimentos ao delegado de plantão, em seguida foi encaminhado ao Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima.

carloshenrique disse...

Julio Severo eia essa notícia do Jornal Esquerdista pró-homossexual e pró destruição da família, com possessão demoníaca, chamado Diário da Região:

Oscarzinho recua e arquiva projeto em favor da Família que eliminaria lei de privilégios a homossexuais.
Alexandre Gama


Thomaz Vita Neto
[Clique para ampliar.]
Oscarzinho queria revogar lei de 2002 que pune atos de discriminação
Com medo de mais desgaste para sua imagem, o presidente da Câmara, Oscarzinho Pimentel (PSL), retirou de tramitação e arquivou projeto de sua autoria que pretendia revogar a lei que pune atos de discriminação a homossexuais. A proposta de Oscarzinho tramitava desde junho deste ano e foi arquivada no último dia 10 sem qualquer justificativa oficial.

“Ele ficou com medo do movimento que estávamos armando para ir na Câmara”, disse uma das representantes da causa gay em Rio Preto Abigail Rossellini. “Além do movimento, já tínhamos advogado para acionar o Oscarzinho por homofobia”, completou.

A lei anti-homofóbica de Rio Preto foi aprovada em 2002 e é de autoria do ex-vereador Márcio Ladeia (PT). O texto prevê punição com multa e cassação de alvará para pessoas ou estabelecimentos comerciais que de alguma forma manifeste preconceito contra casais homossexuais. A interpretação da lei prevê inclusive que pregações religiosas contra o homossexualismo podem ser enquadradas e líderes religiosos podem ser punidos.

Oscarzinho é evangélico e membro da igreja Missão e Fé. Em Brasília, onde tramita lei anti-homofóbica com conteúdo similar à de Rio Preto, pastores e bispos evangélicos e católicos se uniram para pressionar o Congresso a votar contra a medida. A alegação é que a lei pode dificultar e até punir pregações contra o homossexualismo, o que, para religiões, atenta contra o que diz a Bíblia.

Guilherme Baffi
[Clique para ampliar.]
Abigail Rossellini disse que ia processar Oscarzinho por homofobia


Envolvido numa série de escândalos recentes, motivados pela votação de projetos impopulares, Oscarzinho evita ser alvo de novo movimento com o arquivamento da proposta. “Repercutiu muito no meio gay a proposta do Oscarzinho. Íamos à Câmara protestar”, disse Rossellini. Por conta do pacote dos horrores, que aprovou o projeto dos 230 apadrinhados, surgiu movimento de estudantes, entidades, sindicatos e partidos que agora faz pressão e protesta contra Oscarzinho e vereadores em todas as sessões.

Fonte: http://www.diarioweb.com.br/novoportal/Noticias/Politica/82830,,Oscarzinho+recua+e+arquiva+projeto+contra+homossexuais.aspx

Observação: o Título da Notícia foi eu que mudei. Só posso lamentar pelo fato do Oscarzinho não ter tido a coragem de continuar com o projeto e enfrentar essa corja de tiranos e ditadores homossexuais, e enfrentar essa corja de tiranos e ditaddores chamado Diário da Região.

paulo silveira disse...

link para protestos contra cristianofobia em paris, peça de teatro blasfema;

http://www.lefigaro.fr/flash-actu/2011/10/29/97001-20111029FILWWW00475-manifestation-contre-la-christianophobie.php

Anônimo disse...

Também ocorreu, nessa mesma Universidade Católica, uma parada gay no início do ano. Os diretórios acadêmicos fazem total apologia ao gayzismo e a reitoria nem sequer esboça uma reação. Um professor fez uma piada sobre a referida parada e pelo o que soube foi ameaçado de processo.

Anônimo disse...

ESTA NOTÍCIA MERECE UM POST PARA MOSTRAR A SOCIEDADE O MODO DE VIDA DOS HOMOSSEXUAIS E O RESPEITO PELOS IDOSOS. A NOTÍCIA ESTÁ NA FOLHAPE. COLOCAR UM POST COM UM TÍTULO BEM INFORMATIVO.

Homem (homossexual)autuado após abusar sexualmente de um idoso de 65 anos. VAMOS DIVULGAR ESTE ESTUPRO HOMOSSEXUAL JULIO.


Um caso inusitado foi registrado no plantão da Delegacia de Prazeres, na noite de anteontem. Alexandre França de Lima, de 33 anos, foi preso em flagrante suspeito de estupro. De acordo com a polícia, Flor, como gosta de ser chamado, abusou sexualmente de um aposentado, de 65 anos. O caso aconteceu na rua Vila Palmares, na Muribeca, Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (RMR). Segundo informações de vizinhos, a vítima estava embriagada e foi levada para dentro de casa pelo suspeito. O aposentado reagiu e ficou ferido no braço mesmo assim, Alexandre praticou sexo oral no idoso. Crianças e adolescentes presenciaram o ato sexual e um vídeo foi parar nas mãos da polícia, que foi acionada por uma vizinha.

Ainda de acordo com testemunhas, o vídeo foi feito por um adolescente que estava na hora. O idoso estava bebendo em um terreno em frente à casa onde mora. “Eu tomei umas e outras e ele me levou para dentro de casa. Começou a me beijar e tirou minha roupa. Eu empurrei ele e acabei ferindo meu braço”, contou ainda com sintomas de embriaguez, a vítima. “Ele estava completamente bêbado e foi levado nos braços e colocado no sofá. Tinha muitas crianças e uma delas filmou tudo. Isso é uma barbaridade. Os vizinhos estão revoltados. Se a polícia não chegasse, ele (suspeito) iria ser linchado” desabafou uma vizinha que preferiu não ser identificada.

Na delegacia o suspeito assumiu o ato e disse que estava arrependido do que fez. “Eu estava bêbado e ele também. Dei uns beijos e fiz sexo oral nele. Me chamo Alexandre, mas prefiro ser chamado de Flor. A pessoa bêbada faz cada coisa. Ele me deu uns tapas. Estou muito arrependido. Sou trabalhador, ajudante de eletricista e pedreiro”, defendeu-se o suspeito. Alexandre França de Lima, Flor. Ele prestou esclarecimentos ao delegado de plantão, em seguida foi encaminhado ao Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima.