19 de outubro de 2011

Professora é investigada por criticar homossexualidade no Facebook

Professora é investigada por criticar homossexualidade no Facebook

UNION TOWNSHIP, Nova Jérsei, EUA, 17 de outubro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Autoridades escolares de Nova Jérsei estão investigando alegações de que uma professora criticou a homossexualidade em sua página pessoal de Facebook. Viki Knox, professora de educação especial, havia postado queixas sobre uma exibição na Escola Secundária União que reconhecia outubro como o mês da História Lésbica, Gay, Bissexual e Transgênero.
Página de Facebook de Viki Knox
De acordo com o jornal Star-Ledger, Knox postou a exibição, que incluía fotos dos ídolos homossexuais Virginia Woolf, Harvey Milk e Neil Patrick Harris, e comentou: “Estou a ponto de ter um ataque!”
Knox, que é assessora escolar para o grupo de oração estudantil da escola secundária, A Comunidade dos que Buscam, disse que embora tivesse amigos e amados que eram homossexuais, ela cria que o estilo de vida deles era “contra a natureza e o caráter de Deus” e que a escola secundária “não era o ambiente para se promover, incentivar, apoiar e fomentar a homossexualidade”.
Knox também teria dito que “a homossexualidade é um espírito de perversão que existe desde o início da criação” e que é um “pecado” que “se prolifera como câncer”. A página de Facebook dela foi removida dos olhos do público.
A Secretaria de Educação Pública da União disse que está “levando o assunto muito a sério”.
“Adotaremos todas as medidas cabíveis”, disse Patrick Martin, diretor da escola, de acordo com o jornal [esquerdista] New York Times.
Os ativistas homossexuais vincularam os comentários de Knox à lei anti-bullying de Nova Jérsei. Essa lei foi adotada depois que um estudante universitário, Tyler Clementi, se matou depois de ficar sabendo que havia sido filmado, ao vivo pela internet, beijando outro homem.
“A obrigação dos professores é serem modelos exemplares para nossas crianças, não provocadores de ódio”, disse Steven Goldstein, que é diretor do grupo de ativistas gayzistas Garden State Equality. “Não vejo como essa professora tinha condições de ser eficiente na implementação da nova lei anti-bullying do estado, feita precisamente para ensinar as crianças que o bullying, inclusive o bullying pela internet, é inaceitável”.
O grupo de Goldstein está exigindo a demissão de Knox por causa das opiniões dela.
A [organização esquerdista] União das Liberdades Civis Americanas (ULCA) de Nova Jérsei defendeu o direito de Primeira Emenda de Knox de fazer os comentários, mas também disse que a secretaria de educação deveria investigar se Knox está cumprindo suas responsabilidades de emprego de acordo com as normas da escola.
O pastor da igreja de Knox saiu em defesa da professora. “Ninguém está apontando a homossexualidade como o pecado supremo. Todos pecamos”, disse o Rev. Milton B. Hobbs, pastor da Comunidade Nova Aliança em Clark, N.J., de acordo com o jornal Washington Post. “Não significa que as pessoas que são gays pecam mais ou menos do que as outras pessoas. Mas dizer que a Bíblia não diz que é pecado seria mentira. A Bíblia diz que é”.
“Qualquer cristão que assumir uma postura que é impopular pode esperar ser perseguido. Isso também está na Bíblia”, disse Hobbs. “Mas nenhum americano deveria esperar sofrer ações legais por exercer o direito de livre expressão. Até que ponto isso vai continuar?”
Artigo relacionado:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
Artigos no Blog Julio Severo:

3 comentários :

ELISEU disse...

O que esses homossexuais estão pensando? Pensam que conseguirão calar a voz dos servos de Deus? Pensam que vamos nos curvar diante das exigências deles? NUNCA!

Nós (eu, o irmão Júlio Severo e os demais cristãos) NUNCA nos renderemos aos ataques dos homossexuais. Sempre continuaremos a denunciar e combater o pecado do homossexualismo (os homossexuais gostando ou não)! Obedecemos ao que diz a Palavra de Deus:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus virá um dia para julgar a todos (inclusive os homossexuais). Ele mesmo garantiu:

"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16).

Se eu tiver que ser preso ou morrer pela verdade da Palavra de Deus, eu aceito com muito prazer a prisão ou a morte (até porque eu confio no Deus em quem eu creio). Eu adoto comigo o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Não tenho nenhum medo de ser preso ou de morrer, porque o Senhor Jesus, na Sua Palavra, garantiu aos Seus servos: "Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10)

Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Mas, como quase sempre acontece na maioria das vezes, eles não me deram ouvidos. Muitos chegaram a rir da minha cara, me chamaram de homofóbico (e de outros nomes feios que eu nem vou citar aqui, por questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.

Só sei de uma coisa: estou com a minha consciência tranqüila. Cumpri a minha obrigação. Se os homossexuais não quiserem se arrepender, é problema deles. No dia do juízo final, eu quero ver se algum deles vai ter coragem de dizer a Jesus as mesmas coisas que me disseram! Aí vamos ver quem é realmente corajoso para encarar Jesus face a face!

Se os homossexuais e seus comparsas quiserem ver para crer, depois não vai ter desculpa de falta de aviso!

Anônimo disse...

Irmão Júlio, Deus que te proteja!!

Amigo Elizeu, os homessexuais(detesto ter que escrever essa palavra) não estão só pensando... eles estão - pelo menos por enquanto - nos vencendo, pela nossa omissão. Quer uma prova concreta disso? O que estão fazendo com nosso irmão Júlio Severo!!! Que justiça é essa do Brasil(?) que quer prender um homem de bem(Júlio Severo), um homem que defende a Palavra de Deus, só pelo fato de ser contrário a "um ato anormal"? Qual a lei(nº e data) que proíbe alguém de ser contrário ao homossexualismo? Como se pode ser processado, preso e "enquadrado em lei nenhuma"...? Só mesmo em "nossa republiqueta". E nenhum promotor público e nem nenhum advogado, se "levanta" para defender nosso amigo Júlio. Antes de conhecer o problema de nosso amigo Julio Severo, o MPE e o MPF, eram as únicas instituições brasileiras que eu ainda acdreditava. Mas agora eu não acredito em nenhuma!!
Eu também acredito em Deus e em seu filho Jesus! Mas Ele mesmo disse: "faça a sua parte, que Eu te ajudarei". E nós(a sociedade brasileira) não estamos fazendo nada, absolutamente nada!! Para combater a agenda gay. Só sebemos reclamar "aqui", enquanto os gays em suas "paradas" fazem o que bem querem, esculhambam ta pior forma possível a religiosidade de todos, e ninguém faz nada! Vá um casal hetero fazer o que gays fazem nas ruas em suas "paradas"...!
Não adianta falar o nome de Deus e da Bíblia para gays. Eles não acreditam em Deus!! E muito menos na Bíblia! Porque? Porque Deus condena o ato que eles praticam. Se na Bíblia disesse que o homossexualismo é bom, é normal, e que era a 10ª maravilha do mundo, ninguém falaria mal da Bíblia perto de gays, porque eles iriam defender a Bíblia com "unhas e detes".
Depois que conheci o problema do nosso irmão Jílio, passei sentir vergonha de ser brasileiro! É sério! Não tem uma Instituição nesse país que seja séria, impercial, que haja com lisura. Como disse o presidente frânces Chrales de Goulle, há mais de 60 anos atrás: "o Brasil não é um país sério". E pelo andar da "carroagem", sendo governado por "quem" estar sendo, nunca vai ser!!!

Do amigo baiano,
Lúcio

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Eu concordo plenamente com a colocação do Lúcio. E eu ainda diria mais: não é de agora que o nosso amado irmão Júlio Severo vem, através deste abençoado blog, alertando a todos sobre os perigos e as ameaças do movimento homossexual. Só que, infelizmente, parece que a ficha ainda não caiu para muitos cristãos, ou melhor, parece que muitos ainda não se conscientizaram da real gravidade da situação.

Eu mesmo já senti na minha própria pele o ódio que os homossexuais têm dos cristãos. Recentemente, passei a receber, pelo meu telefone, ameaças de morte de alguns ativistas homossexuais. Isso simplesmente por eu ter falado que o homossexualismo é pecado durante uma pregação na igreja onde eu congrego. Sem contar um grande número de e–mails cheios de insultos, dizeres obscenos e outras coisas horríveis.

Como se não bastasse a censura na mídia em geral (inclusive na Internet) às opiniões dos cristãos e das pessoas que são contra o homossexualismo, agora vem aí mais outra jogada do governo (é bom estarmos atentos): já se fala, no meio político, em fazer a revisão da nossa Constituição! Não duvido de que tem muito político pró–homossexualismo bastante interessado nisso!

E tem mais: já se fala que poderá haver uma nova Assembléia Nacional Constituinte em 2014. Em outras palavras: essa revisão constitucional poderá ser feita em ano de Copa do Mundo! Com certeza isso é uma estratégia já preparada para pegar todo mundo de surpresa. Nada mais óbvio: enquanto todos estão distraídos com os jogos da Seleção Brasileira, os políticos pró–homossexualismo aproveitam e fazem uma Constituição totalmente a favor dos homossexuais! E aí ninguém poderá protestar depois!

Eu pergunto: o que os políticos da bancada evangélica do Congresso Nacional têm realmente feito a favor do povo de Deus? Será que eles estão cegos, surdos e mudos em relação às manobras dos homossexuais (e de seus comparsas)? Ou estão sendo cúmplices disso?

Será que, depois deste alerta, muitos cristãos ainda vão continuar dormindo? Será que muitos só vão despertar quando não tiver mais jeito? Pecar por omissão, quando se deveria protestar, transforma homens de bem em covardes. É como disse o apóstolo Tiago:

"Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado" (Tiago 4:17)

Em outras palavras: aquele que sabe que deve combater com firmeza o pecado, mas não toma uma atitude (ou seja, se omite, fica com medo de ser perseguido, preso, ou de perder suas mordomias), é cúmplice do pecado, ou melhor, é tão ou mais culpado quanto o próprio pecador (e também é culpado diante de Deus)!

Eu diria mais: pior do que ser um cristão fraco (sem forças) é ser covarde (desistir de lutar). Se um cristão luta por um ideal que acredita, ele tem que ir até o fim (não importam as adversidades que irá enfrentar). É como diz a Bíblia:

"O justo viverá pela sua fé, e, se ele retroceder, a minha alma não se alegra nele. Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a condenação, mas dos que acreditam para a preservação da alma" (Hebreus 10:38–39).

Igreja brasileira, está na hora de acordar! Pastores, líderes, pregadores, está na hora de sair do seu comodismo e ir à luta! Não podemos mais ficar de braços cruzados, esperando somente a boa vontade dos políticos da bancada evangélica! Ninguém pense que a resposta virá do Céu se cada um não fizer a sua parte! É hora de nos mobilizarmos e agirmos já!

Se não tomarmos uma atitude agora (e não protestarmos de maneira firme e forte contra as manobras dos homossexuais e de seus comparsas), amanhã poderá ser tarde demais! Depois, ninguém vai poder dizer que houve falta de aviso!

Que estas palavras sirvam de alerta para muitos cristãos que ainda estão acomodados!

"PARA QUE O MAL VENÇA, BASTA QUE OS HOMENS DE BEM NÃO FAÇAM NADA"