23 de outubro de 2011

O céu está caindo, e os ursos polares estão… ficando menores

O céu está caindo, e os ursos polares estão… ficando menores

18 de outubro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Todos adoram os ursos polares, não é mesmo? É por isso que eles são as mascotes prediletas dos anúncios anuais de “Natal” da Coca-Cola — anúncios que não fazem nenhuma referência ao Natal. É por isso também eles são o símbolo oficial dos adeptos do aquecimento global — mais tarde re-apelidados de adeptos da “mudança climática” devido ao fato cada mais vez evidente de que a Terra não está de forma alguma se aquecendo.
Essa gente que crê na mudança climática, que talvez não por coincidência são os mesmos indivíduos que querem urgentemente matar seu filho em gestação e fazer sua família ficar sob a contracepção até à extinção, há anos vem usando os ursos polares em suas campanhas para assustar as pessoas. Um de seus temas centrais favoritos é um urso polar agarrado a um pedaço de gelo flutuante, enquanto as geleiras ao redor dele estão se derretendo. Os ursos polares podem nadar dezenas de quilômetros por dia nas frias águas do Ártico e adoram descansar em blocos de gelo flutuantes, mas tais detalhes nunca parecem aparecer nas reportagens.
Ainda mais problemático para os adeptos do aquecimento global — isto é, da mudança climática —, é o fato desconfortável de que sua mascote parece não estar desaparecendo de acordo com o cronograma que fizeram. Como consequência, o urso polar está parecendo cada vez mais inaproveitável como símbolo do alarmismo da “mudança climática”.
Mas no momento exato em que pensávamos que o urso polar estava condenado a uma aposentadoria prematura, os profissionais da histeria têm uma nova crise sobre a qual mostrar seus exageros. O urso polar pode não estar desaparecendo, mas eles estão… ficando menores.
Isso mesmo. Diminuindo de tamanho. Eles não são tão grandes quanto costumavam ser. Os jornalistas não estão especificando em que medida os ursos polares estão menores, mas pode ter certeza de que a grande imprensa nunca faria divulgação do assunto se não fosse sério.
Não são só os ursos polares que estão diminuindo de tamanho, mas algumas outras espécies também. Além disso, essa diminuição de tamanho tem a ver com as temperaturas globais mais elevadas, de acordo com um grupo de cientistas que estão ocupados fazendo propaganda de seu estudo recentemente publicado sobre o tamanho das espécies na revista “Nature Climate Change” (Mudança Climática na Natureza).
“Isso poderia ter um impacto negativo tanto nas plantações agrícolas quanto nas fontes proteínicas como peixes, que são importantes para a nutrição humana. Além do mais, a heterogeneidade em resposta provavelmente descontrolará a estabilidade do ecossistema”, os autores do estudo escrevem no resumo do artigo.
Contudo, alguns cientistas, que parecem suspeitosamente “negadores” da mudança climática, zombaram dos resultados do estudo.
Yoram Yom-Tov, um zoólogo de Tel Aviv citado no estudo, disse para a Associated Press que “Mudanças no tamanho do corpo são um fenômeno normal”, e acrescentou: “Quando as condições são favoráveis, eles aumentam de tamanho ou se reproduzem em índices mais elevados, e quando as condições se deterioram, eles diminuem de tamanho ou se reproduzem em índices menos elevados. Penso que a maioria das espécies se adaptará à mudança climática e sobreviverá. Não há nenhuma necessidade de pânico”.
Terry Root, biólogo da Universidade de Stanford, chegou ao ponto de chamar os resultados de “irreais” numa entrevista para a mesma agência.
Só aguardem, vocês que zombam do aquecimento global — isto é, da mudança climática. Esperem até os ursos polares ficarem tão pequenos que, claramente, não serão tão grandes quanto costumavam ser. Aguardem até os comerciais da Coca-Cola mudarem as medidas deles. Só esperem. Então vocês rirão?
Faça a coisa certa. Recicle e reduza sua “pegada de carbono” para lutar contra a diminuição do tamanho dos ursos polares. Vote a favor de governos inchados, e a favor de restrições draconianas nas atividades da economia. Se você não votar a favor, seus filhos lhe perguntarão: o que você estava fazendo quando os ursos polares estavam diminuindo de tamanho? Espere, apague isso — você nem deveria ter filho algum. Filhos fazem com que o clima mude, e o clima faz com que os ursos polares diminuam de tamanho.
Artigo relacionado:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
Artigos sobre aquecimento global:

4 comentários :

Igor Gitirana disse...

Evolucionistas Vão batizar esse urso menor como uma nova espécie também, para depois falar que o urso maior foi extinto? Hehe...

Tom Alvim disse...

Muito bom o texto Júlio. Esses arautos do aquecimento global são insistentes mesmo. Assim como o pai da mentira também o é...não estou falando do Lula, estou falando do inimigo de nossas almas...rs

jabesmar disse...

Alguns cientistas agem mais por "fé" que por evidencias cientificas. Nos criticam por termos fé, mas querem nos empurrar goela abaixo idéias que carecem de EVIDÊNCIAS.
Como diz a garotada: "Fala Sério!!!"

Cassio Rogerio disse...

Essa gentinha que não acredita em mudanças climáticas...