16 de outubro de 2011

Blog Julio Severo entrevista Dr. Alberto Thieme

Blog Julio Severo entrevista Dr. Alberto Thieme

Blog Julio Severo entrevista o Dr. Alberto Thieme, presidente da ADHT — Associação de Defesa contra a Discriminação dos Heterossexuais. Ele teve uma infância pobre e difícil, mas depois que conheceu o Evangelho, a transformação foi radical. Ele fundou dois orfanatos e uma de suas paixões e preocupações são as crianças. O Rev. Thieme é casado, pai de seis filhos, já foi membro de um importante conjunto musical evangélico e hoje é um importante pastor presbiteriano.
Julio Severo: Como nasceu a ADHT?
Rev. Thieme: Nasceu depois que comecei a perceber o crescimento acelerado das associações homossexuais com o apoio financeiro do governo das três esferas. Além disso, eu havia enviado uma carta direcionada estritamente ao presidente da ABGLT, sr. Toni Reis, e a diretoria dessa organização. Na carta, resolvi dar alguns conselhos sobre o que pode ocorrer em cerca de 30 anos se eles não pararem com o forte proselitismo e aliciamento homossexual de seus ativistas gays a crianças, adolescentes e jovens. Alertei que haverá sérios problemas para as famílias brasileiras bem como um sério problema social.
Rev. Alberto Thieme pregando em igreja presbiteriana dos EUA
Tendo uma visão clara do cenário sombrio que se vislumbra para o futuro desta geração que está se perdendo na depravação da pratica antinatural e pecaminosa segundo a Bíblia, resolvi escrever essa carta ao sr. Reis.
Meu objetivo foi abrir um diálogo com o presidente dessa associação gay, que é a maior do Brasil, e expor a ele os problemas sérios que ele e os associados militantes da ABGLT (que mais tarde vim a saber é coligada a centenas de outras associações em todo o Brasil) estavam provocando. Mas, com frustração, vim a descobrir verdades que o povo brasileiro desconhece, a razão da existência dessas associações e o motivo por que elas não querem diálogo algum.
Sem minha autorização, o sr. Toni Reis reenviou a referida comunicação pessoal, que era para ele e a diretoria da ABGLT, a todos os ativistas das associações homossexuais afiliadas a ABGLT e a outros ativistas homossexuais, mesmo não afiliados, causando um tremendo problema a mim.
No email eu deixava claro que era um pastor com 62 anos de idade, pai de 6 filhos (2 casais de sangue e 1 casal adotivo). Mesmo sabendo que eu era um pastor idoso, recebi mais de 200 emails e continuo recebendo ainda alguns. Esses e-mails contêm CINCO ameaças de morte, QUATRO ameaças de espancamento, e mais de 80 com xingamentos, palavras de baixo-calão, calúnias, discriminação religiosa (por ser pastor) fazendo chacotas com um pastor que está no ministério pastoral há mais de 40 anos, com chacotas e discriminação por eu ser idoso também. Muitos usaram de palavras difamatórias causando um tremendo grau de incitação ao ódio em milhares de ativistas gays. Toni Reis só foi me enviar um email depois que ele já havia feito a coisa errada comunicando-me que a resposta viria dos associados da ABGLT. O que vocês acham que esse homem queria fazer comigo?
Vendo que outras pessoas cristãs e não-cristã, só por se expressarem contra a pratica homossexual, estavam sofrendo as mesmas ameaças de morte e de processos judiciais, e vendo o quadro que se apresentava diante de mim, resolvi,  com um grupo de cristãos e pastores, advogados, criar a ADHT — Associação para Defesa dos Heterossexuais, do casamento e família tradicionais — para proteger nossas crianças, adolescentes e jovens do aliciamento, assédio e proselitismo homossexual, sendo também contra o aborto para encarar de frente o problema que eles estavam causando à geração atual.
Julio Severo: Há preconceito contra as pessoas que têm opinião contrária às perversões sexuais, inclusive o homossexualismo?
Rev. Dr. Thieme: Não só “preconceito”, mas uma acirrada perseguição, feita por ativistas gays treinados especificamente para isso. Tive acesso a um convite de um ativista homossexual ligado a ABGLT, convidando ativistas gays para participar, com mais 250 gays brasileiros, de um treinamento em Lima, Peru, em maio de 2010, para saber como combater os que eles chamam de “FUNDAMENTALISTAS CRISTÃOS”.  Na verdade, “fundamentalistas cristãos” para eles são todos os cristãos que seguem os ensinos da Bíblia na integra e não com falsas interpretações que levam as pessoas não conhecedoras da Palavra de Deus a acreditarem que eles estão certos.
É como tem feito vários ativistas homossexuais, tais como: Luiz Mott, Léo Mendes, os membros da ABGLT e LISTAGLS, pastores gays como Marcos Gladstone e Fabio Inácio, o deputado federal Jean Wyllys, a deputada federal Érika, o deputado distrital Prof. Israel Bastos e outros. Veja que em seus pronunciamentos esses parlamentares falam coisas judicialmente muito comprometedoras para eles. Veja o vídeo neste link: http://www.youtube.com/watch?v=FOOFg_aG9Rw
Não só existe preconceito homossexual contra os cristãos, mas ele é praticado às claras, debaixo dos olhos de todos no governo. E o pior, sem intervenção da Policia Federal, MPF e outros órgãos do governo que nada fazem para punir esses ativistas homossexuais.
Temos o próprio caso de sofrimento pela forte perseguição sofrida pelo escritor cristão, Julio Severo, que teve de fugir do seu país por causa da perseguição ferrenha.
Há também o caso da perseguição ao Pr. Silas Malafaia: http://www.youtube.com/watch?v=8O-dUj0C9uE
Julio Severo: As tentativas de legalizar a adoção de crianças para duplas gays representam tolerância e compaixão?
Rev. Thieme: Veja a fala do Pr. Silas Malafaia, que é psicólogo, na comissão do Congresso que analisou o PLC 122/06. Ele foi convidado para emitir seu parecer e veja o que ele fala aqui: http://www.youtube.com/watch?v=U7F0STMkFq0 e http://www.youtube.com/watch?v=Dr9MF3ru4ac&NR=1
Julio Severo: Alguns cristãos dizem que devemos sofrer maus-tratos, perseguições e preconceito sem fazer nada. Você concorda?
Rev. Thieme: Não. Jamais poderei concordar. Uma coisa é sofrer uma perseguição sem que possamos escapar dela, que nada possamos fazer para evitá-la. Basta ver na Bíblia os casos de perseguição ao povo de Deus, como as perseguições sofridas por Paulo, descritas no livro de Atos. Preste atenção quantas vezes os irmãos tiveram que tomar providencias para evitar a prisão e a morte de Paulo. Deus não vai fazer o que é de nossa responsabilidade fazê-lo.
Outro detalhe importante é lembrar que não estamos no céu ainda e se alguém de seu conhecimento estiver sendo vítima, não se acovarde; defenda-o. O mesmo direito que todos têm nós temos também. A lei existe para ser cumprida. Se preciso for, conte com a ajuda de um advogado, mas lembre-se também de que você tem direitos como cidadão brasileiro e deve usar os recursos que estão a seu favor para defendê-lo desta corja de indivíduos de má índole. Amar o inimigo não significa você deixar pra lá a sua defesa judicial e ser processado e preso e depois sua família passar por necessidades. Aja com firmeza. Entre na internet no MPF (Ministério Público Federal) de seu Estado e inclua uma DENÚNCIA contra estes covardes que querem destruir lares de pessoas de boa índole como são os lares cristãos. A Bíblia é contra os que ficam calados vendo uma iniquidade prosperar ou alguém tendo sua dignidade atingida. Veja o exemplo em Ester 414:
“Porque, se de todo te calares neste tempo, socorro e livramento de outra parte sairá para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino?”
Tenho percebido muitos pastores nada fazerem pelo Pr. Silas Malafaia, que tem sofrido demasiadamente com processos e acusações falsas. Só porque não concordam em algum ponto com suas ideias não deveriam deixar de apoiá-lo. Um dia será você que precisará de ajuda e aí você verá o quanto devemos olhar mais as qualidades do que os defeitos dos outros.
Cada um de nós deve ter coragem e não se acovardar diante das ameaças que diariamente centenas de cristãos estão sofrendo no Brasil.
Se não fosse a ajuda de corajosos irmãos, a Bíblia Sagrada não teria entrado na Rússia e nos países comunistas e outros que a proibiam. Foi porque o irmão André da Missão Portas Abertas contou com a ajuda de corajosos irmãos que correram riscos, que milhares de Bíblias chegaram às mãos de cristãos que rasgavam as folhas de uma Bíblia para distribuir algumas páginas para os cristãos desses países que não permitiam a leitura da Bíblia. Lembre-se das palavras de Jesus em Mateus 25:35:
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me.
Julio Severo: Os ativistas homossexuais estão lutando ativamente para que uma simples atitude de preconceito seja castigada com uns cinco anos de cadeia. Por exemplo, se pessoas se sentirem ofendidas e reclamarem de uma dupla gay se beijando em público, o castigo vai para os ofendidos, não para os ofensores. Em passado não muito distante, um casal normal se beijando em público sofreria o peso da lei. Hoje, quem sofre o peso da lei é quem se ofende com beijos públicos de duplas homossexuais. O que você pensa dessa mudança cultural e a inversão de castigos?
Rev. Thieme: Penso que como o PLC 122/06 não foi aprovado, a melhor maneira ainda é contar com a ajuda da Policia Militar ou Civil. Procure telefonar de tal maneira que você fique em oculto. Resguarde-se, pois a cautela e a sabedoria para agir é muito importante nestas horas.
Julio Severo: O que os cristãos podem fazer com relação aos sites que divulgam mensagens de ódio contra os cristãos?
Rev. Thieme: Podem entrar em contato com o email defesa_hetero@yahoo.com, pois temos advogados que podem retirá-las do meio cibernético onde elas se encontram. Citem sempre onde elas estão que nos ajudarão muito. Mas, exerça sua cidadania, postando um comentário, se for possível, informando ao autor que a mensagem que ele postou ou email que lhe enviou contem conteúdo nocivo à sociedade. Se ele não tomar uma decisão, escreva para o fornecedor do serviço cibernético dele (Yahoo, Google, Hotmail, Twitter, Facebook) e poste uma reclamação e acompanhe. Se precisar de ajuda, novamente, avisamos, acima você tem nosso email.  Antes de escrever, sempre ore, pedindo sabedoria e a direção de Deus. Mas não se omita.
Julio Severo: O PLC 122 representa hoje uma das maiores ameaças de imposição da ditadura gay no Brasil. Por que muitos cristãos não querem se mobilizar contra essa ameaça?
Rev. Thieme: Não se iluda achando que o PLC 122/06 morreu. Ele já está sendo reescrito e virão coisas piores. Já ouvi muitos pastores e cristãos dizerem: Não precisamos nos importar com isto, a CNBB não vai deixar isso prosperar. Puro engano, amigo. Você deve fazer sua parte, não sendo um covarde e medroso, importando-se apenas com seu bem, com seu bom salário e sua família. Você precisa tirar um tempo diário, por mínimo que seja, para tomar conhecimento de como as coisas estão caminhando no mundo. Isso é exercitar a cidadania.
Julio Severo: A moda agora é sair do armário com relação às práticas homossexuais. É quase como se agora ser normal fosse indecente ou anormal. Como tal moda impacta as crianças e os jovens?
Rev. Thieme: Infelizmente, as leis que coibiam as afrontas aos bons costumes estão sendo eliminadas. E não vejo nada sendo feito para proteger nossas crianças e adolescentes do proselitismo homossexual aberto nos meios cibernéticos.
A expressão “sair do armário” que muitos ativistas gays renomados usam para conclamar inocentes adolescentes e jovens que estão na dúvida quanto à sua heterossexualidade acabam colaborando para o aumento enorme de gays no Brasil, com a pressão da mídia marrom.
Hoje muitos deles querem sair da pratica homossexual, que, logicamente, causa um grande problema às suas famílias, e a si próprios. Eles saíram em busca da “felicidade cor de rosa”, que se transformou em muitos casos numa tremenda desgraça.
Muitos deles perdem a vida porque são usados e gradualmente influenciados a usar drogas, álcool e outras substâncias para aliviar seus sentimentos de culpa.
Todo cuidado tomado pelos pais em relação às suas crianças, adolescentes e jovens novos, deve ser dobrado. Conheça a escola de seus filhos, quem são seus professores, quem são seus amigos, pois do contrário, você poderá ser pego, quando menos espera, seu filho(a) dizendo: Pai eu sou gay ou lésbica, por pura influência de companhias erradas.
Para ajudar os praticantes da homossexualidade que querem contar com ajuda para deixar esta prática, criamos recentemente um novo departamento da ADHT, chamado “gays anônimos”. Qualquer homossexual de qualquer gênero que esteja desejando deixar a pratica homossexual e quer contar com ajuda, basta entrar em nosso BLOG: http://grupo-gays-anonimos.blogspot.com/2011/08/estamos-aqui-para-ajuda-lo-voce-pode.html, ou no Twitter: @grupogaysanonimos. Propague isto a adolescentes e jovens gays. Muitos deles têm vergonha de compartilhar seus problemas com os pais e parentes. O sigilo é absoluto.

2 comentários :

Anônimo disse...

Boa noite, é irmão Julio severo realmente a PALAVRA DE DEUS cada dia está se cumprindo e VERACIDADE E AUTENTICIDADE SERÁ PARA TODO SEMPRE AMÉM.
Deixar uma palavra deu hoje na igreja que PALAVRA E REVELAÇÃO, para todos na igreja foi tremendo irmão realmente pra todos filhos de Deus estarem ligados para GUERRA ESPIRITUAL.
Essas forças contrárias malignas na vida das pessoas contrária a palavra do Senhor.
Temos que tomar posse dessa, palavra e nós revestir dela em oração de autoridade sem cessar e sério para combater o MAL.
A gente não é contra o ser humano e suas vidas "errantes", nossa luta não e com a carne e sangue que oprime essas vidas de tudo que não vem de DEUS VIVO TEMOS COMBATER O BOM COMBATE DA FÉ...
Obs:
Hoje, eu minha mãe tivemos livramento grande dentro do ônibus nossa ida a igreja reunião oração cedo antes começar a reunião.
6 adolescentes tudo dentro ônibus na bagunça eles estavam esquematizando assaltar a gente eles falaram a e "trabalhadores", não vamos assaltar nãoooo e outro ficava pega pelo menos celular delas aff.
Ficou oração em Espírito amarrando o mal daqueles jovens ficaram nos rodeando mais SENHOR JESUS CRISTO ACAMPOU OS ANJOS DELES PARA NÃO FAZER A OBRA DELES DO ASSALTO FICARAM BARATENADOS.
Até o final e desceram com a gente subiram ponte a gente desviamos outro lado.
DEUS É FIEL LIVRA OS SEUS FILHOS AMÉM ATÉ A PRÓXIMA IRMÃO FICA NA FÉ SEMPRE!!!!!!
*1 timóteo cap 1:18,19,20*. Ester Costa!!!!!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Primeiramente, gostaria de dar meus parabéns ao irmão Alberto Thieme por essa maravilhosa entrevista. Foi uma matéria muito importante e, ao mesmo tempo, bastante esclarecedora sobre os perigos do movimento homossexual.

E ele deu um alerta muito sério que não pode ser ignorado (prestem muita atenção): O PLC 122 NÃO ESTÁ MORTO! PODERÁ SER VOTADO DE SURPRESA A QUALQUER MOMENTO! TEMOS QUE ESTAR ATENTOS!

Da mesma forma que o irmão Alberto, eu também já senti na minha própria pele o ódio que os homossexuais têm dos cristãos. Recentemente, passei a receber, pelo meu telefone, ameaças de morte de alguns ativistas homossexuais. Isso simplesmente por eu ter falado que o homossexualismo é pecado durante uma pregação na igreja onde eu congrego. Sem contar um grande número de e–mails cheios de insultos, dizeres obscenos e outras coisas horríveis.

Os homossexuais não estão brincando. Eles estão nos atacando de todas as formas sem a mínima piedade. Eles não vão sossegar enquanto não for aprovado o PLC 122 (ou qualquer outra lei a favor deles).

Será que, depois deste alerta do irmão Alberto, muitos cristãos ainda vão continuar dormindo? Será que muitos só vão despertar quando não tiver mais jeito? Pecar por omissão, quando se deveria protestar, transforma homens de bem em covardes.

Eu diria mais: pior do que ser um cristão fraco (sem forças) é ser covarde (desistir de lutar). Se um cristão luta por um ideal que acredita, ele tem que ir até o fim (não importam as adversidades que irá enfrentar). É como diz a Bíblia:

"O justo viverá pela sua fé, e, se ele retroceder, a minha alma não se alegra nele. Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a condenação, mas dos que acreditam para a preservação da alma" (Hebreus 10:38–39).

Igreja brasileira, está na hora de acordar! Pastores, líderes, pregadores, está na hora de sair do seu comodismo e ir à luta! Não podemos mais ficar de braços cruzados, esperando somente a boa vontade dos políticos da bancada evangélica! Ninguém pense que a resposta virá do Céu se cada um não fizer a sua parte! É hora de agir já!

Se não tomarmos uma atitude agora (e não protestarmos de maneira firme e forte contra as manobras dos homossexuais e de seus comparsas), depois poderá ser tarde demais!

Que estas palavras sirvam de alerta para muitos cristãos que ainda estão acomodados!

"PARA QUE O MAL VENÇA, BASTA QUE OS HOMENS DE BEM NÃO FAÇAM NADA"