29 de setembro de 2011

Petição contra discriminação do PayPal alcança 7.400 assinaturas — PayPal nega-se a se explicar

Petição contra discriminação do PayPal alcança 7.400 assinaturas — PayPal nega-se a se explicar

Clique aqui para assinar a petição ao PayPal para protestar contra a perseguição de cristãos pró-família
28 de setembro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Apesar do fato de que mais de 7.400 pessoas assinaram uma petição pedindo ao PayPal que não sucumba às pressões de ativistas homossexuais, que estão insistindo com a empresa para que elimine os ativistas cristãos de seu serviço, até o momento o PayPal não deu nenhuma resposta.
Enquanto isso, grupos homossexuais estão se gabando de que a campanha deles fez com que fossem eliminados do serviço do PayPal a entidade evangélica Coral Ridge Ministries assim como Julio Severo, que é tradutor de LifeSiteNews e blogueiro pró-família.
Além de ser desligado do serviço, Severo também foi informado de que os recursos financeiros em sua conta do PayPal ficarão congeladas por seis meses. Após esse período, a empresa diz que lhe dará informações de como retirar os recursos.
LifeSiteNews começou a coletar assinaturas em meados de setembro depois que a organização gayzista AllOut iniciou uma petição para pedir ao PayPal que revogasse as contas de organizações e indivíduos cristãos que se opõem ao estilo de vida e agenda política homossexual, afirmando que esses grupos pregam “ódio” e são “extremistas”.
A lista inclui importantes organizações pró-família, como Tradição, Família e Propriedade (TFP) e Americanos a favor da Verdade acerca da Homossexualidade (Americans for Truth About Homosexuality [AFTAH]) na mesma categoria do extremista Dove World Outreach Center, que recentemente provocou violência em países muçulmanos depois de ameaçar queimar publicamente o Corão.
LifeSiteNews tentou contatos com o PayPal por meio do endereço eletrônico fornecido pela empresa, e telefonou para o serviço ao cliente.
A resposta por e-mail do PayPal foi insistir em interagir apenas com os donos de contas no PayPal com queixa sobre suas próprias contas. A organização afirma que não pode abrir o anexo com a planilha eletrônica que contém as assinaturas da petição. O PayPal também afirma que Severo é uma “organização” não registrada, para justificar eliminá-lo do serviço.
Uma chamada telefônica ao serviço ao cliente deu como resultado que LifeSiteNews recebeu um número de telefone para ligar para o departamento de relações públicas do PayPal, o qual não retornou uma mensagem deixada em sua secretária eletrônica.
LifeSiteNews enviou e-mails para dois endereços do PayPal publicados na internet por um proeminente site anti-PayPal que afirma que eles se correspondem com Scott Thompson, presidente do PayPal, e com Mike Vergara, diretor sênior do departamento de proteção aos clientes. LifeSiteNews não recebeu nenhuma resposta.
Informações de contato:
Assine a petição ao PayPal para protestar contra a perseguição de cristãos pró-família.
Telefone para a sede do PayPal nos EUA: 1-402-935-2050
Envie um e-mail ao PayPal clicando aqui e selecionando “Email Us”. Pessoas que não têm conta no PayPal podem selecionar a opção à direita e receberão um formulário para preencher.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
Artigos relacionados no Blog Julio Severo:

3 comentários :

Sérgio Coscarelli disse...

Paz do Senhor irmão Julio,

Assim que fiquei sabendo da petição contra a discriminação do PayPal já participei. Irmão Julio não tema "maior é o que está em nós do que o que está no mundo", continue firme, pois Aquele que te chamou vai te suprir, conte com meu apoio e orações.

ELISEU disse...

O que esses homossexuais estão pensando? Pensam que conseguirão calar a voz dos servos de Deus? Pensam que vamos nos curvar diante das exigências deles? NUNCA!

Nós (eu, o irmão Júlio Severo e os demais cristãos) NUNCA nos renderemos aos ataques dos homossexuais. Sempre continuaremos a denunciar e combater o pecado do homossexualismo (os homossexuais gostando ou não)! Obedecemos ao que diz a Palavra de Deus:

"Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

De uma coisa eu tenho plena e absoluta certeza: Jesus virá um dia para julgar a todos. Ele mesmo garantiu:

"Não seles as palavras da profecia deste livro, pois o tempo está próximo. Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, que se suje ainda mais; e quem for justo, procure se manter justo; e quem é santo, continue a se santificar. Eis que Eu venho sem demora, e tenho Comigo o Meu galardão para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, o Primeiro e o Derradeiro. Bem–aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro, para que possam ter direito à árvore da vida e entrem na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os idólatras, os homicidas, os que se prostituem, e todo aquele que ama e pratica a mentira. Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas; Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã" (Apocalipse 22:10–16).

Se eu tiver que ser preso ou morrer pela verdade da Palavra de Deus, eu aceito com muito prazer a prisão ou a morte (até porque eu confio no Deus em quem eu creio). Eu adoto comigo o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Não tenho nenhum medo de ser preso ou de morrer, porque o Senhor Jesus, na Sua Palavra, garantiu aos Seus servos: "Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10)

Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Muitos chegaram a rir da minha cara, me chamaram de homofóbico (e de outros nomes feios que eu nem vou citar aqui, por questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.

Só sei de uma coisa: estou com a minha consciência tranqüila. Cumpri a minha obrigação. Se os homossexuais não quiserem se arrepender, é problema deles. No dia do juízo final, eu quero ver se algum deles vai ter coragem de dizer a Jesus as mesmas coisas que eles me disseram! Aí vamos ver quem é realmente corajoso para encarar Jesus face a face!

Se os homossexuais quiserem ver para crer, depois não vai ter desculpa de falta de aviso!

WERNER PSCHITZREIDER disse...

Que o Senhor esteja contigo. Que ele te dê forças e continue te oferecendo sabedoria e entendimento.