2 de setembro de 2011

Bebê contrai paralisia infantil após tomar vacina contra pólio em MG

Bebê contrai paralisia infantil após tomar vacina contra pólio em MG

José Maria Tomazela
SOROCABA — Uma criança de um ano e quatro meses apresentou sintomas de Paralisia Flácida Aguda depois de ter tomado a vacina contra poliemielite, em Pouso Alegre, no sul do Estado de Minas Gerais. Apesar de ter sido diagnosticado em março deste ano, o caso só chegou ao conhecimento do Ministério da Saúde no dia 26 de agosto.
A doença foi diagnosticada por um neuropediatra da cidade, que notificou a Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com a Secretaria, no dia 24 de maio, o caso foi notificado à Gerência Regional de Saúde (GRS), braço da Secretaria Estadual de Saúde (SES) no município. A Secretaria da Saúde de Minas Gerais trata o caso como suspeito e aguarda o resultado de exames complementares.
Conforme o relato da mãe da criança, Sidnéia Branco Teixeira, o menino começou a apresentar os sintomas alguns dias depois de tomar a vacina, em novembro do ano passado. No início, a criança ficou com febre que perdurou uma semana. Passados 15 dias, as pernas apresentaram sinais de paralisia, mas a mãe achou que podia ser efeito normal da vacina.
Como o sintoma persistiu, ela procurou um pediatra. A mãe contou que a caderneta de vacinação da criança está em dia, com todas as doses de vacina recomendadas. O neuropediatra Walter Luiz Magalhães diagnosticou os sintomas da paralisia em março. O tipo de paralisia apresentado, segundo ele, pode ser decorrente do vírus atenuado da poliomielite, presente na vacina.
Divulgação: www.juliosevero.com

3 comentários :

Mauro Mendes disse...

Julio,

Deus te abençoe pelo trabalho que você tem feito.
Na semana passada lí um texto não lembro agora em qual jornal, que dizia que o Brasil quer adotar a vacinação contra a poliomelite através de vacina injetável, pois dizem é mais segura na prevenção da doença, e aí aparece essa criança que pegou a doença após a vacinação. Comentei esses fatos com o pessoal do meu trabalho e finalizei dizendo: nunca confie no governo!
A nossa presidente acha que aborto é uma questão de saúde pública, o ex falou que aquele que não acha "bonito" ser homossexual é doente da cabeça. Coisas que você vem nos alertando a muito tempo.
Julio, de fato, admirável o seu trabalho.
Peço a Deus que continue te enchendo de sabedoria e valentia para continuar firme.

Abraços

Mauro Mendes

Mauro Mendes disse...

Júlio,

Parábens pelo seu trabalho, e que Deus te abençoe, te fortaleça, te dê a força, sabedoria e fé necessárias para combater o bom combate.

Abraços,

Anônimo disse...

Nao paralisys e nao infantil! Ja esse nome e pra colocar medo: a doenca poliomelite e caracterizada de normal como um gripe comum. Em poucas Casos chega a paralisia.
Ja sabe faz tempo que a vacina pode causar a doenca (1 por cada 1.000.000 criancas) em estados unidos nao tem mais a vacina pois todos que Teve a doenca doi por causa da vacina!!! E agora aqui....

Essa industria de vacinas tem que ser bem questionada ( Mia filha de um ano nao tem uma vacina e todo e por causa que li muito sobre cada vacina na libreta da menina)
nossa, que coisas!!!
Nao tem como comecar falar dessas coisas
vai ler mais posivel..