12 de agosto de 2011

Menina de 10 anos posa de modo sedutor para a revista francesa Vogue


Menina de 10 anos posa de modo sedutor para a revista francesa Vogue

9 de agosto de 2011 (Notícias Pró-Família) — Usando maquilagem pesada e decote de corte até a cintura, a modelo para uma recente foto da revista Vogue está deitada numa cama com estampa de leopardo a medida que os olhos azuis dela fitam friamente a câmera. Em outras fotos, ela usa muitas joias e salto alto enquanto descansa o corpo numa pele de tigre.
Thylane Lena-Rose Blondeau
A única qualidade que separa Thylane Lena-Rose Blondeau de uma típica modelo da alta costura é que ela só tem dez anos de idade.
Muitos que a viram expressaram choque e horror depois que a menina apareceu numa exibição de 15 páginas da revista francesa Vogue, editada pelo convidado designer de moda Tom Ford em janeiro.
“A sexualização das crianças é uma dos males mais perniciosos de nossa era. Eles não deveriam ter feito isso”, disse Helen Goodman, parlamentar do Partido Trabalhista, de acordo com o jornal Daily Mail. A organização internacional pró-família União das Mães concordou, dizendo que as fotos hipersexualizadas “negam à senhorita Blondeau o direito de ser a criança que ela é”.
O jornal Daily Beast comenta que Blondeau anda pelas passarelas de desfiles de moda desde a idade tenra de quatro anos, e desde então é fotografada topless, com apenas um colar de pérolas de madeira cobrindo parte de seus peitos.
Outros observadores de internet também pareciam não acreditar no enfoque novo da foto na questão da sexualidade. “Isso é de indignar. É impróprio, e repugnante”, disse certo blogueiro no Tumblr no comentário do Mail.
“Ela tem a expressão facial de uma criança cujas imagens se encontram em pornografia infantil ilegal. Mordaz, sem nenhum sorriso, agressiva passiva”, comentou outro observador de uma galeria de fotos no site TheGloss.com.
Veronika Loubry, a mãe de Thylane, fechou a conta de Facebook de sua filha e um blog do Tumblr intitulado “F**da-se sim Thylane Blondeau” na semana passada depois que as imagens indecentes se alastraram como um incêndio numa floresta.
A postagem final na página do Facebook indicou que algo tinha ido errado envolvendo uma “pessoa má” nos Estados Unidos graças às fotos. “Algo indo errado no momento com Thylane e uma pessoa má nos Estados Unidos sobre fotos que ela fez 8 meses atrás para a Vogue”, escreveu Loubry antes que a página fosse desmanchada.
Líderes internacionais que defendem os jovens dizem que a foto preocupante exemplifica o motivo por que a sexualização de crianças mais e mais novas precisa receber forte oposição.
“Todos sabem que a indústria da moda frequentemente usa a atração sexual para comercializar seus bens. Isso não é incomum. O que é incomum e preocupante acerca de uma menina de 10 anos fazendo um papel de modelo provocadora é que isso é evidência de uma mudança nos gostos sexuais da sociedade”, Tyler Ament, diretor da Coalizão Internacional de Jovens (CIJ), disse para LifeSiteNews.com.
A origem dessa mudança está em parte nas pressões de um grande grupo internacional de pressões políticas e legais: Ament comentou que eliminar a “discriminação” baseada em idade da sexualidade das crianças é uma importante prioridade dos grupos de controle populacional global tais como a Federação Internacional de Planejamento Familiar (conhecida pela sigla em inglês IPPF).
“A sexualidade e o prazer sexual são partes importantes da identidade existencial humana para todos — não importando a idade”, disse a IPPF em seu manual de “direitos sexuais” para jovens lançado na ONU neste verão. O livreto enumera o aborto legal como essencial para os serviços de saúde “favoráveis aos jovens”.
A CIJ apresentou na ONU no mês passado uma petição assinada por 57.000 jovens que se opõem ao movimento de “direitos sexuais, os quais ele disse tinham um claro incentivo financeiro para negociações internacionais de aborto e contracepção.
“Eles querem fazer com que essas meninas se iniciem novas, já que eles têm interesses ideológicos e econômicos em tal empreendimento arriscado”, disse Ament.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

8 comentários :

Anônimo disse...

Simplesmente nojento, repugnante e diabólico. Isso prova o que os ativistas de mentalidade revolucionária e pervertida, infiltrados em setores formadores de opinião como a política, a grande mídia e o mundo artístico querem fazer: Transformar o mundo em um lugar regido pelo código moral de satã.

Roque bruno

Edigar Caires disse...

Realmente lamentável. Esta maldita ONU auxiliada por empresas como esta revista e por governos como o do brasil estão nos impondo todo tipo de aberração, mas fazer de uma criança um objeto de desejo sexual e exagero ate mesmo para estas agencias de " MODELOS ".
Acho interessante o fato de não poder se educar uma criança baseado com os valores morais e cristãos contidos na bíblia, mas perverter os inocentes podem. Os MALDITOS governos dizem que combatem a pedofilia mas incentivam, apoia, legaliza e financia a mesma.
Mas isto tudo de tornar as pessoas sensuais a qualquer custo tem um fundo espiritual, estas empresas, assim como a mídia, os governos e a ONU não trabalham só por dinheiro, elas há muito tempo já mostraram pra que vieram e porque foram criadas, pena que muitas pessoas que se professam cristãos ainda não enxergaram isso e o pior de certa forma ainda faz parte deste ' SISTEMA ".
Aconselho a leitura deste artigo onde se esclarece a origem da sensualidade, seus princípios e objetivos:
http://www.edigarcaires.com.br/operacao_elias.php

Não tem mesmo como mudar o mundo, estamos numa batalha por nossas famílias e por nossas almas que só vai acabar com a volta de JESUS CRISTO.

Parabéns Júlio pela sua constante vigilância e divulgação destas noticias, serve de alerta para todos nós.
Que DEUS abençoe a todos nós .

Abraão Isvi disse...

Esse é o primeiro ato, chocar, as pessoas vão se chocar depois vão acabar se acostumando e no fim a mídia vai falar esse é um momento histórico de "avanço" para a sociedade.
Infelizmente a estratégia do marxismo cultural tem ganhado, precisamos nos preparar intelectualmente para combate-lo.

Opinar DIREITO disse...

Lastimável ver onde chegamos. Tinhamos tudo para sermos felizes mas optamos por corromper o que ha de mais sagrado = filhos, pais, avós, etc.
O homem é o único animal que atenta contra a própria espécie, e pior: é o único RACIONAL.
A vida humana perdeu totalmente o seu valor. Não há justiça que resolva, leis, ações policiais, política, nada... somente a ação de Deus poderá resolver, dando cabo dessa civilização na esperança de um novo surgimento.

fabivgs disse...

Os resultados do incentivo já sá visíveis nessas revistas e na reportagem abaixo, muito triste.

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/08/estou-sem-chao-diz-mae-de-garoto-que-marcou-encontro-pela-web.html

Silvio Ricardo disse...

E por falar em prostituição infantil, ocorreu este ano o II SIES (Simpósio Internacional de Educação Sexual) com o tema "GÊNERO, DIREITOS E DIVERSIDADE SEXUAL: TRAJETÓRIAS ESCOLARES", dias 28, 29 e 30 de abril de 2011, no Teatro Marista, em Maringá-PR, realizado pela Universidade Estadual de Maringá.

A programação está aqui: http://sies.cpweb0023.servidorwebfacil.com/index.php/programacao.html

Entre os palestrantes esteve BETO DE JESUS, ativista gay.

No mais, vejam essa ilustração sobre o I SIES (a ilustraçao está no MSM, na reportagem de mesmo título).

..............

Julio, fiz esse mesmo comentário no Midia Sem Máscara, com exceção da ilustração.

Chamelly Sobreira disse...

Julio, vendo esse artigo, lembrei-me de algo que já tinha lido sobre essa reportagem mesmo:

http://gnt.globo.com/moda/ensaios/Fofo-ou-inapropriado---Vogue--francesa-publica-editorial-polemico-com-criancas.shtml

A PIOR FOTO É A DA MENINA QUE SIMULA SEXO ORAL COM UMA ESCOVA DE DENTES. ISSO ESTÁ EXPLÍCITO DEMAIS. UM ABSURDO.

Não é lamentável o que fazem com crianças????????????? Repugnante. Nem tenho palavras.

Que Deus as guarde desse mundo nojento, e dessas mães e pais irresponsáveis.

Silvio Ricardo disse...

Nesse II SIES houve uma apresentação "artística" com o título "O menino que ganhou uma boneca".

Realmente, um lixo!