19 de agosto de 2011

Grupos gays ameaçam igreja evangélica por causa de outdoor bíblico


Grupos gays ameaçam igreja evangélica por causa de outdoor bíblico

Os organizadores da Parada Gay de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, prometem contestar na Justiça outdoors colocados pela igreja evangélica Casa de Oração que citam mensagens bíblicas sobre homossexualidade. Os grupos gays reclamam de provocação, já que no domingo (21) ocorre a 7ª Parada do Orgulho Gay no município.
Mensagem bíblica de outdoor enfureceu ativistas gays
Segundo o pastor Antônio Hernandes Lopes, no entanto, o objetivo é apenas “expressar o que Deus diz a respeito da homossexualidade”. Nas frases, que citam a Bíblia, lê-se: “Assim diz Deus: ‘Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável...’”. Há ainda outras duas passagens relacionadas ao tema.
"Todos os seres humanos têm direito a expressar o que quiserem, mas têm o ano todo para fazer isso. Fazer na semana da diversidade é uma maneira de ataque, não tinha essa necessidade", afirma Agatha Lima, uma das responsáveis pela Parada Gay na cidade.
“Estamos aproveitando a oportunidade que eles estão divulgando a maneira de viver deles para expressar o que Deus diz a respeito”, rebate o pastor. Ele diz que o outdoor foi colocado em um ponto distante do trajeto da Parada Gay, justamente para evitar confrontos.
Mas não é o que diz Agatha Lima. "Esse outdoor é apenas um dos cinco que foram instalados na cidade. E esse, próximo à Câmara Municipal, está a um quarteirão do nosso Centro de Referência da Diversidade Sexual", diz.
O pastor da Igreja Casa de Oração refuta a acusação de homofobia: “É algo que já está divulgado há milhares de anos”, afirma Antônio Hernandes. “Nós amamos essas pessoas, oramos por elas, elas são bem-vindas, mas a vida, a forma que elas vivem, está contrária àquilo que Deus diz”, argumenta.
Divulgação: www.juliosevero.com
Pastor é perseguido por alertar acerca da agenda homossexual

15 comentários :

Kátia Tribiolli disse...

HEIN?!? PARABÉNS a esta igreja evangélica que teve a coragem de "mostrar a cara" e também ao pastor responsável. Aliás, alguém mais por aí se habilita a isto? Evangelizar quem mais precisa?!? Cadê os ditos evangélicos? Cadê as igrejas que vivem na imprensa: UNIVERSAL, MUNDIAL DO REINO DE DEUS, ASSEMBLÉIA DE DEUS do Pr. Silas Malafaia? Precisamos nos unir e proclamar a palavra de Deus! Não podemos nos calar a esta vergonha... A paz.

José Maria disse...

Por que não colocaram o versículo completo?

Levítico 20:13 Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável; serão mortos; o seu sangue cairá sobre eles.

Eduardo disse...

Julio,

dá uma olhada nesse artigo:

http://www.pavablog.com/2011/08/18/plc-122-mordaca-gay-nao-mas-um-necessario-freio-na-lingua/

O clamor do pecado está crescendo.

ELISEU disse...

Apesar de não atacarmos física ou verbalmente os homossexuais, somos constantemente atacados por eles simplesmente por não aceitarmos o que eles fazem. Para que todos daqui tenham uma idéia do ódio que os homossexuais têm dos cristãos, o deputado Jean Wyllys (que também é homossexual) censurou um cidadão (Carlos Vendramini) pelo Twitter simplesmente por este mesmo cidadão ter se manifestado contra o PLC 122, o "kit gay" e o homossexualismo. E o próprio Jean Wyllys ainda teve o despeito de dizer que os cristãos são homofóbicos, preconceituosos, e que iria tomar providências contra os seus "inimigos" (não só os cristãos como também todos os que são contra o homossexualismo).

Eu pergunto: a liberdade de expressão vale só para os homossexuais? E para os cristãos e para as pessoas que são contra o homossexualismo, não pode haver liberdade de expressão? Quer dizer, eu não vou poder protestar contra uma coisa que é biblicamente imoral? Que justiça é essa de 2 pesos e 2 medidas (tudo para os homossexuais, e nada para os cristãos e para os que são contra o homossexualismo)? Por acaso os homossexuais são tão especiais (ou tão privilegiados) para só eles terem todo e qualquer tipo de direito?

Caso os homossexuais estejam esquecidos, faço questão de relembrar a eles o que a Constituição Federal diz:

- Artigo 5º, inciso IV:

"É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato"

Eu sou livre para dizer o que eu quiser. E eu aproveito a minha liberdade para dizer aos homossexuais com todas as letras: SOU CONTRA O HOMOSSEXUALISMO E CONTRA O PLC 122 OU QUALQUER OUTRA LEI A FAVOR DELES! Sinto muito se os homossexuais se sentiram ofendidos, mas eu penso assim (eles aceitem se quiserem)! Eles podem até me chamar de homofóbico ou qualquer outro nome feio, mas eu não estou nem aí para a raiva deles! Minha opinião é esta: sou contra o homossexualismo (e ponto final)!

- Artigo 5º, inciso VI:

"É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias"

Ninguém pode me obrigar a deixar de crer em Deus e na Sua Palavra. Eu creio e obedeço ao que Ele me ordena. Se os homossexuais não quiserem aceitar a minha opinião (ou não quiserem aceitar o que a Bíblia diz sobre o homossexualismo), é um direito que eles têm. Porém, fazer eu mudar de opinião só porque eles querem que eu ache certo uma coisa que é biblicamente errada, isso eu NUNCA vou fazer. Não vou mudar meu ponto de vista para agradar a ninguém (principalmente os homossexuais). Eu obedeço ao que a Bíblia diz: "Importa antes obedecer a Deus do que aos homens" (Atos 5:29)

Se eu tiver que ser preso ou morrer pela verdade da Palavra de Deus, eu aceito com muito prazer a prisão ou a morte (até porque eu confio no Deus em quem eu creio). Eu adoto comigo o mesmo lema dos antigos mártires da fé cristã: "Antes morrer do que pecar". Não tenho medo de ser preso ou de morrer, porque o Senhor Jesus, na Sua Palavra, garante aos Seus servos: "Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida" (Apocalipse 2:10)

Já preguei o evangelho para muitos homossexuais. Muitos chegaram a rir da minha cara, me chamaram de homofóbico (e de outros nomes feios que eu nem vou citar aqui, por questão de educação), enfim, me insultaram de tudo quanto é jeito.

Só sei de uma coisa: estou com a minha consciência tranqüila. Cumpri a minha obrigação. Se os homossexuais não quiserem se arrepender, é problema deles. No dia do juízo final, eu quero ver se algum deles vai ter coragem de dizer a Jesus as mesmas coisas que eles me disseram! Aí vamos ver quem é realmente corajoso para encarar Jesus face a face!

Se os homossexuais quiserem pagar pra ver, depois eles não digam que não foram avisados!

Anônimo disse...

É interessante como aparece logo alguém posando de vítima por causa de um outdoor, mas lá na Espanha tiveram que ser contidos pela policia, por causa da "manifestação" deles, contraria à visita do papa.
Um outdoor com uma mensagem que já é divulgada há milênios é uma ofensa à santidade homossexual, mas,a senvergonhice e imoralidade que eles praticam durante as suas paradas não?
Irmãos, mantenham-se firmes, não recuem, ainda que isso nos custe a liberdade, ou até mesmo nossas vidas.

Ricardino Lacerda.

Julio Severo disse...

Eduardo, o dia em que o Pava sair do armário, ninguém vai ficar surpreso!

Robson Lelles disse...

Esse outdoor bem que poderia se tornar um "viral" nos bairros onde existem igrejas cristãs.

Fica a idéia: Estimule sua congregação a replicar esse outdoor nas ruas do seu bairro. Se cada igreja emplacar apenas um, que seja, já haverá impacto e reflexão por parte da população.

Anônimo disse...

11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
12 Porque näo temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

Anônimo disse...

Isso é mais um reflexo de que eles mesmos se inferiorizam pra se fazerem de vítimas da sociedade. Se eles defendem o direito de liberdade de expressão, porque não deixam que quem é contra isso se manifeste também? Ou será que só eles tem direitos?

sabel cristina disse...

Isso é mais um reflexo de que eles mesmos se inferiorizam pra se fazerem de vítimas da sociedade. Se eles defendem o direito de liberdade de expressão, porque não deixam que quem é contra isso se manifeste também? Ou será que só eles tem direitos? Penso como o amigo, que diz, que as igreja evangelicas deviram colocar este cartas nas ruas...

paulo_sergio disse...

Pra expor o seu modo de pensar ,na parada gay eles expuseram os santos católicos numa maneira vexatória.Isso pode? Somente os gays tem o direito de se expressar da maneira que lhes convém?

Anônimo disse...

Finalmente! Fico feliz em vê homens de Deus de verdade se manisfestando contra o gayzismo, abaixo aos mercenários de púlpito pastores que são assalariados pelas igrejas mas não defendem a fé cristã, viva aos pastores de verdade que fazem valer seu nome e seus salários!

Anônimo disse...

Li a matéria e descobri que o pavablog é um blog gay!

May Li

Professor disse...

No Antigo Testamento, homossexualismo era uma coisa tão horrenda e abominável, qeu as pessoas que o praticassem no meio do povo de Deus eram mortos.

As pessoas perguntam: "porque os evangélicos não colocam o versículo completo? será receio de que sejam vistos como violentos e intolerantes?"

Os grupos que apóiam a causa gay mostram o quanto são teologicamente fracas. O princípio escrito em Levítico, isto é, o pecado abominável da prática homossexual permanece sempre, pois é um princípio que Deus estabeleceu, mas com a Nova Aliança por meio do Senhor Jesus Cristo, chegou a misericórdia Divina e a oportunidade de se arrependerem, e não receberem de Deus a punição.

Hoje os sacerdotes da Nova Aliança continuam sendo guardiões da Lei, a qual é o Evangelho, porém autoriza apenas que os mesmos preguem a mensagem de misericórdia e arrependimento, sem administrar a punição Divina:

"Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.

E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro."

Romanos capítulo 1 versos 26 e 27.

Eis a advertência, hoje, sem a espada, mas o pecado da homossexualidade continua semdo abominável.

Anônimo disse...

"Todas as coisas me são lícitas mas nem todas me convém 1 Cor 6:12
Devemos cuidar do futuro das nossas crianças