16 de junho de 2011

Sensacionalismo gospel vermelho: tabloide Genizah canoniza protestantes que sofreram consequências por sua colaboração com o comunismo no Brasil

Sensacionalismo gospel vermelho: tabloide Genizah canoniza protestantes que sofreram consequências por sua colaboração com o comunismo no Brasil

Julio Severo
Protestantes que colaboraram com comunistas no Brasil foram beatificados pelo tabloide sensacionalista Genizah, cujo dono, Danilo “Marqueteiro” Fernandes, sabe fazer qualquer pedaço de estrume render adubo para sua plantação de haxixe de calvinismo e esquerdismo.
Reproduzindo matéria da revista Istoé, que vê a adulação ao PT como jornalismo imparcial e objetivo, Danilo dá credito a seu próprio tabloide, atribuindo-lhe a inspiração para o artigo “Os evangélicos e a ditadura militar” da Istoé.
O texto segue uma direção errada, pois dá a impressão de que evangélicos de todas as denominações tinham simpatias comunistas, quando na verdade os culpados eram somente protestantes de igrejas históricas, como presbiteriana, metodista, batista, luterana, etc. Mesmo nesse caso, o número de colaboradores era muito pequeno em comparação aos protestantes históricos que eram contra o comunismo.
A Universidade Mackenzie, que é presbiteriana, é famosa pelos confrontos de rua entre seus estudantes anticomunismo com estudantes comunistas arruaceiros da Universidade de São Paulo no final da década de 1960.

Lidando com cúmplices de criminosos

Desconsiderando esse fato, Genizah, junto com Istoé, chora os protestantes comunistas que sofreram nas mãos dos militares brasileiros. Mas, sejamos realistas: Quando chamamos a polícia para lidar com uma ameaça de violência, primeiro tentamos investigar os policiais com questionamentos religiosos? Primeiro, paramos para lhes perguntar: “Vocês são cristãos? Vocês vão tratar o criminoso com respeito e delicadeza?”
O fato é que, para tratar de crimes e seus autores, que usam ou incitam a força bruta, a resposta tem de vir na mesma proporção do crime estimulado. Quem não quer sofrer tal castigo, como diz a Bíblia, deve obedecer às normas sociais, pois, “se fizeres o mal, teme; porque não é sem motivo que ela traz a espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar o que pratica o mal.” (Romanos 13:4 RA)
Os poucos protestantes brasileiros que haviam se aliado à ideologia comunista cometeram dois crimes:
1. Violaram a sacralidade do Evangelho, manchando-o com uma ideologia que estava — durante o própria época do regime militar do Brasil — derramando sangue inocente cristão na União Soviética, China, Cuba, etc. A diferença é que enquanto esses milhões de cristãos estavam perdendo a vida exclusivamente por amor ao Evangelho, os poucos protestantes comunistas do Brasil foram castigados por seu amor à ideologia comunista acima do Evangelho.
2. Violaram as leis do Brasil, cuja liderança militar havia banido todo apoio ao comunismo.
Se não queriam ser castigados, esses poucos protestantes comunistas poderiam ter optado por renunciar ao comunismo e se dedicar exclusivamente ao Evangelho.

Evangelho livre no Brasil militar

Na época do regime militar, Billy Graham, o maior evangelista do mundo, visitou o Brasil e pregou em estádios. Na época do regime militar, havia programas de TV evangélicos como o Clube 700, de Pat Robertson, e Rex Humbard. Na época do regime militar, havia também muitos programas de rádio evangélicos. Não havia qualquer perturbação dos militares à autêntica pregação do Evangelho. Aliás, todos os grandes ministérios que conhecemos hoje floresceram justamente no período militar. Só vieram a apodrecer depois de terem atendido ao chamado de sereia de Caio Fábio para irem para a cama com o PT.
Contudo, esses mesmos programas evangélicos de TV e rádio eram oficialmente banidos nos países comunistas, onde somente os protestantes aliados da ideologia comunista tinham liberdade, em igrejas controladas pelo Estado policial, de falar seu evangelho vermelho. Quem se recusasse a aceitar esse evangelho era colocado na lista negra. Em seguida, era enviado à Sibéria gelada para trabalho escravo até a morte. O coitado era explorado até a última gota de seu suor e sangue.
O preço de se pregar o Evangelho num país comunista era a tortura e a morte — para todos os cristãos verdadeiros. Esse preço nunca foi imposto aos cristãos do Brasil durante o regime militar. Minha mãe, que se converteu das religiões afros nessa época, nunca teve nenhum impedimento dos militares brasileiros para conhecer e seguir o Evangelho. Sorte dela não ter nascido em Cuba ou União Soviética!

Frei Betto, símbolo máximo da resistência “cristã” ao governo militar brasileiro

A matéria da Istoé apresenta então Frei Betto como símbolo dos “cristãos” daquela época que começaram a “assumir posturas contrárias à ditadura” anticomunista no Brasil. O que Frei Betto propunha como substituição a essa “ditadura”? Uma “democracia” semelhante à de Cuba ou União Soviética.
Hoje, Betto, que é admirado entre os atuais evangélicos esquerdistas, diz:
“Admito a descriminação do aborto em certos casos e sou plenamente a favor da mais ampla discussão em torno do aborto”.
“A Igreja precisa prestar atenção ao legado de três grandes judeus que fizeram história: Jesus, Marx e Freud”.
“Eu tenho certeza que um autêntico comunista é um cristão, embora não o saiba, e um autêntico cristão é um comunista, embora não o queira”.
“O governo brasileiro é amigo de Cuba, é um aliado. Acho que o Brasil tem que ajudar Cuba e tem a obrigação moral e política de apoiar a Revolução Cubana”.
“O Fidel [Castro] nunca diz que é ateu. É uma pessoa que respeita profundamente as religiões. Nunca em Cuba, uma Igreja foi fechada, em mais de 40 anos da revolução”.
“A minha espiritualidade está muito centrada no exemplo de Jesus, sou uma pessoa apaixonada pelo testemunho e pelo exemplo Dele. Mas me enriqueci muito espiritualmente com contribuições, principalmente do budismo”.
Em seu artigo intitulado “Lutar pela Implantação do Socialismo Até o Último Dia das Nossas Vidas”, Frei Betto declara ousadamente:
“Não podemos de maneira alguma ficar à espera que um novo iluminado surja para fazer uma obra melhor do que a de Karl Marx. A obra do Marx é de suma importância para nossa atuação revolucionária, como a obra do Gramsci, como a obra do Che Guevara, como a obra de tantos outros companheiros que embora sejam menos conhecidos, mas têm obras importantes e companheiros que hoje, me permitam dizer, publicam ensaios de transcendental importância para a nossa luta”.

Conselho Mundial de Igrejas por trás da canonização de protestantes vermelhos no Brasil

Istoé usou como base de sua reportagem “imparcial” e “objetiva” material vindo do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), organização protestante liberal cujos líderes têm histórico de ligação com o comunismo internacional. Istoé garante que o CMI vai disponibilizar mais documentos que tratam de “correspondências entre o reverendo presbiteriano Jaime Wright (1927 – 1999) e o cardeal-arcebispo emérito de São Paulo, dom Paulo Evaristo Arns, que estavam à frente do Brasil: Nunca Mais, e as conversas que eles mantinham com o CMI”. E o Genizah garante que vai liderar a campanha da canonização dos protestantes vermelhos.
Nas décadas de 1960 e 1970, enquanto o Brasil vivia um regime militar que nunca ameaçou a pregação do Evangelho verdadeiro, o CMI tinha essencialmente abandonado as doutrinas cristãs tradicionais acerca da salvação e evangelismo. Em vez disso, o centro da atenção do CMI havia se tornado a “libertação” política e econômica. Era quase impossível distinguir a agenda do CMI da agenda que a KGB soviética tinha para grupos protestantes vermelhos. A presença de protestantes marxistas na alta cúpula do CMI assegurava que o CMI jamais criticasse as atrocidades dos países comunistas do bloco soviético. Pelo contrário, durante essas décadas, havia protestantes brasileiros que viajavam livremente para esses países.

Enéas Tognini: “traidor” dos ideais do CMI e do Genizah?

Istoé, com a bênção do Genizah (conhecido também por Ojerizah), nunca repudia os poucos protestantes históricos que estavam lutando pela carniceira ideologia comunista, mas tenta desqualificar o testemunho de cristãos que ajudaram a salvar o Brasil da carnificina comunista. O texto reproduzido no Genizah diz: “Em novembro de 1963, quatro meses antes de o marechal Humberto Castelo Branco assumir a Presidência, o líder batista carismático Enéas Tognini convocou milhares de evangélicos para um dia nacional de oração e jejum, para que Deus salvasse o País do perigo comunista. Aos 97 anos, o pastor Tognini segue acreditando que Deus, além de brasileiro, se tornou um anticomunista simpático ao movimento militar golpista. ‘Não me arrependo (de ter se alinhado ao discurso dos militares). Eles fizeram um bom trabalho, salvaram a Pátria do comunismo’, diz”.
Na década de 1930, os comunistas tentaram tomar o Brasil, provocando muito derramamento de sangue inocente, mas foram detidos pelos militares. Trinta anos depois, os militares conseguem novamente deter os comunistas. E agora, em vez de honrarmos os militares que salvaram o Brasil, queremos honrar os traidores que usaram e abusaram do Evangelho?
Sim, os militares tinham suas falhas, que de forma nenhuma desqualificam seu serviço. Quando um policial salva sua filha de um estuprador ou um militar do corpo de bombeiros salva você ou seu filho de um afogamento, você procura primeiro conhecer as falhas dele para saber se pode dizer um simples “obrigado”?
Se os protestantes apoiadores de carniceiros vermelhos pensam que os militares foram duros, eles não sabem como a justiça de Deus é infinitamente mais dura, provocando “choro e ranger de dentes” nos condenados, embora muitos deles duvidem da existência do inferno. Aliás, cristãos vermelhos recusam-se a crer num Deus que seria tão “cruel” a ponto de condenar à tortura eterna os apostatas e descrentes.

A turma do sexo, escândalo e sensacionalismo

Danilo “Marqueteiro” Fernandes deve ter lá suas dúvidas também. Hoje em dia ele está andando com Caio Fábio, que foi o primeiro líder protestante histórico do Brasil a ter sucesso na ideia de aproximar os evangélicos junto ao PT. Antes dessa aproximação, até pentecostais e neopentecostais viam o PT como Partido das Trevas, e o comunismo como produto do inferno.
Hoje, Caio ocupa seu tempo com um “evangelho” de sexo, escândalo e sensacionalismo. Até o Julio Severo ele já atacou. E Danilo? A mesma profissão. Aliás, os dois especialistas em sexo estiveram juntos na TV recentemente, para falar de seu assunto preferido: sexo.
Danilo segue a mesma estratégia de marketing de seu mestre Caio: fale, aumente e invente tantos escândalos dos outros que ninguém tenha tempo de falar dos escândalos dele. Em vez de ficar vermelho de vergonha com sua falta de ética, Danilo prefere manter seu vermelho marxista.
Danilo Fernandes, Caio Fábio e Carlos Moreira do Genizah
Antes de Caio Fábio cair em adultério, sua antiga revista Vinde já elogiava seu colega presbiteriano Jaime Wright, sem dúvida alguma para preparar os evangélicos para aceitar o evangelho da carnificina, que é muito pior do que os piores erros dos militares, pois embora os militares do Brasil, em sua luta contra o comunismo, tivessem cometido erros, absolutamente nada se compara aos mais de 100 milhões de mortos que o comunismo produziu.
Enquanto um gato-pingado de protestantes históricos no Brasil sofreu por terem voluntariamente escolhido amar mais o comunismo do que o Evangelho, na União Soviética, Cuba, China e outros países comunistas milhões de cristãos sofreram por terem voluntariamente escolhido amar mais o Evangelho do que o comunismo.

Jonathan Edwards versus Caio Fábio, Danilo Fernandes e Jaime Wright

Se o ex-presbiteriano Caio Fábio, o calvinista Danilo “Marqueteiro” Fernandes e o presbiteriano falecido Jaime Wright queriam tanto um envolvimento político, por que não fizeram como o calvinista Jonathan Edwards, que Deus usou num poderoso avivamento no século XVIII que influenciou de forma tremenda a fundação dos Estados Unidos como república?
Eu teria me juntado com alegria ao avivamento de Jonathan Edwards. E, como muitos pastores americanos fizeram, eu também teria me juntado ao movimento de independência dos EUA. Entre o regime militar do Brasil e o movimento de independência dos EUA, é claro que eu ficaria do lado dos americanos.
No Brasil as opções eram muito menores. Mas mesmo assim, entre os genocidas comunistas e os imperfeitos militares a escolha é claríssima. Mesmo discordando da falta de espiritualidade do regime militar anticomunista do Brasil, eu jamais elogiaria Frei Betto, o grande ídolo de Caio Fábio, Danilo “Marqueteiro” Fernandes e Jaime Wright. Juntar-me aos ideais políticos deles? Nem pensar! Eu também jamais compactuaria com o Conselho Mundial de Igrejas, em sua tarefa infernal de adular o comunismo internacional e demonizar a oposição anticomunista.
Não me estranha ver o CMI nunca denunciando seus comparsas vermelhos e seus crimes de perseguição, tortura e assassinato de milhões de cristãos. Da mesma forma, não me espanta ver o Genizah fazendo um banquete com os documentos do CMI. Para o Genizah, que é uma fábrica de sensacionalismo, um escândalo inventado ou aumentado gera audiência. Se até o Evangelho é sacrificado bestialmente em favor do esquerdismo, o que dizer então da ética por amor ao Ibope?

A justiça do rei Davi

Eu só gostaria que esse tipo de falso evangélico, que usa o Evangelho para promover uma ideologia carniceira, tivesse de enfrentar a justiça de um governante de Deus como o rei Davi.
Enquanto em nações comunistas cristãos vermelhos atuavam como espiões nas igrejas, entregando ao Estado milhões de cristãos fiéis ao Evangelho para uma morte de tortura e sofrimento em campos de trabalhos forçados, os militares brasileiros muitas vezes permitiram que essa raça de cristãos traidores escapasse sem a merecida punição. Gostaria muito que esses cristãos vermelhos tivessem sido entregues à justa espada do rei Davi, que era um homem de Deus, mas sabia punir rigorosamente os maus.
A Bíblia diz que aquele que usa a espada morrerá pela espada. Davi usava espada, mas não morreu pela espada porque ele a usava com justiça. Mas os que promoveram ou promovem a espada comunista, com todo o seu genocídio, não mereceriam ser poupados de sofrerem as consequências de suas loucuras.

Exílio de protestante comunista nos EUA: quanto sofrimento!

Não há a menor dúvida de que os protestantes vermelhos estavam muito bem amparados por uma rede de proteção. A semelhança de brasileiros comunistas ateus, que em vez de se exilarem na União Soviética, Cuba ou Coreia do Norte, preferiram Estados Unidos, Inglaterra e França, um dos protestantes vermelhos citados pela Istoé diz que sofreu “13 anos de exílio em países como Uruguai, Suíça e Estados Unidos”. Pobrezinho! Por que a rede de amparo dele não o enviou diretamente para a União Soviética ou Cuba?
Não existe pior “castigo” para um marxista do que ser condenado ao exílio no maior país imperialista capitalista do mundo. Para compensar todo o sofrimento que essas pobres criaturas tiveram nos EUA e Europa, o governo brasileiro sob possessão socialista dá indenizações bilionárias aos exilados. Essas indenizações, que invejariam qualquer empresa capitalista multimilionária, conseguem deixar moderadamente satisfeito qualquer marxista que carregue “traumas” por viver nos EUA e Europa.
É claro que se o Brasil tivesse sofrido o destino cruel das nações que foram tomadas pelos comunistas, essas inocentes criaturas cristãs de rabinho vermelho e tridente de Karl Marx teriam que se contentar com uma renda mais “humilde”, ocupando importantes postos nas igrejas, traindo os irmãos e irmãs que ousassem pregar um Evangelho sem o óleo santo de Moscou.
E quanto aos milhões de cristãos que foram trucidados em países comunistas, o que é que suas famílias ganham? Essa é uma boa pergunta.
Em vez de canonizarmos protestantes vermelhos, deveríamos respeitar o testemunho dos milhões de cristãos que deram sua vida pelo Evangelho nos países comunistas. O sangue inocente derramado desses milhões clama por justiça há décadas. Em vez de respeitarmos o vermelho marxista, deveríamos ficar vermelhos de vergonha por tolerarmos hoje iniciativas de calvinistas como Danilo “Marqueteiro” Fernandes beatificando protestantes que traíram o Evangelho por amor ao comunismo.
Diferente dos protestantes vermelhos bem amparados e mimados por seus camaradas, não há nenhuma rede de proteção para amparar cristãos que não são vermelhos. Eu, que sou conhecido por monitorar e denunciar o movimento ideológico gay através de meu blog e artigos nacionais e internacionais, sou obrigado a permanecer escondido em outro país para proteger de represálias minha esposa e quatro filhos pequenos, porque o atual Estado brasileiro de linha marxista está empenhado em impor uma ditadura gay no Brasil.
Embora não tivesse conseguido, graças aos militares brasileiros, provocar no Brasil o genocídio e carnificina que causaram em outras nações, o comunismo hoje alimenta desde neuroses religiosas esquerdistas até movimentos ideológicos radicais, como o movimento homossexual.

Julio Severo na igreja do Pr. Enéas Tognini

Nas poucas semanas anteriores à nossa saída do Brasil, estávamos frequentando a igreja pastoreada pelo Pr. Enéas Tognini em São Paulo. Não sei o motivo por que Deus nos permitiu estar ali, na igreja do homem que alertou o Brasil contra a ameaça comunista. Mas foi uma honra.
Eu prefiro respeitar o testemunho de um homem de Deus como Enéas Tognini. Mas não dou respeito algum ao sensacionalismo de baixo nível de Danilo “Marqueteiro” Fernandes, que quer canonizar protestantes vermelhos com a ajuda de “documentação” do CMI, que passou as décadas de 1960 e 1970 acobertando os genocídios cometidos pela União Soviética e sendo instrumento da KGB para sabotar toda ação cristã anticomunista. Hoje o CMI dedica-se a um ecumenismo babilônico com ativistas gays, adeptos das religiões afros e ativistas esquerdistas que odeiam Israel.
Com a ajuda do pastor presbiteriano progressista Jaime Wright e do cardeal da Teologia da Libertação Paulo Evaristo Arns hoje o CMI pode alimentar como heroísmo a própria traição comunista que o CMI praticou durante décadas.
A ideologia marxista (socialista, comunista, progressista, etc.) é a ideologia que está construindo o reino do Anticristo. Apesar de muitos líderes evangélicos estarem sucumbindo a essa ideologia e apesar do CMI estar há décadas servindo a um politiquismo claramente marxista, nem todos se venderam e se prostituíram. Há muitos homens e mulheres fiéis a Deus que amam muito mais o Reino de Deus e seu Rei do que o Anticristo e seu reino.
Sobre o Genizah:

35 comentários:

Cleber Olympio disse...

Pr. Julio, parabéns pelo artigo, como sempre corajoso. Sou cristão e estudioso do Movimento Democrático de 1964 e digo que qualquer cristão sensato, à época, considerando o contexto histórico, teria de se alinhar com a posição do Pr. Enéas Tognini. O cristão nunca pode, seja qual for a época, se alinhar à subversão, tampouco a interesses escusos trazidos por uma ideologia opressora e de fato ditatorial, como o socialismo/comunismo. Não houve ditadura entre 1964/1985. Quem diz o contrário é quem se alia aos ideais antidemocráticos. O Genizah, com efeito, mostra a que veio: se são, em sua definição, "subversivos", como iriam apoiar a democracia? Parabéns, e que Deus abençoe seu trabalho, bem como a Nação brasileira, livrando-a do expurgo trazido pela subversão que hoje ocupa cadeiras no STF e, principalmente, toda a cúpula do governo.

Anônimo disse...

Essa turma do Ojerizah, juntamente com esse Caio Fábio, são um bando de vigaristas e que sempre beberam das águas do Anticristo. Não é à toa que suas bíblias são a de Karl Marx, Gramsci e a do diabo. Mal sabem eles que fazem parte das 5 virgens néscias.
Quanto a revistga 'IstoÉ', não me impressiona o viés esquerdopata e míope de servilismo ao desgoverno que aí está.
Tais são amantes do próprio ventre.

Herberti disse...

O propósito da reportagem da Istoé parece ser o de estabelecer um paralelo entre estes "mártires evangélicos" da década de 1960 e os liberais evangélicos de hoje, para: 1.motivar os humanista evangélicos brasileiros a continuarem suas cruzadas em favor do comunismo-ateu, homossexualismo e aborto, para faze-los aceitáveis na igreja; e 2.colocar os cristãos conservadores sob uma luz desfavorável (os de antes e os de agora), retratando-os como cruéis, ignorantes e subservientes. Ironicamente, na década de 1960, a igreja serviu de barricada contra a entrada do comunismo no Brasil. Hoje, a igreja brasileira (através de uma liderança desprezível) está servindo como porta-voz desta filosofia do inferno.

Rafa disse...

Muito boa a matéria... esse pessoal deve se converter de verdade... e o pior, é que no blog dele, eles metem a lenha no Pr. Silas Malafia, Marco Feliciano, e etc...

Anônimo disse...

JOEL disse:

JULIO SEVERO, QUE DEUS MANTENHA PERMANENTE EM TI A CHAMA ACESA DA VERDADE. É MINHA CONSTANTE ORAÇÃO.

Eu sempre faço um exercício de lógica com os que criticam cegamente o período militar de 1964-1985:

Hoje o governo do PT continua à procura de quem quiser, receber a "bolsa ditadura", que vem desde FHC.

As "vítimas" desse período são "tantas" que o PT consegue pagar indenizações milionárias.

Agora, troquem esse mesmo período por um domínio comunista, como o que houve em todos os países que assistiram a carnifina dos comunistas como em Cuba, Rússia, China etc.

As mortes nos países comunistas, só na Rússia passaram das dezenas de milhões!

Será que nesses países, sequer remotamente, já se cogitou indenizar as vítimas do regime comunista?

JOEL - DF

Anônimo disse...

TOLOS E METIDOS A HEROIZINHOS FORAM OS QUE PREFERIRAM O CAMINHO INSANO DE DESAFIAREM OS MILITARES.
ESSA HISTÓRIA DE QUE ESTUDANTES E ESQUERDISTAS QUERIAM DEMOCRACIA É UMA FALÁCIA, UMA EMPULHAÇÃO. SÓ QUEM É IGNORANTE E FARSANTE FALAM ESSAS COISAS.
NÃO LUTAVAM POR DEMOCRACIA, MAS POR DITADURAS DAS MAIS VIRULENTAS COMO AS QUE AINDA HÁ EM CUBA, CHINA, COREIA DO NORTE, MYAMAR E HOUVE NA CORTINA DE FERRO, ONDE MILHÕES, PRINCIPALMENTE CRISTÃOS, FORAM COVARDE E BRUTAMENTE ASSASSINADOS OU FUZILADOS. A MAIORIA SEM JULGAMENTO REGULAR.
MILHARES, AINDA HOJE, SÃO PRESOS ARBITRARIAMENTE NESSES PAÍSES. A IMPRENSA NUNCA DIVULGOU ISSO E MUITO MENOS ESSAS QUE ESTÃO AÍ AMESTRADAS E VENDILHONAS PARA O PT.
MUITOS DESSES CRISTÃOS QUE PROTESTARAM CONTRA O REGIME MILITAR SÃO OS MESMOS QUE HOJE DEFENDEM O VAGABUNDO E CRIMINOSO LULA DA SELVA, DILMA, PALOCCI E TODA ESSA GENTALHA ESQUERDOPATA DE DAR VÔMITO.
ALÉM DISSO, TAMBÉM SÃO OS MESMOS QUE DEFENDEM A TAL PALESTINA CONTRA ISRAEL, A ÚNICA DEMOCRACIA NAQUELA REGIÃO DE FANÁTICOS E ANIMAIS INDÔMITOS.
LAMENTÁVEL QUE "CRISTÃOS", TENHAM PARTICIPADO COM OS MESMOS VAGABUNDOS QUE HOJE DESGOVERNAM O PAÍS, DE ATOS CONTRA OS HERÓICOS MILITARES, QUE PROMOVERAM NÃO SO OS VALORES DA FAMÍLIA, COMO CRIARAM A MAIOR INDUSTRIALIZAÇÃO DA HISTÓRIA JÁ FEITA POR UM PAÍS NOS ANOS 70, ALÉM DE 45MILHÕES DE EMPREGOS (COM CARTEIRAS PROFISSIONAIS ASSINADAS). COISA QUE A PTRALHADA NEM EM 1000 ANOS DE GOVERNO É CAPAZ DE FAZER.

REBELDES, CONVERTAM-SE! JÁ!

Alertar disse...

Essa turma do Genizah estão todos no mesmo caminho.

Fingem-se de cristãos, conseguem enganar uma multidão de desavisados e logram êxito com o marketing anti-cristão.

Suas empresas, evidentemente, acabam sendo 'abençoadas' financeiramente.

Os bodes estão no meio das ovelhas e estas nem percebem.

O desviado (se é que assim pode se dizer) Danilo é um marqueteiro estrategista de primeira. Ele foca nos cristãos revoltados e cresce em cima disto.

Treva 'pura'.

Assinado: "Alertar" (um blog que promete desmascarar muito bode) - www.alertar.wordpress.com (em fase de implantação)

Danilo Fernandes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ednei disse...

Para quem sabe inglês, e quer saber a verdade sobre o legado de terror, destruição, miséria, assassinatos e escravidão que botou e ainda mantém nações inteiras na ESCRAVIDÃO e na PRISÃO-(Cubanos e Norte Coreanos, são proibidos de sair do país livremente sob a pena perpétua de trabalhos forçados em campos de concentração, ou mesmo a pena de morte). Visitem este site na Internet:
http://www.globalmuseumoncommunism.org/, e pensem consigo mesmos se estes do Genizah, Caio Fábio, Gondim, Kivitz, Cavalcanti, e tantos outros, estão com a verdade quando promovem esta ideologia do inferno no meio cristão.

Anônimo disse...

O pelo amor de Deus obras de marx fei betto pow ta loko marx era anti religião até os ossos e satanista até a alma no dia do juizo lenin stalin marx estaram diante do trono branco para dar explicações mais pior sera para aqueles que abraçaram suas ideologias logicamente anticristãs que Deus abençoe julio continue o bom trabalho..

Anônimo disse...

É Julio!

Sabe o que mais me chama a atenção nessa matéria da IstoÉ?, é que foi feita da mesma maneira nesses anos todos para tentar mostrar uma outra Igreja Católica para os católicos brasileiros.

Enquanto que durante décadas os meios de comunicação colocavam os bispêcos da teologia da libertação como a voz da Igreja Católica no Brasil, os verdadeiros sacerdotes católicos anti-comunistas foram colocados no esquecimento.

Vocês sabiam que a primeira Instituição a pedir que os militares assumissem o poder foi a Igreja Católica?

Claro, na época a Igreja Católica não estava contaminada pela teologia da libertação.

Quem tem mais de 40 anos deve lembrar das famosas Marchas para Deus e para a família, quando milhões de católicos sairam as ruas para pedir que os militares assumissem o poder para impedir que o Brasil virasse uma Cuba.

http://2.bp.blogspot.com/-ElajHlMSodM/TZJ6Drw7ItI/AAAAAAAABCo/qNstWsvh5ko/s1600/marcha.jpg

http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=7641

http://blogcasamata.blogspot.com/2009/07/imagens-ineditas-marcha-da-familia-com.html

http://ofca.com.br/artigos/wp-content/uploads/2008/12/opiniao_11_12_08_pingos_nos_is_do_ai5_marcha_da_familia_com_deus_bruno_engert_rizzo.jpg

http://1.bp.blogspot.com/_CDvsVufx7fI/TLBhI0nqriI/AAAAAAAAAHU/iSE2fytbC0A/s1600/hirepefa.jpg



E tudo está se repetindo!

Marcos

Maria disse...

Para os "cristãos comunistas" (argh!!) só tenho duas palavras a dizer: RICHARD WURNBRAND. Fim de papo.

REGY SALES disse...

Nossa que bom que alguém acordou e disse que o que relmente significa o Blog do Genizah. Nunca vi nada ali que edificasse e olhe que passei várais veses só pra não cometer injustiça.

Nunca vi ali comentários feitos por grandes blogueiros, foi aí que percebi o nível de notícias e resolve me afastar daquilo.

Parabéns Julio, deixe essa matéria um pouco mais e vc verá tantos como areia da praia, que tem a mesma opinião.

Chamelly Sobreira disse...

UÉ, DANILO, APAGOU A MENSAGEM????

VOCÊ NÃO É O DOMO DA VERDADE? ASSUMA SUAS PALAVRAS AGORA.

SEU BLOG NÃO EDIFICA NEM UMA FORMIGA, ESSA QUE É A VERDADE.

QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA E JUSTIÇA DOS QUE USAM SEU NOME PARA SE PROMOVER.

APOIAR O CAIO FÁBIO E O COMUNISMO COMO VOCÊ FAZ, DANILO FERNANDES, É COMO APOIAR O ANTICRISTO. DE CRENTES VOCÊS NÃO TEM É NADA.

PARABÉNS, JULIO, PELO EXCELENTE POST. COMO SEMPRE.

FICA NA PAZ DE DEUS.

Julio Severo disse...

Senhor Danilo Fernandes, não sei o motivo por que você apagou seu comentário. Quando um comentário está devidamente identificado, eu publico. Esse foi o seu caso. Para quem não viu, aqui estão as palavras que Danilo removeu:

Neste artigo os vermelhos gayzistas do Genizah defendem de próprio punho os comunistas e atacam você, ô profeta!

http://www.genizahvirtual.com/2011/05/em-busca-do-equilibrio-perdido-relacao.html

Chamelly Sobreira disse...

DONO*

CORRIGINDO.

Dom Rafael disse...

Parabéns irmão Júlio!

Excelente texto/artigo!

Eu vi o texto no genizah e nem cheguei a ler: ainda bem! perda de tempo!!!

Shalom ve-Chachmah.

Anônimo disse...

Excelente artigo Julio, Deus te abençoe e te guarde amigo e irmao em Cristo.

Eu não sei como tem pessoas que se dizem cristaos e vao até internet defender esses comunistas disfarçados de cristaos. Tem que ser muito imbecil e manipulado para dar credito em tamanha tolice.

Gloria a Deus pelos valentes e heroicos militares do dito " golpe" de 64. Gloria a Deus que eles botaram pra correr esse sistema maldito, perverso e maligno do comunismo que estava as portas da america latina.

Pastor Caleb.

Anônimo disse...

Quando olho pra este povo citado e cia só tenho um sentimento: vontade de vomitar!

Paulo César Cândido

Anônimo disse...

Nas últimas eleições eu fiquei impressionado com a revista "Isto é"... Foi uma dos coisas mais imundas que eu vi na minha vida... Propaganda para a candidata do governo de forma descarada, um absurdo sem precedentes... Para mim, perdeu toda e qualquer credibilidade...
Quanto ao post, acho que todos deveriam ler o livro 1984, de George Orwell, que eu considero o mais importante livro escrito depois da Bíblia... Lá é denunciado de forma clara uma pratica comum dos socialistas, a reescrição da historia...
Querem um exemplo dessa prática ? Que tal o atual governo dizendo que reergueu o Brasil, sendo que foi o governo do PSDB que acabou com a Hiper - inflação ?????
Alguem já ouviu falar que na época de Alexandre o Grande, o homossexualismo era algo normal e incentivado ? Se é assim, porque Nicolau Maquiavél, em seu livro "O Príncipe" fala com todas as letras que "Alexandre foi morto porque seus soldados não aceitaram a humilhação de ter um general afeminado" ????
Esse endeusamento de comunistas mortos na época dos militares nada mais é do que a simples e pura prática socialista denunciada por Orwell... REESCREVER A HISTORIA... Não é atoa que de uns tempos para cá, toda vez que tenho a infelicidade de ver um noticiaria desse terreno baldio que chamamos de país, vem sempre a minha mente a frase "A Oceania está em guerra com a Lestácia... Sempre esteve em guerra com a Lestácia"...
Quanto tempo até os principais vilões do momento, o STF decidir mandar cristãos para a "sala 101" no "Ministério do Amor" ????
O SOCIALISMO É O PIOR MAL QUE A HUMANIDADE JÁ ENFRENTOU NA SUA HISTÓRIA... A unica esperança desse país é a união cristã contra essa gente que eu não chamo de animais porque não quero ofender os animais...

sds

Sandro

Pr. Marcio Gil disse...

Carissimos amigos, eu acho que tem uns camaradas que não tem senso. Como alguém pode ser cristão e comunista ao mesmo tempo? O cristão é Teísta e o comunista é Ateísta. O cristianismo não precisa em nada acerca do socialismo ou comunista. Na época que me converti, lia livros de irmãos contrabandeavam Bíblia para a União Sovietica. Me mostre um país comunista com liberdade de opinião e religiosa. Desafio estes supostos cristãos comunista a mostrar-me. Sou de origem Batista Nacional e o Pr. Enéas Tognini é uma persanalidade reconhecida pela sua alta seriedade e cristianismo bíblico. Sou Cristão e não me escondo.

EVANILSON disse...

A Palavra de Deus diz com todas as letras:

"Seja, porém, a vossa palavra: sim, sim; não, não; pois o que passar disto é de procedência maligna" (Mateus 5:37)

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

"Quem não é por Mim, é contra Mim; e quem Comigo não ajunta, espalha" (Mateus 12:30)

"Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que Ele?" (1 Coríntios 10:20-21)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14-16)

Não há o que discutir: ou você está a favor de Deus, ou você está contra Deus. Em outras palavras: ou você serve a Deus, ou você serve ao diabo (não existe meio-termo)!

E a Palavra de Deus ainda diz mais:

"E não vos admireis disto, já que o próprio Satanás insiste em se transformar em um anjo de luz. Não é muito, portanto, que os seus ministros apareçam como ministros da justiça; e o fim deles será segundo as suas obras" (2 Coríntios 11:14-15)

Diante de todas estas verdades da Palavra de Deus, eu pergunto: será que esses "cristãos comunistas" desconhecem as astúcias do diabo?

Gostaria que algum deles respondesse de forma sincera a esta pergunta.

HERMES disse...

O Senhor Jesus, em Sua Palavra, disse com todas as letras:

"É impossível o escândalo não vir ao homem, mas ai do homem por quem o escândalo vem" (Lucas 17:1)

Temos assistido a muitos escândalos no meio evangélico. E isso, infelizmente, tem denegrido a imagem dos servos de Deus perante a opinião pública.

A verdade é a seguinte: muitos que se dizem cristãos estão sendo omissos no combate ao mal. Muitos estão fazendo jogo duplo (a favor de Deus, mas também a favor do diabo e de seus comparsas).

Talvez esses "cristãos" de dupla personalidade estejam esquecidos do que a Bíblia ensina:

"E vereis a diferença entre o justo e o ímpio, entre aquele que serve a Deus e aquele que não O serve" (Malaquias 3:18)

Muitos que se dizem cristãos talvez não saibam (ou talvez estejam esquecidos), mas O JULGAMENTO DE DEUS VAI COMEÇAR DENTRO DA IGREJA: OS PASTORES E LÍDERES (E TAMBÉM POLÍTICOS) QUE SE DIZEM CRISTÃOS, QUE DEVERIAM DAR O BOM EXEMPLO (MAS QUE SÃO USADOS PELO DIABO), SERÃO OS PRIMEIROS A PRESTAR CONTAS A JESUS! A respeito disso, a Bíblia diz com todas as letras:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17-18).

Para esses que se dizem cristãos (mas que, às escondidas, satisfazem aos desejos do diabo), Jesus dá uma advertência muito séria (gostaria que todos lessem e meditassem atentamente):

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade de Meu Pai que está nos Céus. Muitos dirão naquele dia: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos direi: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21-23)

Só sei de uma coisa: quando Jesus voltar, toda essa bandalheira vai ter fim. E muitos que se dizem cristãos (e que compactuaram com as mentiras do diabo) vão ter que prestar contas a Jesus! Eu não quero estar na pele deles neste dia!

Para encerrar minha mensagem, deixo este versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)

REGY SALES disse...

Caro Ivanilson, embora não seja eu, quem deva responder a sua pergunta mas, gostaria de fazer uma afirmação citando um texto bíblico."Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus".(Rm 8:14)

Se ninguém lhe responder aí está a resposta porque tantos cristãos não são mais guiados pelo Espírito.

Ademir disse...

Sou pastor e faço parte do quadro de pastores da IECLB (Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil). Nessa Igreja coexistem, pelo menos quatro linhas teológicas diferentes (tradicionais, liberais, teologia da libertação e evangelicais). Até aí, tudo "normal". O que me enche de perplexidade e de revolta é que até entre os evangelicais há um considerável grupo que adora o esquerdismo e também adora o Genizah. Imagino que seja por ignorância (idiotas úteis). Acrescente-se a isto ainda o fato de que pastores fazem parte de uma "raça" que não aceita muito facilmente repreensão e nem correção, o que é lamentável e extremamente temerário.
Pastor Ademir

Paulo Teixeira disse...

Julio, os esquerdopatas e encaPeTados cristãos merecem ser e denunciados em tempo e fora de tempo.

Quanto mais se desacreditar dessa gente, menos poder de influência terão. Vide Caio Fábio & Cia Ltda.

Com a internet essa gente pode ser denunciada com mais facilidade. As máscaras precisam ser arrancadas, a ferro.

Parabéns pelo brilhante artigo, que certamente está deixando alguns de cabelos em pé (quem os tem tem, claro).

Abç.

Paulo Teixeira disse...

Demonizar Enéas Tognini é o 'fim da picada'.

Graças ao rev. Caio Fábio e turba, os esquerdistas foram 'santificados' e apresentados aos cristãos como gentes boas.

Como resultado disto, Caio recebe sobre o si o juízo, estando hoje no ostracismo, aparecendo, de vez em quando, por meio de vídeos na internet, mandando seus recadinhos a uns e outros. Quando vejo os vídeos de Caio com suas mensagens, com aquele 'chapeuzinho' na cabeça e aquela barbinha ridícula, alfinetando seus desafetos, lembro-me dos vídeos onde aparece o falecido Bin Laden (com turbante e barba) mandando seus recadinhos ao Ocidente.

Anônimo disse...

Caro Julio ! Os ditos cristãos-esquerdistas adorão criticar,chamar os EUA de imperialistas,sanguinários,invasores de nações,capitalistas,etc,etc.

A grande ironia é que depois que o Brasil passou a ser governado por esquerdistas, o Brasil está rapidamente se tornando um país antipático e mal visto pelo mundo.

Vejamos os fatos: Temos asilo vergoosamente ao terrorrista italiano Cesare Battisti, no aliamos ao Irã, Cuba e outras ditaduras pelo mundo,interfirimos estupidamente em Honduras, O caso dos atletas cubanos pegos e entregues em Cuba como mercadoria. O pouco caso de lula com a morte de um preso politico cubano, o derespeito de Lula á Suiça. A Lista é lomga.

Essa gente que tanto condena os EUA, não sente vergonha nenhuma com os podres que acontece no Brasil.

Como diz o ditado; ESCONDEM O PROPRIO RABO E PASSAM A FALAR DO RABO DOS OUTROS.

NIlton Soares

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Ademir,

O que você falou sobre os pastores que não aceitam repreensão e nem correção é algo que, infelizmente, tem acontecido em muitas igrejas.

Eu falo com conhecimento de causa, porque alguns pastores da igreja onde eu congrego agem assim.

Eu diria o seguinte: não é porque um pastor exerce um cargo de liderança numa igreja que ele pode pensar que é alguém à prova de falhas. O pastor é um ser humano tanto quanto eu. E, da mesma forma que eu, o pastor também é um pecador. Infelizmente, nem todos têm coragem o suficiente para reconhecer isto!

NÃO EXISTE NINGUÉM QUE NÃO TENHA FALHAS OU DEFEITOS. O ÚNICO 100% PERFEITO É O SENHOR JESUS (SOMENTE ELE, E NINGUÉM MAIS)!

Sabe o que falta para alguns pastores? Humildade! Muitos não têm coragem de admitir em público que estão errados (ou em pecado)!

Para esses pastores que se acham "santos", eis o que a Bíblia diz:

"Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos e não existe em nós a verdade" (1 João 1:8)

"É necessário que Ele (Jesus) cresça e que eu (pastor) diminua" (João 3:30, os parênteses são meus)

"Não será assim entre vós; mas todo aquele entre vós que quiser ser grande, que seja o vosso serviçal; E todo aquele entre vós que quiser ser o primeiro, que seja o vosso servo;" (Mateus 20:26-27)

"Eu (Jesus) repreendo e castigo a todos (inclusive os pastores) que Eu amo" (Apocalipse 3:19, os parênteses são meus)

"Porque qualquer um que a si mesmo se exalta será humilhado; e qualquer um que a si mesmo se humilha será exaltado" (Lucas 18:14)

"Esta é uma palavra fiel, digna de toda a aceitação: que Jesus Cristo veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu (pastor) sou o principal" (1 Timóteo 1:15, o parêntese é meu)

Jesus foi humilde na sua primeira vinda à Terra. Ele nunca Se achou melhor do que ninguém. E Ele nunca Se colocava acima de nada nem ninguém. Pelo contrário, Ele respeitava a tudo e a todos (até mesmo as autoridades).

A respeito disso (das autoridades), quando perguntaram a Jesus se era justo ou não pagar tributo a César, Ele respondeu: "Dai, portanto, a César o que é de César, e dai a Deus o que é de Deus" (Mateus 22:21)

Outro exemplo de humildade foi quando Jesus esteve diante de Pilatos, que Lhe pergutou: "Não me dizes nada? Não sabes Tu que eu tenho poder, tanto para Te crucificar como também para Te soltar? Respondeu Jesus: Não terias nenhum poder sobre Mim se este não te fosse dado de cima. Mas aquele que Me entregou a ti tem grande pecado" (João 19:10-11)

Esses pastores que se dizem "santos" precisam ter muito cuidado com o que dizem, pensam ou fazem. Se eles não sabem (ou não estão lembrados), eles serão os primeiros a serem julgados! A Bíblia diz claramente:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17-18).

E esses mesmos pastores ainda precisam prestar muita atenção a esta advertência seríssima de Jesus:

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade de Meu Pai que está nos Céus. Muitos dirão naquele dia: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos direi: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21-23)

Vou finalizar minha mensagem com um alerta a todos:

"Cada um de nós (inclusive o pastor) dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12, o parêntese é meu)

Anônimo disse...

Excelente artigo. Estes pseudo evangélicos que se dizem admiradores de Cuba, o "paraíso" da revolução marxista deveriam ir viver naquela ilha imunda, onde ninguém tem liberdade sequer para pensar, ou comida suficiente para uma refeição decente por dia ou que é obrigado a andar em carroças, chamadas de automóveis, cujos modelos do "ano" remontam à década de 50. Vivo na Florida e conheço inúmeras famílias que conseguiram fugir daquele presídio chamado Cuba e que não querem voltar para lá nem em sonho. Converse com qualquer um deles e veja o que eles pensam da "revolução" marxista, após vivê-la na pele. Este bando de teóricos e utopistas inconversos, admiradores do Karl Marx, Lenin, Fidel, Stalin, Mao, etc, deveriam ir viver num país comunista.

Vinícius Moreira disse...

procurei o nome do Pr. Eneas Tognini em um site de busca e abri o site wikipédia.

Olhem o absurdo que fizeram:

http://pt.wikipedia.org/wiki/En%C3%A9as_Tognini

Pensei em editar, mas preferi mostrar aos senhores, e ao irmão júlio, o nível de perseguição e patrulhamento ideológico que estamos.

Euclides disse...

Olá Júlio,

A leitora Maria fez uma excelente lembrança: Richard Wurmbrandt. Esse cristão foi vítima das piores torturas físicas e psicológicas nas mãos dos comunistas. Ele investigou a vida de Karl Marx e descobriu que era satanista. Marx escreveu e interpretou uma peça, na qual disse:
"Desejo vingar-me d'Aquele que governa lá em cima
Os vapores infernais elevam-se e enchem o cérebro,
Até que eu enlouqueça e meu coração seja totalmente mudado.
Vê esta espada? O príncipe das trevas vendeu-a para mim.
Assim, eu perdi o direito ao céu, Sei disso perfeitamente. Minha alma, outrora fiel a Deus, Está destinada ao inferno."

Júlio, alguns o atacam dizendo que você não entende o sentido das Escrituras, mas esquecem-se de que quem tem o Espírito o entende muito bem. Dizendo isto, julgam-se acima de Deus, que pode esclarecer quem quiser exceto os que se julgam acima Dele.
O 'cristão socialista' não crê nas Escrituras como elas são, sempre têm uma interpretação na manga para qualquer enventualidade. Conseguem conciliar o mal com o bem como se ambos viessem de Deus. Isso o Senhor já me alertava há 20 anos - "O povo que se chama pelo meu nome está misturando doutrinas humanas e satânicas com a minha palavra, e isso eu não tolero".
Estamos em vias de ver o cumprimento de Jer.23. Os vs. 7 e 8 tratam do tempo do cumprimento - depois de Israel voltar à sua terra. Os versos seguintes mostram quem são os falsos pastores e os juízos que virão (vss.19,20). Portanto, aviso: "Aguardem, falsos cristãos, seu juízo não tarda porque fiel é Aquele que os julgou".

Deus o abençoe!

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Euclides,

Concordo plenamente com você. E você colocou uma coisa que merece destaque:

"O 'cristão socialista' não crê nas Escrituras como elas são, sempre tem uma interpretação na manga para qualquer eventualidade. Conseguem conciliar o mal com o bem como se ambos viessem de Deus"

Eu diria mais: muitas pessoas só interpretam as Escrituras quando elas puderem ser favorecidas de alguma forma (ou quando a interpretação lhe for conveniente para atingir algum objetivo). Infelizmente, é isso o que tem acontecido no meio da chamada "bancada evangélica" do Congresso Nacional.

Talvez os ditos "cristãos" que fazem parte dessa mesma bancada estejam esquecidos do que a Bíblia ensina:

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

"Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que Ele?" (1 Coríntios 10:20-21)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14-16)

A Bíblia é taxativa: ou você está a favor de Deus, ou você está contra Deus. Em outras palavras: ou você serve a Deus, ou você serve ao diabo (não existe meio termo)!

A respeito disso, Jesus afirmou com autoridade:

"Seja, porém, a vossa palavra: sim, sim; não, não; pois o que passar disto é de procedência maligna" (Mateus 5:37)

"Quem não é por Mim, é contra Mim; e quem Comigo não ajunta, espalha" (Mateus 12:30)

E para completar, ainda podemos citar o que escreveu o profeta Malaquias:

"E vereis a diferença entre o justo e o ímpio, entre aquele que serve a Deus e aquele que não O serve" (Malaquias 3:18)

No dia do juízo, aí vamos ver quem é realmente cristão de verdade! Aí vamos ver quem é joio e quem é trigo! Jesus vai desmascarar muitos que dizem ser servos Dele, até porque Ele mesmo advertiu:

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade de Meu Pai que está nos Céus. Muitos dirão naquele dia: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos direi: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21-23)

Que esta mensagem sirva de alerta para muitos que insistem em ficar em cima do muro, ou fazendo jogo duplo (a favor de Deus, mas também atendendo aos desejos do diabo)!

Sandra M disse...

Os tais "crentes vermelhos" (?) receberam o que plantaram, colheram a fé que praticaram. E ainda foi pouco! Se fossem cristãos, teriam praticado a ideologia de CRISTO, sem perder tempo com esta ideologia estúpida, defendida apenas pelos ditadores socialistas ou por turistas que visitam países comandados por estes fulanos. Sim, visitam, pois morar em um deles nenhum socialista/comunista brasileiro quer. Já pensou se alguns "crentes esquerdistas" fossem morar para sempre em Cuba ou na China?... (Como diria seu Madruga: "Não temos tanta sorte!") Oh, dó!...

Anônimo disse...

O Genizah é igual s eu dono, FAKE e PROSTITUTO só sabe falar mal dos outros mas a boca dele e um lixo, tambem né? esperar o q de quem VENERA Caio Fabio (FALSO PROFETA).