7 de junho de 2011

Obama declara junho o mês do orgulho gay

Obama declara junho o mês do orgulho gay

WASHINGTON, D.C., EUA, 2 de junho de 2011 (Notícias Pró-Família) — Pelo terceiro ano consecutivo, o presidente Barack Obama declarou junho como o mês para se celebrar os homossexuais.
“Toda geração de americanos aproximou mais nossa nação do cumprimento da promessa da igualdade. Embora o progresso tenha levado tempo, nossas realizações no avanço dos direitos dos americanos LGBTs nos fazem lembrar de que a história está do nosso lado, e que o povo americano nunca vai parar de lutar por liberdade e justiça para todos”, escreveu Obama, ao declarar junho como o “Mês Lésbico, Gay, Bissexual e Transgênero”.
A primeira declaração de “Mês Lésbico, Gay, Bissexual e Transgênero” foi em junho de 2009, que marcou o aniversário de 40 anos dos tumultos de Stonewall. O movimento homossexual traça suas origens a junho de 1969 no bar Stonewall na cidade de Nova Iorque, onde um grupo de homossexuais provocou tumultos em protesto contra as batidas policiais nos bares gays.
Na proclamação deste ano, Obama comentou que junho de 2011 marca o “aniversário de 30 anos do surgimento da epidemia do HIV/AIDS, que tem tido um profundo impacto na comunidade LGBT”.
O presidente também comentou que ele derrubou a lei das forças armadas que impedia os soldados de serem homossexuais assumidos.
Ele acrescentou que o governo estava também implementando a “Lei Matthew Shepard e James Byrd, Jr de Prevenção aos Crimes de Ódio”, e trabalhando com educadores para deter práticas de bullying contra jovens homossexuais.
Obama também comentou que seu governo está selecionando “indivíduos altamente qualificados e assumidamente LGBTs para posições do Poder executivo e do Poder judiciário”. Ele acrescentou que seu governo tem o compromisso de marcar os Estados Unidos como líder mundial na “luta contra as perniciosas leis direcionadas aos indivíduos LGBT e contra as tentativas maliciosas de se excluir as organizações LGBTs da plena participação no sistema internacional”.
Diferente da proclamação do mês LGBT do ano passado, Obama não mencionou que seu governo tem como prioridade a derrubada da Lei de Defesa do Casamento de 1996.
O presidente declarou que para a comunidade LGBT “a história está do nosso lado”, acrescentando que conquistar direitos para pessoas que se identificam como homossexuais é parte dos americanos que “lutam por liberdade e justiça para todos”.
A proclamação pode ser lida aqui.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/news/obama-declares-june-gay-pride-month
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

11 comentários :

Anônimo disse...

Obama, o superstar; Obama o defensor dos fracos e oprimidos; Obama o líder das liberdades democráticas; Obama promotor do gayzismo...blá, blá, blá...

Eis o perfeito vigarista a seduzir seu povo e as nações, usado pelo diabo e seus asseclas.

paulo_sergio disse...

Acontece que a obra das trevas não descansa e os cristãos se acomodaram definitivamente.Obviamente que o sistemático bombardeio ideológico está contribuindo em muito com esse estado de coisas.No Brasil penso que ainda está em tempo de uma reação.Mas tem que ser também sistemática e em todas as frentes possíveis,se não for agora,depois será difícil reverter.

Agora,por falar em minorias,daqui há pouco vai aparecer um grupo de pessoas se dizendo adoradores do satanás e exigindo também o seu direito e espaço na sociedade,Será que o nosso "ilustre"ministro Haddad vai criar também o kit-satanismo para ser ensinado nas escolas?

Anônimo disse...

É minha gente obama é isso ae além de fraude o homen fake como diz o excelente professor olavo de carvalho é pró gay anti familia anti vida eles falam o povo o povo uma virgula nem todo povo americano acredito eu apoia a patifaria pelo menos o povo moral hora esssa ruum ¬¬

Guilherme disse...

Julio, divulgue essa monstruosidade no teu site:

http://www.votocatolico.com.br/2011/06/provocacao-tema-da-parada-gay-usa.html

Silvio Ricardo disse...

Esse Barack Obama é mesmo uma fraude grotesca!

O cara é tão mentiroso que nunca apresentou nem mesmo sua certidão de nascimento.

Esse cara não governa, ele faz ativismo político, o que é muito diferente.

Anônimo disse...

Precisamos de homens com compromisso com Deus! Durante anos ouvimos nos púlpitos de igreja sermões sobre defesa da fé, e na hora de defendê-la onde estão os pastores?

Homens como R.R Soares com um espaço enorme nos canais de TV de nosso país ficam calados diante da afronta a nossa fé, Edir Macedo compra um Canal de TV com dinheiro da igreja e usa esse canal para quê? A única diferença da globo para record só está no nome das emissoras, no demais são idênticas!

A convenção geral da maior igreja evangélica pentecostal do Brasil a Assembléia de Deus(é assim que eles se denominam internamente), se calam diante dos gays e do comunismo, os fundadores da Assembléia foram presos conta a história quando pregavam o evangelho no passado, mas essa nova geração não tem compromisso com o céu, mas com o lucro financeiro!

O Cowboy Waldomiro Santiago não tem vergonha de pedir dinheiro em publico para manter seu estrelismo, mas e a defesa da fé? Porque não protestam contra os nossos adversários, os gayzistas?

Não vou fazer menção aqui aos protestantes históricos pois esses viraram histórias já há alguns séculos, os históricos só brigam com alguém para debater teologia, são vaidosos ao extremo, e como já diz um certo bordão: E AGORA QUEM PODERÁ NOS DEFENDER?

Os gays querem criar leis para nos por na cadeia e a maioria dos cristãos estão louvando Mamon, acordem os gays não são nossos amigos, eles não querem nosso bem, eles querem nos mandar para cadeia, tem alguém acordado ai????

Quantos aos citados acima seria até bom vê os gays manda-los para cadeia, pois são sal insípido para que mais servem? Infelizmente e irronicamente SÃO OS GAYS OS PROFETAS QUE ESTÃO MOSTRANDO A CORRUPÇÃO EVANGÉLICA BRASILEIRA CONTRA O EVANGELHO! POIS A CADA OMISSÃO DOS LIDERES EVANGÉLICOS VEMOS QUEM SÃO OS JUDAS EM NOSSO MEIO!

Agradeço a Deus pelos remanescentes dos profetas de Deus, Julio Severo, Silas Malafaia e outros poucos que ainda usam seus espaços na mídia para denunciar as obras das trevas, oremos para que Luter Kings, e Luteros apareçam logo, pois senão a igreja evangélica brasileira poderá virá refém de gays e comunistas!

Apolo Demétrio

(OBS: ESTAMOS EM GUERRA!)

Anônimo disse...

1)É necessário criar uma rede de divulgadores, incluindo sites, blogs , canais de tv e o que for, que lutem pela família e contra o gayzismo.Por que isso é necessário ? Para que se faça ações planejadas e coordenadas.Acredito que o Julio Severo, Silas Malafaia e os líderes, deste movimento revolucionário, devem ser alguns dos líderes dessa rede.

2)É necessário que se pressione de todas as formas possíveis o governo para retroceder com a política assistencialista e de desunião dos grupos.Ao promover políticas pró-minoria, ela AUMENTA a discriminação, pois cria leis e medidas específicas para certos grupos.Esses grupos recebem tratamento diferenciado, isso é discriminação!

3) Devemos nos unir periódicamente para organizar esse movimento pela família, fazer passeatas, impedir o trânsito, impedir o funcionamento do planalto, impedir o que for necessário!

4) É necessário fazer uma lista e fazê-la circular para expor as pessoas que estão contra a família e contra o povo, pois uma política de minorias só pode ser contra o povo

para concluir, gostaria de deixar uma sugestão de um texto interessante.Ele não toca diretamente a questão do gayzismo, mas mostra como a lógica de defender as diferenças a todo custo não tem fundamento:

http://criticacomportamental.blogspot.com/2010/10/doutrina-das-diferencas-e.html

Anônimo disse...

Prestem atenção !!

O movimento homossexualista está tentando nos dividir!:

http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/05/13/ayres-britto-elogia-padre-gilvander-por-sua-defesa-da-uniao-homoafetiva-924460768.asp

A estratégia está sendo claramente, dividir para conquistar!Não podemos ficar desunidos e devemos agregar mais pessoas a nossa luta contra o homofacismo!

Anônimo disse...

Mês? Eu li isso mesmo? Mês?
Então as mães tem um só dia, os pais têm um só dia, a páscoa é um só dia, o dia das crianças é um só dia, e os gays têm mês? Mês?

Wesley Moreira (Pr) disse...

Eu da minha parte, por que moro aqui, farei de tudo que estiver ao meu alcançe para ajudar que o adversário do Obama, seja quem for, ganhe. Esse safado é o pior presidente de todos os tempos da Historia dos EUA. Se ele for reeleito será o fim dos EUA como nação. Desde que chegou no poder esse desgraçado trabalhou contra a familia a favor do aborto, da gayzismo, de politicas socialistas e contra a igreja nos EUA. Esse endemoniado tem que sair do poder ou causará danos profundos na sociedade americana.

Anônimo disse...

Eu sinceramente tenho nojo desse sujeito... Não é O anticristo, mas é UM anticrito com toda certeza... Quase um mandato inteiro e não deu uma bola dentro... É só oba oba, marketing, discursos vazios e mentiras... O povo americano o elegeu esperando um David Palmer (Presidente fictício da série de TV 24 Horas) e ganhou esse monte de excremento...
Nos resta torcer para que o povo americano acorde e de nas urnas a resposta que esse canalha merece...
Lamentável...

Sandro