30 de junho de 2011

Genizah, Ultimato e Rio de Paz: Alianças que atrapalham o testemunho cristão e ajudam o socialismo

Genizah, Ultimato e Rio de Paz: Alianças que atrapalham o testemunho cristão e ajudam o socialismo

As dificuldades de conservadores calvinistas para denunciar colegas calvinistas entorpecidos por ideias recicladas do esgoto cerebral de Karl Marx

Julio Severo
Meu texto sobre o tabloide sensacionalista Genizah e seu esquerdismo provocaram repercussão entre os leitores. Um dos articulistas do tabloide, um pastor calvinista que diz que é conservador, visitou o site Mídia Sem Máscara, onde meu artigo foi reproduzido, exclusivamente para defender o dono do Genizah, Danilo “Marqueteiro” Fernandes, e seu espaço de colunista ali.
Ele também usou o exemplo do filósofo Olavo de Carvalho para defender sua presença no tabloide. Afinal, se o Olavo pode trabalhar em mídias seculares abertamente hostis aos cristãos, por que esse calvinista conservador não pode ser colunista no Genizah?
Mas há alguma semelhança entre o pastor calvinista “conservador” e o Olavo? Quando os cristãos conservadores são atacados pela mídia, o Olavo sempre toma o lado dos cristãos conservadores, sem temer perder espaço nessa mídia.
Em 2007, quando meu blog foi interditado pelo Google por pressão dos ativistas gays, o Olavo não ficou em cima do muro. Ele escreveu um artigo no Jornal do Brasil denunciando os ataques contra mim, e meu blog foi restabelecido. Quando jornalistas esquerdistas como Luís Nassif me atacaram, novamente o Olavo se levantou para me defender.
Contudo, quando recentemente o Genizah debochou do Olavo e de mim, onde estava o colunista conservador do tabloide, que não escreveu nenhum texto de apoio a nós? Onde estava ele? Viajando? De férias?
Mas, quando denunciei novamente o esquerdismo do Genizah, o pastor calvinista conseguiu arrumar tempo para ir até o Mídia Sem Máscara postar comentários defendendo o Danilo.
A presença dele nesse tabloide sensacionalista tem exatamente essa finalidade — defesa do Genizah — e está dentro das conveniências estratégicas de marketing do Danilo, tendo o único objetivo de dar uma aparência de “pluralidade”, a fim de neutralizar a ação dos discordantes, que, ao verem ali um colunista que se diz conservador, caem no truque e pensam: “Não posso criticar o Genizah, pois um dos nossos está ali”.

A principal estrela vermelha do Genizah

Apesar das aparências, o esquerdismo do Genizah é patente nas palavras e ações de Hermes Fernandes, um de seus principais colunistas. Hermes já “recebeu o Greenpeace para dar palestras em sua igreja”, segundo informação do próprio Genizah.
De acordo com o livro “The Hidden Dangers of the Rainbow” (Os perigos ocultos do arco-íris), escrito pela Dra. Constance E. Cumbey, o Greenpeace de forma pública e arrogante se anuncia como a “Nova Era” (p. 42). O Greenpeace é esquerdista de cabo a rabo.
Em 2008, Hermes declarou apoio público a Fernando Gabeira, político homossexual que no passado era terrorista comunista e hoje defende a legalização da prostituição, maconha, homossexualismo e aborto.
Apesar dessas conexões, ele jura: “Não sou partidário nem da esquerda, nem da direita”. Mas também desabafa no Genizah:
“Não vejo o regime socialista como um bicho-papão”.
“Conheço o trabalho de alguns expoentes da Teologia da Libertação, e os respeito profundamente. Entre eles, Rubem Alves, Frei Betto, Leonardo Boff, e outros. Se lêssemos suas obras desprovidos de preconceito, encontraríamos verdadeiras pérolas”.
Mesmo numa questão tão séria quanto a do PLC 122, que ameaça trazer perseguição religiosa a todo o Brasil, o Genizah adota posição liberal muitíssimo semelhante à de Bráulia Ribeiro, colunista do Genizah já refutada por mim. Em seu marxismo que finge neutralidade política, Hermes Fernandes declara sobre o PLC 122: “Faz-se um escarcel danado para que os crentes pensem que a tal ‘ditadura gay’ vai obrigar às igrejas a aceitarem e celebrarem o casamento entre pessoas do mesmo sexo”. A esquerda trata as ameaças do PLC 122 como mero delírio. Por que o Genizah agiria diferente?
A hipocrisia de Hermes foi ainda mais desmascarada quando ele cometeu o erro de lançar insultos ao Olavo de Carvalho como filósofo, recebendo dele uma resposta à altura.
O fato é que Hermes está agradando aos poderosos. Em 11 de maio de 2008, um tal de Comitê da Paz Mundial, que o blog pessoal do Hermes disse que é um órgão ligado à ONU, lhe deu o título de “Embaixador da Paz” (veja as fotos aqui). No mesmo ano, o Bispo Manoel Ferreira esteve em Washington DC para participar de uma conferência da paz ligada ao Rev. Moon e à ONU. “Embaixador da Paz” é um título amplamente concedido também pelo Rev. Moon, que tem extensas ligações com a ONU.
Esses dois títulos de “Embaixador da Paz” têm alguma ligação? Pelo que dá para ver, só a ONU, que é em si já é sinal suficiente de confusão. Outras confusões, inclusive doutrinárias, do Hermes estão documentadas aqui no blog Teóphilo Noturno.
Portanto, em vez de conservadorismo cristão, o que se vê no Genizah é um carnaval de liberais, em que seus articulistas se sentem à vontade para dizer que seus “mentores são Ricardo Gondim, Caio Fábio, Ariovaldo Ramos e Ed René Kivitz”. Junto com Robinson Cavalcanti e Paul Freston, esses figurões são a nata da versão evangélica da repugnante Teologia da Libertação.

Inocentes úteis

O espaço que Danilo dá para alguns articulistas menos progressistas é o espaço que ele precisa para disfarçar e proteger as intenções do seu tabloide. Com uma mão, ele infecta, junto com Caio Fábio e outros progressistas, a igreja com seu vírus vermelho gospel. Com a outra, ele apresenta os colunistas inocentes úteis, para desviar a revolta dos ingênuos. Daí, quando dizem: “Olha o Genizah pregando socialismo! Vamos deixar esse blog!” Então o Danilo aparece dizendo: “Peraí, minha gente. Não me deixem. Tenho aqui um pastor calvinista ‘conservador’ com a cara de vocês! Vou postar um artiguinho meio conservador para manter vocês calminhos e grudados aqui.”

Os colunistas inocentes úteis têm uma função importante quando o Genizah é repudiado como esquerdista. No momento da crise com os leitores, eles são apresentados como prova da pluralidade e diversidade do tabloide. “Tão vendo? Não somos tão vermelhos”.
Judas era um traidor, vigarista e ladrão. Mas a presença dele entre os apóstolos de Jesus Cristo não fazia deles uma gangue de traidores, vigaristas e ladrões. Da mesma forma, a presença de um conservador num tabloide sensacionalista com vigaristas esquerdistas não os torna conservadores, santos e apostólicos — se é que o que há no Genizah é realmente conservador.
Danilo “Marqueteiro” Fernandes adora posar de calvinista apologético defensor da fé cristã, enquanto ao mesmo tempo faz promoção de textos de ideólogos políticos como Robinson Cavalcanti (fundador do Movimento Evangélico Progressista, a maior entidade evangélica esquerdista do Brasil, aliada de Lula nas duas eleições presidenciais), Ed René Kivitz, Caio Fábio e outros, um dos quais alertou contra os perigos dos “Olavos de Carvalho e Júlios Severos da vida”. Mas Danilo não é o único a sustentar um calvinismo progressista. Há também o dono da revista Ultimato e o dono do Rio de Paz. Ambos são calvinistas. Ambos têm o sangue “vermelho” correndo em suas veias e textos. Ambos têm seus inocentes úteis como “prova” de que não têm segundas intenções.
Quanto ao próprio Danilo, os frutos falam mais alto do que a cortina de fumaça “apologética”: seu liberalismo ajudou a prejudicar um jovem blogueiro com problemas sexuais, que acabou se tornando defensor da pedofilia.

Ajudando tiranos fortemente armados a desarmar os inocentes

O problema não é um, dois ou três escorregões esquerdistas, mas anos de envolvimento da Ultimato, Genizah e Rio de Paz nessa ideologia vermelha de encharcamento de sangue inocente, inclusive de cristãos.
Ultimato é a maior e mais antiga publicação evangélica esquerdista do Brasil, sempre pronta a ecoar e coletar apoio para causas socialistas como o desarmamento. Aliás, essa é a especialidade do Rio de Paz, que propõe que a população civil fique totalmente sem meios de se defender, sem se importar que tanto a Alemanha nazista quanto a União Soviética conseguiram alcançar essa meta antes de iniciarem suas campanhas estatais de subjugação e massacre de suas populações cativas. O desarmamento da população almejado pelo Rio de Paz é meta permanente do governo socialista do Brasil, cuja presidente tem ligações, em seu histórico e governo, com terroristas assassinos. De modo diferente, a meta do líder cristão verdadeiro é apoio ao desarmamento apenas dos criminosos, nunca dos cidadãos que precisam defender suas vidas e famílias.
A melhor solução contra a criminalidade e contra os tiranos é uma população que tenha todos os meios necessários para se defender. Ao calvinista Antonio Carlos Costa, dono do Rio de Paz, apresento o exemplo da Suíça, a terra de João Calvino, com sua tradição de armar toda a população civil. Anos atrás, respondendo a um convite do Rio de Paz, eu disse que só participaria de seu movimento se fosse plenamente garantido aos cidadãos seu direito de se defender e se o foco fosse o desarmamento apenas dos criminosos. Meu pedido jamais foi atendido.

Frei Betto, o queridinho do Genizah e Ultimato

O Rio de Paz tem só uma vantagem sobre seus companheiros de viajem. Até agora não citou nenhuma vez Frei Betto, que é sempre elogiado no Genizah e Ultimato. Betto, profundamente respeitado pelo esquerdista enrustido Hermes Fernandes, disse:
“Admito a descriminação do aborto em certos casos e sou plenamente a favor da mais ampla discussão em torno do aborto”.
“A Igreja precisa prestar atenção ao legado de três grandes judeus que fizeram história: Jesus, Marx e Freud”.
“Eu tenho certeza que um autêntico comunista é um cristão, embora não o saiba, e um autêntico cristão é um comunista, embora não o queira”.
“O governo brasileiro é amigo de Cuba, é um aliado. Acho que o Brasil tem que ajudar Cuba e tem a obrigação moral e política de apoiar a Revolução Cubana”.
“O Fidel [Castro] nunca diz que é ateu. É uma pessoa que respeita profundamente as religiões. Nunca em Cuba, uma Igreja foi fechada, em mais de 40 anos da revolução”.
“A minha espiritualidade está muito centrada no exemplo de Jesus, sou uma pessoa apaixonada pelo testemunho e pelo exemplo Dele. Mas me enriqueci muito espiritualmente com contribuições, principalmente do budismo”.
Em seu artigo intitulado “Lutar pela Implantação do Socialismo Até o Último Dia das Nossas Vidas”, Frei Betto declara ousadamente:
“Não podemos de maneira alguma ficar à espera que um novo iluminado surja para fazer uma obra melhor do que a de Karl Marx. A obra do Marx é de suma importância para nossa atuação revolucionária, como a obra do Gramsci, como a obra do Che Guevara, como a obra de tantos outros companheiros que embora sejam menos conhecidos, mas têm obras importantes e companheiros que hoje, me permitam dizer, publicam ensaios de transcendental importância para a nossa luta”.
Naturalmente, Betto é a favor do desarmamento e esse é um dos motivos por que ele ama Fidel Castro, ditador de uma ilha-prisão onde sua população de mendigos desarmados está à mercê de um tirano louco e sanguinário. O povo cubano é dócil e obediente como um medroso cão na coleira à mercê de um dono cruel e violento. E, naturalmente também, o Rio de Paz e sua campanha de desarmamento têm amplo apoio do governo da terrorista não arrependida Dilma Rousseff, do Genizah e todas as outras mídias evangélicas esquerdistas, inclusive a Ultimato. Parece nem lhes passar pela cabeça que o desarmamento da população civil é um dos pilares da tirania e do socialismo. Mesmo assim, é promovido pelo Rio de Paz, cujo dono se inspira em figuras esquerdistas antipáticas ao conservadorismo e amantes da subjugação da sociedade ao desarmamento tirânico.

Corporativismo calvinista

Apesar das incoerências do Rio de Paz com um autêntico calvinismo — sem mencionar autêntico Cristianismo —, um corporativismo calvinista estranho impede os calvinistas conservadores de denunciarem os óbvios males dos calvinistas Danilo “Marqueteiro” Fernandes, o dono da Ultimato e o dono do Rio de Paz. Mesmo sendo contra o desarmamento e outras ideias “progressistas”, alguns deles preferem nem ficar em cima do muro quando a questão envolve amizade, citando de forma elogiosa seus colegas calvinistas entorpecidos por ideias recicladas diretamente do esgoto cerebral de Karl Marx. A mesma boca que condena o desarmamento tirânico lisonjeia seus promotores, como se fosse possível criticar o nazismo e lisonjear Hitler ou criticar o comunismo e lisonjear Stálin, Fidel Castro e Marx. “Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?” (Tiago 3:11 ACF)
Esse corporativismo provoca confusão entre os leitores:
* Eu vi esquerdismo e liberalismo no Genizah, mas não posso deixá-los, porque tem um articulista lá que é conservador.
* Eu vi esquerdismo e liberalismo na revista Ultimato, mas não posso criticá-los, porque o pastor da minha igreja a recomenda.
* Eu vi esquerdismo e liberalismo no Rio de Paz, mas não posso apontar seus erros, porque um dos pastores é amigo do pastor da minha igreja.
O corporativismo calvinista provoca vacilação entre líderes calvinistas e outros líderes evangélicos:
* Eu vi esquerdismo e liberalismo no Genizah, mas não posso deixá-los, porque tem um articulista lá que é meu amigo.
* Eu vi esquerdismo e liberalismo na revista Ultimato, mas não posso criticá-los, porque tem um articulista ali que prega na minha igreja.
* Eu vi esquerdismo e liberalismo no Rio de Paz, mas não posso apontar seus erros, porque tem um líder ali que dá palestras nos nossos congressos.
O que é que dá para dizer? Quem conhece o Evangelho precisa de Genizah, Ultimato e Rio de Paz?

Richard Wurmbrand, o pastor que foi torturado por amor ao Evangelho

Quando olho para o Evangelho, eu vejo Jesus. Só Jesus.
Mas quando olho para o Genizah, Ultimato e Rio de Paz, eu vejo marxismo, apesar da presença ali de um pastor calvinista que se diz conservador.
Quando olho para o marxismo, vejo mais de 100 milhões de homens, mulheres e crianças assassinados. É possível então um filho de Deus não sentir revolta contra uma ideologia que derramou tanto sangue inocente, inclusive de cristãos?
É por isso que não faço concessões aos protestantes que colaboram com o marxismo, mesmo quando há “conservadores” inocentes úteis no Genizah, Ultimato e Rio de Paz. Quando tive oportunidade de palestrar na VINACC anos atrás, proibi que os representantes da Ultimato vendessem suas revistas no salão de minhas palestras. Era mais do que justo fazer isso, pois a própria VINACC já havia assumido postura pública contra o comunismo.



Quando olho para o marxismo, vejo milhões de cristãos torturados e assassinados. O Rev. Richard Wurmbrand, pastor luterano de ascendência judaica, passou anos sendo torturado em prisões comunistas (assista aqui ao testemunho dele: http://www.youtube.com/watch?v=fWOJk_czoz4). Mais tarde ele escreveu sobre as ligações de Karl Marx com Satanás. Como então podem cristãos hoje alegar que são fiéis a Cristo e a ideias que vieram diretamente da cabeça de um satanista? Como pode haver líderes cristãos que conseguem dizer despreocupadamente “não vejo um regime socialista como um bicho-papão”? De forma oposta, esses mesmos líderes colocam no nível de bicho-papão os cristãos que denunciam as ilusões socialistas.
Quando olho para o Genizah, Ultimato e Rio de Paz, vejo essa incoerência. Pisando na ameaça do comunismo, que quase se concretizou no Brasil, e colocando em dúvida o testemunho do Pr. Enéas Tognini, que alertou o Brasil contra o comunismo, o Genizah canonizou protestantes comunistas com a ajuda de “documentos” do Conselho Mundial de Igrejas, organização notória por suas ligações comunistas e hoje por suas conexões com ativistas gays, adeptos de religiões afros e ativistas políticas contra Israel.
Como dá para aliar a lealdade a Cristo e ao Seu Sangue derramado por nós com uma ideologia que derramou tanto sangue cristão?

Não é hora para ficar calado

Enquanto os calvinistas conservadores vacilam em criticar seus colegas calvinistas do Genizah, Ultimato e Rio de Paz, as denominações calvinistas da Europa e EUA estão, para a vergonha do Evangelho, sucumbindo diante do movimento ideológico homossexual, ao mesmo tempo em que os islâmicos estão contando com a esquerda para derrotar e ocupar lugares antes ocupados pelo Cristianismo. Cada vez mais abraçando a ideologia esquerdista, os evangélicos procuram não frustrar as intenções islâmicas.
Os calvinistas conservadores do Brasil têm um excelente conhecimento teológico e filosófico, mas se não se dispõem a usá-lo na guerra cultural, entregam a vitória de bandeja aos calvinistas esquerdistas dotados de conhecimento teológico e filosófico liberal.
Eu me alio de coração aos calvinistas americanos que defendem e vivem o homeschooling, um movimento que rejeita o controle do Estado na vida de nossos filhos. Na guerra cultural, essa é uma resposta firme, corajosa e necessária ao Estado. Mas o calvinismo brasileiro ainda nem conseguiu confrontar e denunciar publicamente os esquerdistas que estão em seu próprio meio.
As alianças, ligações e amizades com liberais comprometem o testemunho cristão, enfraquecem e até anulam a voz profética e no fim promovem a apostasia, inclusive o socialismo, que está ajudando a construir o reino do Anticristo na terra.
Sobre o Genizah:
Sobre a revista Ultimato:
Sobre desarmamento:
Sobre esquerdismo entre evangélicos:
Igrejas calvinistas dos EUA e Europa sucumbindo diante do movimento homossexual:
Sobre comunismo:

38 comentários :

Marcos Paulo Goes disse...

IRMÃO JÚLIO... Seu blog esta sendo assunto de rádio em São Paulo! Eu estava ouvindo rádio e rodando as estações, de repente parei na Rádio Gazeta 88.1... (Uma rádio grande em SP) E o locutor estava lendo seu blog e comentando... Percebia-se que a pessoa era um pouco entendida no assunto, e que já era leitor do blog... Interessante não? Fique na paz...

Anônimo disse...

Como no artigo sobre o Geni-Zah anterior, você foi novamente na raiz desses embusteiros.
Realmente a maioria das igrejas tradicionais com viés Calvinista são todas inclinadas aos esquerdopatas, sociopatas e seus ideólogos criadores.
Esse Marcelo, que aparenta destilar erudição, não passa de um fantoche dos movimentos gayzistas facistas e esquerdóides de todas matizes desta terra Bananeira.

Um dia todos esses agentes do diabo serão desmascarados e sofrerão a vergonha eterna.

Agradeço ao ilustre irmão Julio por me manter informado e cada vez mais arraigado na verdadeira fé cristã.
Em oração.

Anônimo disse...

JULIO, CUMPRIMENTO-LHE COM A PAZ DO SENHOR.
HÁ AS IGREJAS FIÉIS A CRISTO E AS QUE NÃO SÃO. A EXEMPLO DA PARÁBOLA DAS 10 VIRGENS. A PALAVRA AINDA DIZ QUE SATANÁS QUASE ENGANARIA AOS ESCOLHIDOS DE CRISTO.
PORTANTO, ESSES TAIS "CRISTÃOS" CITADOS NO ARTIGO, ESTÃO ENTRE ÀQUELAS MUITAS IGREJAS DAS VIRGENS NÉSCIAS QUE NÃO TRAZEM AZEITE EM SUAS VASÍLIAS, OU ATÉ MESMO SATANÁS TRAVESTIDO DE ANJO DE LUZ.
SÃO OS QUE JESUS DIZ NUNCA CONHECE-LOS.
ORAI E VIGIAI, VERDADEIRA IGREJA!

Sandra M disse...

*Se o cara é cristão, a ideologia dele é CRISTO, seu estado é monárquico e sua Constituição é a Bíblia...

Cristãos seguirão a CRISTO, prapagando seus ensinamentos...

Mas tudo tem seu lado bom: quem fala revela a alma. Que bom que alguns cristãos alardeiam sua fé...
Somos livres, sempre livres!!!!!
Ou seja: cada um segue e faz propaganda do deus que quiser...

Afinal, somos livres, sempre livres!

Se o cara tem outro deus, pode fazer propaganda de suas crenças.
Afinal, somos livres, sempre livres!

Tá, vá lá que Karl Marx não é um deus muito confiável (vide União Soviética,Cuba por exemplo) mas se para alguns serve, que assim seja!

Sandro L disse...

Boa tarde Julio e parabéns pelo seu blog, gostaria que você divugasse esse site: http://campanhasvotocatlico.blogspot.com/2011/06/denuncie-nas-procuradorias-regionais.html
É uma maneira de nos manifestar, um forte abraço.

Teóphilo disse...

Dizer o que?
Só me resta assumir que, durante algum tempo de minha vida, eu já fui um "inocente útil"...

Muito esclarecedora essa sua exposição de como o marqueteiro manipula as pessoas e, como complemento esclarecedor do "modus operandi", gostaria de sugerir a parte "SUBCHEFE DA SEGUNDA FASE", de um texto que publiquei em setembro do ano passado:

http://blog.teophilo.info/2010/09/jogos.html

Apesar de bastante metafórica e mesmo sem mencionar o nome do "santo", tento deixar bem claros os métodos de abordagem e manipulação utilizados por ele.

Não há dúvida que as ameaças revestidas de mentira, aliadas à forte campanha para denegrir a imagem de quem revela seu satanismo demonstram de quem esse fanfarrão é verdadeiramente servo... e, sem dúvida alguma, não é do Senhor Deus!

Chamelly Sobreira disse...

Mas que bela postagem, Julio! Está de parabéns mais uma vez!

Continue denunciando esses marqueteiros que apoiam o socialismo e ao comunismo e seguem ao satânico Karl Marx, essa criatura que tenho tanto nojo, que deve estar de mãos dadas com o próprio derrotado satanás.

As pessoas precisam acordar para a vida, ver quem é quem nesse mundo. Bando de cobaias, estão ajudando a construir o império do anticristo, e nem sabe o que estão fazendo...

Acho interessante essa charge sobre o desarmamento. A quem interessa ver a população desarmada, por uns míseros 200, 300 reais? Querem fazer a população de otária, para a mesma ficar refém nas mãos de verdadeiros BANDIDOS no poder, seja no Congresso Brasileiro, seja de comunistas e socialistas atrás dos computadores, seja nas facções das favelas nesse Brasil afora.

Um grande abraço, Julio, que Deus abençoe e guarde você e sua família.

paulo_sergio disse...

Cada um tem o deus que merece!

No caso desses "pseudo-cristãos-esquerdopatas ",satanás cabe muito bem,pois é o pai da mentira.

Certamente o sangue de todos os cristãos mortos pelos vermes esquerdistas será o maior testemunho contra essa banda podre do cristianismo.

Demetrius Farias - Blog do Darth Metrius disse...

Quero esclarecer algumas coisas aqui:

1. Eu sou presbiteriano, membro da Igreja Presbiteriana de Manaus, filiada a IPB, e posso afirmar, como calvinista que sou, que os calvinistas não apoiam movimentos de esquerda. Um Anônimo aí nos lançou todos em uma vala comum, dizendo que a maioria das igrejas tradicionais calvinistas apoiam isso. Isso é mentira e uma difamação.
2. Os calvinistas que apoiaram os movimentos de esquerda no Brasil são eminentemente da IPU (Ig. Presb. Unida), que foi expulsa (seus membros fundadores)da IPB por alinharem-se com o discurso comunista e socialista.
3. Pra quem só sabe opinar e não lê história, foi o calvinismo que libertou a economia feudal da Europa, que privilegiava a Igreja Romana, e que deu bases para o capitalismo (se alguém quizer defender este ponto de vista).
4. Eu desaprovo totalmente a associação do calvinismo com o esquerdismo, coisa que nunca, em toda a história da Igreja cristã, aconteceu. Isto é outra mentira, e uma engano, como se fosse privilégio de arminianos a associação direta com movimento políticos de direita.
5. Todos os protestantes do país, ainda hoje, são contra o socialismo-marxista, salvo poucos "subversivos" que, por acaso andam de mãos dadas com liberais e neo-ortodoxos, ecumenistas e os da teologia da libertação.
6. Danilo Fernandes e seus colaboradores de esquerda não falam pela maioria presbiteriana e calvinista do país e do mundo, e diga-se de passagem, se a questão é essa, posso apontar alguns batistas arminianos com a mesma postura da turma do Genizah e fora dela.

Irmão Julio,

Parabéns pelas denuncias. Precisamos de cristãos como você para alertar o povo de Deus sobre esta onde vermelha com ares de Evangelho do Reino.

Aos demais... leiam mais sobre o assunto para não cometer o erro do Anônimo, e sair, com isso, criticando a teologia reformada, como se ela fosse uma heresia, mas sem conhecer fatos.

Anônimo disse...

caro julio severo ,deu hoje no blog do reinaldo azevedo a crítica de reinaldo a filha ou neta do che guervara,que disse em entrevista que Jesus era um mito e que guervara é mais famoso que Jesus porque era real,acusou Jesus cristo de causar divisão enquanto o pretenso che guevara era homem de paz ,vê se pode.

dê uma passadinha lá e ve o absurdo desta filha de guervara.

Laudemar

Anônimo disse...

Demétrios, juntando a Aliança Mundial das Igrejas Reformadas e o Conselho Ecumênico Reformado dá um Conselhão de Calvinistas de mais de 80 milhões de membros no mundo inteiro.
E quem pode afirmar com certeza de que desses 80 milhões a maioria é ou não é inclinado ao esquerdismo?

Demetrius Farias - Blog do Darth Metrius disse...

Anônimo,

Se eles são calvinistas na teologia, isso não significa que foi o calvinismo que os levou ao esquerdismo. É um erro afirmar tal coisa. Se a maioria calvinista do CMI, e a AMIR são esquerdistas, o são pelo fato de terem aceito o liberalismo.
O grande mal é o liberalismo, a neo-ortodoxia, e o progressismo. Jamais o calvinismo! Ponto!
Entre as trincheiras dos hereges de hoje estão centenas de arminianos, e nem por isso eu posso dizer que foi o arminianismo que os fez esquerdistas, ou que é típico a um esquerdista ser arminiano, como o anônimo dá a entender sobre os calvinistas. Agradeça aos Presbietrianos e Reformados, pois foram eles que trouxeram o protestantismo para o Brasil nos séculos XVII ao XIX.

Julio Severo disse...

Concordo com o Demetrius. O que está em discussão aqui não é se o calvinismo leva ao esquerdismo. Claro que não. O ponto mais importante do meu texto é como calvinistas conseguem, como a Ultimato, promover o marxismo há anos sem sofrer oposição pública. Onde estão os calvinistas conservadores para denunciar publicamente os calvinistas esquerdistas? Penso que não é hora para calar. As igrejas calvinistas da Europa estão morrendo, graças em grande parte ao esquerdismo. É hora de denunciar no Brasil os calvinistas esquerdistas. Se eles amam mais Marx do que Cristo, eles devem ser convidados a sair das igrejas e ir venerar o túmulo cheio de podridão de Marx.

Anônimo disse...

Bem, eu já entendo que o esquerdismo é a tendência na maioria das correntes cristãs. Seja Calvinistas tradicionais ou não, Arminianistas, Batistas tradicionais ou pentecostais, Luteranos, católicos e até entre neo-pentecostais.
Há décadas, as igrejas (como indivíduos) estão caindo no canto-da-sereia do diabo sobre o esquerdismo. Feminismo, aborto, contraceptivo, controle de natalidade, sexo antes do casamento, e todo tipo de mundanismo já entrou nas igrejas há décadas.
Com certeza, a ideologia esquerdista impera. Pudéssemos entrevistar cada um dos cristãos por este mundo afora, certamente veríamos que cristão mesmo é quase uma raridade.
Abs

Anônimo disse...

Júlio, Genizah já se mostra em seus propósitos e mesmo se entrega subliminarmente, pois lá eles são uma gangue, uma quadrilha organizada (bem investigada e denunciada por vc!)pega em flagrante delito, mas você não é seu cúmplice, vc e nós, onde o seu Réu, Danilo Marqueteiro triplamente autor de crime ideológico "apostaíco"(nem sei se essa palavra existe, mas se não existir, passa a existir agora: vem de apostasia rsrs)qualificado é seu mentor e líder, na verdade ele o chefe da da gangue, da quadrilha!


Paulo César Cândido

VitorGrando disse...

Júlio,

Conheço o Antônio Carlos e nunca o vi citar uma fonte "esquerdista antipática ao conservadorismo e amante da subjugação da sociedade ao desarmamento tirânico."

Pelo contrário, ele me parece muito reticente quanto ao marxismo; a única coisa que ele já disse de púlpito é que devemos sim ouvir as denúncias do marxismo quanto à exploração e opressão de alguns. Ora, o cristão não deve atentar para isso? Evidente que sim. Não é por repudiar os meios e doutrinas do marxismo, que eu vou me calar às suas denúncias.

Julio Severo disse...

Prezado Vítor, como deixei claro, a política de desarmar a população civil é meta das tiranias. O Rio de Paz está compactuado com essa meta. Portanto, nesse ponto crucial, o ACC está com a esquerda.

Veja agora está pérola do site dele:

KRUGMAN, Paul: A Consciência de um Liberal

Paul Krugman nos ajuda a conhecer o momento presente da política e economia norte-americanas. Krugman, prêmio Nobel de economia, traça um contraste entre o Estado do Bem-Estar Social -caracterizado por Estado mais atuante na perspectiva de diminuir a desigualdade social-; e a ideia do Estado mínimo, capaz de deixar as leis do mercado determinarem os rumos da sociedade. Vale a pena observar, na obra do economista de Princeton, a agenda do conservadorismo americano -tão endossada pela igreja evangélica-, e consequente aliança com o Partido Republicano. Uma ética míope e estreita, infelizmente, presente na vida tanto eclesiástica quanto política do Brasil (***)


Lamento que, em vez de o denunciarem publicamente, os calvinistas inconformados com isso prefiram se queixar das ideias do ACC pelas costas.

Como você pode ver, estou fazendo publicamente.

julio disse...

Não sou Calvinista,portanto não tenho autoridade para associar os adeptos de tal doutrina com o esquerdismo como um todo.

Porém está bem evidente que há uma incômoda inércia dos Calvinistas mais conservadores em relação às estranhas alianças promovidas por gente como o Danilo.O que temem?

O esquerdismo tem tudo a ver com o reinismo do Sr.Hermes,que nega o Apocalipse e as promessas de um Céu com Cristo,e isso só não enxerga quem não quer,incluindo os incautos leitores e seguidores do Genizah.

Isso está com um forte cheiro de enxofre...

Abraços,irmão Júlio!

Rev. Aloísio Said Bacelar disse...

Estou pasmo!
Não sei onde o nobre arrumou base para enquadrar Danilo e Antonio Carlos como comunistas?
Quer criticar o humor, a apologetica ou o desarmamento e politica humanitária a policias e presos? OK.
Danilo é empresário. Sua tese de doutorado é sobre franchising, foi executivo da Coca-Cola e seu pai foi participe da revolução. Ele é o anti-comunista em pessoa. Sei disso pois o tenho como relação pessoal.
De Ultimato e outros eu não sei, mas ao ler isto aqui fiquei decepcionado com você. Fale, mas guarde a calúnia.

Corres o sério risco de perdar a credibilidade na Igreja Presbiterina.

Repito: Critique, vá ao ponto, mas não invente.

Você está falando de pessoas queridas na nossa comunidade.

De comunistas, a dupla mencionada não tem nada.

Julio Severo disse...

Rev. Aloísio, por que o pasmo? Não é a sua igreja (a Igreja Presbiteriana do Recreio) que estará promovendo uma conferência do Ariovaldo Ramos em 9 de julho? Em entrevista à revista marxista Diplomatique, Ariovaldo disse: “A Teologia da Missão Integral é uma variante protestante da Teologia da Libertação”. Onde está a credibilidade de um homem de carne e osso que honra uma teologia política esquerdista?

Se você fosse conservador, eu estaria pasmo com sua atitude cega de honrar esse homem esquerdista, que ficou famoso ao viajar para a Venezuela para dar apoio a Hugo Chavez. Se você não é conservador, é natural você vir aqui em defesa de seus pares.

Mas advirto-lhe: o Evangelho não deve ser usado como ponto de recreio para variantes protestantes da Teologia da Libertação.

"LABAREDAS DE FOGO" disse...

Me desculpem por usar essa palavra; mas, eu fico chocado com a burrice de alguns. O Júlio Severo fundamenta todas as suas denúncias com o que eles mesmo dizem, e esse caras ainda falam que é invencionice! É triste, um texto tão rico, tão contundente, tão bem explicado e eles não entendem nada.

Eles nem sabem quais são as idéias de seus amigos, muito menos as raízes delas.

Eduardo disse...

Irmão Julio,

O presidente da FIESP, Paulo Skaf filiou-se ao PSB. O apresentador de TV Silvio Santos, exibi em sua emissora uma novela enaltecendo socialistas, comunistas e toda a bandalha esquerdista em troca de boas negociações com o governo federal de sua dívida do Banco Panamericano. O já falecido ex- vice-presidente, José Alencar, foi o maior empresário do ramo de tecelagem do país, favoreceu suas empresas em concorrências desleais quando esteve ligado ao governo socialista. Enfim, a lista poderia se estender muito ao se tratar de "empresários" ligados ao governo socialista do PT para terem benefícios próprios.

O fato do Rev. alegar o ramo profissional de Danilo e Antonio como defesa de que, não simpatizam com o tal regime, é mera balela.

Sabemos quantos empresário europeus se aliaram ao Nazismo visando aumentar seus lucros. Enquanto poucos, muito poucos, foram os Shindlers naquele periodo.

Danilo, Antonio, Caio, Genizha e toda essa turma aloprada, podem não estar ligados ao regime esquerdista e opressor visando lucros, mas certamente o estão por ideais.

Ou o Rev. não conhece, não so os movimentos revolucinários; como também desconhece o espírito embusteiro incrustado na vida nacional. Ou está sendo, de forma lúcida, cumplice de ambos.

Em oração por ti e tua casa.

Eduardo

Anônimo disse...

Para quem conhece história o calvinismo foi criado para conter as revoltas populares das camadas mais simples da sociedade contra a elite burguesa dominante no poder, pois quando o individuo cria que havia sido "predestinado" a ser pobre porque era a "vontade soberana de Deus" ele não lutava contra seus feitores achando que seria rebeldia contra vontade de Deus que quis que ele nascesse pobre e os outros ricos, e a opressão era permitida por Deus.

Com essa doutrina esdruxula a elite calvinista escravizou os menos favorecidos e incautos sob pretexto de serem "eleitos" por aceitarem a "soberania de Deus".

Pois Julio se essa aberração calvinista fosse verdade porque protestar contra o homossexualismo? Eles não teriam culpa de serem gays foi a vontade soberana quem assim quis, se ninguém tem livre arbítrio ou seja não se pode escolher nada, não podemos condenar um assassino, um ladrão, uma prostituta, um estuprador, um pedófilo e etc, pois nenhum deles escolheu ser assim, foi a vontade "soberana de Deus!" Essa doutrina demoníaca de calvino faz o diabo pedir auxilio desemprego, pois nem o diabo escolheu ser diabo pois foi a "vontade soberana".

No lugar quente e escuro que Calvino está hoje ele vai ter bastante tempo para se arrepender dessa doutrina demoníaca, sei que o assunto é sobre esquerdismo mais vi uns calvinistas aqui querendo pousarem de heróis da história, para mim e pela história tanto o calvinismo como o comunismo carregam os mesmos "ismos" do satanismo!

Parabéns Julio, pôr ser um agente da verdade em meio a uma geração corrompida!

Nil Barreto (Católico do RCC)

Julio Severo disse...

Olá, Nil! Deixemos de lado controvérsias e antagonismos religiosos. O bem que o calvinismo já fez é inegável. Basta ver os EUA, cujas principais raízes são exatamente calvinistas. O que estamos condenando aqui é somente o marxismo, e como calvinistas, cada vez mais, estão liderando nessa ideologia satânica. Se Calvino estivesse vivo, seria um campeão contra o marxismo, que no meio evangélico vem mascarado como Teologia da Missão Integral, que é uma variante da Teologia da Libertação.

Anônimo disse...

Sou evangélica e concordo com o irmão católico acima, tanto o calvinismo quanto o comunismo são doutrinas de manipulação de massa para dominação de leigos, acredito que os cristãos de verdade fizeram bem aos E.U.A no principio, mas não acredito ter o calvinismo contribuído para nada na sociedade a não ser para os ricos e poderosos, enganando e fazendo pessoas leigas aceitarem a opressão dos abutres burgueses por ser está a vontade de Deus, que diferença a do calvinismo para o comunismo? Todos dois mentem e manipulam como disse o irmão católico, Julio parabéns seu blog tem unido os verdadeiros servos de Deus independente de suas denominações, vc é um homem de Deus!

Ivaneide Barbosa

Jay Bauman disse...

This is an unfortunate, and extremely poor understanding of the work of Rio de Paz and Antonio Carlos Costa. I suggest you interview him before making such ridiculous accusations.

Julio Severo disse...

Jay, I suppose your website is this: http://jaybauman.typepad.com/

Are you a Calvinist? If so, you have a poor understanding of Calvinism. Disarmament is not a Calvinist doctrine. I suggest you to examine better BEFORE working with a group with a Marxist orientation, because your name is connected to Rio de Paz. You are also connected to the church of Rev. Antonio Carlos Costa, the founder of Rio de Paz. Disarmament is a goal of Rio de Paz and you cannot say that this is a “ridiculous accusation”.

Anônimo disse...

O site do Genizah é horrível! apologética com humor? rs

Comunismo e cristianismo não se misturam, visto que o movimento comunista é baseado em ateísmo! como é possível conciliar as duas coisas?

Julio Severo disse...

Quero deixar bem claro, para os calvinistas irritados que estão se doendo pelo Rio de Paz, que o governo tem uma meta de desarmamento e que o Rio de Paz está ativamente colaborando com essa meta, conforme evidência da grande imprensa: http://blogs.estadao.com.br/jt-seguranca/campanha-do-desarmamento-sera-antecipada/

O desarmamento não é uma doutrina calvinista. É uma doutrina marxista, praticada por todos os regimes comunistas tirânicos, desde a União Soviética até Cuba e Coreia do Norte.

Daí, não dá para entender o motivo por que um ou dois calvinistas vieram aqui se doer pelo Rio de Paz, como se essa ONG dirigida pelo Rev. Antonio Carlos Costa nunca tivesse ativamente apoiado o governo em sua meta de desarmamento. As evidências, registradas na mídia, mostram outro quadro: http://www.google.com/search?q=desarmamento+"Rio+de+Paz"&hl=en&num=100&lr=&ft=i&cr=&safe=images&tbs=

Anônimo disse...

Júlio,
pelamordeDEUS, quando é que você vai acrescentar "responder comentários"?!?
Hunf!!!!
(Tá, pode excluir este!..)

Julio Severo disse...

Até onde vi, o Blogger não oferece essa opção de "responder comentário". Se alguém sabe como usar essa opção no Blogger, me avise, please.

ROBSON 'OTTO ' AGUIAR disse...

Eu sou cristão,mas sem denominação.mas venho vendo uns textos seu,e pergunto:o que vc tem contra o socialismo?????????vc prefere viver numa sociedade,em que um explora o trabalho dos outros somente para enriquecer??????e os funcionarios da empresa são pobres,e trabalham com o suor dos seus rostos para uma pessoa enriquecer as custas deles????????

capitalismo é que é satanico,não o socialismo.

Julio Severo disse...

Prezado Robson, o sistema capitalista, como todo sistema humano, se deteriorou, mas deu muito certo por muitos séculos na Suíça. Diz-se que João Calvino fundou o capitalismo.

A diferença entre capitalismo e socialismo é que no socialismo você não pode falar de Cristo nem criticar o socialismo. (Veja o caso de Cuba, União Soviética e China, onde milhões pereceram por falar de Cristo e criticar o socialismo.)

No capitalismo, você pode criticar o socialismo, o próprio capitalismo e, o mais importante, você pode falar de Cristo.

Mas mesmo onde há capitalismo, hoje estamos sob ameaças. Graças a uma sanha socialista nunca vista antes, países tradicionalmente capitalistas estão sob uma pressão obsessiva de grupos esquerdistas para legalizar o aborto, a sodomia, etc.

ROBSON 'OTTO ' AGUIAR disse...

É...MAS NÃO COLOQUE TODOS NUM BARCO SÓ.EM CUBA,EXISTE MUITAS IGRJAS CRISTÃS,LA A RELIGIÃO É LIVRE.

EXISTEM SOCIALISTAS E SOCIALISTAS,NÃO COLOQUE TODOS NUM BARCO.

Julio Severo disse...

Há igrejas em Cuba, Robson, mas não são livres. Em países com histórico capitalista como Suíça e EUA, os cristãos podem criticar o capitalismo, o socialismo e tudo o mais. Em países como Cuba, você pode criticar o capitalismo, mas jamais o socialismo. Nos EUA e Suíça, o Evangelho é livre e livre a sua pregação. Você vai agora insinuar que é livre o Evangelho e sua pregação em Cuba? Faça-nos um favor: Mude-se para Cuba e goze lá as liberdades cubanas. Só assim você aprenderá a não falar bobagem.

Geazy Liscio disse...

Caro Julio

Admiro seu trabalho e muita de suas posições. Agora, porque em um ponto nós não concordamos somos inimigos? P ACC tem uma visão diferente de sobre o desarmamento e ele terá seus motivos, por isso ele é seu inimigo?

Quer dizer que voce é O Detentor da verdade, tudo o que voce diz é a correta e infalivel interpretação do cristianismo bíblico? Ninguem pode discordar de voce?

E lembrando que o Rio de Paz é uma ONG e não escola de teologia calvinista. Por mais que o Rio de Paz tenha cristãos calvinistas em seu grupo, há tambem outros que nem mesmo são cristãos.

Acho que você exagerou atacando o rio de paz e errou completamente atacando o Rev. Antonio. Como alguem já citou acima, voce precisa conversar com o próprio Antonio, que em poucas palavras é pastor que se preocupa com a paz da cidade que ele pastoreia.

Grato!

Julio Severo disse...

Geazy

Eu não sou o dono da verdade. E muito menos o Rio de Paz, que diz besteiras publicamente. Tenho, pois, o direito de discordar publiamente. Se ACC tivesse pecado secretamente, eu teria cumprido meu dever de admoestá-lo em particular. Desarmamento nunca foi política de Calvino! E olha que eu nem sou calvinista! O ACC deveria no minimo ser honesto e dizer: "Sou calvinista, mas defendo uma ideia de desarmamento que Calvino nunca defendeu".

Posso não ser o dono da verdade, mas meu blog tem opiniões honestas e coerentes.

Isabel Ferreira. disse...

Caríssimo irmão Júlio.Como a sua vida é importante para a Igreja!Saiba que o seu trabalho no Senhor não é vão.Você tem clareza quanto às coisas de Deus e é corajoso.Como falta coragem ao cristão.Eu tenho sido grandemente esclarecida pelo seu blog.Que o Senhor continue te abençoando e guardando toda a tua casa.Amém.