28 de junho de 2011

Genizah: esculacho pró-socialismo travestido de apologética

Genizah: esculacho pró-socialismo travestido de apologética

Edson Camargo
O blog Genizah, comandado pelo marqueteiro Danilo Fernandes, republicou dias atrás matéria da revista Istoé que trata da participação política dos protestantes durante o regime militar instalado no país em 1964, expressando apoio integral ao conteúdo da reportagem.
O que esperar da abordagem da revista Istoé sobre o tema? Bem, dependente de verbas governamentais, e com notório alinhamento às posições do partido que hoje controla o país, temos a resposta óbvia: lá está toda a engenharia da culpa típica das hostes socialistas, que sempre fazem a habitual e soturna seletividade na apresentação dos fatos: faz de terroristas, seus apoiadores e defensores, as pobres vítimas, e dos alinhados ao regime, os monstros, os verdugos, os carrascos. Mas como esquecer do fato de que, durante a última campanha à presidência, assim que o candidato a vice na chapa do PSDB lembrou a todos de que o PT tem uma histórica aliança com o grupo narcoterrorista FARC, a revista fez matéria de capa atribuindo à oposição a mania de "ver fantasmas" e apelar para a "tática do medo"? Como a existência e ação contínua e planejada do Foro de São Paulo, que agrega PT, FARC e outros grupos socialistas da América do Sul é algo confessado pelo próprio Lula, um dos mentores do projeto, fica evidente que a Istoé tem um papel fundamental na revolução cultural anestésica promovida pela esquerda: sem fabricar a desinformação (dezinformatsiya - em russo), é quase impossível empreender a subversão das instituições.
E lá vamos por pingos nos 'i's. Houve exagero da parte dos militares? É claro, e eles mesmos reconhecem, hoje, envergonhados, ainda que saibam que estavam do lado da legalidade e da ordem, com amplo apoio popular. E o que fazem os revolucionários: continuam manifestando apoio a Fidel Castro, prosseguem encobrindo os assassinatos de seus próprios "camaradas" - os chamados "justiçamentos"-, desconversam quando toca-se no fato de que muito antes do golpe, já realizavam ataques, treinavam militantes, recebiam treinamento e diretrizes da Rússia, da China, e aliciavam estudantes. Que tal ler o manual de guerrilha urbana de Carlos Marighella? Na Intentona Comunista de 1935, mataram 500 pessoas em uma semana. O regime militar, em 20 anos, fez 376 vítimas, dentre as quais terroristas obstinados, ávidos por transformar o Brasil num grande Gulag.
Mas os arautos desse tosco "esquerdismo de crente" contaminado de liberalismo teológico vagabundo, como Danilo Fernandes, Hermes Fernandes, Ed René Kivitz, Caio Fábio, Robinson Cavalcanti e Ariovaldo Ramos, não hesitam na hora de decidir em que lado ficam. Tanto que Danilo Fernandes está interessado em "cavar mais fundo" na história para buscar mais fatos que culpem os "reacionários". E fica evidente sua "apologética" morbidamente seletiva e canhota, que divulga artigos e vídeos destas figuras e faz parceria com blogueiros pró-gayzismo como Sérgio Pavarini.
Vamos a um exemplo: o escritor Ricardo Gondim, que não crê na soberania de Deus e afirmou, em entrevista à newsletter petista Carta Capital que "nem todas as relações homossexuais são promíscuas", teve um artigo seu em destaque no Genizah nesta segunda-feira (27). O motivo: a princípio, retrocedeu duma posição herética: afirma no texto que agora voltou a crer na volta de Cristo. Mas para quê: para despejar sobre o povo os ensinamentos do teólogo comunista Jürgen Moltmann, umas das grandes inspirações da Teologia da Libertação. Não deixou de enaltecer os "jovens guerrilheiros" que tomaram o poder em Cuba em 1959. Loas foram cantadas ao autodenominado "herético da vez". Danilo estufa o peito, mas sobre outras dezenas de falsos ensinamentos de Gondim, dos quais ele nunca se retratou, nem uma palavra.
O que ensinava o teórico comunista Antônio Gramsci sobre a ação dos revolucionários sobre a fé cristã? Transformar a igreja numa grande instituição-papagaio da revolução, neutralizando-a desde dentro. E é assim que deve ser encarado o pronto endosso de Danilo Fernandes e asseclas à matéria da Istoé.
É também por isso que um homem íntegro como o pastor Enéas Tognini, que mobilizou toda a igreja brasileira à oração num momento em que a ameaça revolucionária crescia, é ridicularizado. É por isso que o Conselho Mundial de Igrejas (CMI), um conluio internacional de comunistas que apóiam movimentos subversivos em todo o mundo há décadas é tido pela Istoé e por Danilo Fernandes como instituição confiável. Nada é por acaso, não é mesmo?
No mesmo Genizah foi publicado recentemente o artigo Em busca do equilíbrio perdido: A relação entre a Igreja Evangélica e a Ditadura Militar de autoria de Thiago Lima Barros. Danilo gaba-se de ter "cantado a bola" publicando o texto em seu 'Almanaque' 20 dias antes da publicação da matéria da Istoé. Dentre as pérolas do artigo, consta que as pressões dos americanos levaram Getúlio ao suicídio, e que estes, junto às empresas multinacionais e empresários brasileiros, também derrubaram Jango. Nomes? Nenhum. Enfim, a velha mitologia "progressista" tapuia, onipresente na mídia anticristã, mas já desmentida pelo agente comunista tcheco Ladislav Bittman. Do fato óbvio que Jango estava metido com os comunas até o pescoço (o próprio Luís Carlos Prestes disse em 1963 que os comunistas já estavam no governo), nada. Para Thiago Lima Barros, Lula salvou, em "seus dois quadriênios", o nosso "capitalismo de araque" com benesses estatais. Os bancos e Eike Batista que o digam... Para ele, a igreja evangélica acabou por "meter os pés pelas mãos em 2010, caindo na lábia conservadora da máquina de difamações do PSDB paulista". Por aí se vê o esquerdismo da criatura: chamar o PSDB, um partido intervencionista, politicamente correto, pró-gayzismo e pró-maconha de conservador, é mais do que entortar o espectro político para o lado da esquerda: é fazer pública profissão de fé no que há de mais falso no discurso petista.
E aí está o STF, aprovando tudo o que é contrário à fé cristã, da eliminação de embriões humanos às marchas de apologia às drogas, passando pelas uniões civis de gays à carta branca ao terrorista italiano Cesare Battisti. Enfim, confirmando todas as denúncias que Thiago Lima Barros chamou de "lábia conservadora".
Thiago ainda ressalta a liberdade com que os cristãos combateram durante o governo do PT coisas como o PLC 122. Curiosamente, ele não falou que o gayzismo é uma das causas preferidas do PT (e também do PSDB). Mui neutra a criatura, como se vê. Daí para passar pito nos cristãos que, cumprindo seu dever cívico e moral, delataram os "irmãos" comunistas, foi um pulo. Mas esses comunistas, que ele mesmo reconhece que eram heréticos, não eram irmãos, de acordo com II João 1:9: "Todo aquele que ultrapassa a doutrina não tem a Cristo". Logo, sua bronca não tem o menor fundamento.
É com essa monteira de trapaças que Thiago Lima Barros posa de legítimo representante de um "evangelho equilibrado". Alardeando neutralidade e isenção, ao mesmo tempo em que vocifera as crendices mais caras à esquerda. Evoca, assim, a "melhor" tradição do discurso revolucionário. Sem deixar de concluir lascando a lenha nos "Olavos de Carvalho e Julios Severos da vida", para que o delírio genizático seja completo.
E tem outra: em verdade, em verdade, vos lembro, prezados: o padrão do cristão não é o equilíbrio. É a verdade. Elias, Daniel, Jeremias, Isaías, João Batista, Paulo, e o próprio Cristo nunca procuraram uma posição equilibrada em relação às idéias vigentes nas épocas em que viveram: defenderam a fé, passando-se por radicais, confrontando opositores, quer fossem fariseus, magos, reis, ou defensores dos poderosos do dia, como Thiago Lima Barros. Sejamos quentes. Os mornos, Deus vomitará. Quanto ao pessoal em cima do muro, vale o recado do diabo, na piada já conhecida: "Deixe-os ali. O muro é meu".
Agora que aos olhos da grande imprensa surgiu uma "direita evangélica" ativa, que atrapalhou bastante a eleição de Dilma e atrapalha o avanço do gayzismo, é previsível que matérias como essa da Istoé, exemplo de desinformação gramsciana, se tornem mais constantes. O Cel Brilhante Ustra mostrando o quanto Persio Arida mentiu em seus artigos também foi um golpe duro aos cultores do mito da "ditadura brutal de 1964" e da superioridade moral dos subversivos.
Levando tais fatos em conta, quem duvida que fazer dos evangélicos um pelotão de "idiotas úteis" a serviço do socialismo e de políticas globalistas não está na agenda revolucionária?
Infelizmente, há milhares de apologistas dessa ideologia imbecil, assassina e absolutamente capenga, do ponto de vista lógico e conceitual, nas igrejas, seminários e editoras cristãs. Uma ideologia que se mostra um fracasso na economia, inigualável na matança, macabra em suas armadilhas sofísticas e psicológicas, e, como se vê no Brasil, um câncer na cultura. Pelos frutos, quem viveu o século XX, conhece-a muito bem. Basta um mínimo de bom senso e honestidade intelectual para perceber o quão mal intencionados são seus defensores.
Vai um "casamento gay" aí? Vai um aborto? Que tal um baseado? Vai um Hugo Chávez? Vai uma FARC? Vai um MST? Vai um imposto para fins "sociais"?
Não dá. Fique com o Evangelho. "Quando o ímpio domina, o povo geme", diz a Bíblia. E eles dominam a cultura, a imprensa, as universidades, a máquina pública, a blogosfera, e querem dominar de vez a igreja. Como há muitos cristãos autênticos que morrem de medo de se posicionar, essa turba deita e rola.
Por essas e outras, estamos como estamos. Criemos coragem e façamos como João Batista, a voz que clamava, valente pela verdade.
Divulgação: www.juliosevero.com

10 comentários :

Diogo Carvalho disse...

Mais uma vez, valeu, Julio!

SILVIO RICARDO disse...

O dep. federal Chico Alencar do PSOL-RJ articulou a aprovação de uma EC de 11 MILHÕES destinada a patrocinar PARADA GAY NO BRASIL!

Alencar defende:

COTA PARA PROFESSORES HOMOSSEXUAIS;
ESTÁGIO REMUNERADO PARA GAYS;
DINHEIRO PÚBLICO PARA REALIZAÇÃO DE PARADA GAY NO BRASIL;

O canalha é tão satânico em suas intenções que nega tudo! O Jair Bolsonaro acusou-o publicamente.

O vídeo com essa denúncia está no youtube e eu aconselho ser assistido por todos.

http://www.youtube.com/watch?v=UqOvBF_hC-w

Teóphilo disse...

Dos personagens citados, apenas posso dizer que eu pensava que o marequeteiro do Genizah usava o vermelho por querer aparecer e ficava vermelho para cuspir impropérios em quem lhe desagradasse, mas agora você, Júlio, está provando que há ainda mais vermelho no discurso manipulador dessa pessoa.
Pena que o amarelo, da covardia, se mostre gritante quando ele manipula fatos e comentários para enganar os incautos e "sair por cima"...
Esse ser apenas demonstra a cada dia que nunca conheceu verdadeiramente ao Senhor e continua servindo apenas a seu próprio ventre.
Triste.

Anônimo disse...

Júlio, sobre essa subversão, é importante divulgar essa série de 4 videos:

http://www.youtube.com/watch?v=OLoNPqdbQe0

Nela, Yuri Bezmenov, ex-agente da KGB, descreve toda a tática de subversão comunista. O impressionate é que essa palestra foi ministrada em 1983 e descreve com detalhes a realidade do nosso mundo hoje, com essa imoralidade toda e com esses grupelhos radicais (gayzistas, feministas, maconheiros etc) querendo destruir as instituições.

paulo_sergio disse...

Nasci em berço evangélico e passei a juventude inteira sendo doutrinado pelas ideias socialistas.Quem frequentou a escola nesse período pós-governo militar no Brasil,sabe do que eu estou falando.Passamos por um verdadeiro bombardeio ideológico esquerdista ,seja nos livros ou por professores militantes.Lembro-me de um professor de geografia que vivia exaltando o guerrilheiro Che Guevara,como um herói dos pobres e oprimidos,mas nunca esse professor contava a história inteira.sempre a parte que lhe interessava.Logicamente que depois de algum tempo eu fui saber o lado sombrio e asqueroso desse personagem da revolução cubana e de todo o lixo que os comunistas são e representam.

Votei no PT e em todos esses partidos de esquerda.Com o tempo me livrei por completo dessa verdadeira lavagem cerebral.

Além do bombardeio ideológico que hoje toma conta das escolas e universidades é uma pena termos que ver cristãos sendo arrebanhados para o exército do inimigo,mas enfim,chegamos em tempos difíceis e dia menos dias, quem é cristão de verdade vai ter que prová-lo na prática e não somente em palavras.Vamos pedir a Deus que nos dê forças suficientes nessa hora.

Que Deus abençoe a todos.

Sandro disse...

Julio olha que legal o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) apresentou nesta terça-feira projeto de lei que institui o Dia do Orgulho Heterossexual.Segue o link http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5210642-EI7896,00-Camara+recebe+projeto+para+criacao+de+dia+do+orgulho+hetero.html

Marco Teles disse...

Olá Júlio!

Uma coisa que sempre me chamou a atenção no Genizah é que não se responsabilizam pelo que publicam, mandam ir na fonte reclamar. Isto já é um sinal negativo.

Quanto à violência dos "esquerdistas", que na verdade são direita pois estão no governo, quero citar conversa que tive com um ex-guerrilheiro que achava bonito e "coisa de macho" se arriscar para matar ou morrer em prol de seus ideais. Não vejo diferença entre uma pessoa destas e um traficante assassino. O que muda é apenas a droga que usam.

Que Deus continue abençoando seu trabalho em prol da Palavra de Deus e da Família brasileira.

Anônimo disse...

O único titulo do Danilo é de PHd em cretinices!

Sandra M disse...

Parabéns pelo artigo!

Afff!!!
Eu to começando a ficar com raiva...

Já me cansei de arrogantes achando que podem pensar por algum evangélico... Como se soubessem o que os evangélicos comuns querem ou pensam...

...todos os partidos são iguais em seus apoios/interesses pois as pessoas votam, não importa se gays ou não... (Eu não voto. Me recuso. Meu governante é um Rei Eterno! Meu título já foi até cancelado!)

...Crentes comunistas?!? Crentes? Crentes em quê?...

Se o cara é cristão, a ideologia dele é CRISTO, seu estado é monárquico e sua Constituição é a Bíblia...
Sim, sim; não, não! Nem mais Nem menos.

PRESBÍTERO VALDOMIRO disse...

Sandra,

Concordo plenamente com você: o verdadeiro cristão tem que ter somente uma única palavra. A respeito disso, Jesus disse com todas as letras:

"Seja, porém, a vossa palavra: sim, sim; não, não; pois o que passar disto é de procedência maligna" (Mateus 5:37)

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou amará a um e odiará o outro, ou há de se dedicar a um e desprezar o outro" (Mateus 6:24)

E o apóstolo Paulo também disse algo muito importante nesse sentido:

"Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que Ele?" (1 Coríntios 10:20-21)

"Não vos coloqueis num jugo desigual com os incrédulos. Pois, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que união pode haver da luz com as trevas? E que aliança há entre Cristo e o maligno? E que parte tem o fiel com o infiel? E que concordância existe do templo de Deus com os ídolos?" (2 Coríntios 6:14-16)

A Palavra de Deus é taxativa: ou você está a favor de Deus, ou você está contra Deus. Em outras palavras: ou você serve a Deus, ou você serve ao diabo (não existe meio-termo)!

Infelizmente, muitos que se dizem "evangélicos" (principalmente os que estão na política) estão se misturando com os ímpios deste governo corrupto. Realmente, não dá para confiar em pessoas desse tipo.

Eu vou mais além: eu não confio em nenhum político. Nem mesmo os da bancada evangélica não são dignos de confiança. É por isso que o apóstolo Paulo disse: "Seja Deus verdadeiro e todo homem (principalmente político) mentiroso" (Romanos 3:4, o parêntese é meu).

Eu diria mais: A ÚNICA FORMA DE DARMOS UM BASTA NA BANDALHEIRA DA NOSSA POLÍTICA É O VOTO NULO!

E a Palavra de Deus ainda diz:

"E vereis a diferença entre o justo e o ímpio, entre aquele que serve a Deus e aquele que não O serve" (Malaquias 3:18)

Muitos que se dizem cristãos talvez não saibam (ou talvez estejam esquecidos), mas O JULGAMENTO DE DEUS VAI COMEÇAR DENTRO DA IGREJA: OS PASTORES E LÍDERES (E TAMBÉM POLÍTICOS) QUE SE DIZEM CRISTÃOS, QUE DEVERIAM DAR O BOM EXEMPLO (MAS QUE SÃO USADOS PELO DIABO), SERÃO OS PRIMEIROS A PRESTAR CONTAS A JESUS! A respeito disso, a Bíblia diz com todas as letras:

"Pois já é tempo de se começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se somente o justo se salva, onde aparecerá o ímpio e o pecador?" (1 Pedro 4:17-18).

Para esses que se dizem cristãos (mas que, às escondidas, satisfazem aos desejos do diabo), Jesus dá uma advertência muito séria (gostaria que todos lessem e meditassem atentamente):

"Nem todo aquele que diz: Senhor! Senhor! entrará no Reino dos Céus, mas somente aquele que faz a vontade de Meu Pai que está nos Céus. Muitos dirão naquele dia: Senhor, não profetizamos em Teu nome? E não expulsamos demônios em Teu nome? E não fizemos obras grandiosas em Teu nome? Porém, Eu vos direi: Nunca vos conheci. Apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21-23)

Para encerrar minha mensagem, deixo este versículo para a reflexão de todos:

"Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" (Romanos 14:12)