3 de junho de 2011

Ex-top model Kathy Ireland apoia iniciativa para cessar financiamentos à Federação de Planejamento Familiar

Ex-top model Kathy Ireland apoia iniciativa para cessar financiamentos à Federação de Planejamento Familiar

WASHINGTON, D.C., EUA, 27 de maio de 2011 (Notícias Pró-Família) — Kathy Ireland, top model que se tornou ativista pró-vida, acrescentou sua voz nesta semana às vozes que estão exortando o Congresso dos EUA a cessar todo financiamento federal à Federação de Planejamento Familiar, o maior fornecedor de abortos dos EUA.
Kathy Ireland
“Penso que a Federação de Planejamento Familiar precisa reavaliar e examinar quais são seus valores, qual é sua missão, quais são suas metas e o que fazem para merecer financiamentos do governo. Por exemplo, tenho envolvimento com organizações sem fins lucrativos que não recebem nenhuma verba do governo”, Ireland disse para a TV FoxNews.
“Se você realmente acredita de modo forte [no que a Federação de Planejamento Familiar faz], então obtenha seu próprio dinheiro para financiá-la”, continuou ela. “Não creio que seja certo forçar as pessoas que não concordam com algumas coisas que eles fazem. Não penso que os cidadãos que pagam impostos precisam financiar algo tão polêmico quanto a [Federação de Planejamento Familiar]”.
Ireland, que ficou famosa nas décadas de 1980 e 1990 por ter sido várias vezes capa da edição anual de roupa de banho da revista Sports Illustrated, se tornou uma promotora ardente do direito à vida na última década.
Embora originalmente tivesse assumido uma posição pró-aborto, ela diz que mudou de opinião depois de pesquisar a questão nos manuais médicos de seu marido.
Ela disse para a FoxNews que suas opiniões pró-vida iraram muitos colegas na indústria do entretenimento. “Nunca foi minha intenção ganhar um concurso de popularidade”, disse ela.
“Conversei com os maiores cientistas de nosso país perguntando ‘Poderia por gentileza me mostrar algum fragmento de evidência de que os bebês em gestação não são seres humanos?’ e ninguém pôde me mostrar”, continuou ela.
“Continuarei a lutar por esses direitos humanos até que alguém consiga me mostrar o contrário”, acrescentou ela. “Portanto, muitas pessoas se enfezam comigo, mas tudo bem. Eu escuto as críticas, pois às vezes há coisas para se aprender, ainda que venham embrulhadas num pacote sujo”.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

Um comentário :

Anônimo disse...

Julio, vc pode me informar a data, e; em qual programa da FoxNews ela deu a entrevista, segundo consta do artigo?