18 de maio de 2011

Perversão da democracia: “casamento” gay e a lei

Perversão da democracia: “casamento” gay e a lei

16 de maio de 2011 (Notícias Pró-Família) — Por dois anos agora, venho alertando que as campanhas agressivas para aprovar o tão chamado “casamento gay” são a maior ameaça à liberdade religiosa que já enfrentamos. Mas acho que talvez eu tenha subestimado a ameaça, pois agora temo que o processo democrático e o Estado de direito também estejam em perigo.
Já foi muito ruim quando o presidente [Obama] e o procurador-geral dos EUA declararam que a Lei de Defesa do Casamento (LDC) era inconstitucional e não defenderiam a lei vigente nos tribunais. Eles nem se importaram com o fato de que a LDC foi sancionada pelo presidente Clinton em 1996 depois que o Senado a aprovou por 85 a 15 e a Câmara dos Deputados por uma margem de 342 a 66!
Mas depois que a Câmara dos Deputados contratou o escritório de advocacia King & Spalding para representar a LDC nos tribunais (já que o Executivo não queria fazer isso), algo não muito inesperado ocorreu. Os grupos homossexuais ameaçaram boicotar King & Spalding e seus clientes comerciais.
Numa ação eticamente questionável, pelo menos sob o preceito da ética legal, King & Spalding se dobrou e informou à Câmara dos Deputados que não a representaria ao final de tudo. Em vez de criticarem King & Spalding, os meios de comunicação celebraram isso como reconhecimento de que se opor ao casamento gay equivale ao fanatismo.
Num gesto louvável, o principal advogado no caso, Paul Clement, se demitiu de King & Spalding e defenderá a LDC por meio de outro escritório de advocacia. Clement acertou quando disse: “No que se refere aos advogados, o jeito mais seguro de estar do lado errado da história é abandonar um cliente em face de críticas hostis”.
Mas boicotes e críticas hostis são uma coisa. Ignorar a lei federal é outra. Veja um bom exemplo: o governo de Obama suspendeu a ordem para que um imigrante gay fosse deportado só pelo fato de que o Ministério da Justiça sente que dá para se considerar esse homem como cônjuge de outro homem sob as leis de imigração dos EUA. É claro que isso é pura tolice, pois sob a LDC, o governo federal não pode reconhecer casamentos de mesmo sexo. Mas evidentemente, a lei, a vontade do Congresso e a vontade do povo não importam mais na Casa Branca de Obama — se o assunto em questão é o tão chamado “casamento” gay.
E agora o diretor dos capelães da Marinha dos EUA publicou um comunicado dando aos capelães da Marinha autorização para realizar cerimônias de “casamento” gay em estados que permitem o tão chamado “casamento” de mesmo sexo. (Desde então, essa ordem foi cancelada.)
É evidente que o problema com isso, conforme apontou Tom McClusky do Conselho de Pesquisa da Família, é que os capelães da Marinha são funcionários federais, e as capelas da Marinha são instalações federais. A realização de cerimônias de casamento de mesmo sexo violaria a LDC.
Mas, conforme disse McClusky: “Quando temos um presidente que não crê que a Lei de Defesa do Casamento é uma lei que ele precisa seguir, não é surpresa que as forças armadas seguiriam seu exemplo”.
Isso não é surpresa, mas é horrivelmente perigoso. O tão chamado “casamento” gay foi rejeitado em todos os 31 estados em que as pessoas votaram! Por isso, os grupos homossexuais, até agora, estão triunfando, porque estão driblando o povo, levando seus casos aos tribunais, fazendo pressões sobre empresas e agora escritórios de advocacia, e encontrando na Casa Branca um cúmplice disposto em suas tramas não democráticas.
O que posso dizer é: “Acordem, EUA!” Mais claro e forte que isso não dá.
Quando o Executivo do governo governa através de decretos e escolhe não cumprir a lei vigente, o processo democrático e o consentimento dos governados não são mais possíveis.
Publicado com a permissão de Breakpoint.org
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
Notícias relacionados na Blog Julio Severo:

5 comentários :

Pr. Marcio Gil disse...

É lamentável que Obama não saiba respeitar as leis do seu país, mas não é um privilégio dele. Aqui no Brasil temos o Supremo Tribunal Federal que escolheram em defender a uma ideologia ao invés da Constituição Federal. E aquele que já foi presidente, Lula, graças a Deus que foi, também não respeitava o povo brasileiro pois o Chamado Direitos Humanos, na realidade, são desumanos. E esta Dilma, que está no seu trono, quietinha, é uma das maiores desconstrutora da familia normativa heteresexual. Afinal de contas, o nome dela está entre os que formaram o decreto dos Direitos Humanos.

SVM disse...

Essa loucura vem acontecendo em todo o Ocidente. Executivo e judiciário estão decidindo passar por cima do legislativo, como se a ampla representatividade popular que ele representa fosse de nenhuma importância.. Pq afinal o povo é um bando ignorante e inapto a decidir qualquer coisa em um país (imagino ser esse o pensamento dos liberais).

E aqui jaz a democracia...

Anônimo disse...

Não sou cristão, os gays não me incomodam, mas entrei no seu site agora li suas mensagens e vejo que tudo isso está acontecendo com vcs crentes porque vcs são COVARDES, as bichas vão a rua brigar contra vcs, e vcs ficam dentro das igrejas enriquecendo os pastores de vcs isso é vergonhoso, meu irmão é crente e tem um livro sobre Lutero que eu já li e ele sozinho encarou todo o império romano pra defender o que ele acreditava, meu irmão estava lendo seu site aqui na lan house e foi embora e deixou o resto do tempo pra mim e eu achei interessante e comecei a ler e estou escrevendo aqui o que eu penso, acho que vcs ficam de joelho demais orando e esquecem que Deus deu pernas e braços a vcs pra que? Pra ficar olhando vcs serem humilhados, se eu fosse crente iria fazer bandeiras e camisas contra essa lei iria chamar meu cumpradres de roda pra me ajudar e iria gritar na frente de uma emissora de tv pois assim o mundo todo iria ver, não tenho pena de vcs crentes pois não gosto de gente medrosa, vcs ficam esperando as coisas cairem do céu, os crentes devem achar que Deus deve se empregado deles e descer do céu e ir protestar por eles que falta de respeito com Deus os crentes tem na minha opinião, meus pais são crentes e não sou e nem quero ser pois vejo que vcs são medrosos, se lutero fosse vivo eu seria da igreja dele pois ele sim é um cabra macho, gosto de gente de coragem, e cara gostei do seu cabelo mano, curto rock e o meu pêlo já ta quase no ombro, me desculpe se lhe ofendi mas apenas disse o que acho.

Pedro rivera da silva

Anônimo disse...

Indicação de leitura

Prezado Julio Severo, gostaria de recomendar a voce a leitura do link abaixo.
É muito importante para abrir os olhos de todos.


Leia este artigo no endereço indicado

Address: http://www.espada.eti.br/n1055.asp


Alguém que conhece seu endereço eletrônico recomendou a leitura de um artigo do site "A Espada do Espírito".




This message was sent to you using the Tell-A-Friend feature at http://www.espada.eti.br. If you think it was sent in error, or to report abuse, please visit our website or contact us.

Anônimo disse...

Sem entrar de forma objetiva nas considerações e posicionamentos do vosso Blog, embora participe ativamente da discussão de muitos assuntos na Rede. Aqui também, estou participando, porquanto estou recebendo informações... E quanto à idéia de receber e fornecer informações agradeço o espaço, e peço e também sugiro a leitura do meu décimo sétimo Blog: O CASAMENTO GAY, A ADOÇÃO E O ESTUDO HOMOSSEXUAL NAS ESCOLAS, endereço ─ www.paradocola.blogspot.com .
Atenciosamente JORGE VIDAL