13 de abril de 2011

Nero e seus amigos estão entre nós

Nero e seus amigos estão entre nós

Bispo anglicano compara assassino islâmico do Rio a católicos e evangélicos pró-vida

Julio Severo
Satanás, o Supremo Culpador, foi o primeiro a se levantar com acusações contra os filhos de Deus.
Séculos mais tarde, levantou-se o insano imperador Nero, que mandou incendiar Roma e jogou toda a culpa nos cristãos.
Outros séculos mais tarde, levantou-se o satanista Karl Marx, um ex-protestante, culpando Deus, a família e os cristãos pelos males do mundo.
Hoje, o Supremo Acusador usa não somente gente como Nero e Marx, mas também indivíduos nominalmente cristãos que, embora aleguem desprezar Nero, são amantes de Marx. Entre esses estão líderes católicos e protestantes que usam o Evangelho de Jesus Cristo como mero palanque para as ideias de Marx.
Nas mãos deles, o Reino de Deus é mera fachada para um reino teocrático socialista, onde a ideologia reinista impõe que o evangelho remoldado à imagem e semelhança de Karl Marx reine neste mundo.
Tudo o que se opõe a agenda reinista socialista se torna… apostasia.
Até a oposição cristã à agenda do aborto e sodomia atrai a ira dos socialistas, e seus fiéis amantes católicos e protestantes preferem se alinhar com… seus irmãos ideológicos.
Qualquer crime, por mais distante que esteja dos cristãos, se torna pretexto para eles despejarem vingança sobre os cristãos.
No recente episódio do homem simpatizante do islamismo que matou alunos de uma escola do Rio, um líder evangélico progressista (ou reinista, ou marxista, ou socialista, ou o que quer que usem como rótulo) comparou o chacinador do Rio aos cristãos católicos e evangélicos que lutam contra o aborto.
Em outro texto, em seu rotineiro raciocínio envenenado de malícia ideológica enfeitada com cobertura de “amor cristão”, o evangélico reinista, que é um bispo anglicano, declara sobre o aborto:
“Quem pensa, por exemplo, que proibindo o aborto vai coibir o avanço desta prática nefasta, está equivocado. As clínicas clandestinas agradecem qualquer tentativa de impedir que o aborto seja regularizado no País.”
Vindo de uma pessoa comum, essa é uma declaração irresponsável e estúpida. Mas vindo de um bispo anglicano, dá para dizer que são palavras inocentes e puras?
Essa esquizofrênica ginástica linguística tem a cara do que Lula disse certa vez: “Sou contra o aborto, mas a favor de sua legalização”.
Essa esquizofrênica ginástica linguística tem também a cara de Caio Fábio, que diz que é contra o aborto, mas aconselha sua prática — incoerência igualmente manifesta nas opiniões e aconselhamentos dele sobre a homossexualidade. Não por coincidência, os dois são destaque no tabloide sensacionalista Genizah.
A questão fundamental é que o aborto propositado é homicídio. Meu amigo Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz, que é formado em direito e reconhecido líder pró-vida católico, disse sobre a ideia do bispo anglicano: “A pessoa tem um valor intrínseco, uma dignidade pelo simples fato de ser pessoa. A dignidade da pessoa humana é um dos fundamentos da República Federativa do Brasil (art. 1º, III, CF). Assim, o que importa não é saber se o número global de abortos vai diminuir através de sua ‘legalização’. O que importa é saber se este indivíduo humano no ventre desta mulher estará ou não protegido se o aborto for ‘regularizado’”.
O evangélico reinista pode ter tentado esconder suas intenções, mas as implicações óbvios de seu raciocínio são fáceis de captar, se aplicarmos a “lógica” dele a outras situações igualmente horrendas:
“Quem pensa, por exemplo, que proibindo o estupro vai coibir o avanço desta prática nefasta, está equivocado. Os estupradores clandestinos agradecem qualquer tentativa de impedir que o estupro seja regularizado no País.”
“Quem pensa, por exemplo, que proibindo o homicídio vai coibir o avanço desta prática nefasta, está equivocado. Os assassinos clandestinos agradecem qualquer tentativa de impedir que o homicídio seja regularizado no País.”
“Quem pensa, por exemplo, que proibindo a pedofilia vai coibir o avanço desta prática nefasta, está equivocado. Os pedófilos clandestinos agradecem qualquer tentativa de impedir que a pedofilia seja regularizada no País.”
Já refutei detalhadamente esse tipo de pensamento no meu artigo sobre uma líder evangélica que atacou o ativismo cristão contra o PLC 122 e o “casamento” homossexual. Essa líder hoje escreve, juntamente com ele, no tabloide sensacionalista Genizah.
A incoerência e o paradoxo dominam as palavras do bispo anglicano, que aparentando ser contra o aborto, mostra nítida indiferença para sua legalização. No mesmo fôlego, ele mostra favoritismo por ideias socialistas e finge não ter simpatia por Marx. E numa carta de alegado amor cristão, ele conseguiu dizer que não faz uso de jargões, e ao mesmo tempo insultou o filósofo Olavo de Carvalho. Ele é medalha de prata em esquizofrênica ginástica linguística, perdendo apenas para seu colega Caio Fábio.
E sobre o PLC 122? O bispo anglicano Hermes Fernandes ri como se os cristãos que estão lutando contra a agenda gay estivessem sofrendo de uma paranoia.
Mas no lugar dele, eu estaria chorando. A Igreja Anglicana está se demolindo com o avanço da agenda gay em seu meio, tendo já ordenado bispos gays e lésbicos. E seus representantes mais “conservadores”, como Robinson Cavalcanti, bispo anglicano brasileiro, estão num abismo sem fundo de contradições. Cavalcanti, por exemplo, fundou o Movimento Evangélico Progressista, que ajudou a colocar Lula no poder anos atrás. Por sua vez, Lula colocou a agenda gay no pedestal durante seu governo. Mesmo no final de seu mandato, Lula, o campeão dos ativistas gays e dos cristãos progressistas, deu numerosos presentes aos ativistas gays.
Hoje, o bispo Hermes, que mora nos EUA, é um fervoroso apoiador, com sua típica e esquizofrênica ginástica linguística, de Dilma Rousseff e Barack Obama, ambos adeptos da religião marxista do aborto e sodomia. Culpar Dilma e Obama pela promoção dessa religião na sociedade brasileira e americana? Isso é algo que o bispo anglicano não sabe fazer. Ele só foi adestrado para culpar os cristãos conservadores.
Opondo-se ou não à agenda do aborto e sodomia, o que os evangélicos progressistas fazem e dizem acaba cooperando para o avanço da agenda socialista, ainda que jurem não querer nada com o socialismo. Entre os muitos cooperadores estão Ariovaldo Ramos, que viajou à Venezuela para dar apoio ao ditador marxista Hugo Chavez, e Caio Fábio, que confessou que durante anos trabalhou para aproximar os evangélicos de Lula e do PT. Outros famosos socialistas evangélicos do Brasil são: Ricardo Gondim, Paul Freston e Ed Rene Kivitz.
Eles provocam incontáveis estragos à divulgação do Evangelho, ao pervertê-lo e colocá-lo a serviço de uma ideologia que nada tem a ver com Jesus Cristo. Cada tentativa de se implantar um reino humano dessa ideologia trouxe a manifestação do reino das trevas: matanças, genocídios, mentiras, destruição e horrenda perseguição aos verdadeiros seguidores de Jesus Cristo.
Quando a sociedade é destruída pelas chamas de sua ideologia, os marxistas, seguindo as pegadas de Nero, já sabem em quem jogar a culpa: os cristãos conservadores pró-vida e pró-família, que têm de sofrer também os dedos incriminadores de católicos e evangélicos progressistas.
Se dissermos que esse é o espírito de Nero entre os cristãos, os reinistas prontamente negarão, dizendo: “Preferimos Rubens Alves!” ou “Preferimos Frei Betto!” ou “Preferimos qualquer outro descendente religioso de Marx!” ou, bem no estilo da esquizofrênica ginástica linguística, “Preferimos o melhor de todos eles!”
Não importa. No final, dá tudo no mesmo.
Versão em inglês deste artigo: Nero and his friends are among us
Versão em espanhol deste artigo: Nerón y sus amigos están entre nosotros
Artigos sobre o bispo anglicano:

9 comentários :

Anônimo disse...

Caros amigos,
É por isso que cada vez mais estamos distanciando da verdade da palavra de Deus, ecumenismo e grande apostasia é o inicio da grande tribulação. Não disse Deus em sua palavra que [1Tm3.2] "É necessário, portanto, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar; 3.3 não dado ao vinho, não violento, porém cordato, inimigo de contendas, não avarento;" Essa distância, está nos custando caro.
Deus abençõe a todos.
PER

Anônimo disse...

Sendo aliado do Genizah, tudo pode se esperar. Até rimou ...

Fico impressionado como tem líderes evangélicos que se aliam ao Danilo Fernandes, o debocahdo Genizah.

Basta ver os blog e sites aliados deste empresário que trata com deboche tudo aquilo que, na visão 'apologética' dele está errado .

O debochado 'apologeta' sequer conhece a Bíblia.

Lucas S. disse...

Não sou a favor do aborto porque tira o direito de uma vida de viver nesse mundo podre e sujo que acredito ser um mal necessario para o nosso crescimento espiritual.
Vejo da seguinte forma, por mais que chorem ou reclamem para que algo não seja feito, as coisas são exatamente como deve ser e cada individuo tem o direito de fazer o que quiser* (livre arbitrio dado por Deus?)

* fazer o que quiser para mim, desde que nao tire o direito de alguem, mas tem pessoas que levam muito a serio e faz oque o cara do realengo fez.

SVM disse...

Fui ler o texto do cara que comparou o matador insano do Rio aos cristãos pró-vida/fundamentalistas. É risível a quantidade de abobrinha dita contra nós - como se fundamentalismo cristão fosse sinônimo de racismo, bullying, hipocrisia, intolerância e, pelo visto, matança de inocentes.

É impressionante como vem se difundindo o discurso de que as maiores causas de morte, sofrimento e intolerância no mundo têm origem religiosa. Parecem cegos ao fato de que SÓ NO ÚLTIMO SÉCULO os 3 maiores derramadores de sangue - Hitler, Stalin e Mao Tse Tung (isso sem contar a dignissima Margaret Sanger) - militavam CONTRA a religião.

Achar que ateísmo é sinônimo de paz e harmonia é o CÚMULO da estupidez.

Herberti disse...

"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho, o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo." Gl.1:6-7.
"Filhinhos, sois de Deus e já os tendes vencido, porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. Do mundo são; por isso falam do mundo, e o mundo os ouve." I Jo.4:4-5.
"Filhinhos, é já a última hora; e como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos; por onde conhecemos que é já a última hora. Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós." I Jo.2:18-19.

Anônimo disse...

Estamos a cada dia vislumbrando as profecias sendo cumpridas: ele tomará o reino com engano?Se não tomou todo a sua base já está pronta, ele já fez seus apóstotas aliados, anjos das trevas disfarçados de anjos de luz, ele engana o mundo, pois foi mentiroso desde o princípio, se levanta contra tudo o que diz ser da parte de Deus, a grande tribulação está totalmente ensaiada, os personagtens, foram bem marcados no palco desta terra, as cortinas estão aguardando serem abertas, quem dará o toque para que elas se abram?Quem dará o toque para que elas se abram, quem tocará a trombeta?Há....esse é o Profeta verdadeiro!Jesus Cristo!O QUE REINARÁ E COM SOPRO DE SUA BOCA.......GLÓRIAS AO ETERNO DEUS!

Paulo César Cândido

Marcelo V disse...

Para uma guerrilheira que se preze, necessariamente deve ser válida a expressão: “uma vez guerrilheira, sempre guerrilheira”, certo? Talvez não...
Alguém sabe dizer ao certo o que "defendia" a Joana D'Arc da Guerrilha Brasileira?
Quem sabe alguém possa dizer que ela roubou e assassinou para defender o povo brasileiro do imperialismo norte-americano, protegido pela ditadura militar?
Se essa for a resposta, então, à semelhança de Fidel, podemos concluir que a Dama do Terrorismo queria implantar o comunismo no Brazil, certo?
Portanto havia um inimigo maior, os EUA que apoiaram e patrocinaram as ditaduras na América Latina.
Uma vez "eleita" como representante da pobre nação brasileira, como uma boa guerrelheira, era de se esperar, então, que tal figura procurasse tão avidamente implantar seus ideais marxistas no Brazil, pegando em armas se preciso fosse, certo?
Talvez um dos primeiros passos dessa figura ilustre fosse procurar alianças mais próximas com a Rússia, China e Cuba, formando focos de resistência pelo mundo, ou coisa parecida, para derrubar o Império Norte-Americano contra o qual ela ceifou a vida de vários cidadãos brasileiros.
Todavia, o que vemos é exatamente o oposto. A Rainha do Araguaia se alinha abertamente a Obama e a outros poderosos do mundo, contrariando sua conduta de outrora e suas convicções “religiosas”.
Com isso, caros leitores, é possível chegarmos à conclusão de que, no fundo, Nero, Hitler, Marx, Fidel, Obama e Dilma não lutaram/lutam por um suposto “ideal”, mas possuem algo em comum: a fome pelo PODER.
Tratam-se de ANTICRISTOS, levantados por satan para destruir os valores cristãos e estabelecer a mais completa APOSTASIA global, repleta de homossexuais (e afins), sacrifícios humanos (aborto), milhões de escravos do deus "prazer" (dependentes do álcool, fumo e drogas afins), entre outros filhos do diabo e da perdição.
A única verdade está nas Escrituras Sagradas, o resto é mentira.

MARIA disse...

É impressionante o desserviço que estas pessoas que se dizem cristãs prestam ao Reino de Deus. É incrível a cegueira espiritual desse pessoal! Cegueira não, necrose! São verdadeiros zumbis! É assustador! Sabe aquela cena clássica de filmes de terror, onde cadáveres saem das covas andando e falando? Essa é a imagem dessa gente que fala sobre coisas das quais eles não tem a menor visão espiritual. Certa vez um desses ditos pastores me respondeu a um questionamento feito por mim com um email que tem mais de cinco páginas e é visível a confusão mental em que ele se meteu. O homem não apresenta coerência nenhuma em suas explicações! Fico pensando como gente como essa orienta pessoas!! E tem gente que segue! É como disse Jesus: "...deixa aos mortos o enterrar seus próprios mortos;..." (Luc. 9:60) Que Deus tem misericórdia da Igreja nesses tempos tão difíceis!

J.C. de Araújo Jorge disse...

Prezado Pr. Julio Severo. Compreendo as suas refutações sobre as publicações do referido bispo e herdeiro de algumas congregações evangélicas no Brasil, as quais lhe permite residir de forma confortável nos Estados Unidos.
Quanto a revolução reinista, permita-me arriscar um pequeno comentário: Parece-me divagações aleatórias de quem pretende falar tudo sobre o nada e nada sobre o tudo.
Oremos para que o Senhor Deus tenha misericórdia não só dele, mas também de todos os caídos, que seduzidos pela vaidade humana de se fazer notório aos olhos do mundo, se apostataram da fé em Cristo e de seus ensinamentos.

http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Paz Seja Contigo!