10 de março de 2011

Presos transexuais têm direito a sutiãs com enchimento e cosméticos, diz governo britânico

Presos transexuais têm direito a sutiãs com enchimento e cosméticos, diz governo britânico

7 de março de 2011 (Notícias Pró-Família) — O Ministério Britânico de Justiça decretou novos regulamentos que ordenam que os presos tenham a permissão de comprar o que chama de roupas “adequadas ao gênero” — o que inclui roupas para presos “transexuais”, que acreditam que seu sexo real é diferente de seu sexo biológico.
Embora o transexualismo seja classificado como desordem mental pela Associação Americana de Psicólogos, a classe psiquiátrica britânica nega que seja assim, e o governo se refere ao sexo imaginário dos transexuais como seu “gênero adquirido”.
Num livreto de 20 páginas, o ministério diz: “Uma instituição tem a obrigação de permitir que os presos que se consideram transexuais e desejam começar uma reatribuição de gênero vivam permanentemente em seu gênero adquirido” e diz que isso inclui “permitir que os presos se vistam com roupas adequadas ao seu gênero adquirido e adotem nomes e formas de tratamento adequados”.
Roupas adequadas, de acordo com o governo, “poderão variar de próteses sofisticadas a sutiãs com enchimento” e acesso a tais itens “só podem ser restritos em circunstâncias excepcionais”, tais como casos de “risco de segurança”.
“Tanto de homem para mulher quanto de mulher para homem os indivíduos homossexuais usam cosméticos para se apresentarem de forma mais convincente em seu gênero adquirido”, diz o governo. “Não se pode proibir cosméticos que são vitais para a apresentação do gênero adquirido, tais como creme de base para esconder o crescimento de barba”.
Tais medidas foram tomadas depois que muitas outras reformas legais foram implementadas em anos recentes na Inglaterra para satisfazer às exigências mais radicais do movimento lésbico, homossexual, bissexual e transgênero.
O governo britânico já ordenou que as crianças sejam entregues em adoção para homossexuais e outros pervertidos sexuais, e um juiz recentemente deu como decisão que cristãos que ensinam que a sodomia é pecado podem ser proibidos de serem pais adotivos.
Um casal aposentado que administra uma pensão e recusa alugar seus quartos de dormir para casais solteiros, inclusive duplas homossexuais, recebeu recentemente ordem da Comissão de Igualdade e Direitos Humanos, órgão do governo, para pagar 3.600 libras (5.833 dólares) em restituição para uma dupla homossexual que teve negado seu pedido de uma acomodação.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
Artigos relacionados do Blog Julio Severo:

3 comentários :

Anônimo disse...

Vendo essas notícias não temos outra opção senão crer que o Reino Unido está sendo governado e administrado por um montoado de indivíduos completamente doidos, querendo fazer com que a população seja tão doida quanto eles. Loucura coletiva de inspiração satânica, tipo revolução dos loucos liderada pelo Doutor Mabuse, é a única explicação lógica para o que acontece hoje com o Reino Unido.

Roque Bruno

Abraão Isvi disse...

volta logo Senhor Jesus!!!

ronald disse...

O Reino Unido esta se tornando numa nova União Soviética