11 de fevereiro de 2011

Ativista pró-vida cego da China é surrado até perder os sentidos por causa de divulgação de vídeo secreto

Ativista pró-vida cego da China é surrado até perder os sentidos por causa de divulgação de vídeo secreto

10 de fevereiro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Novas informações indicam que o ativista pró-vida chinês cego Chen Guangcheng e sua esposa foram “surrados até perderem os sentidos”. Os autores da surra foram agentes do governo chinês logo antes do lançamento de um vídeo secreto nesta semana, diz a organização de direitos humanos Os Defensores dos Direitos Humanos Chineses (DDHC).
Chen Guangcheng
O DDHC diz que ficou sabendo da surra através de uma fonte anônima. A organização diz que Chen e sua esposa foram surrados na terça-feira, depois que as autoridades ficaram sabendo do vídeo, em que Chen e sua esposa falam da contínua perseguição contra eles por parte do regime comunista chinês.
(Leia mais e assista ao vídeo legendado em inglês aqui.)
A surra foi tão violenta que eles não conseguiram sair da cama, e de acordo com as reportagens não terão permissão de ir a um hospital. Eles não têm permissão de sair de casa desde que Chen foi solto da prisão em setembro passado, depois de cumprir uma sentença de quatro anos de prisão.
Chen é o principal oponente da brutal política de um único filho da China, a qual envolve o uso rotineiro de aborto e esterilização à força.
De acordo com outro grupo de direitos humanos, ChinaAid, o vídeo, que foi filmado na casa de Chen e divulgado para o público na quarta-feira, foi contrabandeado para fora da China por um funcionário governamental desiludido.
(Leia mais e assista ao vídeo legendado em inglês aqui.)
No vídeo Chen e sua esposa descrevem que sua casa está sob vigilância 24h por dia e 7 dias por semana. Eles também descrevem as contínuas táticas de intimidação usadas por agentes do governo.
Sofrer surras não é novidade para Chen e sua esposa. Quando Chen foi solto da prisão em setembro ele estava, conforme relatou a imprensa, com a saúde extremamente precária, devido em grande parte às surras que recebia na prisão.
Durante a prisão de Chen sua esposa, Yuan Weijing, foi também submetida a surras ocasionais.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

4 comentários :

Gabriel Nunes disse...

A China deve ser o paraíso para o PT.

Anônimo disse...

Dá nojo ser brasileiro numa hora destas. O motivo é a popularidade,a simpatia que o brasileiro sente pela China.
È aquela conversa de que o país está crescendo muito, vai ultrapassar os EUA.

Não tenho nenhuma estima pela China por causa de seu governo comunista.

Os brasileiros são tão bestas, que a concorrência chinesa está acabando com a indústria brasileira. Compra-se escovade dente,martelo,serrote,ferramentas,tecidos. A burrice é tanta que produtos que antes fabricavamos aquino Brasil, agora são importados, principalmente da China.

Que só compra materias-primas do Brasil,industrializa e depois vende os produtos para os bestas do brasileiros.

Desculpe meu desabafo. Mas ! PELO MENOS OS CRISTÃOS BRASILEIROS DEVEM ENXERGAR O QUE É A CHINA DE VERDADE.

Anônimo disse...

Moro no Japão e tenho alguns amigos chineses que são contratados para trabalhar periodos de 3 anos e depois são obrigados a retornar a China.Eles recebem salarios 3 vezes mais baixos q um trabalhador comum daqui. São gente boa dá pra ver, são solícitos, alegres mas...existe um "aplicativo" inserido dentro de cada um deles, onde foi suprimido sentimentos basicos de uma pessoa como liberdade, indignação... eles não ousam argumentar contra o regime politico chines, nem comparar os modos de vida japones e chines que são gritantes.Existe um pavor de que qlqr coisa pode ser gravada ou ouvida por um compatriota...então é possível ver como um regime que atua nas mentes das pessoas pode ser perverso e obra do malígno de verdade...Eu oro por eles q são seres humanos como a gente mas, "programados" como máquinas...o Evangelho os libertaria dessa prisão mental mas, e depois? Imaginem um ser liberto vivendo nessa panela de pressão que é a China...Amigos, valorizemos o q ainda possuímos...Liberdade! Lutemos por ela junto a Jesus, que é a centelha e depois o Fogo que nos aquece e protege!Amém meu Pai!

Roberto disse...

Que absurdo Julio Severo!
Eu só não entendi se ele é cristão, mas pelo jeito deve ser, ou não?
Parece que na china tudo é permitido, fazem vista grossa.
Parabéns pelo blog Julio Severo.