4 de janeiro de 2011

Descoberta cova coletiva de vítimas da eutanásia nazista

Descoberta cova coletiva de vítimas da eutanásia nazista

VIENA, Áustria, 3 de janeiro de 2011 (Notícias Pró-Família) — Uma cova coletiva que se crê contenha os restos de 220 vítimas da eutanásia nazista foi descoberta na Áustria, de acordo com fontes da mídia internacional.
Hospital Hall onde os restos de cadáveres foram encontrados
A cova, que está localizada na área do Hospital Hall no estado do Tirol, foi descoberta por trabalhadores de construção que estavam construindo uma nova dependência na propriedade. Embora testes tenham ainda de ser feitos para se confirmar a causa da morte, acredita-se que os cadáveres sejam de indivíduos com deficiência física e mental que eram considerados pelos nazistas como “indignos de viver”. Esses indivíduos eram muitas vezes mortos com injeções de cloreto de potássio, a mesma droga usada para assassinar bebês em gestação nos hospitais hoje.
Embora se saiba que aproximadamente 100 indivíduos tivessem sido assassinados no hospital, o número de corpos descobertos é “exorbitantemente grande”, de acordo com Horst Schreiber, professor de história na Universidade de Innsbruk. Numa entrevista à rede de televisão austríaca ORF, Schreiber disse que os corpos adicionais podem confirmar uma suspeita que já existia havia muito tempo de que os nazistas haviam trancado mais centenas de pacientes no hospital e os deixado morrer de fome.
As autoridades austríacas estão no processo de escavar o local e testar os restos humanos para apurar a causa precisa da morte. A expectativa é que os resultados oferecerão uma confirmação final de que, apesar das afirmações nazistas ao contrário, o hospital era usado como parte do programa de eutanásia em massa do regime.
Crê-se que 200.000 deficientes físicos tenham sido executados pelos nazistas como parte de seu programa de “purificação racial, o qual também incluía o assassinato de milhões de judeus, poloneses, ciganos e outros grupos considerados como indesejáveis pelo regime.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

2 comentários :

Anônimo disse...

E pensar que o povo brasileiro está dando cada vez mais poder para um tipo de gente que causou muito mais mortes e sofrimento do que os nazistas... Não há como não repudiar os eleitores do PT simplesmente porque eles não pagarão sozinhos por seus erros... Todos nós vamos pagar juntos, da mesma forma que os alemães que não apoiaram Hitler foram igualmente aniquilados, junto com os que o louvaram...
Mas tudo bem, né ? Afinal o Brasil vai ter Copa do mundo, Olimpíadas e casamento Gay... Não é demais ?
Eu cheguei a ver um comentário de um eleitor a respeito da não extradição do assassino italiano dizendo: "O Lula pode... Ele trouxe para o Brasil a Copa e as Olimpíadas"...
O governo me enoja... Mas as pessoas que colocaram esse atual governo onde ele está me enojam infinitamente mais...

Brasil: O país mais ímpio do mundo... A perfeita reprodução de Sodoma nos tempos modernos...

Sandro

Anônimo disse...

A imprensa sabuja que existe no Brasil e outros países cucarachos são pródigos em divulgar esse tipo de reportagem quando se trata da Alemanha nazista, mas são hipócritas e criminosos por omitir tais horrores que aconteceram também na ex-URSS e ainda acontece na China, Cuba, Coréia do Norte e países islâmicos como o Sudão.
E por quê? Porque não querem desagradar os 99% de socialistas que infestam as redações dos jornalões colocados lá por sindicatos corruptos e terroristas.