9 de dezembro de 2010

Brasileiros rejeitam em maioria esmagadora agenda abortista e homossexualista do partido do governo

Brasileiros rejeitam em maioria esmagadora agenda abortista e homossexualista do partido do governo

Matthew Cullinan Hoffman
BRASIL, 7 de dezembro de 2010 (Notícias Pró-Família) — A população do Brasil rejeita de forma esmagadora a agenda homossexualista e abortista do partido do governo, de acordo com um recente estudo conduzido pela agência de pesquisas de opinião pública Vox Populi.
A pesquisa de opinião pública revelou que 82% dos brasileiros desejam manter o aborto como crime, e 72% são contra sua despenalização. As diferenças religiosas só mudaram no último item de resultado marginalmente, com 75% dos evangélicos, 73% dos católicos e 69% das outras religiões se opondo à descriminalização.
Além disso, sessenta por cento dos brasileiros são contra a criação de “uniões civis” homossexuais, enquanto só 35% são a favor.
A pesquisa indica que os evangélicos do Brasil estão tendo mais sucesso do que os católicos em comunicar a condenação de suas igrejas às uniões homossexuais. Embora apenas 19% dos evangélicos tivessem apoiado tais uniões, 37% dos católicos praticantes as apoiaram.
Até mesmo uma maioria de brasileiros não religiosos, 56%, se opõe às “uniões civis” homossexuais de acordo com a pesquisa. Contudo, membros de religiões não cristãs, que geralmente estão ligados às religiões afro-brasileiras, têm a maior probabilidade de apoiar as uniões civis, com 59% a favor.
Os resultados são uma bofetada na cara do partido socialista governista PT e seus aliados no Congresso Nacional, os quais têm feito todo o possível para eliminar as penalidades criminais para o aborto e promover direitos especiais para os homossexuais. Livros, programas de televisão e outras formas de expressão que condenam a conduta homossexual estão sujeitos a multas e outras penalidades no Brasil, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem tentando aprovar uma lei para tornar crime a “homofobia”.
Nas recentes eleições do Brasil, a presidenta eleita Dilma Rousseff foi forçada a fazer uma promessa escrita de não promover uma agenda abortista ou homossexualista se eleita, depois de ver seus números nas pesquisas de opinião pública caírem em face de críticas em massa às posições que ela havia declarado no passado sobre essas questões.
As estatísticas também minam a imagem do Brasil como uma sociedade sexualmente libertina, uma ideia popularizada pelos excessos das celebrações realizadas em suas grandes cidades no Carnaval, período imediatamente antes da estação de penitências da Quaresma. O Brasil tem também sido o local das maiores paradas homossexuais do mundo em anos recentes, as quais têm sido parcialmente financiadas e promovidas pelo governo federal.
Além dos resultados sobre o aborto e a homossexualidade, a pesquisa indicou que uma grande maioria dos brasileiros, 87%, também se opõe à descriminalização das drogas ilegais.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

6 comentários :

Anônimo disse...

Mas esses esquedopatas e vadios sexuais querem mesmo é empurrar garganta abaixo dos brasileiros a sodomia castigada por Deus. Mesmo que essa maldita lei, que beneficia os adoradores de ânus, seja aprovada; será o próprio SENHOR quem os deixará nas mãos do diabo para que recebam em si mesmos a merecida punição de seus erros.
O ocidente ainda verá.

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Amado companheiro de luta neste dois anos de muita vitalidade gloriesca com Jesus Lindão.

Não tenho palavras para agradecer sua confiança, lisura, competência, carinho, responsabilidade, profissionalismo, puxões de orelha preciso, ensino abundante, muito obrigada.

Teminamos hoje a primeira etapa da tarefa para a qual Jesus chamou o Brasil e, quero dizer que você está nisso. Nunca Jesus vai esquecer os copos de água fresca ao corpo de Cristo e tenho certeza que você e sua familia fazem parte. Bem vindo ao Reino de Deus. Jesus é Lindo, e Brasil hoje amanheceu novinho e você foi um dos excelentes "parteiros".

Te amo muito com um amor meio louco, splanchnizomático, meio sem jeito, trazendo certos contratempos, mas a Igreja, que somos todos nós, está sendo curada de suas feridas de nem sei quantos anos.
Sorria, você está sendo galaxiamente filmado por Anjos do Senhor.

Sou nadica, mas com gente do seu porte... vou até no inferno. Algumas vezes estivemos lá, não?
Que bom, só o capeta safado perdeu, e Jesus não perdeu nem uma vida.

zanzoreia abraçando SEVERO MAIS MANSO QUE CONHEÇO, hoje, no primeiro dia do "Abraçando Amanhã".

Muita coisa virá. Seja humilde.
É o segredo. E você tanto é, que chegou aqui.

Que o Senhor Jesus abençoe você


OLHA A PALAVRINHA;
ENSINSTA
KKKKKKKKKKK JESUS É LINDO

OUTRA PALAVRINHA

MATERESE
KKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

O brasileiro é esquisito. A maioria esmagadora rejeitam a agenda abortista e homossexualista do partido do governo.

Mas ! ESSA MAIORIA não rejeita o presidente Lula e o partido do governo.

Rejeitam o que eles querem fazer, mas não rejeitam aqueles que querem fazer estas coisas.

Muita hipôcrisia e falsidade do povo brasileiro. Para serem corretos deveriam rejeitar Lula ( que goza de enorme popularidade segundo pesquisas de opinião) e o partido governista.

Os brasileiros deveriam ser contra a agenda abortista e homossexualista e contra também os que querem implantar essa agenda.

Enquanto isto não ocorre ,os safados vão pensando no jeito de convencer essa maioria boba a aceitar o que eles querem.

Bill disse...

Até parece que o que a Dilma prometeu por escrito vale alguma coisa. O que vale mesmo é a pressão da população no congresso. Este país só vai mudar quando estiver no fundo do poço.

Silvio Ricardo disse...

Veja que tristeza é isso.

Mãe que apóia filho a se vestir como mulher.

http://colunas.epoca.globo.com/mulher7por7/?p=5111&cp=27#comments

Anônimo disse...

Não desejo mal para ninguem. Será que o LULA não está sendo cobrado pelo mal que fez para as familias cristãs brasileiras?
É melhor a Dilma se cuidar e cuidar muito bem das familias cristãs, pois o clamor do justo é ouvido e atendido pelo PAI DO CEU.