21 de dezembro de 2010

Advogado de homem acusado de incesto pergunta: se o sexo homossexual é legal, por que não isso?

Advogado de homem acusado de incesto pergunta: se o sexo homossexual é legal, por que não isso?

Matthew Cullinan Hoffman
17 de dezembro de 2010 (Notícias Pró-Família) — O advogado de David Epstein, um professor da Universidade de Columbia acusado de incesto com sua filha adulta, está defendendo o sexo entre membros de família ao apelar para os “direitos” homossexuais como precedente.
Matthew Galluzzo, advogado de Epstein, disse para o noticiário ABC News que “os homossexuais têm liberdade para fazer o que quiserem em seu próprio lar. Como é que isso é tão diferente? Temos de tentar entender o motivo por que certas condutas são toleradas e outras não”.
“O que acontece em privado entre adultos que consentem não deveria ser legislado. Essa não é a esfera apropriada da nossa lei”, Galluzo disse para o site noticioso Huffington Post, que publica os artigos de Epstein. “Se presumirmos por um momento que ambas as partes deram seu consentimento, então por que estamos processando isso?”
“Academicamente, é óbvio que estamos, em termos morais, completamente opostos ao incesto, e com muita razão”, Galluzzo declarou em sua entrevista a ABC. “Ao mesmo tempo, há um argumento para se fazer no caso suíço de não se incomodar o que ocorre na privacidade dos quartos de dormir”.
Galluzzo estava se referindo a uma iniciativa legislativa suíça de legalizar o incesto entre adultos que consentem, uma medida que não foi aprovada e, de acordo com a imprensa, tem a rejeição de 60% dos cidadãos suíços.
A professora Joanna L. Grossman, numa entrevista a ABC News, apontou para a redação da decisão de 2003 do Supremo Tribunal derrubando as leis contra a sodomia. A decisão, disse Grossman, indicou que o governo não pode proibir “conduta íntima ou sexual privada e consensual que não envolve menores de idade ou coerção”. As mesmas palavras, por consequência lógica, tornariam o incesto legal.
Galluzzo nega que a filha de Epstein, que tinha 21 anos quando o relacionamento aparentemente começou, seja vítima. Embora tenha insistido em que as acusações são “apenas alegações” e sem provas, Galluzzo afirma que a filha de Epstein poderia “melhor ser descrita como cúmplice”.
Artigos relacionados:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

6 comentários :

Abraão Isvi disse...

Eta abriram os portões do inferno, o anti-Cristo só pode já estr na Terra. Oh Pai Eterno, te rogo, mande logo seu filho Jesus nos resgatar desse mundo podre.

Anônimo disse...

É a degenerescência ao mais alto grau. O mundo ocidental além de ter virado um lixo no que tange aos valores morais, está a um passo de legalizar a pedofilia e a zoofilia, É só questão de alguns anos. Que as famílias que têm ao menos um pouco de princípios morais possam se transformar em escudos contra essa pasmaceira muito bem orquestrada pelo diabo.
MARANATA!!!

Anônimo disse...

É por isso que eu não gosto de advogados!

Quando eu vejo advogados defendendo o indefensável, mais percebo que essa é uma das várias profissões que é usada por satanás para perverter ainda mais o mundo.

Anônimo disse...

Quem é David Epstein?

É alguma pessoa conhecida do meio acadêmico?

Marcos

Anônimo disse...

O problema não jaz na profissão de
advogacia(Jesus é meu advogado),e sim nos desvios que ocorrem.Se assim fosse o raciocinio correto vamos condenar os veículos automo tores,pois alguns são usados em
práticas ilicitas.Também não se gostavam de médicos,pois alguns,por
dinheiro praticam abortos...e etc...
O mundo rejeitou DEUS,e tudo é pos
sível no coração daqueles que se
alienaram da fonte única do AMOR.

LÍRIO DOS VALES! disse...

as trombetas do apocalipse já estão tocando