24 de novembro de 2010

A volta do deboche da revista Cristianismo Hoje contra Julio Severo

A volta do deboche da revista Cristianismo Hoje contra Julio Severo

Julio Severo
Dilma, a mulher que nunca renegou seu terrorismo comunista do passado e sua paixão pela ditadura assassina da União Soviética e Cuba, mal ganhou a eleição e a chamada esquerda evangélica sai da toca e os evangélicos conservadores passam a ser atacados:
Depois de meses escondida, a Aliança Evangélica do Brasil — cuja formação foi denunciada por mim no final de 2009 —, volta a aparecer depois da eleição presidencial. Um de seus líderes é o progressista Ariovaldo Ramos, que tem a consciência tranquila participando de reuniões do MST ou viajando para a Venezuela para dar apoio ao ditador marxista Hugo Chavez. Ariovaldo apoiou publicamente a mulher que nunca renegou seu passado terrorista.
A Universidade Presbiteriana Mackenzie, sob a direção do conservador Augustus Nicodemos, sem demora vira alvo do movimento homofascista.
E há muitos outros casos semelhantes, que estão ocorrendo depois da eleição da mulher que nunca renegou seu terrorismo.
No meu caso particularmente, nada mudou, pois estando nas linhas de frente da guerra cultural, há anos sou alvo de militantes marxistas, homossexuais, islâmicos e evangélicos progressistas.
Um dos ataques mais baixos que sofri em 2009 foi uma entrevista que foi transformada em “roda de escarnecedores”, composta por uma equipe editorial evangélica. Em abril daquele ano, atendi a um convite da revista Cristianismo Hoje, que se aproximou de mim com o propósito de me entrevistar, mas a matéria publicada deixou claro que o objetivo era muito mais do que jornalismo sério ou imparcialidade. A intenção era zombar.
Para entender como a entrevista foi deturpada, leia meu artigo completo sobre o episódio: http://juliosevero.blogspot.com/2009/06/entrevista-original-de-julio-severo.html
Contudo, para minha surpresa, houve reações de todos os lados. Cristianismo Hoje recebeu centenas de manifestações de protesto, e sua seção de comentários na página online da minha entrevista se tornou campeã de postagens de opiniões dos leitores.
Cristianismo Hoje publicou até mesmo manifestações de ativistas gays que, ora, se manifestavam como tais, ora, posavam de “crentes” ferrenhamente discordantes e acusadores de Julio Severo, e, ora, apareciam disfarçados de “cristãos homofóbicos” expressando palavras de ódio e violência aos homossexuais, como diria Reinaldo Azevedo, “na esperança de que fossem publicados para depois a militância gay ter um pretexto fabricado para satanizar por aí” a pessoa e trabalho de Julio Severo.
É muito difícil evitar tal satanização, pois a militância gay do Brasil é exigentíssima e não poupa nem mesmo pessoas que concordam parcialmente com sua ideologia.
O escritor católico Reinaldo Azevedo, da revista Veja, confessa que não vê nada de errado na união civil homossexual e na adoção de crianças por duplas gays. Mesmo assim, quando ele denuncia o extremismo da militância gay ele é alvo não só de xingamentos, mas também de ataques de homossexuais disfarçados. Ao defender a Universidade Mackenzie da fúria gay, Azevedo deixou claro: “Quando trato de temas como esse, petralhas costumam invadir o blog com grosserias homofóbicas na esperança de que sejam publicadas para que possam, depois, sair satanizando o blog por aí. Aviso: a tática é inútil. Não serão! Este blog é contra o PL 122 porque preza os valores universais da democracia, que protegem até os que não são gays…”
Na seção de comentários de minha entrevista online, Cristianismo Hoje publicou dezenas de opiniões de “invasores” com tais “grosserias homofóbicas”. Ainda assim, a entrevista comigo acabou se tornando a página mais lida de todo o site de Cristianismo Hoje. Depois de muitas semanas como a página mais popular de CH, a revista resolveu tirar do ar minha entrevista, pois os leitores não paravam de protestar contra o entrevistador e contra CH.
Agora, depois da eleição da mulher que nunca renegou seu passado terrorista, Cristianismo Hoje volta com sua entrevista mordaz (que pode ser acessada aqui), mas omitindo completamente a manifestação de muitos importantes brasileiros — inclusive do filósofo Olavo de Carvalho — que repudiaram publicamente a forma como a entrevista foi feita.
Para postar seu protesto diretamente na revista Cristianismo Hoje, siga este link: http://cristianismohoje.com.br/interna.php?subcanal=26&id_conteudo=642

9 comentários :

FERROMODELISMO disse...

No mundo de satã (da mentalidade revolucionária), para fazer os cristãos caírem no buraco sem fundo, eles lançam publicações satânicas com o nome de Cristianismo Hoje. Ou seja, o cristianismo que moldou a Igreja Católica que espalhou o Evangelho e isso deu inspiração a vários cristãos criarem outras denominações, é coisa velha, descartável, o cristianismo que presta é o de hoje, aquele falsificado por satanistas das capas pretas e da estátua do bode.

Cristiano

Tom Alvim disse...

Já postei o meu comentário na revista CH, vamos ver se eles a publicam.
T+ Júlio.

marcia disse...

"Seremos perseguidos" disse-nos Jesus Cristo, mas, tbm disse-nos que estaria conosco sempre!
Siga em frente irmão Júlio pois tenho a certeza de que Deus é contigo!
A paz

Chamelly disse...

Já viram???? Pois é, destaque hoje na globo.com.

http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2010/11/jovens-protestam-contra-homofobia-em-frente-ao-mackenzie-em-sp.html

Palhaçada.

É A GLOBO CONTRIBUINDO A TODO CUSTO PARA A APROVAÇÃO DA PL-122.

Nosso Senhor estará conosco nesses dias de perseguições que virão.

Chamelly disse...

Agora eu gostaria de saber o porque foi retirado do site da Universidade o texto que não concordava com a lei da homofobia. É medo??????

Como é isso? Medo dos militantes, ativistas e estudantes que são gays? Não posso acreditar que uma Universidade Presbiteriana tão conceituada quando essa possa ser tão apavorada em relação a esse assunto. Vergonhoso. O pior, é que com essa atitude de retirar do site esse texto, eles (ativistas) acabam sendo muito mais ''horripilantes'' do que realmente são. E sem contar do medo de defender a nossa crença em Cristo Jesus e aos mandamentos bíblicos, ordenados por Deus, isso é o pior. É envergonhar o nome de Deus. É ter medo dessa gente que quer ter direitos sobrenaturais contra tudo e todos.

Chamelly disse...

A Universidade deve respeitar o direito deles (gays)sim, liberdade de expressão, mas nunca ir contra seu nome, sua crença.

É isso ou apenas é fachada o Presbiteriana do seu nome.

Então mudem para Universidade Liberal Mackenzie, fica menos feio, do que retirar de seu site o ponto de vista da mesma.

Sergio Francisco disse...

Prezado Julio Severo, é o fim dos tempos mesmos...Visitei o site da Cristianismo Hoje, e deixei meu comentário em apoio a você e o maravilhoso trabalha que tem feito. Não sei se publicarão, pois já fazem muitas horas que enviei...deixo meu abraço e admiração!!!

Márcio Luiz disse...

eu gostava desta revista, mas agora, estou terrivelmente desapontado pela atitude desta para com o sr. Julio Severo. Até a opção de escrever comentários foi desativada, quanta hipocrisia.
Esta revista esta se tornando uma VERGONHA para o povo verdadeiramente cristão.

Poeta Silvério Duque disse...

Quando é sabido, mesmo pelo mais ingênuo dos ignorantes, que toda ideologia de Esquerda, inclusive a que, infelizmente, cada vez mais parece imperar em nosso querido Brasil – e os movimentos Pró-homossexualismo se incluem, também, nesta categoria, é uma ideologia de morte, de negação da vida e de Deus e, mesmo assim, os possíveis continuadores deste governo valem-se do nome de Deus para conseguir se impor e se perpetuarem no poder, duas coisas são evidentes: a primeira é que não existem limites para a hipocrisia nem para a estupidez dos homens e o político de esquerda é alguém que sempre se valerá do mais baixo grau de vileza para conseguir seus objetivos, superado apenas por aqueles que, tendo feito uma escolha pelo caminho contrário, aliam-se a tais estúpidos na tola crença de estarem a serviço do bem; estes padres, pastores ou quaisquer “sacerdotes vermelhos se fazem culpados daquele pecado, como bem acentuou o monge de Rohia, que acerca da existência estou perfeitamente convencido: o pecado da burrice, além do da covardia – logo o Cristianismo, que é matéria dos corajosos, basta a consulta de passagens bíblicas como: Mateus 9, 2; 9, 22; Marcos 10,49; Lucas 8, 48; “Tende confiança, filho, tende confiança...” –, típica exortação de Cristo. Marcos 5, 36; Lucas 1, 13; 1, 30; 5, 10; 8, 50... “Não temais, jamais tenhais pavor...!” – Típico encorajamento de Cristo. Além de II Timot. 1,7; Filip. 1, 28-30 e Hebr. 13, 6. Todas citadas por Steinhardt, em seu O diário da felicidade... Já a segunda coisa é que, por mais que a Esquerda, queira minar os princípios morais e religiosos de nossa cultura, estes princípios, e que Deus seja louvado por isso, sempre se mostram, para desgraça da Esquerda, mais fortes e a afirmação da vida, da ética e dos valores humanos sempre superou, sempre transcendeu os estragos físicos, morais e espirituais que loucos e degenerados sempre quiseram, e ainda querem cometer... Isso ainda me faz lembrar da Literatura; faz-me lembrar de um livro de Antoine de Saint-Exupéry, onde este afirma: “o essencial de uma vela não é a cera que deixa rastros, mas a luz”.