8 de novembro de 2010

Pr. Enoque Lima é liberado da prisão

Pr. Enoque Lima é liberado da prisão

Julio Severo
O Pastor Enoque foi liberado da prisão após ter sido constatado que o motivo da sua prisão na sexta-feira era ilegal e sem justa causa. A penalidade imputada ao fato era afiançável e da alçada do Juizado de Pequenas Causas Criminais.
No sábado ele já estava na casa de um amigo buscando refúgio em oração.
Segundo informações da localidade, a prisão foi motivada por uma representação policial de autoria do Bispo Manoel Ferreira, alegando entre outras coisas: uso de “imagem indevida de terceiros”, afirmações caluniosas, injuriosas, difamatórias, sobre o caso conhecido como Reverendo Moon e Bispo Ferreira, caso que ficou famoso com os vídeos que são mostrados abaixo:






A prisão do Pr. Enoque foi originada após um suposto flagrante de cometimento do crime de pirataria, ou seja, tentaram criar uma situação onde o Pr. Enoque pudesse ser acusado de piratear o vídeo informativo sobre o caso do rev. Moon.
A situação tornou-se misteriosa quando um homem que se identificou como “pastor” pediu ao Pr. Enoque que copiasse em DVD o vídeo caseiro (que o próprio Pr. Enoque havia elaborado após pesquisas em sites públicos) sobre o caso Moon e fizesse algumas cópias gratuitas para alguns amigos cristãos. Logo em seguida, a polícia entra em cena e prende o pastor dizendo que ele estava fazendo pirataria, com fins comerciais, usando imagens de terceiros, etc.
Na prática, pode-se dizer que tentaram forjar um flagrante de crime, com a intermediação de outro “pastor”, que foi utilizado como isca para pegar o Pr. Enoque.
Pelos fatos noticiados não se pode falar em crime de pirataria, pois tanto o rev. Moon quanto o Bispo Manoel Ferreira são homens públicos e o vídeo não tinha finalidade de venda comercial de DVDs. Além disso, não houve quebra de direitos autorais, pois as imagens foram capturadas de sites públicos, invalidando assim a acusação de “uso de imagem indevida”.
O que aparenta estar por trás da acusação e prisão é perseguição religiosa contra um pastor da Convenção das Assembleias de Deus da CONAMAD, o qual teve o seu direito a liberdade de expressão e informação constitucional atacado pelo poder estatal.
O vídeo amador elaborado pelo Pr. Enoque e postado no YouTube teve o simples objetivo de mostrar imagens verdadeiras do próprio site oficial da seita da Unificação do reverendo Moon e as alianças que o Bispo Ferreira fez com o homem que se considera a própria encarnação de um novo messias.
Ferreira não se considera messias, mas goza hoje de uma influência enorme junto ao falso messias e junto também aos órgãos do governo federal, pois ele é o coordenador oficial da campanha de Dilma Rousseff para os evangélicos.
Ele é também o presidente da própria denominação onde o Pr. Enoque é pastor e, devido à elevada posição de Ferreira, tivemos informações de que pessoas locais estavam dizendo não mais conhecer o Pr. Enoque, possivelmente temerosas de represálias.  
Portanto, a fim de dissipar dúvidas, informamos que o Pr. Enoque Vieira Lima é pastor do Evangelho desde 1994, com matrícula na CONAMAD de número 10924, Goiás, Campo 09-015-001 FAMA — SEDE (FAMA é o nome do bairro), congregação 09-015-001, congregando em sua igreja sede. O presidente da igreja sede é o Pr. Abigail Carlos de Almeida. O presidente da CONEMAD-GO é o Pr. Oídes José do Carmo.
O telefone da igreja é (62) 3211-1777. Ligue para lá e pergunte sobre o Pr. Enoque, a fim de mostrar, de forma educada, que você está preocupado com ele, ainda que neguem conhecê-lo.
O Pr. Enoque Lima é autor do livro A Invasão Oculta, da Editora Naós.
O que você pode fazer agora? Ore pelo Pr. Enoque e sua família. E copie e divulgue ao máximo os vídeos que estão neste artigo, antes que os amigos de Ferreira no governo venham caçar este blog.

4 comentários :

Natanael Goncalves disse...

Isto é simplesmente estarrecedor. Quando a Bíblia chama alguém de falso, a principal característica é que lhe é atribuida é a sua aparência com o verdadeiro. Uma nota de U$ 100.00 falsa, de boa produção, com facilidade se passa por verdadeira. Necessitamos de ajuda de algumas ferramentas disponíveis no mercado para verificar a sua autenticidade. Veja o caso do reverendo Moon. Nós sabemos, a olhos vistos, que ele não é um falso profeta. Trata-se de um lider de mais uma seita, dentre tantas que existem por aí. O homem de Deus, que conhece a Sua Palavra, já vê ao longe de quem se trata, pois exercita bem o discernimento que o Senhor lhe deu. Agora, o caso do Bispo Manoel Ferreira, esse sim, que se parece com o verdadeiro, travestido com roupagem evagélica e lider de uma das maiores denominações do Brasil,esse é o que a Bíblia chama de falso e como disse Jesus: "Pelos seus frutos o conhecereis". Não é julgamento, é um fato! Povo de Deus acorde! Jesus está voltando! Maranata, ora vem Senhor Jesus!
Que o Senhor nos ajude e nos livre de tudo aquilo que não vem d'Ele.

Fidelis Paixao disse...

@fidelismpaixao é um escandalo vergonhoso para a Assembléia de Deus - Madureira - e para o evangelho a prisao do pr. Enoque. Deveriamos denunciar amplamente por todo o Brasil.

Anônimo disse...

Como este homem que apostatou da fé ainda nao foi expulso?Pastores estao sendo conivente,acham que Deus não esta vendo?Ou tb apostataram da fe?

Anônimo disse...

Como este homem que apostatou da fé ainda nao foi expulso?Pastores estao sendo conivente,acham que Deus não esta vendo?Ou tb apostataram da fe?

Deus nao chamou um povo covarde!

Mary Muniz