16 de novembro de 2010

Paraguai rejeita acordo homossexualista de “direitos dos jovens”

Paraguai rejeita acordo homossexualista de “direitos dos jovens”

Matthew Cullinan Hoffman, correspondente na América Latina
PARAGUAI, 12 de novembro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Apesar da forte pressão por parte de organizações internacionais e dos meios de comunicação da nação, a Câmara dos Deputados do Paraguai se recusou a ratificar a “Convenção Ibero-Americana sobre os Direitos dos Jovens”, um documento que concede uma incrível variedade de polêmicos “direitos” para qualquer um que esteja na faixa etária dos 15 aos 24 anos.
A Convenção impõe educação sexual “em todos os níveis educacionais” (artigo 23), a qual ensinará a “aceitação e identidade pessoal plena dos jovens”. Ela proíbe “discriminação” contra os adolescentes por quaisquer motivos, inclusive “orientação sexual”, “opinião”, “lugar de vivência” ou “qualquer outra condição ou circunstância pessoal ou social da pessoa jovem”.
O documento potencialmente abaixa a idade de consentimento sexual para 15 anos ao ditar que “os jovens têm o direito de escolher livremente um parceiro, de formar vida em comum e de constituir um casamento na base da igualdade entre seus membros” no artigo 20. Adolescentes com a idade de 15 anos terão também o direito de escolher sua própria religião e votar, de acordo com os artigos 17 e 21.
Entre outras cláusulas polêmicas e incomuns da Convenção está a afirmação de que todos os jovens têm o direito a “uma identidade individual, consistindo na construção da própria personalidade”, o que inclui “características de sexo”, “filiação” e “orientação sexual”. Ela também dá as responsabilidades de supervisão a uma organização supranacional, a “Organização Ibero-Americana de Jovens” (OIJ).
Depois que a Federação das Associações pela Vida e Família (FEDAFIVA) fez objeções contra o documento, a Câmara dos Deputados rejeitou o documento por 50 votos, de acordo com a agência noticiosa Ultima Hora. Contudo, os meios de comunicação e o Poder Executivo do Paraguai continuam fazendo pressões para que se chegue à ratificação.
A Convenção já foi ratificada por sete países: República Dominicana, Equador, Costa Rica, Honduras, Espanha, Uruguai e Bolívia. Foi assinada, mas não ratificada, por Cuba, Guatemala, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal e Venezuela.
Para ler o texto da Convenção:
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesite.net/ldn/viewonsite.html?articleid=10111211
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

2 comentários :

caetano da silva disse...

Eu com tudo que vejo acontecer neste mundo, melhor neste país no estado que eu vivo, da pra perceber o quanto o mundo mudou, eu tenho 26 anos mas na minha epoca da minha adolescencia nunca tive desespero por sexo, adorava praia sair fazer bagunça jogar com amigos, nunca tive preocupação sexual. Mas hj os adolescentes não são tão iguais assim, existe um desespero por sexo e inclusive homossexual, quem duvida entre no site do terra ou uol não se acha mulher a maioria é homem caçando homem pra ir pra cama, e tudo jovem é por isso que eu penso o seguinte: tem 15, 16, ou 17 anos pra mim é safado do mesmo jeito e creio que pra DEUS pessoas nessa idade não são tão inocentes assim, porque se vão pra site procurar homem depois acha e diz que foi pedofilia, é muita sacanagem.
Igual aqui no es o rapaz de 16 anos foi pra cama com padre depois disse que era pedofilia, o que ele tinha q ir pra site do uol caçar homem? o padre obrigou ele? não, o padre forçou ele a ir pra cama? não, o padre forçou ele a querer macho? não, ele poderia se negar? sim e foi por que? porque é safado igual o padre.
É por isso que eu só defendo criança, por que não tem como se defender agora marmanjo velho 15 16 17 anos, que fica atras de homem pra dpeois dizer que é pedofilia de conveniencia não defendo.
Vamos ver se no dia do juizo final quando cristo vier como rei julgar o mundo, se este rapaz disser eu era "santo" e "num sabia de nada" "foi pedofilia", e veremos se entrará no céu, pois pra DEUS ja não tem inocencia nenhuma nessa idade e ném pra mim tbm.
Isso me faz lembrar de somdoma, a história biblica diz: que naqueles dias vieram todos de todas as idades dos mais velhos aos mais jovens, (querendo sexo com os anjos que estavam com ló, pois eram bonitos) a abominação homossexual ja estava em todos, e DEUS que sonda corações não teve (e não pode ter) piedade e matou todos.
E hoje o mundo está se tornando igual, não da mais pra defender adolescente, pois muitos (de varias idades) estão em busca de sexo homossexual.

Anônimo disse...

Julio! Olha a critica que fizerão a Universidade Makenzie de São Paulo. Nunca vi tanto sofisma.

http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/14609-universidade-em-sao-paulo-quer-o-direito-de-ser-homofobica