20 de outubro de 2010

Onde fica o Reino de Deus na disputa entre PT e PSDB?

Onde fica o Reino de Deus na disputa entre PT e PSDB?

Enquanto o avanço das leis anti-“homofobia” do governo federal sob o PT esbarrou em fortes resistências cristãs, os mesmos tipos de lei encontraram poucos obstáculos em seu avanço no Estado de São Paulo sob o PSDB. O que farão os cristãos agora?

Julio Severo
Em 1992, a Igreja Universal do Reino de Deus tinha uma postura firme contra o aborto, e contra Lula e o PT. Não era necessário ser visionário para enxergar que o PT no governo traria aborto e homossexualismo — mas ninguém imaginava que seria muito pior do que pensávamos.
O PT chegou ao poder graças a uma horrorosa deturpação do conceito do que é o Reino de Deus, pregada por uma CNBB majoritariamente adepta da Teologia da Libertação. Os evangélicos, que sempre tinham um pé atrás com a ideologia de Lula, acabaram aderindo — sob inspiração de Caio Fábio — a essa teologia.
Na segunda metade da década de 1990, o Bispo Edir Macedo começou a mudar radicalmente de opinião, passando a apoiar conjuntamente o aborto e o PT, levando sua endinheirada igreja a caminhar lado a lado com a CNBB e Ariovaldo Ramos numa visão religiosa onde o PT é um tipo de implementador oficial das políticas de sua versão do “Reino de Deus”.
Segundo eles, o PT estaria perdoado por sua promoção do aborto e do homossexualismo, pois “ajuda os pobres”. Quem quer que faça isso é parceiro de sua versão do “Reino de Deus”, independente do que tenha feito. Por isso, eles facilmente perdoam Fidel Castro e Hugo Chavez. É o vale-tudo pelos pobres: matar, roubar e destruir.
Fiel à sua ideologia abortista, Macedo se coloca hoje ao lado da candidata abortista Dilma Rousseff. O Pr. Silas Malafaia já criticou a postura pró-aborto e pró-Dilma de Macedo, o qual respondeu argumentando que Serra é também a favor do aborto.
Seria imprudente presumir que Dilma e Serra não terão governos comprometidos com a causa do aborto e do homossexualismo. Lula é a amostra (e ameaça) viva do que será o governo de Dilma. O Estado de São Paulo sob o PSDB, com suas radicais leis anti-“homofobia”, é a amostra (e ameaça) viva do que será o governo de Serra.
Serra foi sincero o suficiente para dizer que apoiará a união civil homossexual — exatamente como fez publicamente Marina Silva, que confessou ter a mesma posição de Marta Suplicy —, e Dilma disfarçou suas antigas posições de aborto.
Se Dilma ganhar, a mentira se transformará em realidade cruel. Se Serra ganhar, quem conseguirá impedi-lo de fazer pelo PLC 122 o que o PSDB fez pela versão estadual dessa lei em São Paulo, que teve um avanço espetacular? E os grupos homossexuais proclamarão que Serra venceu porque defendeu publicamente os interesses deles, enquanto que Dilma titubeou.
Contudo, os cristãos estão titubeando muito mais do que Dilma e Serra, que se encontram na desconfortável situação de verem a questão do aborto e “casamento” gay pesando numa eleição inteira.
Aqueles que deveriam ter compromisso com o Reino de Deus estão fazendo muitas negociações, esquecendo-se ou não se importando que fazer compromisso com candidatos políticos em tempo de eleição é um mau negócio. Tudo o que o candidato Lula negociou em 2002 sobre aborto e homossexualismo seu governo jamais cumpriu. Mas, acima de tudo, se os valores do Reino de Deus são inegociáveis, por que tantas negociações?
Com Ariovaldo Ramos e Edir Macedo, a Teologia da Missão Integral (versão protestante da Teologia da Libertação) se uniu à Teologia da Prosperidade para sustentar o insustentável: um governo que durante oito anos trabalhou pelo aborto, pelo homossexualismo, aliançado com Fidel Castro, Hugo Chavez e outras famosas ditaduras internacionais. Respeito aos direitos humanos? Só nos discursos. No que depender do PT, de Ariovaldo Ramos, Edir Macedo e Bispo Manoel Ferreira, as populações de Cuba, Irã, Venezuela e Coreia do Norte podem continuar a ser massacradas sob as grossíssimas vistas da diplomacia brasileira.
No que se refere à ideologia marxista — que essencialmente crê que o centro do universo é o santo e generoso Estado “assistencialista” —, Serra não é muito diferente de Dilma, como a própria Marina Silva reconheceu, considerando seus partidos no mesmo nível ideológico nas origens. O único motivo de preocupação dela nesta eleição foi a “onda de conservadorismo”, reconhecida pela imprensa como a principal força que está se opondo ao aborto e ao homossexualismo.
Ninguém esperava essa onda, e mesmo se declarando não conservadora antes da onda, Marina acabou no primeiro turno recebendo votos de milhões de conservadores, que votaram nela para evitar o abortismo e homossexualismo de Dilma e Serra. Mas seu testemunho principal, moldado pela Teologia da Libertação, foi ficar em cima do muro ou lavando as mãos, como uma versão verde de Pôncio Pilatos. Nenhuma queixa contra as posturas anticristãs de Dilma ou do PT — com quem ela trabalhou com a consciência tranquila durante muitos anos — ou de Serra. Só queixas contra o conservadorismo.
De Macedo e Ariovaldo Ramos, não se espera nada, pois não existe coerência em aliados de um governo patentemente anticristão. Enquanto Macedo tocou explicitamente no assunto do aborto em tom de aprovação, Ariovaldo pró-Dilma divulgou seu manifesto público, declarando: “manifestamos as nossas rejeições diante da onda de conservadorismo que se abateu sobre o país nesse processo eleitoral”. E Marina, em sua “Carta Aberta aos Candidatos à Presidência da República Dilma e Serra”, igualmente não toca no assunto do aborto e homossexualismo uma única vez, mas critica abertamente o que ela enxerga como “esse conservadorismo renitente que coloniza a política e sacrifica qualquer utopia em nome do pragmatismo sem limites”.
A utopia dela — envolvendo marxismo, socialismo, Teologia da Libertação, Teologia da Missão Integral, evangelho progressista, evangelho comunista e afins — não merece ser sacrificada em prol do verdadeiro e único Evangelho? Não merece ser sacrificada pelo bem-estar moral de milhões de famílias que não precisam e não querem governos que, dizendo-se a favor dos pobres, são obcecados, doentes e insanos por aborto e homossexualismo?
De Silas, espera-se mais. Seu testemunho contra o PLC 122 e contra o aborto é notável e louvável. Mas apoiar Serra publicamente é compatível com os valores do Reino de Deus? E que tipo de compatibilidade houve no apoio dele no passado a Lula e Sérgio Cabral? Marcelo Crivella e Magno Malta são destaques também entre os evangélicos por combaterem o PLC 122, mas estão com Dilma, que tem um histórico de violência e luta armada que ela nunca renega e hoje está alinhada com o PT em sua ambição de transformar o Brasil numa ditadura marxista e a América Latina numa União das Republiquetas Socialistas do Foro de São Paulo.
Será uma alegria enorme ver a derrota da terrorista comunista Dilma, mas uma vitória de Serra será motivo de comemoração?
Entenda que esta eleição não representa alegria, pois os eleitores não poderão escolher entre uma solução menor e uma solução maior. Pelo contrário, é uma eleição de dor e sofrimento, principalmente para homens e mulheres que têm valores elevados de justiça e família, onde a única opção humana disponível é escolher entre o mal maior e o mal um pouco menor. É uma escolha entre um governo que trará grandes problemas e outro que trará problemas imensos.
Os dois candidatos representam perigos reais. Dilma, em maior grau; Serra, em menor. É como escolher, metaforicamente, entre um assassino e um estuprador. Se você escolhe o assassino, sua esposa e filhas são estupradas na sua frente e no final você e elas são mortos. Se escolhe o estuprador, você e elas escapam com vida, mas elas são estupradas.
O que não é metáfora nem ficção é que as políticas deles realmente trarão mortes e estupros, em muitos sentidos diferentes e reais. Aborto propositado e legalizado é assassinato sancionado pelo Estado. Ensinar homossexualismo ou sexo para crianças nas escolas é estupro psicológico perpetrado pelo Estado. Sacralizar e proteger legalmente o conceito de “orientação sexual” abre as portas para todos os tipos de barbarismo e anormalidade, inclusive a pedofilia, sob as “bênçãos” do Estado. Dificultar relações diplomáticas com Israel e facilitá-las com as ditaduras sanguinárias do Irã e Coreia do Norte é trazer espírito de morte e maldição ao Brasil, assim como manter ligações com grupos terroristas como as Farc e o Hamas. Tudo isso o PT tem feito religiosamente, enquanto que metade disso o PSDB aprova e faz.
É por isso que não voto em nenhum dos dois, mas entendo aqueles que, vendo o mal maior do PT aparelhado ao Estado e transformando o Brasil em tirania, estão dispostos a tapar o nariz para votar em Serra. Entretanto, dá para entender os que não tapam o nariz e ainda negociam?
Diante do mal, o Reino de Deus e seus valores são inegociáveis, mas muitos membros importantes da Frente Parlamentar Evangélica estão se vendendo em troca de propostas indecorosamente altas. O PT está conseguindo comprar a consciência de parlamentares evangélicos que até recentemente viam e avisavam sobre as ameaças dos projetos do PT. Agora, sob o peso das tentações terrenas, eles se calam para a verdade e só desentopem a boca para elogiar os bons pagadores.
No entanto, aqueles que negociarem os valores do Reino de Deus verão a Palavra de Deus se cumprir. Antes de o governo e a sociedade do Brasil serem castigados por suas iniquidades, o juízo se abaterá sobre a casa de Deus, a começar por homens que trazem o titulo de pastor, bispo, apóstolo, deputado evangélico, etc. De Deus não se zomba. Ele não tolerará para sempre os que negociam os valores do Reino de Deus em troca de ideologias de morte, roubo e destruição, ainda que venham elegantemente mascaradas de assistência aos pobres.
Então, se não há em quem votar, para onde recorrer? Ao Rei do Reino de Deus. Ninguém entende melhor de política do que Ele.
Uma convocação pública e nacional de jejum, choro e oração poderia trazer para o Brasil um aumento da “onda de conservadorismo” contra o aborto e o homossexualismo — uma onda maior que traga justiça e repudio à institucionalização de toda iniquidade.
Nesta eleição, ninguém esperava uma onda contra o aborto e o homossexualismo, mas ela veio, fazendo o diabo estremecer de raiva e pavor.
Quem a enviou não pode mandar muito mais?

19 comentários :

Jose Guilherme Schossland disse...

Caro Julio, "o juízo se abaterá sobre a casa de Deus"?
R. E desde quando nessas casas o Altíssimo opera ou convive já que sabedores de Seu ESPÍRITO PURO e que somente é invocado e responde a quem os conhece, a gerações pelos seus nomes?. (Provérbios 30.4.

Julio Severo disse...

“Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?” (1 Petro 4:17 ACF)

Paulo disse...

Como disse Dom Manoel Pestana, Bispo Emétiro de Anápolis: Estamos entre "um incêndio controlado (SERRA) ou a devastação total (DILMA)". Assim, analisando tudo, de qualquer modo vai queimar .... Ainda acho pertinente a opção "menos pior".

Anônimo disse...

O mundo não está só de olho no "Mineiros do Chile", o mundo está de olho nas "Eleições no Brasil".
Há evangelicos no mundo inteiro;Paraguai,Argentina,toda América do Sul,toda América Central,Estados Unidos, México,Canada.Rússia,Alemanha,Inglaterra,toda Europa. Até em países mulçumanos,toda Africa. Japão, Coreia,toda Àsia. Austrália e Nova Zelandia. Pelas Ilhas de todo mundo.
O que estes evangêlicos de todo mundo veêm ?
Os Evangêlicos brasileiros se dividirem em duas partes. Uma parte apoia uma EX_ABORTEIRA que a pouco tempo(bota pouco tempo nisto) era a favor do aborto e casamento gay e outras maldades.

Outra parte apoia "UM OPORTUNISTA" que se aproveita da recente campanha contra Aborto deflagada no meio evangêlico. Mas! Diz seR a favor da "União Cívil " de casais Gays.
O PLOBLEMA É QUE A IGREJA EVANGÊLICA BRASILEIRA ESTA DE """"RABO-PRESO"""" COM AS FORÇAS DAS TREVAS E O MUNDO INTEIRO ESTÁ VENDO ISTO.

Anônimo disse...

Fique onde está irmão Júlio, seja qual for a situação será melhor que o Brasil. Muitos cristãos deste país vão sofrer horrivelmente e outros muitos venderão a sua fé para não serem processados ou presos. Fique aí mesmo onde está. Não volte, por enquanto! Os pastores omissos, covardes e outros tatibitates cristãos vendilhões do Evangelho serão poupados, mas o inferno eterno os aguarda.
Em oração pelo irmão.

Anônimo disse...

Acredito que seja melhor votar no Serra porque se ele ganhar a eleição, irá saber que nesse país há um Deus zeloso, enquanto que se Dilma ganhar, sua arrogância chegará a tal nível que associará sua vitória aos pervertidos homossexuais.

sergiocoscarelli disse...

O mais importante em meio a tudo isso irmão Julio, é saber que uma parte da Igreja está descolada de politico A ou B, e de olhos abertos estão procupados em obdecer os valores biblicos. Sabemos que através desses dois candidatos não podemos esperar coisas muitos boas, pois qual deles verdadeiramente teme a Deus??? Nenhum!!! O melhor a fazer é orar e jejuar, pois quando a igreja se humilha diante de Deus, Ele intervem, e afunda os planos destes homens maus e astutos.

caetano da silva disse...

Quem dobra joelhos pra um DEUS onipotente, não tem medo de pt, de obama, de illuminati das familias mais ricas do mundo, de maçons ou de satanas, DEUS destroe essa raça dormindo com um estalo de dedos, eu to rindo disso tudo.
Deus se quiser faz dessa terra pó e tudo que tem nela junto, um homem desses (DEUS) amoroso não me inspira medo mas amor(e respeito), mas aos inimigos ele inspira desespero, medo e odio.
Outra coisa, mesmo sendo critico de lula dilma ou serra, tenho que orar por eles, a biblía diz que temos que buscar o arrependimento nosso e do proximo, serra, dilma ou lula podem se salvar e ir para o céu, no tempo do fim teremos surpresas.
Nabucodonosor, o cobrador de impostos e o farao de josé, foram exemplos de lideres salvos, nabucodonosor matava cristão pastou e foi salvo o faraó tbm, e o cobrador faminto por dinheiro, cristo disse na casa dele: hoje ouve salvação nesta casa.
Outro exemplo: paulo perseguidor do povo de DEUS e foi salvo, por isso que antes de condenar dilma lula ou serra seja quem for eu me recolho e digo a DEUS: não quero ser injusto mesmo eles sendo corruptos, pois cristo tbm morreu por eles.
Antes oro para que pelo sangue de cristo, o espirito santo modifique seus corações.

caetano da silva disse...

Pelos seus frutos os conhecereis, e vejo que a pessoa que escreve neste blog julio severo, é um fruto de DEUS, é um bom fruto, eu conheci sua história atraves dos audios de olavo de carvalho, outro homem que tbm respeito muito.

Anônimo disse...

jULIO ! Você está certo quando diz que a nossa única esperança é o Conservadorismo.
Mas! Comecemos rápido. Pois imagine! EM uma novela da Globo,"Araguaia". O personagem principal (Murillo Benicio) tem um triangulo amoroso com a Viúva de seu pai(Cleo Pires) e uma moça solteira.
Na trama novelistica o pai morre logo apôs o filho e a viuva (do pai) começam a sentirem paixão de um pelo outro. Essa Cena macraba foi ao ar em horário nobre e não vi nenhuma indignação ou critica. A globo e outras organizações perversas estão a todo vapor pregando o mais Liberalísmo Moral.
Se não aderirmos ao Conservadorismo já , cada vez mais esta corja de malfetores fará a "cabeça das pessoas" sem tato e moral firme.

Felipe(soldado de cristo) disse...

concodo, nenhum dos 2 candidatos são boms, mais como vc diz o serra é o menos péssimo! por isso ele tem o meu voto..., ele é a favor somente da iniquidade ser legalizada, e o pt é a favor da igreja perseguida!





infelismente, o brasil vai entra na seleta lista dos países que Deus castigará

Anônimo disse...

Há duas maneiras de acabar com os crentes no Brasil:
uma é esperar Jesus voltar, a outra é votar na Dilma.

A segunda opção é a mais possível.

Anônimo disse...

Lista dos Pastores Evangélicos Maçons

http://www.youtube.com/watch?v=znC8MuKG994&feature=player_embedded#!

Carlos

ClickOk disse...

Julio, da uma olhada neste video do Padre Paulo Ricardo sobre as eleições:
A Igreja amordaçada pelo PT
http://www.youtube.com/watch?v=PkzoKCkgMCo

Augusto Lima disse...

Caro Julio,
Se no passado discordei de voce, agora me alinho com algusn dos seus pensamentos. Do Macedo não há o que esperar, do Manuel Ferreira igualmente nada. O Ariovaldo é o x da questão. Com o talento que tem para pregar a palavra, caiu no conto de acreditar ser bom e inatingivel. Achou nessa turma que ainda vive nos anos 60: estudantes, pseudointelectuais, politicos e assessores, pastores com sonhos revolucionarios o publico que delira com suas falas adaptadas da teologia da libertação, dos padres com quem, obviamente, ele senta na mesa para beber vinho.
O Gilberto de Carvalho, amigo dele, é o enrolado da vez, junto com dona Dilma e os dossies denunciados pela Veja.
O cara nada aprendeu ao perder o casamento. Não conseguiu ver o que importa a Deus, ele olha Deus pela lente do engano, do secularismo, do homem moderno, cristão contextualizado que vive em SP.
Tão contextualizado que a co-autora do tal manifesto evangelico, a jornalista que é miguxa dele, é favoravel ao aborto, tendo ela mesmo feito um e, pasme!, trabalha numa ong que tem como foco criança, financiada pela mafia globalista, como bem disse o Edson.
O que vão dizer? Que o passado não conta?
É recente um posicionamneto da miguxa em defesa do aborto em caso de má formação fetal, estupro,e essas baboseiras de militantes em pro da justiça ignorando o valor da vida humana.
Fato que o proprio Ariovaldo defende quando se pronuncionou na midia sobre a menina de 9 anos gravida.

Anônimo disse...

Deixar de votar no menos pior não é omissão?Deixar de votar em quem você tem condições de diálogo sem radicalizar por parte do governo não é melhor? Deixar de votar em quem lutou e luta pela liberdade plena até de errar não é muito pior?Deixar de votar em quem permitirá que emitamos juízo de valores não é muito pior?Jesus nunca ficou encima do muro, neutro.Ele escolheu pessoas e deu-lhes a chance de escolhê-Lo também.Só um não o quis mas esse um foi livre até o fim em sua escolha.Pensemos.Desculpe-me se entrei em seu site não sendo de sua confissão mas abri o link e não pude deixar de colocar meu ponto de vista.Paz.

Anônimo disse...

BRASILEIRO COMO SEMPRE É UM MORALISTA SELETIVO
GAYZISMO DO PT É IMORAL
GAYZISMO DO PSDB NÃO TEM NADA DE IMORAL

Anônimo disse...

se o psdb estivesse na presidência aborto e alguma lei antihomofobia já estava liberado faz tempo..

Anônimo disse...

onde esta o dialogo com o Alckmin?
oposição ao gayzismo do governo de SP praticamente não existe..
Serra eleito iria promover aborto/gayzismo sem qualquer oposição..em um passe de mágica todos o "conservadores" sumiriam...
AINDA HÁ UM POUCO DE OPOSIÇÃO A AGENDA GAY E ABORTO PQ É O PT QUE ESTÁ POR TRÁS...