13 de outubro de 2010

FBI e governo de Obama se unem a grupos pró-aborto para patrocinar seminário de treinamento contra ativismo pró-vida

FBI e governo de Obama se unem a grupos pró-aborto para patrocinar seminário de treinamento contra ativismo pró-vida

Kathleen Gilbert
PORTLAND, Oregon, EUA, 30 de setembro de 2010 (Notícias Pró-Família) — O governo de Obama está fazendo uma parceria com importantes grupos pró-aborto de pressão política para realizar um seminário que tem como objetivo combater a “violência” pró-vida contra a indústria do aborto. Essa “violência” é definida como incluindo até mesmo atividades de livre expressão como piquetes, boicotes e sinalizações pró-vida.
A Agência Federal de Investigação [Federal Bureau of Investigation, cuja sigla é FBI e desempenha o papel da polícia federal americana] e o Ministério da Justiça dos EUA patrocinaram um seminário em 29 de agosto na sede do FBI na cidade de Portland. Os nomes da Federação de Planejamento Familiar [a maior rede de clínicas de aborto dos EUA], a Federação Nacional do Aborto e a Fundação Maioria Feminista aparecem de forma proeminente na primeira página de um documento preparado para o evento que compila estatísticas, uma lista de sites pró-vida e resumos, entre outros dados. O documento de 84 páginas foi distribuído pelo FBI e autoridades do MJ para os participantes, de acordo com uma fonte que estava no evento.
Embora um trecho do documento — na página 67 — enumere os “centros de aconselhamento pró-vida” como entre os fornecedores de “serviços de saúde reprodutiva”, o documento de modo geral foi organizado como um guia que trata da “agressão organizada à assistência de saúde das mulheres” por parte de “extremistas antiaborto” desde Roe versus Wade [a decisão do Supremo Tribunal dos EUA que legalizou o aborto], e tem como alvo atividades como piquetes e boicotes.
Na página 67, uma seção intitulada “US Department of Justice FACE (Freedom of Access to Clinic Entrances Act) presentation” (apresentação da LLAEC [Lei de Liberdade de Acesso à Entrada de Clínicas] do Ministério da Justiça dos EUA) inclui “cartazes explícitos em tamanho grande, etc., não cobertos” entre outras ações que constituem “intimidação”, e na página 15 especificamente faz referência ao Projeto de Consciência do Genocídio do Centro de Reforma Bioética entre uma lista de recente “violência” pró-vida.
O documento enumera ativistas pró-vida entrando em clínicas de aborto, bloqueios pró-vida e “assédio” como “grave violência” dirigida às clínicas de aborto em anos recentes, enquanto “intimidação” é classificada como qualquer “perturbação sonora” ou “folhetos para os funcionários”, o que poderia incluir documentos alertando as mulheres acerca do histórico do médico aborteiro detalhando seus atos que machucaram ou mataram pacientes.
Outra parte da apresentação do MJ exorta os participantes do seminário a “construir uma boa relação de trabalho com os fornecedores”. “Orientamos os fornecedores a construir bons relacionamentos com vocês”, declaram os autores. “Conheça-os. Quanto mais todos se sentirem a vontade, mais fácil será para vocês realizarem seu trabalho”.
Um trecho do documento enumera sites de várias organizações e líderes pró-vida pacíficos, tais como David Bereit da campanha 40 Dias pela Vida, Judie Brown da Liga da Vida Americana (LVA), Concerned Women for America (Mulheres Preocupadas com os EUA), Human Life International (Vida Humana Internacional), Federação Nacional do Direito à Vida, Padres pela Vida, Rock pela Vida, Estudantes pela Vida e A Pílula Mata, o projeto da LVA comentado pelos autores como um “site contra o controle da natalidade”.
De acordo com a agenda anexa ao documento, os palestrantes incluíam autoridades do FBI e do MJ e também representantes da Federação Nacional do Aborto e da Federação de Planejamento Familiar. O Fundo de Defesa Aliança [entidade evangélica de apoio aos valores da família] comenta que Julie Abbate, do MJ e uma das palestrantes do evento, também entrou com um processo federal em agosto de 2010 contra um líder pró-vida unicamente porque ele estava distribuindo folhetos pró-vida enquanto ela em certa ocasião passou por uma entrada de veículos.
Até o momento da publicação deste artigo, nem o FBI nem o Ministério da Justiça retornaram ligações e e-mails enviados por LifeSiteNews.
Embora advogados aliados ao Fundo de Defesa Aliança [entidade evangélica de defesa dos valores cristãos] tivessem podido comparecer ao evento, Matt Bowman, advogado do FDA, disse para LifeSiteNews que “o que é preocupante é que eles não o convidaram em primeiro lugar”.
“O guia de recursos não só é completamente unilateral, mas também adota preconceitos contra a liberdade de expressão — uma liberdade que o movimento pró-aborto vinha tentando promover há anos”, disse Bowman, que chamou de ridículo o fato de que o documento mira pacíficas organizações pró-vida e atividades de livre expressão.
“Preocupamo-nos agora que essa perspectiva é a perspectiva oficial do FBI”, disse Bowman. “Não penso que eles podem jogar a culpa nos outros nessa questão”.
Wendy Wright, de Mulheres Preocupadas com os EUA, disse para LifeSiteNews que os documentos recentes “mostram que o Ministério da Justiça se tornou um abraço do movimento de aborto”.
“Eles estão usando pesquisas e definições objetivas, mas adotando em sua totalidade a propaganda dos grupos pró-aborto e as táticas de destruir todo meio de subsistência da oposição pró-vida”, disse Wright. “Essa é uma tentativa corrupta do governo de Obama de caluniar e desprestigiar inocentes ativistas pró-vida. Essa tentativa danifica a confiança do público em nosso governo e será uma mancha na presidência do presidente Obama”.
Os documentos ecoam um relatório do Ministério de Segurança Nacional de abril de 2009 sobre terrorismo nos EUA em que as atividades pró-vida foram rotuladas como indicadores de perigoso “extremismo direitista”. Janet Napolitano, ministra do Ministério de Segurança Nacional, demonstrou ser uma incondicional ativista pró-aborto durante seu mandato como governadora do Arizona.
Para ler o documento completo em inglês, clique aqui.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesite.net/ldn/viewonsite.html?articleid=10093005
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

4 comentários :

Renato disse...

Obama e FBI, raça de víboras.A velha falácia utilizada pela militância GLBT no Brasil, que afirmam o quanto nescessitam de proteção contra os "intolerantes religiosos e homofóbicos".

SVM disse...

Isso é uma maluquice. Parece-me mais e mais que o plano não é só institucionalizar/legitimar toda sorte de conduta vergonhosa, mas tb silenciar/criminalizar qualquer opinião contrária. E qdo vejo essa ditadura ideológica ocorrendo até em democracias fortes, como EUA e Canadá, tremo em pensar o que será por aqui. Tempos tenebrosos!

Klauss disse...

Realmente, a oração é algo muito "extremista!". Matar crianças em seu estágio mais fraco, como se fossem apenas lêndias de piolhos é que é algo centrado e equilibrado...

Bando de cínicos!!!

Rev. Daniel Augusto Maddalena disse...

Pois é, meu caro Júlio! Estamos presenciando pouco a pouco, o vanço do espírito do Anti-Cristo, o qual, longe de uma figura mítica, com chifres e rabo, vem se estendendo com seus tentáculos, pelos meandros da política e do poder econômico, impondo suas vontades de destruição da humanidade e de qualquer resquício do cristianismo. Glórias a D´us por estarmos vivenciando esse "tempo tenebroso" como disse o irmão acima, mas para mim, são mesmos "TEMPOS GLORIOSOS", pois estamos vendo todas a Profecias sendo cumpridas, tais quais escritas na Bíblia! E isso nos indica a volta iminente de Jesus Cristo! Shalom! Maranatha!