5 de outubro de 2010

Fátima Cleide não conseguiu se reeleger

Fátima Cleide não conseguiu se reeleger

Relatora do PLC 122 perde apoio da população de seu estado

Julio Severo
BOA NOTÍCIA: A petista Fátima Cleide, relatora do PLC 122, não alcançou votos suficientes para se reeleger ao Senado, mesmo apelando para um discurso mais religioso e enfatizando seu suposto cristianismo.
Ela ficou famosa por defender e avançar um projeto de lei criado pelo próprio PT que daria direitos especiais para indivíduos em função de suas escolhas e práticas sexuais incompatíveis com a normalidade humana, e tiraria dos cidadãos de bem o direito de livre expressão de criticar ou se opor a essas escolhas e práticas.
O PLC 122 foi avançado por ela de todas as formas possíveis, até mesmo estranhas e ocultas, sendo colocado para votação às altas horas da madrugada, com o objetivo óbvio de aprovar sem nenhuma oposição.
MÁ NOTÍCIA: Se Dilma Rousseff ganhar, Fátima Cleide será recompensada por seus valiosos “serviços” em prol da agenda pró-sodomia do PT. Uma futura presidenta Rousseff daria algum importante ministério para Cleide, que como ministra imporá sobre o Brasil o que ela não conseguiu impor como relatora.
O mesmo caso ocorreu em 2002, quando Marta Suplicy, conhecida como a rainha do movimento homossexual, perdeu sua reeleição para a prefeitura de São Paulo. Mas Lula foi eleito presidente do Brasil, e fez dela ministra do Turismo. Quando o chefão ganha, seus lacaios participam dos despojos.
Se a chefona Dilma Rousseff for eleita presidenta, o Brasil terá, bem ao estilo malicioso de Suplicy, de “relaxar e gozar” a imperiosa e arrogante figura de uma ministra dedicada às intenções do PLC 122: sacralizar a sodomia e criminalizar opiniões contrárias a ela.
Para ler mais sobre o PL 122, clique aqui.

5 comentários :

Danilo Fernandes disse...

Deus não tolera iniquidade.

Anônimo disse...

Júlio divulgue, pois esse movimento é por nós PRÓ VIDA e PRÓ FAMÍLIA.

http://www.brasilsemaborto.com.br/

Trindade disse...

Júlio eu não me identifiquei por distração mas fui eu quem indicou o site abaixo:

http://www.brasilsemaborto.com.br/

marcia disse...

Pelo menos o povo está atento e votando melhor!
Não sabia que esta senhora não tinha conseguido se reeleger, fiquei mega feliz (como diz meu filho)!
Se Deus quiser esta outra senhora (Dilma), tambem fracassará!

Anônimo disse...

“Reconheço que as adesões do PT e do PSB à nossa candidatura representam um passo gigantesco rumo à vitória” afirmou Confúcio Moura (PMDB), ao comentar a adesão do partido dos trabalhadores em Rondônia.

O ex-prefeito de Ariquemes, logo após o 1º turno das eleições, iniciou uma série de conversações buscando tabular apoios para o pleito em segundo turno. Entre as “aquisições” para seu suposto governo, do PT quem deve fazer parte do secretariado de Confúcio é Fátima Cleide, candidata derrotada na reeleição para senadora da república.

Pelo menos é o que garante um interlocutor petista em informações ao Rondoniaovivo. Fátima e seu grupo político teriam firmado o apoio da quase ex-senadora, com a condição de que Cleide, professsora de profissão assuma a SEDUC - Secretaria de Educação do Estado. Algumas pessoas ligadas ao Sintero também comemoraram o acordo eleitoral.

Fátima Cleide teve uma passagem meteórica no congresso nacional. Durante seu mandato, a professora primou pela defesa das minorias, entre elas o chamado público GLBT – Gays, Lésbiscas, Bi-sexuais e Travestis e deve continuar sua luta, desta vez, alçada por Confúcio para capitanear a educação das crianças e jovens de Rondônia.