19 de agosto de 2010

Argentina aprova o “casamento” de mesmo sexo

Argentina aprova o “casamento” de mesmo sexo

Patrick B. Craine
BUENOS AIRES, Argentina, 15 de julho de 2010 (Notícias Pró-Família) — A Argentina está decidida a se tornar o primeiro país da América Latina a criar o “casamento” gay nacional depois que o Senado aprovou a polêmica legislação na quinta-feira de manhã.
A Câmara dos Deputados já havia aprovado o “casamento” de mesmo sexo em maio, e ontem o Senado aprovou o projeto numa votação de 33 a 27, com três abstenções. A presidenta Cristina Fernandez, que vinha apoiando o “casamento” de mesmo sexo, assinará a legislação em sua volta de uma visita de estado a China.
O projeto tem como objetivo dar a duplas de mesmo sexo unidas os mesmos direitos e privilégios concedidos dentro do verdadeiro casamento, inclusive direitos de adoção.
O projeto foi aprovado apesar de forte oposição entre a população. Começando na terça-feira, a Conferência dos Bispos Católicos reuniu uma grande multidão, estimada entre 50.000 e 250.000 fora do Congresso, para defender o verdadeiro casamento.
Unindo-se aos católicos vieram a Aliança Cristã de Igrejas Evangélicas e a Federação da Confraternidade Pentecostal Evangélica. Um número menor de manifestantes pró-“casamento” gay também estava presente.
O prelado católico mais importante da Argentina, o Cardeal Jorge Bergoglio, chamou o projeto de “uma maquinação do Pai das Mentiras que busca confundir e enganar os filhos de Deus”.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/jul/10071501.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

Nenhum comentário :