14 de julho de 2010

Governo Lula quer proibir pais de disciplinar os filhos

Governo Lula quer proibir pais de disciplinar os filhos

Pais poderão ser punidos se fizerem uso de correção física nos filhos

Julio Severo
Pais e mães ficarão proibidos de beliscar, puxar a orelha ou mesmo dar “palmadas pedagógicas” em seus filhos se a sociedade calar-se e não reagir diante de mais uma agressão estatal contra as famílias. Em comemoração ao aniversário de 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está assinando hoje (14 de julho de 2010) um projeto de lei que proíbe pais e mães de aplicarem castigo físico para corrigir a rebelião e o mau comportamento dos filhos. Tal castigo será tratado como “agressão física”, invertendo os papéis e colocando os pais sob a ameaça de castigo estatal.
Como se já não bastassem os casos escabrosos de pais sendo punidos e humilhados em Conselhos Tutelares, agora Lula assina e envia ao Congresso Nacional esse nefasto projeto, mas nem a Globo nem outros veículos da imprensa mostraram o número e conteúdo do projeto. O festejado projeto do governo Lula é um mistério, que poderá ser aprovado de forma igualmente “misteriosa” no Congresso.
Pais que disciplinam já têm sido intimados a comparecer aos Conselhos Tutelares, onde os filhos são orientados, na presença dos pais, a delatar castigos físicos. Agora a ameaça de os pais serem punidos pelo Estado é muito maior, pois toda vez que os filhos se sentirem prejudicados nos novos e elegantes “direitos” e “liberdades” concedidos eles sabem que o governo está com eles.

O projeto de Lula coloca pais e mães debaixo do espectro de um temível Estado policial ao exigir que toda criança seja educada sem nenhum uso de castigos corporais, que são rotulados como “tratamento cruel e degradante”. Atualmente, a Lei 8.069, que institui o ECA, condena maus-tratos contra a criança e o adolescente, mas deixando uma lacuna com relação à sua interpretação. O presente projeto “preenche” essa lacuna.
Com o projeto, o artigo 18 do ECA, que já era ruim, fica muito pior ao passar a definir “castigo corporal” como “ação de natureza disciplinar ou punitiva com o uso da força física que resulte em dor ou lesão à criança ou adolescente”. Disciplina e punição serão crimes. Para os pais e mães que derem uma palmadinha, virá o palmadão estatal: advertência e encaminhamento a programas de “proteção” à família e orientação psicológica. As famílias disciplinadoras ficarão sob monitoração e acompanhamento dos Conselhos Tutelares.
Anos atrás, com a colaboração de Xuxa, Lula havia lançado uma campanha governamental contra a disciplina de filhos. Se o governo fosse realmente sincero na luta contra a violência contra as crianças, não procuraria “agressões” em beliscões, puxões de orelha, palmadas ou mesmo o uso da vara de marmelo como recursos de correção. Violência real é entregar crianças inocentes a uma dupla de pervertidos homossexuais. Violência real é ensinar as crianças, na própria escola, como ter sexo antes do casamento e sexo homossexual. Essas duas violências reais, que são muito maiores do que beliscões, puxões de orelha, palmadas ou mesmo o uso da vara de marmelo, são perpetradas oficialmente pelo governo.
A diferença entre o Estado, Deus e as famílias é que, enquanto Deus e as famílias cumprem seus próprios papéis, o Estado não. O Estado quer cumprir o papel de ambos ao se impor em questões que não são de sua competência. É o Estado intrometido e atrevido, julgando-se na posição e lugar de Deus e dos pais e mães.
Lula, com todas as suas malandragens políticas e amizade com ditadores assassinos, não sabe o que é castigo, correção, disciplina, repreensão, palmada, puxão de orelha, beliscão e vara de marmelo — embora no caso dele talvez nem uma boa sova resolva. É nessa experiência de ausência de castigo por seus próprios males que ele quer dar às crianças do Brasil a oportunidade de crescerem na mesma delinquência: amando malandragens e amizades com indivíduos imprestáveis e perigosos. É Lula querendo a produção de milhões de crianças à sua própria imagem e semelhança, onde os lulinhas de hoje serão os problemáticos de amanhã.
Lula é um dos maiores maus exemplos do Brasil, em sua amizade com os ditadores assassinos Fidel Castro, Hugo Chavez e Mahmoud Ahmadinejad. Sem correção, as crianças estarão condenadas a imitá-lo.
Se o Congresso Nacional aprovar a lei de Lula, o governo precisará da ajuda de vizinhos, parentes, funcionários e assistentes sociais que estejam dispostos a delatar pais e mães disciplinadores ao Conselho Tutelar. Com apenas uma denúncia, mesmo que seja de um maldoso anônimo, uma família poderá ter sua vida virada de cabeça para baixo, com a interferência de assistentes sociais pagos para impor as vontades do Estado dentro da família.
Foram-se os dias em que o pai e a mãe podiam dizer aos filhos: “Você tem de obedecer. Aqui quem manda sou eu”. Agora inverteu-se tudo: quem manda são os filhos. E quem tem de obedecer são os pais.
No começo de 2006, quando semelhante projeto da petista Maria do Rosário estava avançando na Câmara dos Deputados, telefonei rapidamente para o Dep. Adelor Vieira, presidente da Frente Parlamentar Evangélica, pedindo uma ação urgente. Graças a Deus, a ação dele obteve resultado.
Diante do novo projeto, assinado pelo próprio presidente Lula, os pais e mães do Brasil necessitarão telefonar e pressionar os deputados e senadores. Mesmo estando longe do Brasil, peço que todos se unam contra mais essa agressão e promoção de delinquência juvenil por parte do governo Lula.
O novo projeto de lei recebeu as seguintes reações de leitores do Portal Uai:
Eduardo de Assis Noman
Meu Deus... Gente, vejam bem como estamos sendo cercados... Estão nos privando de direitos fundamentais... agora não posso educar meu filho do jeito que quero... daqui uns dias vou trabalhar somente do jeito do governo, me divertir somente do jeito do governo... aonde vamos chegar?
Antonio Moraes
Se depender dessa lei, tô ferrado, vou ser preso em breve, pois não vou deixar de dar umas palmadas em meus filhos caso seja necessário.
Daniel Melo
Parabéns “governo”! Assim o governo federal e o Congresso ajudam a criar os delinqüentes de amanhã. Parabéns! Uma palmada com o intuito de educar não faz mal a ninguém. Quem ama educa e disciplina.
Enrico Vicentini
Este é o país dos absurdos. O ECA é uma ferramenta para transformar inocentes em marginais. E agora estão querendo incrementar seu poder de deturpação da personalidade dos jovens. Concordo com os que disseram que apanharam e nem por isso deixaram de amar e agradecer seus pais — é o meu caso também.
Marcelo Paiva
“A vara e a repreensão dão sabedoria; a criança entregue a si própria envergonha a própria mãe”. Está na Bíblia.
Andréa Costa
Matar pais, professores e policiais,etc. podem, à vontade. Que isso, já basta o ECA, agora querem proibir pais de darem palmadas! Que país é esse?
Domingos Sávio Oliveira
É o fim. Onde já se viu isso? Agradeço meus pais pelas “sovas”, pelas varas de marmelo, pelas correiadas. E não vou deixar de dar umas palmadas em meus filhos por causa desse lei esdrúxula e burra. Depois do ECA, menor virou sinônimo de desrespeito, de delinqüência, afinal, não se pode mais educar...
gladyston moreira
Bato sem dó, pois só assim vão ser homens de verdade. O que vemos hoje é adolescente estuprador, Drogados, batendo nos pais, nos professores, não respeitam ninguém. Aqui na minha casa mando eu, não tem leizinha vagabunda que vai me impedir de criar do meu jeito! Babacas!
Gustavo Ferreira
Engraçado, não fui criado nem na base de palmadas ou cintadas. Eu tomava era surra mesmo! Nem por isso eu deixo de amar meus pais, mas agradeço a Deus a cada momento por eles. Por eles terem me tornado um homem de caráter e humildade, me ensinado o que é certo e errado.
renato guido
Isso mesmo governo LULA!!! Parabéns, estão dando mais poder aos menores.... daqui a pouco liberam eles de baterem nos pais também... e proibirem os pais de saírem de casa.
Gustavo Ferreira
Vão me perdoar, mas para mim isso é a lei do capeta! Como os pais não podem dar umas palmadas para corrigir os filhos? Sou contra qualquer tipo de exagero cometido pelos pais na correção, mas dar umas palmadas as vezes é necessário. Por isso este país está cheio de jovens e crianças delinqüentes!
Jacqueline Costa
Desde a implantação do ECA, os níveis de criminalidade no Brasil dispararam. Nunca se matou, assaltou, traficou e se drogou tanto e a maioria desses crimes foram cometidos por menores. Porque será ? Agora vem mais essa ?
José Geraldo Andrade
Cada vez mais os pais irão perdendo o controle sobre seus filhos. Colocar de castigo no quarto, sem ver televisão ou jogar videogame será também considerado “castigo cruel”? Bando de imbecis! Cada vez mais assistiremos ao crescimento da delinqüência juvenil e infantil. Ainda bem que tive “pais maus”.
Marcos Eugenio Camargos
ECA = Fábrica de Monstros.
Com informações do Portal Uai.

32 comentários :

Abel Santos disse...

No fim da década de 80 tive acesso a um farto material sobre o movimento nova era. O materias era fortemente específico sobre as ações de Satanás para atingir o ápice de seu reinado neste mundo (os 7 anos do anticristo). E nele constava que as crianças seriam educadas pelo estado, que a escola seria em período integral, que as crianças teriam fortes instrumentos para aterrorizar seus pais e etc. Pois bem, estamos vivendo este momento. Observe que o estado não se importa com as famílias que fabricam deliquentes em massa e crianças aos montes nas ruas das grandes e médias cidades. Queria ver o promotor valentão e o conselhor tutelar valentão, que ameaçou tanto o casal que educava seus filhos em casa, subir no morro dominado por traficantes e intimar o chefão de lá e os pais que levam crianças para o mundo do crime.

Marcelo disse...

Muito engraçado esse lula!! O que este pateta tem feito para levar a cabo ações efetivas que tirem as crianças da influência da criminalidade?? Proíbe-se a correção dos pais, que é bíblica e faz-se vista grossa à coerção do tráfico e da prostiuição!!
ECA!! Chega a dar nojo!!

Cristao Peregrino disse...

A proxima do Lula é a bolsa-preguiça e bolsa-burrice.

Absurdo um projeto desses.

Por acaso é o estado que educa?

Cerceando nossa liberdade, seria isso constitucional?

O que temos para comemorar nos 20 anos do ECA?

o aumento da delinquencia e marginalidade?

Onde estão os "nossos deputados" para nos defender desse infâme projeto?

Anônimo disse...

Alguém já ouviu de alguma criança o seguinte: "quando crescer, vou MATAR meus pais por me darem tapinhas no bumbum"? seria trágico se não fosse tão cômico! Agradeço à Deus por meu pai ter me corrigido na hora certa... depois vamos acabar fazendo como uma amiga minha disse que alguns neozelandeses, depois dessa lei ter sido aprovada no país querem... 'vamos entregar todos p'ro governo cuidar'...lol...


Gustavo

carloshenrique disse...

ECA - Estado da Criminalidade e da Abominação, eis o nome correto para o tal ECA;
Um governo que se gloria de não ter estudado, nem deveria estar no poder.
Se alguém quer formar um futuro criminoso, basta fazer o seguinte:
1. Não ensine a criança no caminho de Deus, e nem a ensine a orar e a ler a Bíblia;
2. Não castigue seu filho quando lhe é desobediente.
3. Só fique no diálogo, achando que com isso irá resolver o problema.
4. Ache que o problema é apenas de dialogar mais, de ouvir mais, que é apenas uma fase, como os psicólogos, psiquiatras, psicanalistas e outros entendidos no assunto dizem.
5. Dê ouvidos a psicologia moderna e suas variantes que dizem que castigar é errado.
6; Dê tudo que a criança quiser.
7. Se ela brigar com o amiguinho, não a castigue, mas só leve ela a um consultório pois deve ser problema psicólogico.
8. Ensine-a a ser amante de si mesma.
9. Louve-a por todos os seus atos errados que fizer.
10. Dê para ela razão em tudo.
E tendo feito tudo isso, prepare-se para ter uma dor de cabeça futura, e anos e anos de tristeza, luto, choro, e medo e terror, e para derramar muitas, mas muitas lágrimas, e para viver uma vida infeliz pelo resto da vida.

Elaine disse...

Hoje entendo a frase que ouço desde criança de que o Brasil é o país do futuro(que nunca chegou). Na verdade, hoje melhor dizer "Esse é o futuro do Brasil".

Luiz Paulo disse...

Que moral o Lula tem pra dizer alguma coisa? Os pais é que têm que educar os filhos!

Anônimo disse...

Fico com ódio ao ler essa sua expressao "disciplinar" associada a agressao fisica.

O programa SuperNanny do SBT comando por Cris Poli prova que disciplina e educação se faz com dialogo nao com agressao.

Nao se precisa bater para disciplinar filho.

Será que Jesus aprovaria vc agredindo seu filho Julio Severo?

Sera que ainda hoje vc permance na ignorancia de achar que se educa batendo?


Maria Lucia Munhoz.
Psicoterapeuta

Roberto Domingos disse...

Pedagogos, pisicoterapeutas e petralhas sabem tudo, agora querem nos ensinar como educar nossos filhos, se não forem ouvidos cadeia nos pais, se Lula tivesse usado a vara em seu filho e o pai dele nele o Brasil não teria mensalão, aloprados, criação de dossies, um presidente que dá os piores exemplos para o povo, etc, etc, etc...A senhora é que me dá raiva!

Anônimo disse...

INDIGNAÇÃO!!! Esta é a palavra.
Será que a presidência da república não tem mais o que fazer?
Com tanta coisa para se preocupar, falta saúde, falta emprego, educação, segurança,igualdade social, e o Estado interessado em tirar a autoridade dos pais de educarem os seus filhos.
Como podemos ter uma sociedade mais humana, menos violenta, mais educada, se o governo luta avidamente conta a família?
Tudo começou com os movimentos da psicologia moderna condenando a correção física dos filhos. Agora analise bem a estrutura familiar dos psicólogos defensores da conversa sem fim, na maioria formada por pais separados, filhos desajustados, desobedientes, delinquentes, mal educados. E aí eu me pergunto: quem é mesmo que precisa de aconselhamento? Os motoristas violentos de hoje por exemplo, com certeza na sua maioria foram meninos mimados, criados sem nenhuma noção de limite. Onde vamos parar com isso?
Um grupo de desocupados invadindo as nossas vidas, os nossos lares, com o simples propósito de destruir as nossas famílias, e o pior: onde estão as opções de candidatos para mudar este cenário? Só posso dizer que segurança, segurança mesmo, só e somente só em JESUS!!!

Ricardino Lacerda - Bahia

Abbey disse...

Nada mais real do que a nova ordem mundial expandir seus planos de destruir a familia, como ja fez aqui nos eua, onde as crianças sao orientadas, logo nos primeiros dias de escola, ainda com seus 3 ou 4 aninhos, a discar 911 se os pais a punirem por qualquer motivo, seja fisicamente ou psicologicamente. Aqui os pais em sua maioria veem seus filhos como peso com data marcada para ficar livre deles, que eh qdo completam seus 18 anos. Antes disto os pais soh teem obrigacoes, tanto com a subsistencia deles como com tudo que fizerem com outros e seus bens. Enquanto isto os filhos teem todo tipo de direito, protegidos em todo ambito pelo estado. Bater?? Colocar de castigo?? Escolher seus amigos e ate onde o filho pode ou nao ir?? Foi-se o tempo onde esta sociedade dava aos pais este privilegio! Hoje o papel se inverteu. Os pais temem ser denunciados pelos filhos caso ousem dar ouvidos a Palavra de Deus e corrijam seus filhos. Se somente perder a guarda fosse solucao, a maioria dos pais ate que faria, mas com a guarda dos filhos perdida pelo julgamento do estado, os pais tb perdem algumas centenas de dolares para contratar um bom advogado e assim nao serem presos. Nao eh de se admirar porque vemos nos noticiarios tantos casos de crianças e adolescentes que matam nas escolas aqui. O estado as encheu de direitos, mas estas crianças e adolescentes perderam o maior direito que qualquer ser humano morre se nao tem, o de amar e mais que isto, ser amado. O estado tirou dos pais o direito de amar seus filhos. Nao diz a Palavra de Deus que Ele corrige/castiga a quem Ele ama? Aqui nao se corrige mais, consequentemente tb nao se ama mais. Aos 18 anos os filhos, rara exceçao, sairao de casa. PASMEM - mas os cachorrinhos ficam!

E vcs, Brasileiros, continuarao a deixar o estado tb legislar sobre nossa geracao?

Silvio Ricardo disse...

Vocês lembram daquele episódio (2008, se não erro) em que o filho de Lula, vulgo Lulinha, compareceu bêbado a um espetáculo da companhia circense Cirque du Soleil, em São Paulo, e quis agredir os seguranças do espetáculo, disse um monte de palavrões e baixarias em voz alta, e só foi contido quando o próprio dono da companhia lhe disse na venta o que o pirralho mal-educado e estúpido precisava ouvir, ameaçando-o com a expulsão se não se comportasse adquadamente?

O desgraçado se mostrava tão prepotente e cheio de si que chegou a dizer que a porcaria do pai dele era "quem mandava no Brasil", e, portanto, ele faria como bem entendesse.

Agora me respondam. O que um idiota tão arrogante como Lula sabe de educar filhos, hein?

Anônimo disse...

O Lula não sabe administrar o país quando se trata de criar leis!
Onde já se viu ser punido por educar o próprio filho?
Isso me deixa profundamente triste.

Anônimo disse...

eles já aprovaram a lei do divorcio, dentre de um minuto já está divorciado o casal,agora é a lei sobre o criança; este governo é insano não pensa na hora aprovar as leis, não pensa na convicções religiosas de suas populações, nem plebiscito se tem mais, um democracia autoritária, chegando ao nível da ditadura,para ver o quanto já está se assemelhando a época de noé, os dias hodiernos,o certo é errado e o errado é o certo; o nosso presidente disse que se bater em uma criança vai virá bandido quando crescer será que o nosso presidente está se passando por sábio aponto de superar (risos) o sábio salomão em suas Palavras ? pois é salomão disse que corrigindo uma criança com palmadas o livra no futuro da morte,ao contrário do lula que diz que palmada faz criança virá bandido.

como o caro Irmão Paulo teixeira estava dizendo e é verdade o fato, chamando atençaos dos senhores depultados e senadores evangélicos que ficam esquentando cadeira lá no senado e na camara e não defende os valores da família, só procura apoio para votar neles mas na hora H todos abaixa a cabeça e faz de conta que não aconteceu nada.

olha eu não tenho vergonha de dizer ,eu já levei castigo quando era pequeno, bem como os meus irmão, mas digo com toda certeza, que este castigo fez bem a minha família,fez a família melhor, hoje não temos nenhum problema na família, meus irmãos são todos casados,com família equilibrada e sem problemas ,graças a Deus.

os valores da família estão sendo deturpados pelos governos moderno,isto chama degeneração da raça humana, a raça humana está perdendo o bom senso e a razão, nossos lideres e governantes não tem sabedoria para governar o seu povo,e está desprezando autoridade paterna, instituido pelo senhor na jardim éden, aonde vamos chegar? essa lei em vez de coibir a violencia ,pode aumentar mais o número de violencia no brasil; o governo está tirando a autoridade dos pais e isto sofrerá consequencias graves na nossa sociedade.sou contra a violencia na família, a própria bíblia deu limite para bater numa criança.claro que os pais tem primeiro entrar com diálogo,mas se esta falhar, é usar a correção com palmadas, o motivo não é aumentar a violencia,mas coibir ela, quem diz isso não sou eu é a Palavra de Deus;se os filhos já não obedecem os pais, agora que não vão obedecer mesmo, inclusive os adolescentes rebeldes, se o pai ou mãe der uma palmada, é só ir na delegacia e fazer uma ocorrencia de agressão física ou se não reclamar no conselho tutelar.

(RISOS)

é O FIM DO MUNDO!!!!!!!!


há muitas pessoas que nunca foi corrigido com palmadas,principalmente,estas pessoas de classe média e alta, podemos ver que seus filhos hoje estão se envolvendo em drogas e estupros entre outros problemas,creio que isto não é falta de diálogo,mas de uma correção mais severa baseada nas escrituras,se só dialogo resolvesse o mundo estaria melhor.

primeiro tratar com psicologos e terapeutas, mas se falhar ,use uma admoestação baseadas nas escrituras,e se ainda falhar,(risos)use a sabedoria de salomão em proverbios.

DE: Laudemar Carlos Botelho

marcia disse...

O caso aqui discutido não é sobre agressão Sra. psicoterapêuta politicamente correta, o caso aqui se refere a tirar o patrio poder!!!!!
Se tens filhos e os ama, é óbvio que deverá disciplinar, ou criará "monstrinhos"!
Quer dizer que o Estado assumirá nossos filhos? que belos modêlos serão estes corruptos!

Anônimo disse...

A “psicoterapeuta” cheia de ódio que comentou aí em cima, deve ser dessas que adoram chamar delinguencia juvenil de “direito à livre expressão da criança e do adolescente” e bandidos facínoras menores de idade de “vitimas da sociedade”. Com certeza foi formada nos moldes do ECA. E que ECA! Irmão Júlio Severo, continue sua luta pelo que é bom e agradável diante de Deus e não se incomode com o ódio extravasado de ninguém. Embora não me conheça,sempre oro por você, amigo. E que Deus abençoe e guarde a você e sua família.

Ass. Roque Bruno

Anônimo disse...

Você lembrou bem, Sílvio Ricardo, do episódio que envolveu o filho do presidente Lula o qual gosta de interferir na educação dos filhos dos outros e que pelo jeito não teve moral em casa e educação para ministrar ao próprio filho, tanto que o tal agiu da forma como você descreveu. E digo mais com relação ao pensamento do presidente Lula: se só dialogo e conversa adiantasse no caso de uma possível transgressão ou má conduta humana, o Partido dos Trabalhadores (cujos membros, todos politicamente corretos e que adoram reuniões e diálogos intermináveis), seria o partido mais honesto e não o protagonizador do maior escândalo da história da república brasileira.(ou será que o PT já se esqueceu do mensalão?) E o presidente lula como agiu diante de tal fato? Ele simplesmente disse: Eu não sei de nada... E é assim que ele quer que seja a nação brasileira – constituída de pais e mães impotentes, irresponsáveis e omissos diante de uma possível insolência e delinguencia dos filhos. Infelizmente, os mentores de leis como esta plantarão um fruto amargo no solo da nação brasileira. Teremos mais delinguencia, mais individuos sem respeito ao próximo, mais professores ameaçados e violentados nas escolas, mais pitboys, mais índios e mendigos queimados no meio da rua por mera “brincadeira de adolescentes”, e se hoje já é ruim, amanhã será pior. Faço, ainda coro com as palavras de alguém cujo comentário li antes, em algum outro post: O que é melhor para um filho? A palmada corretiva dos pais, ou o cassetete e os tiros da polícia?

Ass: Roque Bruno

Anônimo disse...

são Os homens de sodoma e gomorra querendo invadir os nossos domícílios,querendo que sejamos conformados com os sistemas degenerados deles,lembra de genesis 18 quando alguns homens tentaram invadir a casa de ló?,invadindo a privacidade alheia,pois é, isto que está acontecendo hoje, a falta de respeito com a família,homens sem noção estão destruindo a familia brasileira;antigamente o chefe da família ou o clã era muito respeitado,hoje as leis estão criadas para tirarem os poderes dos pais,vergonha!!,veja o que as sagradas Escrituras diz sobre a falta de respeito com os pais e maldição lança sobre aqueles que desprezam a autoridade dos Pais

Os olhos que zombam do pai, ou desprezam a obediência à mãe, corvos do ribeiro os arrancarão e os filhotes da águia os comerão. Provérbios 30:17

ass. laudemar botelho

Anônimo disse...

Estou perplexa com quantas pessoas estao aqui querendo o direito de agredir fisicamente os filhos.

Um bando que nao sabe o que é disciplinar, educar!

assista a SuperNanny e aprendam.

Deve ser muito bom aos olhos de deus um pai que acha que batendo no filho vai lhe ensinar algo.

Ignorantes.
Agora entendo porque pastores fazem voces de gato e sapato.

Maria Lucia Munhoz.

Anônimo disse...

Amada, psicoterapeuta, a senhora não só está chamando as demais pessoas acima de ignorantes,mas ao Rei salomão, bem como Senhor Jesus cristo que selou e confirmou as Palavras do rei salomão como verdadeira e verídicas

A rainha do sul se levantará no juízo com os homens desta geração, e os condenará; pois até dos confins da terra veio ouvir a sabedoria de Salomão; e eis aqui está quem é maior do que Salomão. Lucas 11:31

então vamos ler o que o ignorante salomão disse:

Não poupes ao menino a correção: se tu o castigares com a vara, ele não morrerá, castigando-o com a vara, salvarás sua vida da morada dos mortos Provérbios 23:13-14

A loucura apega-se ao coração da criança; a vara da disciplina afastá-la-á dela. Provérbios 22:15

O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga. Pv 13:24

"O açoite é para o cavalo, o freio é para o jumento, e a vara é para as costas dos tolos." (Provérbios 26 : 3)

veja támbém o que Jesus disse:

E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua prostituição; e não se arrependeu.
22 Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras.
23 E ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda os rins e os corações. E darei a cada um de vós segundo as vossas obras. apoc 2.21-23

Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Pv 12:1

amada pscoterapeuta tome cuidado ao chamar as demais pessoas que depoem aqui de ignorantes,nós sabemos muito bem,que antes da Palmada,vem o conselho e a repreensão,isto é ,o diálogo,usamos a Palmada,se o conselho falhar,mas não somos nenhum doido para espancar os nossos filhos,pois a mesma Palavra nos dar limite para corrigir uma criança.

Castiga o teu filho enquanto há esperança, mas não deixes que o teu ânimo se exalte até o matar. PV 19.18

Cara, psicoterateupa, eu sou solteiro,moro ainda na casa de meu Pai e minha mãe e a obedeço,como uma autoridade paterna,o meu clã,já foi repreendido com palmadas sim,mas me fez uma pessoa melhor e sábia para a vida, e devo muito a eles pela boa educação que me deram; cara, psicoterapeuta se senhora elogia tanto os ensinos da famosa supenany, visite a casa das pessoas que ela já disciplinou, se os ensinos dela valeu, ver se adiantou os ensino que ela deu,a senhora poderá ver lá,que em muitas casas aonde ela foi e os ensino dela não pegou,então uma disciplina conforme a os ensinos sagrados é muito melhor, primeiro o diálogo e a admoestação (Efésios 6 : 4), se não der certo a disciplina com palmada valerá.Pv 12:1

A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe. Pv 29:15

tirar a autoridade Paterna dos Pais concedida por Deus no Eden,sofrerá conquencias graves na nossa sociedade e estará em pleno cumprimento a profecia das escrituras sagradas que diz:

2 timóteo CAPÍTULO 3
1 SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, "desobedientes" a pais e mães, ingratos, profanos,
3 "Sem afeto natural", irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela Destes afasta-te

e Deus irá pedir da conta da nossa sociedade,inclusive do nosso governo pela destruição família.

1° pedro 4.3-5
Porque é bastante que no tempo passado da vida fizéssemos a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias;
4 E acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós.
5 Os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos.

continua..

ass:laudemar carlos

Anônimo disse...

continuação

reflita senhora psicoterapeuta, e não chame precipitadamente os participantes acima de ignorantes,pois a senhora chamou a própria Divindade de ignorante e isto é gravíssimo.

"Os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos." (I Pedro 4 : 5)

ass. laudemar botelho

Renato disse...

Impressionante a sua ignorância, Maria Lucia Munhoz. Você é incapaz de perceber que o que acontece agora é exatamente a mesma coisa que ocorreu na antiga URSS. As desculpas (esfarrapadas) são diferentes, mas o efeito (se essa loucura for em frente) será o mesmo. Partidos totalitários consideram que as crianças são suas, para seu uso, para manter o poder. A suposta intenção de proteger as crianças de violência não é crível, pois a lei atual já pune a agressão. O fato de muitas vezes a polícia não fazer nada reflete apenas a insanidade esquerdista de atribuir a todos os problemas uma causa "social", para obstar a aplicação da lei.

carloshenrique disse...

Respondendo a desresoeutisa e ignorante Maria Lúcia Munhoz.
Aprender com a Super Nanny? Oras, uma pedagoga o que têm para ensinar? um monte de lixo. A Super Nanny não merece nenhum crédito da minha parte. E por quê? Por ser pedagoga.
E, quanto ao castigo físico está na Bíblia e é ordenança de Deus. Vamos aos textos:
"A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe." Provérbios 29 verso 15.
"O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga." Provérbios 13 verso 24.
"Castiga o teu filho enquanto há esperança, mas não deixes que o teu ânimo se exalte até o matar." Provérbios 19 verso 18.
"A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela." Provérbios 22 verso 15.
"Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá. Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno." Provérbios 23 verso 14.
"Castiga o teu filho, e te dará descanso; e dará delícias à tua alma." Provérbios 29 verso 17.
E, em Provérbios 29 verso 19, diz: "O servo não se emendará com palavras, porque, ainda que entenda, todavia não atenderá." E, por servo se refere também a crianças.
E, Maria Lúcia Munhoz, a senhora é que não sabe o que é disciplinar, educar.
Disciplinar e educar significa justamente isto: corrigir, castigar fisicamente, repreender.
Não existe disciplina e educação sem castigo físico.
Quem não castiga seus filhos, está, isto sim, formando verdadeiros marginais. E, eu não chamaria de pai e mãe a quem não castiga seus filhos quando lhe são desobedientes.
E, é justamente pór pessoas como a senhora, que pensam igual a senhora, que o mundo atual está cada dia indo mais para o abismo.
Durante séculos e séculos a sociedade soube muito bem como disciplinar os seus filhos e filhas sem esse lixo chamado psicologia, psiquiatria, psicanálise, psicoterapia, pedagogia e outras coisas idênticas, que se fossem extintas não fariam nenhuma falta a sociedade moderna, mas antes seria um grande benefício para a nossa sociedade. Por enquanto é só isso o que eu tenho a dizer a senhora.
E, aos demais, me desculpem se eu tiver sido bem áspero, mas não há outra maneira melhor para lidar com certos tipos de pessoas como psicoterapeutas, psicólogos e outros dessa laia.

Rickão disse...

Uh tererê, vote no PT !!!
Deu nisso...

Imaginem se a sucessora entrar... o Brasil afunda Dilma vez !!!

Anônimo disse...

Vejam que interessante:
O próprio Lula quando comentou sobre o projeto numa cerimônia no Centro Cultural Banco do Brasil, disse que nunca apanhou de seu pai (apesar de considerá-lo bruto).
Entretanto, no filme "Lula, o filho do Brasil", dizem que ele era espancado por seu pai (não sei se é verdade pois não assisti esse absurdo).
Taí o barbudo novamente caindo em contradição (leia-se mentira), como já é de se esperar.
Que Deus tenha misericórdia dessa nação!!!

marcia disse...

Sra Maria Lucia...tua faculdade é a supernanny????
Quem é ignorante?! procure colocar teu ponto de vista de uma forma mais, digamos, profissional!
Filhos sem disciplina resulta em adolescentes infelizes, com baixa estima que buscam, na maioria das xs, prazeres nas drogas e outros descaminhos.
Supernanny!!!!!
Faz-me rir...

Anônimo disse...

Isso é coisa de SATANAS. Com certeza!
* O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga.Provérbios 13:24
*“Não poupes ao menino a correção: se tu o castigares com a vara, ele não morrerá, castigando-o com a vara, salvarás sua vida da morada dos mortos.Provérbios 23:13-14

É CONTRA A PALAVRA DE DEUS, É COISA DO DEMONIO!

Anônimo disse...

Novo provérbio popular:

“melhor é suportar a vara de correção dos pais, do que ter que encarar a "vara da correção" do tião pé de mesa na cadeia.”

Messias disse...

Peraí! A psicoterapeuta Maria Lúcia Munhoz aprende é com programa de TV?

Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha Ha!!!!

Elaine disse...

Sou psicologa e fico envergonhada em ler certos comentarios como da que se intitula "psicoterapeuta". Até agora ela não entendeu que o que se trata até aqui é de uma intromissão socialista do Estado na Familia de forma a estabelecer de vez o regime socialista no Brasil, que o PT está tentando há 8 anos? Cara colega, procure estudar e ler um pouco mais em vez de assistir o Supernanny achando que lá você vai ter a formação que precisa. Antigamente os pais nem batiam nos filhos, mas tinham o que hoje se perdeu que é a autoridade, coisa que o lula quer retirar de forma arrogante e desrespeitosa. Ninguém também falou até agora em espancamento, não sou a favor de bater, mas aqui está se tratando realmente do que se falou acima, de retirada de patrio poder, o que é um absurdo. É só aprender a ler nas entrelinhas e parar de ver tanta TV.

Anônimo disse...

Quem pode garantir que essa tal Maria Lúcia é mesmo Psicoterapeuta? eu não acredito! Deve ser uma "petista" - se não for - um pesita disfarçado querendo nos enganar. Quem é a favor desse partido(?) comunista, só sabe falar besteira, no mínimo essa aí nunca foi mãe ou tem um bocado de monstrinhos em casa. E estado não tem nenhum direito de intervir na família, e nesse governo Lula que não cumpri o que é de sua obrigação, agora quer ensinar como os pais devem educar seus filho? Bastava Lula se preocupar com saúde, educação e segurança, já que encontrou o país nos trilhos, apenas passou o tempo viajando à nossas custas e fez MENOS QUE NADA. Estamos dando muito cartaz a essa tal Maria Lúcia, se ela quer aparecer, que pendure uma melancia no pescoço. Sua Psicoterababaca. Antes os pais exemplarem do que a polícia bater e juiz julgar.

Anônimo disse...

É uma incoerência! Os pais não podem dar uma palmadinha nos filhos. Mas uma mãe com um bebê na barriga pode matá-lo (pelo aborto).