6 de abril de 2010

Asilo para homossexual perverte as políticas dos EUA

Asilo para homossexual perverte as políticas dos EUA

Charlie ButtsOneNewsNow
Um homossexual do Brasil recebeu asilo nos Estados Unidos porque ele teme maus-tratos em seu país natal por causa de sua orientação sexual.
De acordo com LifeSiteNews, como consequência da decisão, Augusto Pereira de Souza, de 28 anos, terá permissão de trabalhar e receber benefícios de previdência social e acabará recebendo permissão de solicitar residência permanente. Souza apresentou testemunho de que ele havia sofrido importunação verbal de um policial, e em outra ocasião foi perseguido por “carecas” armados com bastões de beisebol.
Peter LaBarbera, diretor da organização Americans for Truth About Homosexuality, está chocado com o caso pois o Brasil, comenta ele, é um dos países mais pró-homossexualismo do mundo. Ele diz que os cristãos são alvos de hostilidade no Brasil se falam publicamente contra a homossexualidade.
“Acontece que tenho um amigo, Julio Severo, que saiu do Brasil por temor como cristão do Ministério Público sob os mecanismos anti-homofobia que estão sendo estabelecidos nesse país”, explica ele.
O porta-voz de The Americans for Truth admite que acha difícil acreditar que Souza tinha qualquer coisa a temer no Brasil por causa de sua escolha em favor da homossexualidade.
“O Brasil não está se tornando um país agradável para pessoas que crêem que a homossexualidade é errada”, diz ele. “Por isso, nessa base é irracional que os Estados Unidos estejam aceitando um homossexual brasileiro”.
LaBarbera acrescenta que pelo fato de que o Brasil está se tornando “um país dos sonhos de todo homossexual”, é perversão as políticas de asilo dos EUA darem aos homossexuais brasileiros o privilégio de ir para os EUA por temor de perseguição de seu estilo de vida.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Fonte: OneNewsNow

7 comentários :

É cada uma... disse...

Essa é ótima. Se o negócio pega, vai ter um monte de gente aí alegando ser um gay em apuros só pra conseguir visto de permanencia!

Tom Alvim disse...

Mais um exemplo de que os valores estão totalmente distorcidos mundo afora. Se essa moda pega os cristão norte-americanos estarão dentro em breve com um problemão para resolver.

Anônimo disse...

Amigo Júlio,
O pior é que é verdade! Para minha tristeza é verdade. Daqui a algum tempo, se a sociedade brasileira continuar omissa, como está, o Brasil vai se tornar um paraíso gay e um inferno hétero. Ainda mais se a ditadura gay(PLC-122/06) torna-se lei. Vão querer tornar o homossexualismo "obrigatório no Brasil". A impressa mesmo, não publica nada se conteúdo for contra o homossexualismo... agora se for pró-homossexualismo, você tem todo o espaço e apoio que precisar. Meu Deus! Para onde foram os valores morais e de dignidade humana? Eu me pergunto isso todos os dias... e não encontro resposta. Para onde estamos caminhando...? Um gay me disse que a "família tradicional" já foi destruída há muito tempo, e prevalece agora outras formação de família e a homossexual e a evolução. Sinceramente eu não gostaria de estar vivendo essa época... que tristeza!

Uma abraço amigo Júlio, desse seu fã baiano.

Lúcio

Carlos Casel disse...

Essa notícia é realmente muito boa, imagina se pega. Brasil exporta homossexual. Sem mais palavras.

Toni-Toni disse...

Realmente, o Brasil está ficando desconfortável para quem diz "NÃO" ao estilo de vida homossexual. Hoje mesmo em um curso que estou fazendo ouvi certas palavras que me deixaram sem jeito:

na sala de aula, uma moça que afirma ser recepcionista de uma determinada igreja disse que não gosta de pessoas homofóbicas e concluiu que odeia quem não gosta de gays.

Não gostar de gay's, ou ser homofóbico na concepção dela é simplesmente pensar que viver neste estilo de vida é ter uma vida degradante.

Recentemente, da última vez em que eu discuti com duas colegas de serviço sobre o tema, ambas ficaram abismadas pelo meu modo cristão de pensar, ou seja, acharam anormal alguém não achar normal o relacionamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Nisto, até aí tudo bem, pois elas exprimiram - ainda que equivocadas - o que pensam sem me ofender. Porém da próxima vez em que alguém me perguntar "O que vc acha da Causa Gay?" tenho medo de ser hostilizado ao responder...

Paz do Senhor.

Catiano F. Lima disse...

Triste situação está o nosso país. Quem diria que seríamos chamados de o país mais homofóbico?

Rapaz, a turma LGBTs do brasil deve estar muito felizes com a nova porta aberta pelos EUA. Certamente já dever uma fila de gays querendo receber auxilio social para viver nos EUA.

Santa vergonha na cara!!!! Onde tu fostes parar????

Anônimo disse...

Esta reportagem esta certissima, aqui nos estaos unidos existe uma anestia que proteje os gays, assim que eles chegam logo podem pedir asilo politico para estados unidos, enquanto isto familias sao separadas, maes e filhos sao separados e uma catastrofe que acontece aqui com as familias, eu mesma estou separada de meu filho ja tem 7 anos, nao posso trazer lo e nao posso voltar, nao ha lei que me proteja e que me reuna a meu filho.