22 de março de 2010

“Cuidado, meninos!”: Vídeo educativo de prevenção ao abuso sexual de meninos

“Cuidado, meninos!”: Vídeo educativo de prevenção ao abuso sexual de meninos

Julio Severo        
O vídeo educacional “Cuidado, Meninos!” (http://www.youtube.com/watch?v=CwOW76c0Dsg), feito em 1959, mostra como predadores homossexuais são uma ameaça para meninos. O documentário foi produzido originalmente em inglês por uma delegacia de polícia juntamente com uma secretaria de educação local.



Até 1959, a sociedade tinha consciência dos perigos do homossexualismo. O que foi que aconteceu décadas depois, quando tal consciência foi se evaporando, com uma explosão crescente de abuso sexual de meninos?
Hoje, a sociedade é pressionada a dar muito mais importância ao homossexualismo do que a segurança física, moral e sexual dos meninos.
Divulgue esse vídeo amplamente entre seus amigos!

3 comentários :

Leonardo disse...

Olá, Julio Severo!
Gostei muito da reportagem e do vídeo. Isso mostra como a sociedade piorou depois de inverter os seus valores.
A sociedade de 1959 tinha valores mais coerentes que os atuais. Enquanto antigamente os homossexuais eram tratados como pessoas com doenças mentais e potenciais criminosos, hoje os homossexuais são colocados em posição de destaque na sociedade e os conservadores é que são tratados como doentes mentais, criminosos e "homofóbicos".

Anônimo disse...

Bons tempos aqueles em que a esmagadora maioria das pessoas no mundo tinham pudor e vergonha na cara. Mas agora,da maneira que as coisas estão e vão, onde o mal é continuamente chamado de bem e o bem de mal, somente com a volta de Cristo.

Mourinho

Herberti disse...

Em 1973, o homossexualismo deixou de ser classificado como disturbio pela Associação Americana de Psiquiatria e como doença pela Classificação Internacional de Doenças. Em 1975, a Associação Americana de Psicologia fez o mesmo. Em 1990, a OMS aderiu à tendência e "decretou" que a homossexualidade não é doença, nem disturbio nem perversão. Em 1985, foi a vez do Conselho Federal de Psicologia (Brasil), inclusive proibindo seus profissionais de tentar curar qualquer pessoa nesta situação (isto em 1999).
Mas, o que mudou na essencia humana de 1959 para 1973?
Absolutamente nada!
Poderíamos trazer alguém do ano de 1959 para viver nos dias de hoje e ele sem dúvida iria se adaptar. Poderiamos enviar alguém de hoje para viver em 1959 e com certeza, após adaptar-se ele também conseguiria viver lá.
Ou seja, todas estas liberações, decretos e reclassificações são artificiais, feitas às expensas de qualquer evidência científica, arbitráriamente, com o propósito único de atender a pressão de grupos minoritários que, infelizmente, controlam o dinheiro, a mídia e o sistema educacional.
Mas o Homem continua o mesmo! Não evoluiu nem desenvolveu um terceiro sexo ou uma terceira orientação sexual.
Os ativistas homossexuais de hoje são os "descendentes" diretos destes mesmos que a polícia classificava como "predadores de meninos" em 1959.