1 de fevereiro de 2010

Tim Tebow defende criticado anúncio pró-vida do campeonato de futebol americano

Tim Tebow defende criticado anúncio pró-vida do campeonato de futebol americano

Peter J. Smith
MOBILE, Alabama, EUA, 26 de janeiro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Tim Tebow, celebridade do futebol universitário, está firmemente defendendo um anúncio pró-vida desenvolvido por Focus on the Family e marcado para transmissão na TV CBS no domingo do campeonato de futebol americano. Embora o anúncio não tenha sido divulgado, os grupos pró-aborto já estão exigindo que seja descartado, pois provavelmente retrata a história de como a mãe de Tebow escolheu vida quando os médicos insistiram em que ela abortasse seu filho que hoje é famoso.
A celebridade do futebol universitário, que acabou sua última estação como zagueiro para o time Florida Gators, tem sido uma exceção entre os atletas de primeira linha. Tebow fala sem rodeios sobre sua fé cristã, suas convicções pró-vida e o fato de que ele quer se preservar para o casamento.
Mas as convicções pró-vida de Tebow brotam de uma fonte extraordinariamente pessoal: em 1987, sua mãe contraiu disenteria amébica enquanto estava grávida dele nas Filipinas, e os médicos recomendaram aborto. Se Pam Tebow tivesse aceitado o conselho, os fãs de Tebow jamais teriam visto o fenômeno do futebol ganhar o Troféu Heisman em 2007 e conduzir o Gators à vitória em dois importantes campeonatos.
Numa coletiva à imprensa no domingo em Mobile, Tebow disse a um grupo de jornalistas: “Sei que alguns não concordarão com o anúncio, mas penso que eles podem pelo menos respeitar que eu defendo o que creio, e jamais tenho medo de defender”.
“Não sinto que estou sendo moralista acerca disso, mas defendo o que creio. Infelizmente na sociedade de hoje não muitos atletas tendem a fazer isso. Só estou defendendo algo”.
Mas a defesa de Tebow dos valores pró-vida está enfurecendo os grupos pró-aborto, que temem o efeito que o anúncio de Focus on the Family poderia ter em milhões de telespectadores do campeonato de futebol em 7 de fevereiro. O testemunho de Tebow é considerado como responsável por ter influenciado muitas mulheres a escolher não abortar seus bebês.
O Centro de Mídia das Mulheres vem coordenando iniciativas com a Organização Nacional das Mulheres e a Maioria Feminista para pressionar a CBS, o canal que está transmitindo o campeonato neste ano, para revogar o anúncio de 30 segundos chamado “Celebrate Family, Celebrate Life” (Celebre a Família, Celebre a Vida).
“Um anúncio que usa o esporte para dividir em vez de unir não tem lugar no maior evento esportivo do ano — um evento cuja intenção é unir os americanos”, Jehmu Greene, presidente do Centro da Mídia das Mulheres, disse a Associated Press.
No ano passado, a Liga Nacional de Futebol e a TV NBC (que estava então transmitindo o campeonato) decidiu vetar um anúncio patrocinado por Fidelis, grupo católico de defesa de direitos civis, que aclamou o sucesso do presidente Obama vencendo as difíceis circunstâncias de sua infância e mostrava a mensagem: “Life: Imagine the Potential” (Vida: Imagine o Potencial).
Contudo, um grupo pró-vida diz que a obsessão dos grupos feministas com o conteúdo ainda não visto do anúncio de Tebow salienta a péssima atitude ideológica quando o assunto é defender os direitos e a dignidade das mulheres.
“Nos três anos e meio em que assessorei Kevin Martin, presidente da Comissão Federal de Comunicações, sobre questões de indecência, não consigo recordar de uma só ocasião em que a Organização Nacional de Mulheres (ONM) tenha se manifestado sobre o conteúdo misógino ou sexualmente explícito da CBS”, Penny Nance, diretora-executiva de Concerned Women for America disse para LifeSiteNews.com. “Em minha opinião, é ridículo que a ONM veja problemas com o testemunho de Tim Tebow. Se a ONM de fato se importasse com as mulheres, a ONM pararia de fazer propaganda da indústria do aborto e começaria a trabalhar em favor das mulheres”.
Focus on the Family repudiou a polêmica sobre o anúncio iminente.
“Não há nada de político e polêmico nisso”, disse Gary Schneeberger, porta-voz de Focus on the Family. “Quando chegar o dia, e você se sentar para assistir ao jogo na TV, aqueles que se opõem ficarão muito surpresos com o conteúdo do anúncio”.
Com o campeonato marcado para começar em duas semanas, a CBS, que já analisou e aprovou o roteiro do anúncio, não deu nenhuma indicação de que vai remover o anúncio de Tebow.
Veja a cobertura relacionada em LifeSiteNews.com:
Confirmed: Tim Tebow Superbowl Ad Set to Run
Florida Quarterback Tebow Leaves Reporters Speechless: "Yes I am" Saving Myself for Marriage
Mother of Heisman Trophy Winner Tim Tebow Rejected Doctor's Advice to Abort Him
Heisman thanks God in award acceptance speech
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/jan/10012608.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

Um comentário :

Docil 43 disse...

Eu moro nos Estados Unidos e agora estou interessado em ver esta partida. Voce sabe que horas vai passar o jogo? Eu realmente espero que esta propaganda passe e que daqui pra frente, as pessoas possao defender a vida. Ate mais e fique com Deus!