13 de fevereiro de 2010

Relatório de 72 páginas documenta radicais autoridades nomeadas por Obama

Relatório de 72 páginas documenta radicais autoridades nomeadas por Obama

Washington, D.C., EUA, 27 de janeiro de 2010 (Notícias Pró-Família) — O Conselho da Liberdade (CL), uma organização legal pró-vida e pró-família, divulgou um relatório de 72 páginas na quarta-feira detalhando informações sobre cada uma das nomeações e indicações do presidente Barack Obama.
O documento fornece informações sobre mais de 100 nomeações e indicações de Obama. Inclui mais de 850 citações de artigos, sites e casos envolvendo cada um dos indivíduos e, de acordo com o CL, levou semanas para compilar.
“O presidente Obama nomeou e indicou o grupo mais radical de ideólogos já reunidos por um presidente americano”, disse Mathew D. Staver, fundador do Conselho Liberdade e deão da Faculdade de Direito da Universidade Liberdade. “A lista de indivíduos, seus comentários e antecedentes demonstra que o presidente Obama usa radicais testes ideológicos para selecionar os indivíduos por ele nomeados. Tais testes claramente dão preferência à ideologia, em vez da experiência ou qualificações”.
Esse relatório expõe as atividades de ativistas radicais como Kevin Jennings, o escolhido de Obama para “secretário de escolas seguras”. Como fundador e ex-diretor executivo da Rede de Educação Gay, Lésbica e Hetero, Jennings supervisionou mais de cinco anos de seminários estudantis em que os tópicos incluíam uma mensagem de sexo homossexual, dando aos estudantes seus próprios “kits de relações homossexuais”, e descrições explícitas de práticas homossexuais, inclusive urinar no parceiro. Para os estudantes secundários, havia uma lista de bares gays locais, inclusive com descrições, mas para as crianças mais novas havia uma lista de livros, recomendados para as idades de 7 a 12, mostrando descrições explícitas de atos sexuais entre crianças da pré-escola; histórias que pareciam promover e recomendar relacionamentos entre crianças e adultos; histórias de casos de masturbação pública entre estudantes e professores, e crianças de cinco anos brincando de jogos sexuais.
Outros nomeados, como Dawn Johnsen, escolhida por Obama para presidir a Secretaria de Assessoria Jurídica do Ministério de Justiça, são pró-aborto num grau extremo. Ela disse que a ideia de tornar o aborto raro bem como seguro e legal é “ridícula” e que as restrições ao aborto “reduzem as mulheres grávidas a nada mais do que recipientes fetais”.
Johnson, ex-funcionária da ACLU e diretora legal da NARAL, disse: “O argumento de que as mulheres que ficam grávidas têm de algum modo consentido com a gravidez desmente a realidade… e outras que são as inevitáveis perdedoras na loteria contraceptiva ‘consentem’ com a gravidez do mesmo jeito que um pedestre ‘consente’ em ser atropelado por motoristas bêbados”.
“As nomeações de Obama não são nem moderadas nem meramente de centro-esquerda”, concluiu Matt Staver do CL. “Elas podem ser descritas melhor como radicais. Elas estão claramente fora da realidade de todos, com exceção de alguns extremistas. O padrão de Obama de escolher ideólogos radicais suscita sérias preocupações sobre a competência do governo.
(Para ver o relatório completo do Conselho da Liberdade, clique aqui)
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/jan/10012703.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

2 comentários :

Carlos Latorre disse...

Esses "iluminados" são os construtories do outro mundo possível. Que Deus nos ajude!

Anônimo disse...

Esse é o Obama, ídolo da mídia gayzista e da politicalha por aí.