19 de fevereiro de 2010

Quanto mais cedo o casamento, melhor: 88% dos óvulos se vão quando as mulheres completam 30 anos

Quanto mais cedo o casamento, melhor: 88% dos óvulos se vão quando as mulheres completam 30 anos

James Tillman
Segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 (Notícias Pró-Família) Um novo estudo das Universidades de St. Andrews e de Edimburgo está oferecendo uma compreensão mais exata da fertilidade e seu declínio com a idade, que os pesquisadores dizem é mais acentuado do que se pensava antes.
O estudo, que envolveu cerca de 325 mulheres de diferentes idades dos Estados Unidos e Europa, investigou o número de óvulos que permanecem nos ovários durante o tempo. Esse número, disseram os pesquisadores, chega ao máximo aproximadamente 20 semanas após a concepção e subseqüentemente cai até que não sobra nenhum óvulo na menopausa.
Com a idade de 30 anos, só 12% da reserva ovariana máxima — o número de óvulos com os quais nasce a mulher — está tipicamente presente; aos 40 anos, só restam 3%.
A qualidade média dos óvulos também diminui com a idade, o que aumenta a dificuldade de concepção e as chances para um bebê deficiente.
“As mulheres perdem óvulos muito mais rápido do que pensávamos”, disse a Dra. Marie Savard, colaboradora médica do programa de TV Bom Dia América.
Ela apontou para o fato de que as mulheres precisam ser informadas de que o relógio biológico anda consideravelmente rápido, e que as chances de se ter filhos são arriscadas com uma grande espera de tempo. 
Savard também apontou para outros fatores que podem ajudar a fertilidade a não diminuir, tais como não fumar, manter o peso do corpo baixo e controlar o estresse.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/feb/10020113.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

3 comentários :

Mats disse...

Agora é preciso ver isto, e ver qual é a ideologia que defende o casamento tardio e a concepção tardia.

Jorge Victor disse...

Acho que a causa da infertilidade em mulheres e em homens também é um estilo de vida danoso à saúde: má alimentação,stress, falta de atividade física, já ouvi falar também de uso de roupas apertadas.Se as pessoas se cuidassem teriam boa fertilidade mesmo com mais idade.

Augusto disse...

Sou adepto da idéia de que os usos e costumes dos antigos (considerando assim os idosos de nosso tempo) estão mais perto dos valores cristãos. Antigamente o casamento em idade entre 18 e 22 anos para rapazes e entre 12 e 20 anos para as moças era comum. Apesar de que acho que as meninas devam se casar a partir dos 16 e isso se já tiverem consciência do que é a vida a dois, o que hoje é quase impossível de se encontrar, mas ...
A cultura atual que levam as pessoas a se casarem tarde é a mistura do consumismo, prazer a todo custo, horror ao compromisso a longo prazo e o feminismo, que pregam que devemos aproveitar a vida e nos esquivar de tudo o que possa ser penoso e que a mulher deve ter seu lugar no mercado de trabalho, se não, ela não é ninguém e nessas situações o casamento só iria atrapalhar.
Tempos difíceis vivemos.